Pesquisar este blog

Blog do Lucho agora é HTTPS.

Uma novidade nova aqui no blog. Depois de muito bater cabeça enfim consegui fazer uma coisa que gostaria há muito de fazer. Consegui enfim colocar HTTPS aqui. Sim, acredite se quiser, senhores, dá para colocar HTTPS em blogs no Blogger.

Na verdade o processo para colocar HTTPS no Blogger é bem simples. O que me matou (e fez eu perder os poucos cabelos que ainda me restam) foi o Disqus. Toda vez que eu colocava a versão segura do protocolo, os comentários simplesmente sumiam. Tentei fazer de tudo para que os comentários aparecessem, porém não tinha jeito. Eles sumiam, eu desistia e voltava ao HTTP.

Até agora.

Até que, enfim, descobri uma ferramenta, no próprio Disqus, que faz com que os comentários não sumam. Na verdade, o que se tinha que fazer era mapear as URLs. E para fazer isso, basta ir na página inicial do Disqus, clicar em Community > Migration Tools > Start URL Mapper. A partir daí a página é bem elucidativa, bem autoexplicativa e por causa disso não vou dar mais passos do que é para fazer. Sim, a página é em inglês. Você não sabe inglês? Leia o último texto.

Fiz o passo a passo e... voilà. Os comentários apareceram. Um alivio para que o Segão, Clover, Nestor, Celso e André não pensem que eu removi os comentários de todos eles.

Com essa nova... novidade, creio que o blog ganha uma lufada de amadurecimento. Pelo menos fica a sensação de que a casa não está abandonada. Além de fazer com que a navegação pelo site fique mais segura. Pelo menos isso que eu espero.

E também foi boa esta exata hora em que eu consegui colocar a versão segura do protocolo, quando Chrome e Firefox decidiram vir com artilharia pesada contra quem não usa HTTPS. Além do mais, já faz um tempo que HTTPS é usado pelo Google para rankear páginas (e imagino eu que Bing, StartPage e DuckDuckGo também levem isso em consideração). Quem sabe o Blog do Lucho consegue aparecer melhor posicionado nas buscas, hein? Na verdade, eu queria colocar HTTPS aqui mais por causa deste último.

Que seja. Depois de ter conseguido fazer essa alteração, até me animei e me motivei para continuar a blogar por aqui.

Mas ainda continuo não pedindo doações e nem fazendo questão delas. Novamente, tenho minhas razões para tal.

Breve recado para jornaleiro / blogueiro / youtubeiro arrogante.

Pois é. Só mesmo em feriados para eu vir aqui e publicar algo nessa bosta.

Nos últimos dias aumentou a quantidade de canais informativos (e por canal aqui eu me refiro a blogs, podcasts, portais, etc. Não existe somente YouTube, filhão) pedindo doações. Canais pedirem doações não é novidade, eles sempre existiram, porém nestes tempos espinhosos, com o recrudescimento do uso de bloqueadores de propaganda (não é só o AdBlock que faz isso, que aliás, já ultrapassei 1,5 milhão de itens bloqueados com essa belezinha) e com a Google querendo cortar a grana de youtubeiros (e eu acho que esse corte também deveria se estender a blogs e portais, já que é cada merda que tem por aí que, se eu tivesse uma empresa, ficaria muito incomodado de ver o nome dela - e o meu por tabela - vinculado a essas merdas) é que aumentou a quantidade de pessoas recorrendo a doações e recorrendo a ferramentas como Apoia.se, Catarse, Kickante, Vakinha, Padrim e Patreon, além dos tradicionais PayPal e PagSeguro (todos esses sites usam HTTPS e eu aqui não consigo colocar a merda do HTTPS sem que sumam os comentários do Disqus).

Não há nada de errado, ilegal, imoral, aético ou vergonhoso em se pedir doações. Sério. Não há nada mesmo. Ora bolas, as principais universidades americanas (estadunidense é a bola esquerda do meu escroto) faturam muito com doações. Yale, Cornell, DukeHarvard e outras grandes universidades possuem programas para doação. Até as universidades brasileiras recebem doações. Obviamente que em menor quantidade (IIIIHHHHH!!!! O Globo??!!! Imprensa Golpista!!! Mata, pica, fatia, queime e jogue sal) por causa da mentalidade da população e do empresariado e também por causa da burocracia que é para fazer essas doações, embora haja um projeto de lei para fazer com que esse processo não seja tão burocrático. Novamente, não há nada de errado.

