Pesquisar este blog

Carregando...

Links da semana - 45.

Depois de algum tempo sem publicar o que quer que seja aqui, eis que venho com mais uma lista de links da semana. Hoje será excepcionalmente no domingo.

Aí vão os textos:
  • Milagre: Brasil aprova Projeto Sirius, R$ 1,3 bilhão de pura ciência, do MeioBit. Claro que uma notícia tão boa como essa só poderia ter acontecido em Campinas, terra do melhor blogueiro do mundo (eu, para simplificar). Será que o prefeito radialista, que participou da cerimônia, sabe o que é uma luz síncrotron?
  • Facebook Freebooting, o pesadelo dos Youtubers, do YouPix. Aí umas das razões do Facebook ganhar tanto dinheiro. Depois dessa, o vocábulo que melhor define quem é Mark Zuckerberg é: Parasita. Já não basta ser parasita de dados, informações, hábitos e da privacidade alheia, agora é parasita do conteúdo alheio?
  • O gigante voltou a dormir, do Janelas Quebradas. O gigantinho geração Ydiota criado a leite com pera e Merthiolate que não arde diz que os políticos "naum mim representam", mas na hora de votar, ele escolhe quem? Os mesmos políticos. Quero só ver agora um filho da puta vier com esse mimimi.
  • Valdemiro Santiago está quebrado, do Genizah. Ótima e auspiciosa notícia. Tomara que a mesma coisa aconteça com $ila$ Malafaia, €dir Mac€do, RR $oare$, Apó$tolo E$t€vam e Bi$pa $ônia e outros picaretas da mesma laia.
  • Negacionismo desmascarado, do O que você faria se soubesse o que eu sei?. Muito interessante isso. Muito interessante saber quem são esses aí que negam o aquecimento global.
  • #Chemtrails for dummies, a verdade está lá fora, do Aviões e Música. Realmente a verdade está lá fora mas a gentalha ignorante ainda prefere ficar dentro do facebosta.
E é isso aí. Até a próxima.

Confirmado. O Acre existe sim e lá tem água.

Sempre é feita a piadinha de que o Acre não existe. Mas como todo piadinha, ela não necessariamente reflete a realidade. E a realidade mostra que o Acre existe sim. As provas:
  • A primeira prova de que o Acre existe é a de que, há alguns anos atrás, o Guarani foi jogar uma partida pela Série C (ai ai) contra o Rio Branco Football Club na cidade de Rio Branco, capital do estado que dizem que não existe. Perdeu. Aliás, levou de 4 a 2.
  • A segunda prova de que o Acre existe é a de que, um ano depois do Guarani, foi o Santos que enfrentou o mesmo Rio Branco, na mesma cidade de Rio Branco, mas pela Copa do Brasil. E ao contrário do Guarani, ganhou de 2 a 1.
  • A terceira prova de que o Acre existe é a de que meu blog recebe visitas de lá.
  • A quarta prova de que o Acre existe vem com uma pergunta. Qual a origem de políticos como Marina Silva, Tião Viana, Tião Bocalom, Jorge Viana e Sérgio Petecão? Isso mesmo, Acre.
  • A quinta prova de que o Acre existe é a de que ele perfaz 365 voltas em torno do sol. Ok, existe. Mas não necessariamente faz parte da Terra.
E a sexta prova de que o Acre existe é o vídeo abaixo, mostrando que não só o Acre existe como, ao contrário de São Paulo, lá tem água:


Link para o vídeo

Impressionante isso, não?

Aliás, não só no Acre que há água. No Nordeste, por incrível que pareça, ao contrário de São Paulo, também tem água. Duvida? olha aí o vídeo:


Link para o vídeo

Incrível, não?

Mas será que no Acre existe uma cidade que ficou entre as 10 cidades mais feias do mundo? Aliás, feia, suja, fedida, velha, poluída, degradada, cara.

E será que no Acre também existe preconceituosos, mimizentos e floquinhos de neve que ficam ofendidos com esse pessoal que fica ostentando opulência ao mostrar uma torneira saindo água (sim, teve floquinha de neve que ficou ofendida com o moleque ostentando monóxido de diidrogênio)?

E para quem não gostou desses vídeos, o choro é livre. Mas vá chorar lá no Cantareira, já que, apesar de ter chovido bastante lá, ainda está no volume morto (só tem 9% da capacidade). Ou então vai aproveitar ás águas do Tietê. Ou então fiquem indignados com coisas como essa que aparece abaixo:


Link para o vídeo

Ou então podem me xingar a vontade na área de comentários do blog. Mas aí vocês correm o risco de ter seus e-mails e endereços de IP expostos publicamente e de serem banidos de comentar por aqui. E aí? Vão se arriscar?

Jornalistas e colunistas. Para que precisamos deles?

Enquanto aguardo aos importantes eventos que acontecerão nesse domingo, como a posse do "novo" Congresso Nacional (daqui há alguns minutos, às 10 horas, os deputados serão empossados) e, principalmente e especialmente, o Super Bowl XLIX, fiquei de bobeira na Internet vendo se, de repente encontrava algo que pudesse ser colocado aqui.

E encontrei. Foi sobre uma novidade tecnológica. A possibilidade de poder usar o smartphone projetado sobre a própria pele.

Abaixo a notícia sobre essa inovação tecnológica:


Qual o problema com essa novidade tecnológica? Nenhum. Apenas que... É UMA BAITA DE UMA MENTIRA!

Sim, meus senhores e minhas senhoras, o prezado colunista, que eu não vou dizer o nome e nem vou dizer onde ele trabalha (mentira, vou dizer sim. É a veja. Como não poderia deixar de ser) caiu no conto do vigário do smartphone que dá para ser usado com um bracelete e projetado no braço.

Se ele fosse menos apressadinho e pesquisasse sobre essa maravilha tecnológica, encontraria esse texto do E-Farsas falando mais sobre essa maravilhosa inovação tecnológica.

Mas na era e na sociedade da (des)informação, o que importa é ser o primeiro a divulgar uma "notícia". Primeiro divulga-se e depois verifica-se se a "notícia" é verdadeira ou não. Como no caso do avião do Eduardo Campos que virou um helicóptero.

Cada vez mais eu me pergunto. Para que precisamos dos jornalistas e colunistas atualmente? Pelo visto ainda vai demorar muito para que surjam novos Samuel Wainer, Bob Woodward e Carl Bernstein. E Will McAvoy se mostra cada dia mais apenas uma fantasia.

Amanhã assume o congresso que realmente representa o povo.

Acontecerão vários eventos importantes nesse fim de semana que marca o encerramento de um mês e o começo de outro. E não é só um encerramento de mês. É o encerramento do primeiro mês do ano. Voltando aos acontecimentos importantes nesse fim de semana. O primeiro acontecimento se dá hoje, dia 31 de janeiro, último dia do primeiro mês do ano (por favor Lucho, pare com esse negócio de primeiro), dia em que esse blog completa sete anos de existência. Isso mesmo, sete anos de sucesso absoluto aqui em casa. Não tem para ninguém.

Seguinte, pessoal. Durante as micaretas fascistas, na época em que o Gigante Acordou™, que aconteceram em 2013 e 2014, uma das coisas que mais foram ditas é que os políticos atualmente não representam a população. Obviamente, os sofativistas seguiram o coro e, já que são acomodados, bundões e covardes ao extremo para sair de casa e ir para a rua arriscar a levar porrada, sprayzada, paulada, cacetada e borrachada dos políticos, decidiram inundar (e imundar também. Pelo menos no Aulete essa palavra existe) a Internet com imagens, textos, mensagens e vídeos idiotas, já que isso é a única coisa que esse pessoal consegue fazer e é algo que exige um esforço brutal dos neurônios desse pessoal (todos os dois). Quem quiser ver alguns desses conteúdos, pode vê-los nesse e nesse link (se quiser ver mais, vai ter que abrir uma conta no Tumblr).