O problema é que o pessoal em Terra Brasilis degradou a atividade e o que era para ser um simples pedido de doação acabou se transformando em mendigagem, com um monte de jornaleiros, blogueiros, youtubeiros, podcasteiros e outros "produtores de conteúdo" achando que o público que os acompanha tem a obrigação de dar dinheiro ao conteúdo único e exclusivo em toda a Internet mundial que ele produz. O negócio degradou tanto que tem gente que chama o Patreon (que até hoje os mendigos da Internet não sabem se pronuncia pátreon, patreón ou pêitreon. Aliás, esses mendigos ainda acham que "patron" é patrão, quando na verdade significa patrono) de "Mendigon".

E alguns desses jornaleiros, blogueiros, youtubeiros e outros "produtores de conteúdo" são ainda mais ameaçadores. E a "ameaça" é da que, se ninguém cumprir com o dever de dar esmola a eles, o tal conteúdo único, inédito e exclusivo em toda Internet mundial será pago (exatamente, o maldito PayWall).

Pois para esses jornaleiros, blogueiros, youtubeiros, podcasteiros arrogantes que se acham e acham que o seu conteúdo é tão único e tão exclusivo que todos deveriam pagar para vê-lo, eis aqui um gráfico:


O que é esse gráfico? É um gráfico com os idiomas mais usados na Internet, que foi tirado de um site muito legal chamado W3Techs, que contém diversas estatísticas sobre a Internet. Uma dessas estatísticas é com relação a idiomas.

Pelo gráfico acima, retirado no dia de hoje, 22 de abril de 2017, pode-se ver que de todo conteúdo produzido e publicado na Internet, 51,8% está em inglês, enquanto que 2,5% está em português, o significa que, hoje, dia 22 de abril de 2017, há em média 20,72 vezes mais conteúdo na Internet em inglês do que em português. Em média, pois em algumas situações a discrepância é bem maior.

Isso significa que, para um determinado conteúdo existente em português, há em média entre 20 e 21 vezes mais desse mesmo conteúdo em inglês.
"Mas quantidade não é qualidade"
Nem sempre. Quando se tem muito num determinado nicho, acaba tendo disputa, que se transforma em concorrência, e para se dar bem numa concorrência, você tem que se sobressair pela qualidade (sim, eu sei que há outras coisas. Não estraguem o lado idealista deste texto). E é por causa disso que, não somente há mais conteúdo em inglês como ele é de melhor qualidade.

E com o que eu disse no parágrafo anterior, vai aqui uma dica do Lucho (já perdi a quantidade de vezes em que falei sobre outras coisas dentro do mesmo texto, mas enfim). A dica é: Aprenda inglês, por favor. Compreenda inglês. Só pelo gráfico, você já viu que, sabendo inglês, você consegue compreender metade de tudo o que é produzido e publicado na Internet. Mas não é só por causa disso. É também para sua vida acadêmica ou profissional. Não pense que você vai conseguir se virar sabendo português, pois não vai. Profissionalmente não vai conseguir. E academicamente muito menos. Então aprenda inglês. Mas antes de aprender inglês, aprenda sua língua pátria, cavalo, pois não vai adiantar de nada. Antes que perguntem, não vou dar dicas de cursos de idiomas, pois aí já estaria me desviando demais do tema do texto.

Voltando ao tema do texto, para você jornaleiro, blogueiro, youtubeiro, podcasteiro arrogante que se acha e acha que o seu conteúdo é único em toda Internet, está mostrado que o conteúdo que você produz em português existe em inglês, em maior quantidade e, provavelmente, em melhor qualidade. Portanto, baixa a tua bola e para de achar que todo mundo tem a obrigação de te dar dinheiro. E também pare de achar que a Internet vai se esboroar quando você não quiser produzir mais conteúdo (sim, sou bem otimista, não é questão de se você vai parar de produzir conteúdo, mas de quando você vai parar).

Mas se ainda assim você se acha tão especial e acha que o conteúdo que você produz é tão precioso que todo mundo tem que pagar para acessá-lo e está realmente decidido a murar o seu conteúdo com os muros do Paywall, eu só posso dizer uma coisa: Vá em frente. Faça o que bem entender. Não estou lhe impedindo de fazer o que bem entender. Numa Internet em que o que não falta é conteúdo, eu só posso lhe desejar muito boa sorte nessa sua empreitada. Pois você vai precisar.

Quanto a mim, se eu pediria doações? Não. Não pediria. Tenho minhas razões para isso.

Eu sei que já faz bastante tempo que não coloco textos aqui.

E vai continuar assim por um bom tempo.

Grato.

Blogs políticos, canais de YouTube e páginas de Facebook. Esta conquista é de vocês.

A questão de uma semana atrás foi publicada uma pesquisa do IBOPE dizendo que jornais impressos são líderes de credibilidade. Sim, jornal impresso, aquele veículo de comunicação que os nossos antepassados das cavernas do século XX usavam, folheavam e abriam para se informar a respeito do que acontecia na cidade, no estado, no país e no mundo. Cerca de 59% dos entrevistados disseram confiar muito ou na maioria das vezes no que se publica em jornais. Logo na sequência, estão outros meios de comunicação usados pelos nossos antepassados neandertais do século XX como o rádio e a televisão, com índices de credibilidade de 57% e 54%, respectivamente. Pois é. A velha mídia é velha mas é ainda é muito respeitada.

Em contrapartida, blogs, redes sociais e sites estão na outra ponta da régua. Os entrevistados disseram que mais desconfiam destes meios de comunicação. No caso de sites, 62% dos entrevistados disseram desconfiar na maior parte dos casos. Para para blogs a desconfiança é de 54% e no caso de redes sociais a desconfiança é de 63% (estou rindo internamente). Porém esses percentuais são daqueles que desconfiam na maior parte das vezes. Se for somar com quem nunca confia, o percentual dos três ultrapassa 80% (agora estou gargalhando internamente). A notícia com a pesquisa pode ser conferida aqui ou então aqui, para o caso do Big State começar com palhaçada e viadagem de paywall.

Na hora que li essa notícia, não me restou outra alternativa senão dedicar essa conquista a merda de blogs políticos, lixo de páginas do facebosta e porcaria de canais do YouTube. Parabenizo-vos merdas de blogs políticos, lixos de páginas do facebosta e porcarias de canais do YouTube, pois essa conquista é de todos vocês. Parabéns mesmo Organização de Combate a Corrupção, Use um nariz de palhaço, Acorda cidadão, Movimento contra corrupção, Reacionários Online... quer dizer Revoltados Online, Se tá errado meto o pau, Tenho vergonha, Uma outra opinião, Desenhista que pensa. Parabéns também a você, Diego Beunizam com o seu maravilhoso Rede esgoto de televisão.

Também quero parabenizar Paulo Henrique Amorim, Mino Carta, Emir Sader, Leonardo Sakamoto, Felipe Moura Brasil, Nova Corja, Bruno Kazuhiro, Arthurius Maximus, Yashá Gallazzi (isso lá é nome de gente?), Flávio Morgestern (sei lá como escreve a merda do sobrenome dele), Fernando Gouveia (também conhecido como Gravataí Merengue, ou então o aspone da maconheira da dona Sônia Francine. Aliás, também quero parabenizá-la), Rodrigo Constantino, Orlando Tambosi, Aluizio Amorim, Políbio Braga, Luciano Ayan, Josias de Souza, Olavo de Carvalho, Gaynaldo Reinaldo Azevedo, O Antagonista, Alerta Total e aos engraçaralhos para cadinho do Reaçonaria, Implicante e Direitas Já (achar que é engraçado fazendo trocadilho é o auge do retardo mental).

E também porque não dedicar essa conquista para a condessa de loppeux, o mongoloide asmático do joão revolta, daniel fragay, roqueiro fracassado cristão do cagando moura e ao sofativista imprestável do otário asnonymous?

Parabéns mesmo a todos vocês que graças à agilidade que todos vocês têm e que a velha mídia não têm, fazem coisas como chupar a bunda e dar a rola (ou algo parecido) para o bostanaro e publicar furos de última hora que não passam de balelas, como a bolsa prostituta, a notícia de que Dilmão abandonou o cachorro nego, a notícia de que o bostanaro seria o político mais honesto do mundo, a notícia de que o governo tinha prendido os integrantes de uma banda (e sim, o vocalista é o Maurício Ricardo, do Charges.com.br), a clássica história da mulher que engravidou assistindo filme pornô 3D que um monte de merda de site acreditou e publicou, a notícia de "Lula seja louvado" nas cédulas de real que também teve um monte de merda de site que acreditou e publicou. Sem contar que, na semana do Impeachment, 3 das 5 notícias mais compartilhadas no facebosta eram mentiras.

Enfim, por tudo isso, por vocês terem agilidade para chupar a bunda e dar a rola (ou algo parecido) para o bostanaro e de publicar notícias e informações falsas, cretinas e idiotas é que não me resta outra coisa a fazer senão parabenizá-los. Vocês realmente merecem este grau de desconfiança mostrado na pesquisa. Aliás, gostaria de parabenizá-los também, por serem aquelas pessoas que fazem a Internet ser, como disse o Faustão, o penico do mundo. Ou, como disse Axl Rose, uma grande lata de lixo.