Pois muito bem. O Gigante Acordou™, brincou bastante nas micaretas fora de época, tirou um monte de selfie e postou essas porcarias no istragão e no feicebuque (e ainda por cima queriam fazer isso às custas da Internet dos outros), foi votar e:
  • Reelegeu Russomanno com mais de 1,5 milhão de votos.
  • Reelegeu Marco Feliciano com mais de 300 mil votos (o terceiro deputado federal mais votado de São Paulo).
  • Ainda em São Paulo foram reeleitos Arlindo Chinaglia e Vicentinho. E foi eleito Luiz Lauro Filho, o sobrinho do prefeito radialista.
  • Reelegeu Jair Bolsonaro com mais de 400 mil votos (o mais votado do Rio Janeiro). E elegeu o filho dele (Flávio Bolsonaro) com mais de 160 mil votos (o terceiro deputado estadual mais votado).
  • Reelegeu Clarissa Garotinho com mais de 300 mil votos (a segunda mais votada do Rio de Janeiro).
  • Elegeu Samuel Malafaia (é irmão) com mais de 140 mil votos (o terceiro deputado estadual mais votado do Rio de Janeiro).
  • Reelegeu Cidinha Campos. A quem não está ligando o nome à pessoa.
  • Ratinho Júnior foi reeleito com mais de 300 mil votos no Paraná.
  • O deputado Luís Carlos Heinze, que disse que índios, gays e lésbicas não prestam foi reeleito e ainda foi o mais votado no Rio Grande do Sul.
  • Ainda no Rio Grande do Sul, foram reeleitos Onyx Lorenzoni, Marco Maia e Paulo Pimenta.
  • O soldadinho de chumbo Coronel Telhada, que já era vereador, foi eleito o segundo deputado estadual mais votado de São Paulo.
  • José Serra foi eleito senador e vai substituir o Suplicy (vai trocar um zero à esquerda por outro zero à esquerda).
  • Fernando Collor foi reeleito senador por Alagoas.
  • Tasso Jereissati vai retornar como senador pelo Ceará.
  • Elmano Férrer, o véin trabalhador, foi eleito senador pelo Piauí.
  • José Maranhão foi eleito senador pela Paraíba. E ainda pela Paraíba foi eleito como deputado federal mais votado por aquele estado um tal de Pedro Cunha Lima. Esse sobrenome não me é estranho.
Enfim, esses, e outros, resultados podem ser vistos nessa página do UOL com os resultados do 1º turno das eleições. E todo esse pessoal será empossado amanhã, dia 1º de fevereiro de 2015 para mais uma legislatura. Esse é o segundo evento importante que acontecerá nesse fim de semana.

Agora vejamos:
  • Diziam que não era só por 20 centavos, porém foi a única coisa que conseguiram.
  • Diziam que não ia ter Copa. E teve.
  • Depredaram o patrimônio público e privado alheio, mas diziam que era sem vandalismo (banco não conta, pois todo castigo para banco é pouco).
  • Expulsaram ao socos, murros e pontapés quem portava uma bandeira, camiseta ou broche de partido ou movimento social, mas diziam que era sem violência.
  • Também expulsaram aos socos, murros e pontapés quem portava uma câmera ou microfone (isso quando não meteram um rojão na cabeça de um cinegrafista), mas, novamente, era sem violência (e depois ia chorar as pitangas no feicebuque dizendo "isso a mídia não mostra").

E para finalizar, o Gigante Acordou™, ficou de mimimi dizendo que os políticos não os representam e protestam como? Elegendo os mesmos de sempre. Ou, se não os mesmos, os filhos (ou sobrinhos) dos mesmos. Se antes os políticos e o Congresso não os representavam, a partir de amanhã, vocês terão os políticos e o Congresso que os representam. Que por sinal, são os mesmos (tanto os políticos, como o Congresso). Parabéns.


Eu só quero ver agora aparecer um filho duma puta dizendo que os políticos e o Congresso "naum mim representão". Aliás, vou começar a bater mais forte em que aparecer na minha frente com essa ladainha.

E amanhã não somente vai ser empossado o "novo" Congresso, como serão empossados os "novos" presidentes da Câmara e do Senado. Eu só quero ver quem será o "novo" presidente do Senado.

Quanto a mim, estou mais interessado no terceiro evento mais importante que acontecerá nesse final de semana, que é o Super Bowl XLIX (ou Super Bowl 49, caso você vergonhosamente não consiga ler algarismos romanos). Ainda bem que o do ano que vem será o Super Bowl 50, assim mesmo, com os algarismos arábicos ao invés dos romanos e algarismos dourados. Ficou muito bonito o logo.

E aí. Quem será que vence? Seahawks ou Pats?

Adivinha quando foram ditas essas frases.

Encontrei uma série de quatro frases falando a respeito de gerações (mais precisamente dos jovens). Seguem abaixo essas frases:
"Não tenho nenhuma esperança quanto ao futuro do nosso país, se a juventude de hoje tomar o poder amanhã, porque esta juventude é insuportável, sem comedimento, simplesmente terrível."
"Os jovens de hoje gostam do luxo. São mal comportados, desprezam a autoridade. Não têm respeito pelos mais velhos e passam o tempo a falar em vez de trabalhar. Não se levantam quando um adulto chega. Contradizem os pais, apresentam-se em sociedade com enfeitos estranhos. Apressam-se a ir para a mesa e comem os acepipes, cruzam as pernas e tiranizam os seus mestres."
"O pai teme os seus filhos. O filho acha-se igual ao seu pai e não tem nem respeito nem consideração aos seus pais. O que ele quer é ser livre. O professor tem medo dos seus alunos. Os alunos cobrem o professor de insultos. Os mais novos querem tomar já o lugar dos mais velhos. Os mais velhos, para não parecerem antiquados ou despóticos, consentem nesta demissão. E, para coroar tudo, em nome da liberdade e da igualdade: a libertação dos sexos!"
"Esta juventude está estragada até ao fundo do coração. Os jovens são maus e preguiçosos. Eles nunca serão como a juventude de antigamente... A juventude de hoje não será capaz de manter a nossa cultura."

Quem acha que essas frases são sobre a geração Y... errou. E errou por muito. Aqui vai os autores da frase:
  • A primeira frase foi dita por Hesíodo, em 720 AEC.
  • A segunda frase foi dita por Sócrates (não o jogador), no século V AEC.
  • A terceira frase foi dita por Platão, em A República, livro VIII.
  • E a quarta e última frase não tem uma autoria. Estava escrita num vaso de argila babilônico, com mais de 4000 anos de idade.
Pois é. Desde eras bastante remotas já era assim. Mas vamos falar a verdade, essas frases têm tudo a ver com a geração Ydiota, não acham?

Links da semana - 44.

Mais uma semana de 2015 está indo pro saco. E na terça-feira dessa semana, começou mais uma vez a praga. Seria o BBB? Não. Não é exatamente essa praga a qual eu me refiro, mas sim a intelligentzia anti-BBB que aparece do nada bradando os seus velhos e habituais clichês e compartilhando aquelas porcarias de imagens e vídeos batidos e surrados. Para esse pessoal aqui vão os textos da semana:
  • Desligue o anti-BBB e abra um livro, do Cão Uivador. Foi um texto que eu linkei naquele meu texto caça paraquedista de BBB (que por sinal já está no Top10 da semana). É isso mesmo. Ao invés de pentelhar os seus "amigos" no feicebuque com imagens contra o programa, vão abrir um livro. Mas de preferência que seja um de qualidade.
  • A chatice anti-BBB, do Sem Formol. Gente posando de intelectual por não assistir o BBB (ou qualquer outra coisa) é um saco.
  • Odeia o BBB? Saiba como se livrar dos posts no Facebook e Twitter, do Clan Cobra. Caso o vício pelo ópio dos internautas seja maior que a vontade de ler um livro, aí três ótimas dicas para se livrar de textos sobre o programa. Muito melhor usar um desses filtros do que ficar com revolução de sofá contra o programa.
  • 5 formas de bloquear o BBB 15 da sua vida, do Listonas. Mais algumas sugestões para quem quiser ficar longe desse programa. Já sabem. Usem-nas ao invés de ficar de mimimi.
  • Sorry pessoal, mas o Bial tem imunidade, do Contraditorium. Para aqueles que escarnecem não só do programa mas também do apresentador, saibam que Pedro Bial noticiou e testemunhou ao vivo um grande momento histórico. Fazem melhor?
  • BBB 15: O pior mesmo são os anti Big Brother chatos, do Compras by Gus. Você não gosta do BBB? Faça que nem eu e que o Gustavo. Não assista. Ou será que vocês foram obrigados a isso? Eu não fui.
  • Reality Shows - ou: O lari lari anti-BBB, do Café Onírico. "ficar tentando chamar atenção em redes sociais não diferencia você da figura de um Brother". Simplesmente perfeito. Attention whores são sempre intragáveis.
  • Ex-ativista do Femen 'anti-BBB' agora se inscreve no programa, do Pragmatismo Político. Olha só qual o futuro de um anti-BBB. :)
  • O clichê anti-BBB, do Rogério Quintanilha. Ri desde a primeira até a última linha do texto. Recomendo a leitura. E não me responsabilizo pelas carapuças que servirem.
Puxa vida. Nove textos. É muito mimimi. É isso. Aproveitem as leitras.

E a todos que detestam o programa (isso é vosso direito e não me oponho a isso), por favor, desliguem a televisão quando o programa começar (controle remoto existe para isso), saiam do Facebook e leiam um livro. Mas que não seja gaypúsculo, 50 tons de putaria, a culpa é das estrelas, o mínimo que você precisa saber para ser um Olavo de Carvalho da vida ou outro best-seller qualquer.

Vai começar o BBB 15. É o Big Brother Brasil 15. BBB já vai começar. É amanhã

Pois é macacada. Amanhã, dia 20 de janeiro de 2015, vai começar o BBB 15 (acho que é a 15ª edição desse programinha, né?) ou o Big Brother Brasil 15. É isso aí. Começa mais uma edição do BBB, ou Big Brother Brasil.