Ah, mas vai ver que essa pesquisa é mais um ataque da imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis contra a pobre coitadinha da Internet, como este vil ataque do Fantástico ao angelical facebosta, já que o IBOPE pertence ao Grupo Globo. É mais um ataque da velha mídia contra as mídias sociais, que são o futuro. Este último é verdade. Mídias sociais são o futuro. Na mesma medida que o Brasil é o país do futuro. O problema é que esse tal de futuro nunca chega.

Já outros mimizentos chorões de bosta dirão que se trata de mais uma pesquisa enviesada, que é uma pesquisa que não vale nada, que é uma pesquisa mentirosa e que nenhuma dessas pesquisas publicadas por essas empresas de estatísticas são sérias. É, nenhuma pesquisa publicada pelo Datafolha, IBOPE, CNT, Vox Populi, Nielsen, Gallup são sérias. Mas se um desses institutos de pesquisa, que não são sérios, divulga uma pesquisa que esses "céticos até a página 2" concordam, eles se esquecem de todas essas acusações e a engolem bovinamente.

E vão ter mais algumas merdas de mimizentos especialistas em estatística e em pesquisas de opinião (pois graças a Internet, milhões de gênios que antes não tinham voz passaram a ter voz e dar uma mostra de toda sua inteligência e genialidade em textos espalhados pela Internet) dizendo que a pesquisa não foi feita de forma adequada. Para esse tipo de mimizento, aqui a metodologia usada para se fazer a pesquisa. Vai lá contestar a metodologia usada nesta pesquisa. E boa sorte.

Mais uma vez a "velha" mídia mostrando à "nova" mídia quem tem credibilidade e quem é que ainda manda. E ainda vai mandar por bastante tempo. E ainda há idiotas que acha que bloguinhos, merdinhas de páginas de facebosta e de canais do YouTube vão acabar com a "velha" mídia. Deixamos esses idiotas sonhar (no caso, está mais para delírio). O bom para eles é que sonhar é de graça e não paga imposto.

E para terminar, só uma pergunta: Quando Snowden publicou que a NSA fazia espionagem e data mining de conversas, ele foi atrás de algum blogunho, de alguma pagininha de facebosta ou de alguma bosta de canal de YouTube para fazer a divulgação? Ou será que ele foi atrás do Washignton Post e do The Guardian?

Quando a Internet vai abandonar o complexo de Watergate?

Antes de começar o texto, vamos fazer uma regressão histórica e retornar ao distante ano de 1974, quando nos EUA quem mandava no mundo era Richard Nixon e acontecera o escândalo de Watergate, que foi um escândalo político em que houve a instalação de grampos e escutas ilegais num escritório do Partido Democrata que ficava num complexo de prédios chamado Watergate (daí o nome escândalo Watergate. Entendeu? Gotcha?).

Descobriu-se que o Partido Republicano (da qual Nixon fazia parte) é que tinha ordenado as instalações. Mas quem estava por trás da instalação dessas escutas ilegais? O jornal Washington Post (mais precisamente dois jornalistas, Carl Bernstein e Bob Woodward) divulgou várias notícias bombásticas mostrando que todo mundo do Partido Republicano estava por trás. E por todo mundo entenda-se todo mundo mesmo, até o presidente Nixon. O fato foi acobertado de todas as formas possíveis, porém houve um momento que não era mais possível e não restou outra alternativa a não ser o presidente Nixon renunciar. Pois é, lá um caso de escutas ilegais fez derrubar um presidente. E lá também não tinha como um presidente dizer que não sabia.

O caso só foi descoberto pois Woodward e Bernstein recebiam informações suculentas e preciosíssimas de uma fonte chamada Garganta Profunda (e sim, o nome da fonte foi baseado no filme). Apenas 30 anos depois o Garganta Profunda se revelou. Era William Mark Felt, diretor do FBI a época, e fez a revelação meses antes de falecer.

Bom, tudo isso é um resumo do que foi o caso Watergate. Quem quiser saber mais, o Cardoso publico este, este e mais este texto sobre o acontecimento. Recomendo muito as leituras.