E amanhã as companhias de TV por assinatura (TV por assinatura não é só por cabo. Também tem por satélite. Que é uma merda, quando chove você não consegue ver mais nada) começarão a vender o pay-per-view do Big Brother Brasil. Portanto se você gosta do BBB e mal vê a hora de começar o Big Brother Brasil 15, não perca tempo e compre o pay-per-view do Big Brother Brasil.

Se você gosta do BBB, ou Big Brother Brasil, não se descuide. Compre o pay-per-view do Big Brother Brasil 15 e não desgrude os olhos da tela da televisão até que termine o Big Brother Brasil 15. Caso você goste, o que não é o meu caso. Eu odeio o Big Brother Brasil, odeio quem assiste o Big Brother Brasil, odeio que participa do Big Brother Brasil, não vou comprar o pay-per-view do Big Brother Brasil, só gosto do BBB quando é para escrever textos caça paraquedistas de Google como esse (quem não gosta disso e tem algo contra isso é só registrar sua reclamação pressionando ALT + F4) e quero que todos vocês morram.

Agora não perca o seu tempo e vá assistir o BBB15, ou Big Brother Brasil 15.

E para quem realmente não gosta do programa, aqui uma dica que titio Lucho já deu. E aqui vai uma outra dica. Mas tem que ler mesmo. E de preferência um de qualidade.

No mais, comprei o guaraná, preparei a pipoca e aguardarei as revoluções de sofá que sempre surgem nessa época do ano contra e a favor desse programa. Vamos lá, revolucionários de sofá. O Tumblr precisa que vocês façam a parte de vocês.

Previsões (previsíveis e infalíveis) para 2015. Dessa vez não fui eu.

E eis que já está indo pro saco a primeira semana cheia do ano. E o que essa informação tem a ver com o texto? Nada. Absolutamente nada. Só estava com vontade de dizer isso.

Em todo começo de ano, sempre surgem os "videntes" prevendo o que vai acontecer no ano que se inicia. Em 2015 não foi diferente. Uma vidente que me chamou a atenção (a ponto de escrever esse texto) foi uma de nome de Carmel Palmieri. Aliás, ela não é só videnta. Também é numeróloga. Isso é muito importante de se ressaltar e destacar. Baseado no fato de que o ano de 2015 será regido por Mercúrio e pelo signo de Virgem, 2015 será o ano do número 8 (já que 2 + 0 + 1 + 5 = 8), que para os místicos é o número da força e do crescimento, além disso o 8 é o ano da justiça e blablablá, blablablá e mais blablablá (para mim o 8 é só um algarismo que girado 90° vira o símbolo do infinito), a videnta e numeróloga fez as suas previsões. Aí vão elas:
"Segundo a numeróloga Carmel Palmieri, se as pessoas fizerem movimento para buscar a realização de qualquer coisa, poderão conseguir, desde que acreditem na sua capacidade de realização."
"No âmbito pessoal, Carmel garante que 2015 será um ano de favorecimento às finanças, crescimento, equilíbrio e autorrealização. Quem colocar metas e objetivos, garante vai realizá-los. “Se cada um fizer sua parte, o sucesso será garantido”"
Isso foram previsões ou foram parágrafos retirados de algum livro de autoajuda?
"No âmbito geral, o ano será de dificuldade, segundo a numeróloga, porque o Brasil procura difundir rumos sociais e políticos."
Quando que não foi assim?
"A economia vai se complicar, pois muitas empresas e bancos vão quebrar e isso vai gerar mais desemprego."
Caramba, que previsão. Bancos e empresas vão quebrar. Não podia ser mais vago, pois banco pode ser qualquer banco, desde os gigantes, como Bradesco, Itaú, Santander, Caixa, Banco do Brasil (apesar que se um desses bancos realmente quebrar é porque a economia brasileira realmente tá fudida), até mesmo os bancos minúsculos.

E empresas quebrarem e falirem acontece desde que o capitalismo é capitalismo.

E mais vago que isso, somente o uso da palavra "muitos". "Muitos" quanto?
"Para o povo brasileiro, há um alerta: haverá muita pressão psicológica."
Eu achava que a previsão a respeitos dos bancos e empresas quebrarem não poderia ser mais vaga, mas me enganei. Haverá muita pressão psicológica. OK. Por quê? De onde? Quando? Como? Enfim, essas perguntas simples que todo vidento e toda videnta odeia que se faça.
"Mas o Brasil, segundo Carmel, não terá só maus momentos. Para o governo, haverá parcerias. Os governantes vão buscar parceiros estrangeiros e vão ter sucesso"
Novamente, quando que não foi assim?
"Haverá mudanças nas leis e aparecerão outras"
 
"Os profissionais de comunicação também serão favorecidos. A cultura vai ganhar mais espaço."
Novamente fazendo as perguntas que todo vidento e toda videnta numeróloga odeiam que se faça. Como? Por quê? Quando? De que forma?
"O setor energético passará por uma crise."
Falando isso de um país em que a maior parte da energia elétrica vem de hidrelétricas (que dependem muito das chuvas) e que passou por um ano em que choveu pouco. Puxa, só mesmo uma videnta e numeróloga que poderia prever uma coisa dessas.
"O prefeito Jonas Donizette (PSB), terá dificuldades em concluir algumas obras,"
Ah!!!! Não acredito. Sério que isso vai acontecer? Mas quais obras que ele não vai conseguir concluir? E por que ele não vai conseguir? Quais serão essas dificuldades? De novo, fazendo as perguntas que videntos e videntas odeiam que se faça.
"mas, por outro lado, dará atenção maior à Educação. “Ele vai conseguir contornar essa falta de vagas em creches. Será apertado em relação ao orçamento, mas o prefeito vai conseguir vencer as dificuldades.” "
Videnta agora virou porta-voz de prefeito?
"Também 2015 será o ano em que os jovens vão aparecer mais, estarão mais em evidência. Segundo Carmel, os jovens vão ter participação em movimentos sociais, políticos e em diversos segmentos."
Mais uma vez. Quando não foi assim?
"As descobertas de corrupção ainda não acabaram. Há fatos que virão à tona e deixarão o povo boquiaberto."
Vem aqui gatinho. Vem, vem, vem...


Isso. Bom menino.

Essas previsões até parecem aquelas "previsões" que eu previ para 2010.

Essas previsões foram pegas nessa reportagem do Correio Popular, publicada no primeiro dia do ano. Aliás, você já sabe que vem bomba numa reportagem por meio do título. Prestem atenção no título da reportagem. Digna de um jornaleiro (no caso, uma jornaleira, né senhora dona Alenita Ramirez?). Erros colocando em xeque a eficiência dos videntes? Cheia de dedos para não dizer o que eles realmente são e para não ofender a crença que os ignorantes têm no poder desses charlatões.

Mas eu escrevi esse texto não só por causa dessas previsões mais do que previsíveis para o ano de 2015 e nem por causa do título idiota da reportagem, digna de um jornaleiro (no caso, uma jornaleira) mas por causa do mimimi dos videntos, videntas, numerólogos e demais charlatões que dizem prever o futuro, desde que paguem para isso, mostrando o quão oprimidos, vilipendiados e zombados são por esses céticos chatos.

Segundo as palavras da videnta numeróloga:
"Não houve o acidente aéreo não porque o professor Jucelino errou, mas porque foram feitos ajustes que impediram os fatos. Mesmo assim, o professor está sendo taxado de mentiroso. Como se vê, o povo brasileiro arrota cultura, mas não compreende o que é discernimento"
Como eu escrevi, é muito sofrida a vida dos videntos e das videntas numerólogas com esses céticos chatos que analisam e criticam as previsões (e não simplesmente as engolem), que não tem força nem fé para acreditar nos poderes premonitórios desses pilantras e que arrotam cultura mas não tem discernimento nas coisas.


E sim, o tal Jucelino que a videnta se refere é o vidento (recuso-me a chamá-lo de professor) Jucelino Nóbrega da Luz, aquele charlatão que "previu" que um avião da TAM cairia bem no coração da Avenida Paulista, que "previu" que uma grande tragédia aconteceria em Criciúma (o povo criciumense está esperando até agora essa grande tragédia) e "previu" e enviou uma carta ao então governador de Pernambuco, Eduardo Campos, avisando do acidente de avião que ele sofreria em 2014. Uma carta enviada em 2005, sendo que nesse ano, Eduardo Campos sequer era governador de Pernambuco.

Como era de se esperar, nenhum avião caiu na Avenida Paulista, mas os charlatões, que odeiam quando são lembrados dos erros e arranjam contorcionismos retóricos para se explicarem, como bem disse a jornaleira, numa das poucas partes aproveitáveis do texto, se justificaram dizendo que não aconteceu do avião cair pois a TAM tinha mudado o número e o horário do voo. Oras, se esse vidento é tão poderoso assim, por que ele não previu que nada aconteceria pois na última hora a empresa de aviação mudaria o número e o horário do voo? Mas vai ver que o problema sou eu. Eu que sou um desses chatos céticos que arrotam cultura mas não possuem discernimento e não tem fé para acreditar no poder de vidência desses embusteiros.

E a cereja do bolo foi o que disse uma tal mestra ascensorista sobre o porquê de ter chovido tão pouco no ano que se passou. Aí vai a explicação:
A mestra ascensionada Kwan-Yin (China) Kannon (Japão) e Mãe Maria (Ocidente) respondeu, quando foi lhe perguntado em setembro, por um discípulo, sobre o motivo de tanta seca. A resposta dela foi: o ser humano perdeu a capacidade de chorar. Nem as crianças choram e se emocionam mais. Secamos o nosso sentimento. Estamos áridos por dentro. O Universo só devolve tudo o que recebe.
Os seres humanos estão emanando secura. Como poderia a natureza devolver-lhes água? O ser humano precisa se condoer mais com os outros, chorar mais. Ela disse, ainda, que nunca houve tanta criança nascendo com o canal lacrimal entupido...
Comecei a rir descontroladamente do que disse a senhora mestra ascensorista do porquê chover tão pouco. Quer dizer que chove tão pouco por que as pessoas estão chorando pouco? Então o pessoal que mora no Sertão Nordestino não deve chorar quase nada. Imagina então quem mora no Gobi, Saara, Atacama, Kalahari e Patagônia? Em compensação, o pessoal que mora na Amazônia deve chorar o dia todo.


Ao contrário do que disse a mestra ascensorista, aqui tem uma explicação CIENTÍFICA da seca que São Paulo passou no ano de 2014 e aqui uma outra explicação, igualmente científica, do porque existem desertos no mundo. Aliás, se não fosse a Amazônia, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas e outros estados próximos seriam desertos.

E canal lacrimal entupido é o caralho, dona mestra ascensorista. Vai querer dar diagnósticos médicos agora?

Uma das poucas coisas aproveitáveis dessa reportagem foi o que disse a professora da PUC, a respeito dessas previsões extremamente genéricas. O Gilmar, através desse texto que mostra algumas previsões furadas de 2014, dá 8 dicas de como fazer a previsão perfeita e fazer os outros acreditarem de que você possui poderes premonitórios e consegue prever o futuro.

E mesmo assim, com todas as previsões furadas e com essas previsões mais do que previsíveis, esses embusteiros ainda vão continuar a ter um espaço enorme em jornais, revistas, rádios, TVs e portais de notícias.
"Culpa dessa maldita imprensa golpista. É essa maldita imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-suja-fedida-elitista-racista-branca-de-olhos-azul-e-verde que quer idiotizar e imbecilizar o povo. Certo?" 
Errado, caro coleguinha sofativista revoltadinho. A mídia só dá tanto espaço a essas pseudociências (e por falar em pseudociência, aqui uma ótima explicação do SciCast sobre o que são as pseudociências) porque tem quem dê atenção a isso. Logo, a culpa é de outros. Mais precisamente do brasileirinho ignorante que odeia ciência, mas leva sério as baboseiras que esses picaretas dizem. E por ignorante aqui não quer dizer falta de estudo. Tem muito nego com diploma e muitos "sinhô dotô" que levam a sério essas besteiras.

Oras, se até político, que mostram que, sim, representam muito bem quem os elege, leva a sério essas pseudociências, aí fica complicado. Principalmente fica complicado para que a Ciência seja levada a sério.

Terminando o texto, abaixo um vídeo explicando como funciona a astrologia:

Ou para resumir o vídeo: Como funciona a astrologia? Resposta: Não, ela não funciona. E isso também vale para grafologia, quiromancia, taromancia, tarologia, homeopatia, reiki, cromoterapia, urinoterapia, paranormalidade e várias outras pseudociências.

E para encerrar de vez o texto, uma pergunta: Por que videntos e videntas não apostam na loteria? Se existisse pessoas que realmente veem o futuro, loterias nunca acumulariam. Se bem que, o que videntos e videntas conseguem arrancar dos trouxas, já dá vários prêmios de loterias. Não valeria a pena.

Links da semana - 43.

Depois de muito tempo sem fazer uma lista como essa e aproveitando que já nasceu um novo ano, eis que publico hoje a primeira lista de links de 2015:
 E é isso. Aproveitem a primeira lista de 2015.

Top 10 de 2014

E eis que mais um ano se acaba e mais um ano começa. 2015 chega e com isso, ao 31º dia do primeiro mês desse ano o Blog do Lucho completará sete anos de existência. Isso mesmo, SETE ANOS. Não imaginei que o blog chegaria a tanto.

Em todo o ano de 2014 foram publicados um total de 45 textos. Confesso que gostaria de ter publicado bem mais textos, mas a preguiça e outros compromissos acabaram me impedindo. Nos Tumblrs foram postados mais de 100 textos em cada um, mas é que lá são publicados textos pequenos.

Mas enfim, fiquem aí com os 10 textos que eu mais gostei de ter escrito no ano que se passou. Assim, quem não leu, pode ler e quem já leu, pode relembrar deles:
E o texto que eu mais gostei de ter escrito:
  • Isto é a geração que vai mudar o mundo, IstoÉ? - A respeito de uma reportagem extremamente cretina da IstoÉ mostrando espécimes de crianças e adolescentes da geração Merthiolate que não arde que vão mudar o mundo. Esses espécimes são uma patricinha socialite que escreve blog de moda (afinal, moda é um assunto que vai mudar o mundo), outra patricinha que fazia curso superior de moda (já disse o que eu penso disso), porém decidiu jogar tudo para cima e ser jovem empreendedora ao abrir uma lojinha de roupa com a ajuda dos pais (assim é fácil ser jovem empreendedor), um camarada que só fez mudar de emprego (quatro empregos em quatro anos) e a chatinha mimada da Isadora Faber, cujo nobilíssimo trabalho se resumia a filmar aula ao invés de escrever o que a professora passava, reclamara do pão-com-banana e perseguir e humilhar pintores e a diretora da escola e causar demissão de professores (por acaso eu escrevi naquele texto que professor tem mais é que se foder?).

A geração que vai mudar o mundo - Assinatura digital.

Um texto que gostei de escrever nesse ano de 2014 foi o texto sobre a geração que vai mudar o mundo. Na verdade, um texto rebatendo uma reportagem idiota da IstoÉ (essa aqui) mostrando exemplos de membros da geração Y, geração Z, geração Digital, geração Milênio, geração Millenials, geração leite com pera, geração Merthiolate que não arde, geração Ydiota, geração Ymbecil, geração Ygnorante que vão mudar o mundo.

Faziam parte desse grupo uma patricinha socialite (bem ao modo Kim Kardashian fútil de ser, só que não tão gostosa) dona de um blog de moda (pois moda é um assunto importantíssimo para quem vai mudar o mundo), outra patricinha que fazia curso universitário de moda (não basta ser um assunto de vital importância para quem quer mudar o mundo. Tem que ter curso universitário desse assunto tão importante. Aposto que é um curso na ESPM ou na FAAP) porém decidiu largar tudo e ser empreendedora ao abrir uma loja de roupas, mas com a ajuda dos pais (parece até uma prima minha, que também é patricinha, também tem lojinha de roupas mas quem administra e cuida de tudo são os pais - meus tios), um camarada que a única coisa que fez da vida foi trocar de emprego (e aqui tenho uma péssima notícia para você da geração Ydiota que gosta de ficar trocando de emprego) e a chatinha e idiota da Isadora Faber (e que cuja mamãe consegue ser ainda mais insuportável que ela) que achava que estava melhorando a educação reclamando do pão com banana da escola, perseguindo pintor, humilhando a diretora da escola e causando a demissão de professores (eu disse naquele texto que professor tem mais é que se fuder?).

Mas eis que encontrei mais um caso emblemático de mais um membro da geração Y, geração Z, geração Digital, geração Milênio, geração Millenials, geração leite com pera, geração Merthiolate que não arde, geração Ydiota, geração Ymbecil, geração Ygnorante que vai mudar o mundo. E ainda por cima, com a assinatura dessa geração. Aí vai:


Perceberam? Reproduzo aqui a frase genial desse ser que vai mudar o mundo:
"Vamos mudar o mundo enquanto a (sic) tempo"
Agora vocês perceberam o erro. Quer mudar o mundo, mas não sabe nem escrever. Calma que titio Lucho vai dar uma aulinha rápida. Quando tiver o sentido de "existir", usa-se o há (do verbo haver). Nesse caso, por exemplo, a frase:
"Vamos mudar o mundo enquanto existir tempo"
Faz todo o sentido, não é mesmo? Quando fizer sentido como essa, o certo é escrever:
 "Vamos mudar o mundo enquanto há tempo"
Muito melhor, não é mesmo? Caso ainda persista dúvida, sugiro esse texto do Brasil Escola que eu consegui achar após um hercúleo trabalho (cinco segundos de pesquisa no Google. E no DuckDuckGo também).
"Poxa Lucho. Um errinho desses foi motivo para você escrever esse texto? Que tsunami numa colher de sopa."
Claro que não. Fosse só esse errinho, não seria nada demais, mas os meus 3,14159262... leitores sabem que eu não me prontifico a escrever textos como esse e outros já anteriormente escritos aqui por miudezas como essa (nossa, como estou escrevendo bonito). E esses mesmos leitores sabem que sempre deixo a melhor parte para o final.