Voltemos para o ano de 2017 (2016 já era. E que não volte mais, sua puta), na era e na sociedade da informação e do conhecimento. Existem certas pessoas na Internet que vivem aquilo que eu chamo de "complexo de Watergate". São aquelas pessoas, na maior parte das vezes mantenedoras de bosta de blogs políticos, de merda de páginas de facebosta e de canais ridículos de YouTube, que se acham Carl Bernstein e Bob Woodward (que de forma alguma eram o Robert Redford e Dustin Hoffman) recebendo informações "privilegiadas" e "suculentas" do Garganta Profunda. E essas informações "privilegiadas" e "suculentas" sempre veem de outras merdas de blogs políticos, outras porcarias de canais do YouTube, outras porcarias de páginas do facebosta, e-mails e áudios de Whatsapp.

E foi num desses áudios de Whatsapp que eu recebi as informações "privilegiadas" e "suculentas" do Garganta Profunda da semana. Uma idiota que trabalha junto comigo, que segue a máxima de "ligar a Internet e desligar o cérebro" passou um áudio bombástico, em que uma professora (que não tem nome), conversando com a diretora (que também não tem nome) da escola dela (que também não tem nome) soube de um pesquisador da UNICAMP (mais um que também não tem nome) previu que para fins de janeiro ou começo de fevereiro teria uma tempestade catastrófica (para Noé nenhum botar defeito) em Campinas e as escolas já estariam se preparando para servir de abrigo. E junto com esse áudio, tinha outros dois áudios de duas professoras que... adivinhem só... também não têm nome, que se resumiam ao estilo fanfiqueiro de dizer "Eu vi. Eu estava lá. É verdade" e até enfiaram o Diário Oficial no meio da conversa. E o pior é que a idiota mandou essas três merdas às 11 da noite. Ou seja, tarde da noite futucando na bosta do celular. Depois reclama que não dorme direito.

Assim que ouvi os tais áudios, minhas anteninhas de vinil detectaram algo de errado (não pode dizer que agiu ceticamente pois cético e ceticismo são palavras feias. Quase palavrões). Primeiro pela grande quantidade de evasivas. Uma professora sem nome conversando com uma diretora sem nome de uma escola sem nome ouviu de um pesquisador sem nome que algo vai acontecer. Por que não dar nome aos bois? Ausência de nome é um fortíssimo indício de balela, já que histórias que não possuem nomes, nem datas, podem ser reciclados e reaproveitados em outros boatos.

Além disso, outra coisa que dizia que algo não cheirava bem (e não era eu, pois tinha acabado de tomar banho) era de que uma previsão do tempo feita em fins de dezembro ou começo de janeiro estava dizendo o que aconteceria com o tempo para o fim de janeiro ou começo de fevereiro. Ou seja, era uma previsão do tempo com um mês de antecedência. Será que existe algum supercomputador tão foderoso assim que consiga fazer uma previsão do tempo com tanta antecedência?

Outro indício é que a alma caridosa que nos deu essa informação importantíssima disse que a UNICAMP não quer que ninguém saiba (para que não se cause o caos) mas a "professora" quer que o áudio seja divulgado para todo mundo. Deixa ver se eu entendi. Trata-se de uma informação que não é para que ninguém saiba, que deve ser divulgada para que todo mundo saiba?


Com relação à outra "professora" que falou do Diário Oficial, bem, de fato, na edição de 2 de dezembro do D.O. há um decreto do prefeito-radialista (decreto número 19327) para monitorar áreas de risco de deslizamento e desmoronamento. Porém isso é algo que sempre existiu. Não é porque vai ter uma megatempestade para Noé nenhum botar defeito. Repare que boa parte das áreas que serão monitoradas são favelas e ocupações irregulares, que sempre correm esse risco quando há qualquer chuva que seja. Pois é, eu entendo que é difícil para alguém que não presencia essa realidade compreender que algo assim acontece.

E mais uma coisinha que é... bem... o poder público se precavendo de um fenômeno climático? Ainda mais aqui no Brasil? Tás brincando comigo.

Além disso escolas estaduais e municipais servindo com abrigo? Elas não conseguem nem fazer direito a sua atividade-fim (dar aulas), vai se arriscar a fazer outras coisas?

Tudo isso fez com que eu duvidasse dos tais áudios. E eis que o Correio Popular confirmou a minha desconfiança. Suspeitei desde o princípio. Como sempre, o Lucho nunca erra.

E a idiota que mandou esses áudios num grupo de Whatsapp tarde da noite poderia ser atentado para esses detalhes, mas o complexo de Watergate e de se achar o novo Bernstein e Woodward recebendo informações do Garganta Profunda foi maior. Quando será que a Internet vai abandonar o complexo de Watergate? Pelo visto, não tão cedo, já que, longe de querer dar uma de Andrew Keen ou Jaron Lanier, parece que a Internet está emburrecendo as pessoas. E isso porque vivemos na era e na sociedade da informação e do conhecimento.