Vejam abaixo essa pérola que é a assinatura perfeita da geração que vai mudar o mundo. É simplesmente genial (mas pelas razões erradas):


Esse mais novo membro da geração que vai mudar o mundo, cuja a reflexão foi parar num site chamado Pensador (Mein Gott im Himmel!!) acabou nos proporcionando uma diversão. Sem querer, ele acabou criando o jogo dos 777 erros. Para vocês lerem melhor:
"Geração rejeitada, que vai mudar o mundo
Sempre as pessoas colocam regras sobre nós, nossas idéias são rejeitadas, mais eu sei que mais uma vez vou ser rejeitado, por que eu conseigo ver a cara de rejeição antes que digam, sabe por que? porque sempre sou rejeitado, eu, você nós, principalmente os adolecentes que tentão impor idéias mais que perfeita, e são rejeitados como se fossem nada =/ as pessoas choram, as pessoas riem, as pessoas lutam, as pessoas desistem por falta de opção e por rejeição
Nossa geração é vista como o demonio do mundo, o mal, mais o mal necessários que todos aceitaram em ter, quando engravidaram as mulheres, o mundo evolui, de brega para romantico, de rock'n rool para hard core, emocore, de musica balada pra psy e por ae endiante e deve ser por uns desses que nós adolecentes somos inuteis no olhos do adultos, mais sim já disseram "Adultos lembra quando você sonhavam em mudar a terra parabéns você conseguiram - GreenPeace" Deixaram a terra como está para nossa geração mudar, nós os rejeitados, que não vamos viver para viver o que estamos construindo, para nosso futuro, mais eu, eu vou atrás dos meus sonhos, vou passar pelo impossivel nem que se incerteza mais eu vou mudar tudo pra certeza de que o que não me convém seja melhor para mim. Sim eu posso mudar o mundo sim nós podemos mudar o mundo."

Tirando os erros (se fosse falar de cada erro desse pensamento, o texto ficaria gigantesco e digno de um texto escrito pelo Pedro Burgos), o que marca esse texto é a pretensão contida nele. Como eu escrevi naquele meu texto, essa geraçãozinha que vive atualmente tem um ego do tamanho de VY Canis Majoris. Analisando cada passagem desse pensamento (e fazendo as devidas inserções):
"Geração rejeitada, que vai mudar o mundo"
Começou bem. Com essa frase melosa. Até chorei aqui.
"Sempre as pessoas colocam regras sobre nós, nossas idéias são rejeitadas"
Escrevendo desse jeito, imagino o porquê.
"mais eu sei que mais uma vez vou ser rejeitado, por que eu conseigo ver a cara de rejeição antes que digam, sabe por que? porque sempre sou rejeitado,"
Confundir "mas" com "mais" era mais do que esperado desse pensador. Fora isso, gostei da linha de pensamento desse pensador. Ele sabe que vai ser rejeitado porque consegue ver a cara de rejeição dos outros e consegue ver a cara de rejeição dos outros porque sabe que vai ser rejeitado. POOOOOOXXXXAAAA!!! Imaginem um cachorro correndo atrás do próprio rabo.
"eu, você nós, principalmente os adolecentes que tentão impor idéias mais que perfeita, e são rejeitados como se fossem nada =/"
Ideias mais do que perfeitas. Mas são muito humildes. E caro adolescente, antes de mudar o mundo, vai criar pentelho no saco.
"as pessoas choram, as pessoas riem, as pessoas lutam, as pessoas desistem por falta de opção e por rejeição"
Algumas fazem tudo isso e acaba não tendo tempo de se alfabetizar.
"Nossa geração é vista como o demonio do mundo"
Por que será?
"o mal, mais o mal necessários que todos aceitaram em ter"
 

"quando engravidaram as mulheres, o mundo evolui"
Primeiro fala em mudar o mundo, depois fala em rejeição. Agora fala sobre engravidar mulheres e quando as mulheres engravidam. Isso não vai acabar bem.
"de brega para romantico, de rock'n rool para hard core, emocore, de musica balada pra psy e por ae endiante"
A coesão desse pensamento continua fantástica. Não basta ter falado anteriormente de engravidar mulheres e mulheres grávidas. Agora ele fala de música.

E ele acha que partir do rock e ir para o hardcore e emocore é uma evolução? É isso mesmo, produção?


E ainda continua o festival de português bem escrito.
"e deve ser por uns desses que nós adolecentes somos inuteis no olhos do adultos,"
Por um desses, quem caraio? E adolescente que não estuda é um inútil, sim. Vai estudar vagabundo.
"mais sim já disseram "Adultos lembra quando você sonhavam em mudar a terra parabéns você conseguiram - GreenPeace""
Pois não basta ser analfabeto, descoordenado, arrogante e presunçoso. Ainda por cima ter que ser filho da puta e citar essa campanha nojenta feita pelo GreenShit.
"Deixaram a terra como está para nossa geração mudar,"
Exatamente, deixamos ela assim exatamente para vocês aproveitarem e a mudarem. Divirtam-se e façam bom proveito.
"nós os rejeitados, que não vamos viver para viver o que estamos construindo, para nosso futuro,"
De novo, o pensador nos relembrando (pela zilionésima vez) o quão rejeitados são esses adolescentes sem pentelho no saco da geração Y, geração Z, geração Digital, geração Milênio, geração Millenials, geração leite com pera, geração Merthiolate que não arde, geração Ydiota, geração Ymbecil, geração Ygnorante que querem mudar o mundo. Chorei um Nilo de tanto ele falar o quão rejeitados eles são.

Quanto a não viver para ver o que eles estão construindo, eu também não estarei vivo para ver o que eles construíram e fizeram.

Ainda bem.
"mais eu, eu vou atrás dos meus sonhos, vou passar pelo impossivel nem que se incerteza mais eu vou mudar tudo pra certeza de que o que não me convém seja melhor para mim."
Eu até ia zoar, mas até agora estou tentando entender o que ele disse nessa parte. Novamente...


"Sim eu posso mudar o mundo sim nós podemos mudar o mundo."
Realmente. vocês podem mudar o mundo. Mas quem disse que mudar sempre é para melhor?

Não faltava mais nada. Adolescente com complexo de salvador e redentor da humanidade. Será que esse adolescente que vai mudar o mundo estaria disposto a virar um jihadista ou então se embrenhar na floresta amazônica para virar um guerrilheiro?

E ainda por cima é adolescente analfabeto. E com isso, encerro meu caso meritíssimo.

Realidade, essa implacável destruidora de ilusões

Eu comecei a usar a Internet em meados de 1998, portanto já se vão 16 anos. E quando comecei a usar a Internet, comecei a nutrir certas expectativas a respeito do que a Internet faria no futuro. E com a tal da Web 2.0, essas perspectivas ganharam ainda mais força. Acontece que a realidade (ah, a realidade, essa danadinha) estava pouco se lixando para o que eu achava que aconteceria no futuro e tratou de tratorar essas expectativas que eu tinha e as transformou em desilusões. Abaixo as expectativas que foram transformadas em desilusões por culpa da realidade:
"A Internet vai acabar com a televisão e jornais e tomar o lugar deles."
Não nego que jornais, revistas, televisões e rádios tiveram um baque nesses últimos anos. E não nego também que em parte foi sim, por causa da Internet. Eu falei disso. Agora, acabar com televisão, rádio, jornais e revistas (que o pessoal "muderninhu" gosta de chamar de "velha mídia" de forma jocosa e pejorativa)? A verdade é que eles ainda continuam aí, alguns usando da Internet para publicar programas passados antigamente. E o mais importante, continuam aí, com um grande poder de influência.

Além de que, um dos principais portais de notícias da Internet é do mesmo conglomerado do principal jornal em circulação do país e outro grande portal de notícia pertence a um conglomerado que está presente em tudo quanto é mídia (TV aberta, TV paga, jornal, revista, rádio, provedor de Internet, editora de livros, gravadora, operadora de TV a cabo).

E quanto a falar que a televisão está com os dias contados, há pelo menos 15 anos que eu ouço que a televisão está com os seus dias contados.
"A Internet vai estimular e melhorar a leitura e fazer com que se leia mais livros."
Foi feita uma pesquisa que mostrou que a Internet não estimula a leitura de livros. Ao contrário, piora a situação. Meio óbvio, afinal de contas a molecada passa tempo demais na Internet e tempo de menos lendo livros.

E agora com a consolidação da "geração Twitter", aquela geração que considera frases de 140 caracteres como textos completos, a tendência é a leitura diminuir e piorar ainda mais.
"A Internet vai servir para melhorar o desempenho escolar dos alunos."
Um dos meus primeiros textos foi a respeito de uma pesquisa feita há bastante tempo por professores da Unicamp mostrando que, não só computador com Internet não melhora o desempenho escolar, como em alguns caso pode piorar. E muito. Também era óbvia essa constatação. E a explicação é a mesma que foi dada para o caso da leitura. Tempo demais na Internet e tempo de menos estudando.

Além disso, como o pessoal está escrevendo cada vez menos a mão e cada vez mais com teclado, o aprendizado e a retenção de conteúdo e de conhecimento tem ficado cada vez pior. Sim, existem pesquisas científicas mostrando os benefícios de se escrever a mão e os malefícios de se escrever usando apenas teclado [1] [2] [3] [4] [5] [6] [7].

E sem contar que a molecada folgada fica usando esses sites de perguntas e respostas para que os outros façam o seu dever de casa. Aí é que o desempenho escolar não vai melhorar mesmo.
"A Internet vai fazer com que se escreva mais e melhor."
É mesmo? Então deem uma olhada no Facebook, Yahoo Respostas, Twitter, blogs e área de comentários de blogs, portais de notícias (isso para quem for masoquista) ou de vídeos de Youtube (isso para quem for MUITO masoquista), ou então se lembrem do finado Orkut, para vocês verem como a última flor do Lácio tem sido agredida impiedosamente. O que é óbvio, se a leitura é ruim, a escrita também será ruim. Parece até que o pessoal desaprendeu a escrever. É gente confundindo "mas" com "mais", "agente" com "a gente", "me" com "mim" (ver analfabeto escrevendo "mim ajuda" dói no útero), escrevendo "concerteza"/"conserteza"/"consertesa".

Inclusive, como foi dito uns parágrafos acima, com o fato do pessoal usar cada vez menos caneta e lápis e cada vez mais teclado para escrever, não só a escrita é ruim como também é feia. Não bastam apenas os erros de ortografia e concordância, é cada garrancho que se vê por aí. Vai ter que voltar com as aulas de caligrafia.

Mas vai você querer fazer alguma correção ou citar algum erro de ortografia. Chamam-te de classista, elitista, esnobe, reacionário (pois é. Ser reaça agora é escrever direito) e grammar nazi (oi Godwin, tudo bem?).
"A Internet vai fazer com que a pessoa aprenda mais sobre tudo e aumentar a sua bagagem cultural."
Se a Internet tem feito com que se leia cada vez menos e com que se escreva menos e pior, chega-se a conclusão que ela não vai melhorar o aprendizado da pessoa. Além de que, com a criação dessa variação anômala da língua portuguesa criada por mongoloides analfabetos chamada miguxês e com a inundação de informações e com a facilidade que é para buscar essas informações, acabamos por destreinar o cérebro e usá-lo como um "Plano B". Aí não tem como não emburrecer.


Internet vai servir para aprender sobre alguma coisa para aqueles que querem realmente aprender alguma coisa (estou preparando uma série de textos com esses sites para se aprender alguma coisa. Aguardem). Agora se a pessoa é estúpida, a internet só vai contribuir para que ela fique ainda mais estúpida.
"A Internet vai servir para mobilizar e politizar o cidadão."
O que poderia ser usado como uma grande ferramenta para fazer com que uma pessoa se mobilizasse mais, saísse mais às ruas, deixasse de ser acomodada, apática, bundona, moloide e covarde ou pelo menos tirasse o sujeito da zona de conforto acabou funcionando às avessas. De ciberativismo passou a ser sofativismo e deixou essa pessoa ainda mais acomodada, apática, bundona, moloide, covarde e menos mobilizada.

A Internet vai ajudar a mobilizar e engajar aquelas pessoas que já são mobilizadas e engajadas em algo e que, na falta de Internet, usariam outros meios e ferramentas que estivessem ao alcance. Agora, aqueles que não tem o hábito de se mobilizar e se engajar, Internet não vai adiantar de nada. Não, amiguinho, não considero assinar abaixo-assinado digital ou compartilhar ou curtir determinada imagem como um ato de engajamento.

E também tem o fato de atualmente o pessoal nutrir uma necessidade da porra de autoafirmação e expiação de culpa burguesa e usam de campanhas para mostrar "engajamento" ou que "conhecem" o problema e se "preocupam" e se "empenham" na mitigação do mesmo.

E não se pode esquecer de falar dos blogs políticos que... dispensam quaisquer tipos de apresentação.
"A internet vai fazer com que a pessoa seja mais solidária."
Outra desilusão que foi tratorada pela merda do sofativismo. Foram publicadas duas pesquisas, uma pela Universidade de Michigan e outra pela Universidade de British Columbia que mostra como o sofativismo reduz doações para obras de caridade da vida real (embora tenha gente que odeie essa expressão, eu a uso. Aliás, uso justamente porque tem gente que a odeia).

Além de que, como foi dito acima, o pessoal sente uma necessidade da porra de autoafirmação e de expiação de culpa burguesa e vai mostrar como se preocupa com as crianças famélicas da Miserábia Setentrional do Sul da África do Norte curtindo e compartilhando imagens de crianças esqueléticas no Facebook e retuitar essa mesma imagem no Twitter.

 Sempre tem uma charge do Dahmer que se encaixa.
"A Internet vai propiciar um aumento na quantidade de informações."
Sim, é verdade. Mas e daí? Informação não é conhecimento e quantidade não é qualidade. Não adianta ter bastante informação se a grande maioria é inútil, fútil, idiota, curta, rasa e de rápido consumo. Quando não raro, são informações falsas ou erradas.

Inclusive eu mostrei um vídeo criado pelo pessoal do G17 mostrando como que na sociedade da informação™ há gente tão desinformada.

E com a criação dos sites de fake news (como é o G17, por exemplo), a coisa piorou ainda mais. Mas é óbvio que esses sites não tem culpa de nada, a culpa é dos espertões que desligam o cérebro e que seguem aquela máxima de Machado de Assis de que se está na Internet então é verdade. Ainda mais que essa máxima foi escrita num texto do Luís Fernando Veríssimo (ou teria sido do Arnaldo Jabor?)
"A Internet vai acabar com as gravadoras."
Mais uma desilusão. A Internet serviu bem para procurar novos artistas. E só. Se esses novos talentos quiserem ter algum sucesso, ganhar algum dinheiro e, principalmente, viverem apenas disso, ainda vão continuar a depender da "velha mídia" e do odioso esquema de jabá das gravadoras.

Bom, essas foram as desilusões que a realidade tratou de tratorar. E você? Tinha alguma desilusão que foi arrazoada por essa coisinha chata chamada "mundo real"?

Político deveria ter ensino superior? Ou: Se sofativista usasse o cérebro não seria sofativista.

E mais uma vez, eis que os sofativistas não descansam (e não dá para se cansar mesmo, já que cada revolução de sofá gasta 1 erg de energia do sofativista) e partem para mais uma gloriosa revolução de sofá com mais uma proposta que se posta em prática vai mudar porra nenhuma na realidade nacional.

Dessa vez os sofativistas estão protestando pois querem (aliás, EXIGEM) que os políticos possuam no mínimo o ensino superior. E isso vai desde vereador, até presidente.

Como? Se tem imagem? Lógico que tem. Sofativista não é sofativista se não cria imagens de protesto. Afinal, criar essas imagens é um processo extremamente árduo que exige um grande trabalho físico e mental e usa todo o cérebro e todos os neurônios do sofativista (todos os dois).

Aí vão as imagens dessa mais nova proposta que se posta em prática vai mudar porra nenhuma na realidade nacional:


E essa:


Aliás, que fofa essa última imagem. E como são bondosos os criadores dessa bosta, né? Eles não querem julgar o político por não ter ensino superior. Imagina se quisessem.

Quais os erros dessa jenealíçema campanha e dessas jeneais imagens? Como de costume, vamos por partes:

O primeiro é que, assim como eu escrevi naquele texto falando se políticos devem usar serviços públicos ou não, direi o mesmo para essa jenealíçema proposta. Isso não passa de solucionismo.

Segundo que, o fato da pessoa ter um diploma de ensino superior não quer dizer absolutamente nada. Tem gente que não tem diploma (aliás, sequer tem o primário) e tem uma inteligência política e uma visão política assombrosa e em compensação tem gente que tem ensino superior completo mas não entende absolutamente nada de política (Oi, prazer, Meu nome é Lucho). Aliás, tem gente (e conheço gente) que mal sabe ler e escrever e é muito mais inteligente que muitos intelectuais, pessoas de QI alto (como um certo roqueiro brasileiro que é a prova de que QI não mede inteligência) e "Senhores Doutores" e que num embate de ideias, aqueles humilhariam estes e colocá-los-iam (gostaram da mesóclise?) no chinelo.

Terceiro que, como assim curso superior relacionado ao serviço desempenhado? Não entendi isso. Quer dizer que a pessoa não vai poder legislar sobre determinado assunto por não ter diploma daquele assunto? E se a pessoa estiver inteirada e bem informada a respeito daquele assunto? E não, não é a mesma coisa. É só olhar o que eu escrevi no parágrafo acima.

Quarto que, antes que venham com mimimi, exigir um determinado grau de escolaridade para exercer uma determinada profissão não é inconstitucional. Basta olhar o que está escrito no inciso XIII do famoso artigo 5º da Carta Magna. Está lá, dizendo que "é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer" (negrito por conta da casa). Portanto, não tem nada de ilegal ou de inconstitucional exigirem uma escolaridade para uma profissão.