A menos que se considere como conhecimento palhaçadas como a bosta do criacionismo, ufologia, tratamentos alternativos como musicoterapia, homeopatia, cromoterapia, reiki e outras palhaçadas do gênero, geocentrismo (e Galileu se revira no túmulo), teoria da Terra Jovem (que diz que o planeta tem só 6 mil anos), teoria de que a gravidade não existe, teoria da Terra oca e a BOSTA da teoria da Terra plana.

Top 10 de 2016

E eis que mais um ano se foi-se. E como já virou tradição por aqui (quando acontece mais de uma vez, já vira tradição), assim como foi em 2014 e em 2015, eis o top 10 do ano que se passou.

Pessoalmente tanto os anos de 2015 como de 2016 não foram ruins. Aliás, os meus últimos anos tem sido meio que semelhantes.

Mas não dá para avaliar todo um ano apenas pelo que aconteceu comigo. E a verdade é que se 2015 já foi um ano ruim, 2016 conseguiu ser ainda pior. Em todos os sentidos. A economia passou mais um ano no fundo do poço, são 12 milhões de desempregados (os 15 milhões de empregos que o Lula - diz que - criou, Dilma tratou de destruí-los quase que totalmente. Valeu Dilma. E cada vez mais estou orgulhoso de ter votado nulo em 2014), a política continua uma bosta, mas lembrem-se que o #OGiganteAcordou e foi votar. E se antes, os políticos que estavam aí não representavam o gigantinho millennial da geração Ydiota criado com merthiolate que arde e leite com pera, agora tem-se os políticos que realmente representam esse gigantinho (que por sinal são os mesmos). Além disso, foi eleito nos EUA o alaranjado Trump e em São Paulo o cafona Dória (reclamações, enviem cartas à produção).

E para o blog, 2016 foi horrível. Bati o meu recorde de ano com a menor quantidade de textos publicados. Apenas 21 textos o ano inteirinho. Enquanto isso, os Tumblrs foram cerca de 150 textos publicados em cada um. As ideias estão escasseando, o formato do blog está se esgotando e, se continuar assim, o blog não vai ter mais muito tempo de vida. Justamente quando se aproxima o decênio do Blog do Lucho (será - vai saber - em 31 de janeiro do ano que vem). Decênio esse que o Ceticismo já atingiu. E antes que sugiram, não tenho a MENOR pretensão de criar o Vlog do Lucho. Não tenho paciência para criar e editar vídeo, o retorno é mínimo e eu tenho um emprego que toma bastante do meu tempo.

Além disso, a gentalha, o gado que usa o facebosta e se acha fodalhão por ter conta naquela pocilga, destratando quem por livre e espontânea vontade não tem conta neste lixo continua na mesma mediocridade de sempre.

E para corroborar a coisa pavorosa que foi o ano de 2016, em novembro aconteceu aquele trágico acidente aéreo que dizimou praticamente toda a equipe da Chapecoense e vitimou diversos profissionais da imprensa esportiva. Não chorei, mas confesso que fiquei com o coração bem pequenininho e bem apertado. A última vez que fiquei dessa maneira foi há 20 anos, quando os Mamonas Assassinas se foram. #ForçaChape. #ForçaChapecó

Foi muito triste o que aconteceu com a Associação Chapecoense de Futebol e mais triste ainda (além de revoltante, nojento, asqueroso e abjeto) foi o que fez um blog noticioso mantido por um jornalista e escritor que ganhou tudo quanto foi prêmio que se aproveitou da tragédia para conseguir alguns cliques e ganhar uns caraminguás. Porém o castigo veio a cavalo e o tal bloguinho se fudeu soberbamente.

Ah!! Uma coisa que eu lembrei. Em 2016 faleceu Fidel Castro. Foi só uma coisa que eu lembrei. Não tem nada a ver.