O quinto que, mais uma vez entra em cena a folga do eleitor brasileiro. Quer dizer então que político tem que ter ensino superior, mas o eleitor brasileiro não precisa? Muita folga.

E por último, não é a falta de estudo o grande problema do político brasileiro, mas sim a falta de caráter, honra, dignidade, probidade, honestidade e comprometimento do político com a coisa pública. Ou vocês imaginam que Sarney, Collor, Maluf, Marco Feliciano, Renan Calheiros, func.. func... Aécio, Alckmin, família Boçalnaro, Genoíno, família Barbalho, família Lobão e outros bostas do gênero não possuem diploma de ensino superior e seriam políticos melhores se possuem um diploma (do que quer que seja)?

Aliás, eu disse que essa proposta se posta em prática vai mudar porra nenhuma mas, pensando bem, em se tratando do ensino superior brasileiro, não sei se essa proposta não pode piorar as coisas. Afinal, há uma proliferação enorme de uniesquinas e universidades caça-níqueis de péssima qualidade, as universidades brasileiras difundem de maneira indiscriminada e irresponsável as pseudociências (universidades particulares difundirem essas merdas já é um absurdo. Universidades públicas então, é um absurdo elevado ao cubo) e mais da metade dos universitários brasileiros podem ser considerados analfabetos funcionais. Isso mesmo, MAIS DA METADE!!!!!!

Depois de tudo isso (especialmente o parágrafo acima), vocês que compartilharam essas duas porcarias acham mesmo que as coisas vão mudar com essa exigência? Nem vou perguntar se eles pensaram em tudo isso pois é óbvio que eles não pensaram. Sofativistas não pensam. Para essa gente boa, cabeça só serve para segurar cabelo, usar boné, colocar tiarinha e separar as orelhas.

E, como toda onda sofativista, essas imagens serão publicadas mais no futuro no Tumblr. Aguardem e confiem.

Estavam queimando bandeira ontem a tarde. Pode isso, Arnaldo?

No ano passado, quando o gigante acordou e aconteceram aquelas ridículas e idiotas micaretas fascistas fora de época em que o pessoal foi para a rua dizendo que não era só por 20 centavos, porém foi a única coisa que conseguiram e falando que não ia ter copa (e teve), além de destruírem o patrimônio público e privado, mas era sem vandalismo e expulsarem aos socos, murros e pontapés quem portasse camiseta ou bandeira de partido político, movimento político ou social ou então uma câmera ou microfone, mas era sem violência, foi comum ver nobres manifestantes bem intencionados queimarem a bandeira nacional ou então picharem ou fazer qualquer tipo de vandalismo com a bandeira nacional.

Essa cena também foi comum no dia 8 de julho de 2014, quando aconteceu aquele jogo em que a seleção alemã prestou um enorme favor ao futebol mundial e ganhou, goleou, trucidou, humilhou e espezinhou aquela aberração que foi a seleção brasileira que disputou a copa de 2014. Prometiam um hexa, porém conseguiram um hepta.

Mas afinal de contas, fazer isso é legal? Fazer isso não é crime? Pode fazer isso? Por que estavam queimando bandeiras ontem ao meio-dia?

Respondendo as suas perguntas: Não, fazer isso não é legal e sim, fazer isso incorre em crime. É o que diz o artigo 35 da lei 5700 de 1971.
"Mas então por que estavam queimando bandeiras ontem a tarde?"

Aquelas bandeiras estavam sendo incineradas pois estavam em péssimo estado de conservação. Estavam desbotadas, rasgadas, desfiadas, furadas. Bandeiras assim são entregues às juntas militares, que ao meio dia do dia 19 de novembro (dia da bandeira) são incineradas. Esse é um rito militar e que está descrito no artigo 31 da mesma lei 5700 de 1971. É pura e simplesmente isso.

Portanto, saibam. Dá próxima vez que vocês forem fazer mais uma micareta fascista fora de época e pedir por mais 20 centavos, não queimem a bandeira nacional.

Comentário mais do que óbvio da semana.

Eis que folheando o jornal, me deparo com o seguinte... err... comentário:


Tirando a piadinha envolvendo a Ponte Preta, que está em vias de subir para a primeira divisão do campeonato brasileiro (é questão de tempo), eu só tenho a dizer o seguinte:
"POXA!! JURA!!! QUEM DIRIA!!!! EU JAMAIS DESCOBRIRIA ISSO!!!!!"
Eu fui mostrar esse comentário ao meu animal de estimação e ele fez o seguinte.


Mas... por que os rios estão secos?
"É por que não chove??"
Sim, exatamente. É porque não chove.
"AH, VÁ!!!! CÊ JURA, LUCHO????"
Sim. Agora quem deu uma de comentarista óbvio fui eu. O problema é que não chove. E como resolver esse problema e fazer com que chova mais ou com que apareça água assim do nada?

Embora tenha surgido algumas ideias para contornar a falta de água, porém com alguns problemas, seja o de consumir muita eletricidade (e por consequência, dinheiro) ou o de ser uma ideia absolutamente inócua, saibam vocês que existe uma solução que não apresenta esses problemas. Que, aliás, não apresenta qualquer problema que seja.

Exatamente. Existe essa máquina. Existe, de verdade, uma máquina que produz umidade e água sem consumir energia elétrica. Além disso essa máquina também refrigera o ambiente, diminui a temperatura do ambiente, melhora a sensação térmica no ambiente e, novamente, sem consumir energia elétrica. Vocês querem saber qual tecnologia maravilhosa é essa? Pois eu digo então. Essa maravilhosa tecnologia, planejada por um grande engenheiro, é que está na imagem abaixo:


Vamos começar a investir mais e se preocupar mais com essa máquina?

E por falar em seca, encontrei esse ótimo vídeo que o Pirulla fez falando sobre esse problema e porque ele está acontecendo:

Pois é. No meio de tanto sofativismo, mimimi, blablablá, choradeira e demais merdas que caracterizam os vlogueiros e vlogs brasileiros, eis que a gente acha alguns diamantes. Muito bom o vídeo, Pirulla.

E eis aí um problema que político nenhum vai combater. O crescimento populacional. Afinal de contas, o bebezinho que nasce hoje, será eleitor amanhã.

E, conforme o meu último texto, caso o volume morto do Cantareira acabe, não poderão usar nem a bacia do São Francisco e nem a bacia do Amazonas.

Separar o Norte e Nordeste do resto do Brasil? Sou bastante a favor.

Depois que findou-se as últimas eleições presidenciais em que Dilminha venceu func... func...  Aecinho e com isso ganhou mais quatro anos de permanência no Palácio do Planalto choveu mimimi e choradeira dos derrotados. Choradeira de todos os lados, todas formas, para tudo quanto é gosto. É gente achando que houve fraude nas urnas (sim, o PT fraudou as urnas para ganhar por uma vantagem de menos de 4%. Jêneos), gente chamando de omissos os 37 milhões de pessoas que não escolheram nem um, nem outro, seja votando nulo, branco ou nem indo votar (e eu faço parte desses 37 milhões, pois votei nulo. "Omisso" sim, com muito orgulho), gente reclamando que o pessoal jogou no lixo o seu voto (entenda-se "jogar no lixo o seu voto" como "votar diferente de mim") e gente que criou um abaixo-assinado (aliás, dois abaixo-assinados) querendo o Impeachment da presidente DEMOCRATICAMENTE ELEITA (sofativismo misturado com gente que não sabe perder. É muita mediocridade. Enquanto isso Aécio ligou para Dilma parabenizando-a pela vitória. Aprendam como se deve agir numa democracia, crianças da merda da geração Merthiolate que não arde).

Inclusive teve até um fantástico jogador de vôlei (e isso não foi ironia) que foi nomeado Embaixador do Esporte no governo Dilma, mas que ficou putíssimo quando Dilma foi reeleita. Será que deixará e pedirá exoneração do cargo por causa disso, ou será que, mesmo puto com tudo isso, continuará no cargo visando o bem maior: O dinheiro A promoção e fomento dos desportos brasileiros?

E, como de costume, gente reclamando que foram os mortos de fome dos nordestinos que, com medo de perder o Bolsa Família, não votaram no func... func... Aécio, preferindo a Dilma. Só nordestino que votou na Dilma, né? Mas decidi escrever esse texto não por causa disso. Decidi escrever esse texto por causa de uma proposta que esse pessoal fez de separar o Norte e Nordeste do resto do Brasil. Mas dessa vez essa proposta não ganhou a adesão de gente anônima e desavisada, mas sim de gente bastante graúda, como um delegadinho de porta de cadeia, um economista mongoloide que virou cocôlunista da Veja (se merecem), um soldadinho de chumbo (segundo deputado estadual mais votado em SP. O povo tem os políticos que merece) e uma vereadora de Natal (!!!!!!!!!!) querendo a criação de uma "Nova Cuba".

E sabe o que é o pior? O pior é que eu concordo com esses três aí do parágrafo de cima. Realmente o Norte e o Nordeste deveria se separar do resto do Brasil. Sou muito a favor dessa ideia. Concordo completamente com essa ideia. Mas com as seguintes condições:
1 - Dê adeus a aquele açaí gostoso que você toma todo dia na academia, ok? E volte ao pão integral, pois tapioca não terás mais. 