Bom, mas chega desse tom funesto e como não sou Rede Globo para fazer retrospectiva, então chega de falar do ano que se foi. Vamos falar do blog. Vamos à lista, pois já foram mais de 3000 caracteres e nada da bendita. Quem não leu, poderá lê-los e quem já leu, poderá lê-los novamente.
  • A coisa está realmente ruim, né Abril? A editora Abril, a fim de aumentar o seu gado público, me mandou uma sensacional promoção, em que teria desconto de 50%, por um período de tempo, a três maravilhosas revistas que ela publica e ganharia também... um cooler. Para mim, que não bebo, é um prêmio fantástico. Mas mesmo assim, declinei. Desculpa, é a crise.
  • Como usar este, esse e aquele. Uma dica de ortografia, de gramática e de português do professor Pasquale Lucho
  • "Quem garante todos os empregos não é o empresário, sindicalistas ou governantes. São os consumidores". Lembra quando houve aquela iniciativa a Anatel de limitar a banda larga fixa (aliás, mais uma razão do porque 2016 foi uma bosta)? Foi falado do graaaaaaande poder que o consumidor tem que é o boicote (mas se todas as empresas de Internet decidirem colocar limite, como vai fazer boicote?) e teve até participação do asnonymous (já que eles pirateiam a efígie de Guy Fawkes, que mal tem piratear também a principal frase da HQ?). Mas aí o saudoso George Carlin mostra como as empresas e os empresários temem os consumidores.
  • O paradigma do relógio parado... ou quando concordei com Bolsonaro. Pois é. Quem diria que um dia eu ia concordar com alguma coisa dita por essa attention whore. Mas é claro que foi algo muito especial. Foi porque ele disse apenas a verdade sobre os inúteis, ridículos, idiotas, inúteis e imprestáveis vereadores de Campinas. Voltaremos a falar deles.
  • Blog do Lucho na luta pela fosfoetanolamina. Um texto irônico (Ah!! Cê jura??) para pegar no pé do pessoal que quer que a bostoetanolamina seja colocada, a força, para ser distribuída como remédio, sem qualquer tipo de comprovação a respeito da eficácia da mesma. Inclusive um dos que mais atuou para que a pilulinha mágica fosse distribuída, na canetada, foi a attention whore do texto de cima. Pessoal esqueceu do que aconteceu com a talidomida. Aliás, fosfoetanolamina também foi mais uma razão do porque 2016 foi um lixo.
  • Quando o analfabetismo funcional cruzou o meu caminho. Ou... quando um integrante da seita religiosa ufológica e dos homens gigantes não teve a capacidade de entender o que eu quis dizer num comentário curto. O analfabetismo funcional se agrava cada dia mais.
  • Feliz dia do Saci. Para você que lembra só hoje que existe folclore nacional. Esse foi um texto que fazia bastante tempo que queria ter escrito. Mais para mostrar uma das muitas iniciativas geniais do comunista negacionista do aquecimento global Aldo Rebelo (o mesmo que não queria inovação tecnológica e acabou sendo ministro de ciência e tecnologia). E o mais gozado é que os cretinos que comemoram o dia do Saci no dia 31 de outubro, só de pirracinha, não sabem que dia 22 de agosto foi instituído como o dia do folclore nacional. E isso há 50 anos.
  • Hoje é um dia bastante especial. Enfim, depois de muito tempo que comecei a usar a extensão, cheguei a 1 milhão de itens bloqueados no Adblock. E vou continuar a usá-lo. No meu computador, mando eu.
  • Comédia Municipal de Campinas. Os vereadores de Campinas dando ainda mais razão ao que disse a attention whore que, desgraçadamente, é meu concidadão. Moção de aplauso à eleição do alaranjado Trump, dia do estagiário e dia do Coach. Alguns vereadores não foram reeleitos (talvez tenha sido falha na Matrix), mas a maioria se reelegeu. E também se reelegeu o prefeito-radialista. A população merece. A cidade não, mas a população sim.
E o texto que mais gostei de ter escrito foi este:
  • Ser famoso na Internet é como ser rico no Banco Imobiliário - A prova. Esse foi particularmente um texto que gostei de ter escrito. Decidi dar uma de cético e ver se essa frase é verdade. E provei que realmente é verdade. Ser famoso na Internet pode até massagear o ego ou dar algum indício de relevância, porém não serve para bosta nenhuma na vida real. Se não serve nem para levar uma pessoa para doar sangue, para o que é que presta então?
E é isso (nem sei como consegui selecionar 10 textos com a quantidade tão exígua de textos). Se ano passado prometi mais textos, este ano prometo não fechar a birosca. Mas será difícil.

Comédia Municipal de Campinas

Eu escrevi há um tempo um texto a respeito de um dia estranho em que eu concordei com alguma coisa que fora dita pelo bostanaro, que era a respeito dos ridículos vereadores que estão aboletados na Câmara Municipal de Campinas. Para quem não se lembra do tal texto, ei-lo aqui.

Mostrei então naquele texto alguns acontecimentos com os nobres edis de Campinas que fez com que eu concordasse com o bostanaro, como, por exemplo o beócio do Cid Ferreira que disse a um jovem negro que ele era lindo pois era branco, tinha nariz fino e olhos azuis e, a maior patetada de todas, a probosta do vereador-radialista Jota Silva de criar o dia do "é gol da Alemanha".