2 - Seus filhos não irão poder ler Jorge Amado, Ariano Suassuna, Graciliano Ramos, Aluísio de Azevedo, Castro Alves, José de Alencar, João Ubaldo Ribeiro, entre outros.

3 - Vamos ter que engolir Collor, Sarney, Lobão e Renan. Você terá que aguentar seus jovens talentos: Bolsonaros, Garotinhos, Feliciano e Russomano. Além do João Campos (autor da cura gay), Malafaia e Edir Macedo.
4 - Não vale mais viajar para Porto de Galinhas, Praia do Forte, Itacaré e Jericoacoara. Muito menos réveillon em Trancoso e jamais, em hipótese alguma, carnaval em Salvador e Recife. Aliás, todas as memórias de carnavais passados neste locais terão que ser apagadas da sua mente.

5 - Seu carro flex, vai ser só a gasolina, pois não vamos dar a cana de açúcar que plantamos e produzimos. 

6 - O samba fica com a gente pois foi criado na Bahia. Vamos ter que brigar pela Bossa Nova, pois surgiu no RJ, mas das mão de um baiano, João Gilberto. Também ficamos com o movimento Tropicalista e seus principais mentores: Caetano, Gil, Torquato e Tom Zé. Sua vida musical vai ficar mais triste pois não abrimos mão de ficar com o frevo, axé, maracatu, afoxé, forró e tantos outros ritmos. 

7 - Ficamos com o maior complexo industrial integrado do hemisfério sul, o Polo Petroquímico de Camaçari que conta com 90 empresas químicas, além da fábrica da Ford. E lembre-se que o maior polo tecnológico, o Porto Digital, está em Recife e o polo têxtil está em Fortaleza. 

8 - Podem ficar com Elis Regina. Nós ficamos com Gal, Bethânia, Elba, Alcione, Fafá, Daniela e Ivete.

9 - Não abrimos mão da maior empresa de construção do país, a Odebrechet, que também é a maior exportadora de serviços brasileiros e uma das maiores construtoras de hidrelétricas do mundo.

10 - Quando o volume morto da Cantareira acabar, não vale pedir água emprestada da bacia do Amazonas ou do São Francisco (que já anda muito castigado).

11 - Parte da exportação fica com a gente, principalmente a de frutas, algodão, soja, cacau, feijão, guaraná e milho. 95% do sal também fica conosco já que é produzido no Rio Grande do Norte.

12 - Não vamos ser a 6ª economia mundial, nem vocês, pois serão ultrapassados por Itália, Rússia e Índia. Nosso PIB será maior do que o do Chile, Portugal, Israel, Grécia, Finlândia e Singapura, para citar alguns exemplos.

13 - E o mais importante de tudo: DEVOLVA NOSSA GENTE. Queremos de volta todos os nordestinos (e seus descendentes) que saíram de nossas terras desde a década de 40 e ajudaram a construir suas cidades. São Paulo e Rio são grandes metrópoles hoje, graças a migração nordestina, e se todos um dia voltarem, essas cidades irão parar e a economia quebrar. Além de empregadas domésticas e motoristas de ônibus, vai faltar professores, médicos, engenheiros e administradores.

Sim, é sob essas condições que eu aceito que se separe o Norte e Nordeste do resto do Brasil. Assim eu quero. E é assim que eu aceito. E vocês? Principalmente para os quatro que eu citei alguns parágrafos acima. Vocês também topam?
Essas sugestões não são de minha autoria. Foi um texto (sensacional, como pode ser visto) que eu achei por aí. Como esse blog é o Blog do Lucho e não o Kibe Loco, eu darei a fonte de onde eu encontrei esse texto. É esse texto aqui. Porém gostaria de fazer alguns adendos:

Com relação ao item 3, pode-se também adicionar o soldadinho de chumbo Coronel Telhada em São Paulo, Flávio Boçalnaro Bolsonaro (é filho) e Samuel Malafaia (é irmão) no Rio de Janeiro, Luís Carlos Heinze e Lasier Martins (vai fazer companhia à colega dele da RBS, Ana Amélia Lemos) no Rio Grande do Sul, Marconi Perillo e Ronaldo Caiado em Goiás.

Com relação ao item 4, também pode esquecer daquela viagem para o Nordeste comprada num pacote da CVC, num leasing parcelado em 253 prestações e que foi usado o FGTS.

Em relação ao item 5, e mesmo assim não vai ter tanta gasolina, já que uns dos principais polos de prospecção de petróleo são os polos petroquímicos de Manaus e Camaçari.

Com relação ao item 6, isso também vale para o Rock, já que um dos melhores roqueiros brasileiros que já apareceu era soteropolitano. Raul Seixas.

Com relação ao item 7, quando a Nokia ainda era forte e não tinha sido incorporada à Microsoft, um dos principais polos da Nokia ficava em Pernambuco, era o Instituto Nokia de Tecnologia, ou INdT.

Com relação ao item 8, podemos ficar também com Tom Jobim. Nunca vi nada de mais em ambos. Os dois são curtidos por idiotas que querem aparentar ser cultos e ter um gosto refinado.

Com relação ao item 9, além da Odebrecht, inclua também a OAS que, dentre outras coisas, foi uma das construtoras que esteve presente na ampliação do aeroporto de Guarulhos.

Com relação ao item 10, também não vale procurar pelo aquífero Alter do Chão. Se bem que por aqui temos o aquífero Guarani. E além disso, se todo esse pessoal choroso decidisse chorar nos reservatórios do Cantareira ou então na bacia do PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí), a crise hídrica em São Paulo já estaria resolvida.

Com relação ao item 11, isso também pode se aplicar ao alumínio (boa parte dele encontrado no Pará), o níquel (boa parte dele encontrado na Serra do Japi, no Pará) e as minas de terra-rara da Amazônia. E se quiser combustível para as usinas termonucleares de Angra, podem esquecer das minas de urânio de Caetité e de tálio de Barreiras, na Bahia.

E, para terminar, com relação ao item 13, isso jamais poderia acontecer. Imagina se esse pessoal ficar sem empregada. Como é que eles vão fazer para limpar o rabo?

Só se esqueceram de falar da energia elétrica. Caso precisem de eletricidade, não peçam pela energia produzida pelas UHEs de Sobradinho, Paulo Afonso, Castelo Branco e Tucuruí. E nem para as futuras UHEs de Jirau, Belo Monte e Santo Antônio. E também podem esquecer as usinas termelétricas de Camaçari e de Campina Grande.

Além de tudo isso, visitem esse site com os feriados estaduais e vejam a quantidade de feriados que tem a Bahia, Pará, Pernambuco e Paraíba e compare com a quantidade de feriados estaduais que há em São Paulo.

E aqui vai uma curiosidade histórica. Sabe quando o Brasil se tornou completamente independente de Portugal? Não, não foi com aquela palhaçada em 7 de setembro de 1822, com o gritinho do D. Pedro I, as margens plácidas do Ipiranga, mas sim em 2 de julho de 1823, em conflito armado, que ocorreu... na Bahia.

E o pior é que essa proposta nem assim é tão nova. Na eleição de 2010, já teve gente chorona propondo algo parecido, como pode ser lido no texto abaixo:



E ainda por cima esse texto apócrifo veio com a autoria do Luís Nassif, sendo que ele já desmentiu a autoria dessa merda de texto. Ainda se tivesse sido escrito pelo Olavo de Caralho Carvalho, Reinaldo Azevedo, Diogo Mainardi ou pelo Rodrigo Constantino.

Que blog é esse? Não vou falar não. E nem adianta fazer buscas no Google, já que esse blog nem existe mais. Consegui obter esse texto, por algum milagre do destino, no archive.org.

Para esse delegadinho de porta de cadeia (ainda bem que o pai dele morreu, senão teria um desgosto profundo ao ver o que foi que ele colocou no mundo), ao cocôlunista mongoloide, ao soldadinho de chumbo, à vereadora e para quem publicou esse texto apócrifo cuja autoria foi dada para o Nassif, peço que leiam o artigo 11 da lei 7170. E além disso, peço que também vejam essa charge feita pelo Maurício Ricardo:


Link para a charge

Abre parêntesis. Mesmo numa charge como essa, de humor de qualidade e que é uma verdadeira aula para os quatro preconceituosos de bosta, acaba aparecendo um floquinho de neve que ficou ofendido. Nesse caso foi uma floquinha de neve. A floquinha aí abaixo:


Não sei como não teve mais mimimi. Principalmente porque a mulher que está sendo alvo da chacota é uma mulher branca, loira e de olhos azuis. Poderiam acusar o Maurício Ricardo de racismo e de fazer chacota usando algo bastante estereotipado. Fecha parêntesis.

Pelo visto ninguém aprendeu NADA com o caso Mayara Petruso.
 

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Onde me encontrar

Onde podem me encontrar

Histórico

Estatísticas

Desde 31/01/2008:

Dias online
Postagens
comentários