Logo depois dessa declaração do bostanaro (que convém sempre lembrar, apesar de ter feito a carreira política dele no Rio de Janeiro, nasceu, estudou e se criou aqui em Campinas. Desculpa aí população carioca, população fluminense e população brasileira) o que os vereadores de Campinas fizeram para mostrar que não são um bando de cretinos inúteis? Lançaram uma moção de repúdio ao que o bostanaro disse. Além disso, Cid Ferreira disse que "além de deixar de ser homem, deixou de ter caráter". E logo na sequência, Cid Ferreira bloqueou o bostanaro no facebosta.

Por uma falha na Matrix, acabou que tanto Cid Ferreira como o vereador-radialista Jota Silva não foram reeleitos. Não sei o que aconteceu. Talvez tenha sido uma falha na Matrix.

Aliás, abrindo parêntesis: Campinas que já foi conhecida como a cidade natal de Antônio Carlos Gomes (tá bom. Também é a cidade natal de Guilherme de Almeida) atualmente é mais conhecida como a cidade natal do bostanaro e do orvalho do caralho. Quero ir para outra cidade. Fecha parêntesis.

Mas será que, desde esse dia, os vereadores de Campinas tem feito mais coisas de modo a serem caçoados? Nah!! Claro que tem. Vocês acham mesmo que eu escreveria um texto se não tivesse o que mostrar.

Após essa entrevista, assim que Trump foi eleito presidente dos EUA, os nobres edis de Campinas fizeram uma coisa muito importante. Decidiram lançar uma moção de aplauso à eleição do alaranjado.

Mas não foi só isso. Para não serem acusado de serem imperialistas entreguistas americanistas, os edis campineiros se preocupam com o que acontece no país. E sabem que o país passa por uma séria crise econômica.

Os vereadores campineiros, cientes da responsabilidade que possuem, decidiram olhar sob a ótica dos empresários (sejam micro, pequeno, médio ou grande empresários) e viram que toda empresa possui um importante elemento, sempre ignorado, que é o estagiário. O que os vereadores de Campinas fizeram em prol do estagiário? Isto:



E não é só isso.

Olhando novamente sob a ótica dos empresários, eles viram que também existe uma importante figura que ajuda tudo quanto é empresa a ser uma grande empresa. Sim, é dele que eu estou falando:




Sim, os coaches, os palestrantes profissionais, aquele pessoal que não tem a menor ideia do que é que o seu trabalho, do que você faz no seu trabalho e assim mesmo vai dar altas dicas sobre seu trabalho (claro que antes recebendo um módico valor de dez mil reais, pois o tempo e as palavras dele são extremamente valiosos) dizendo que você é culpado, que você não faz nada direito, que você não se envolve, que você não veste a camisa, que você não busca a automotivação, que você só quer saber de receber o seu salário, que você não ama o que faz (afinal, as contas se pagam com amor) e vai ficar uma hora e meia a duas horas dizendo um monte de bobagens, falando, falando e falando e não dizendo nada e você, no fim das contas, sai de lá com cara de "o que foi que esse cara quis dizer no fim das contas?", sendo que, nessa uma hora e meia a duas horas, o funcionário poderia... sei lá... estar a produzir. Afinal, para o empresário vale muito mais a pena pagar esses dez mil reais uma vez por ano do que aumentar os salários dos funcionários. Sem contar que, não raro, o empresário recebe o dele por fora.

Detalhe que os dois projetos de lei foram criados pelo mesmo vereador.

Falei de falha na matrix alguns parágrafos acima dizendo que Cid Ferreira e o vereador-radialista Jota Silva não terem sido reeleitos pois realmente foi uma falha na Matrix, já que o vereador Carmo Luiz foi reeleito. Assim como boa parte dos vereadores que eu citei naquele meu texto, bem como o prefeito-radialista. E sabem de uma coisa? A população merece. A cidade não, mas a população merece. E como merece. Não adianta aparecer sofativista filho da puta dizendo "eççis puliticus naum mim reprezentão", pois representam sim. Adiantou de algo saber que #OGiganteAcordou? Pois é, acordou e elegeu desses bostas que vemos por aí.

E com os políticos que temos por aí, aparecem os engraçaralhos pra cadinho dizendo que devemos mandar todos eles para a ilha da Queimada Grande, ou que deveria soltar uma cobra extremamente peconhenta no congresso nacional ou sofativista jaspion que acha que deveria ter um serial killer dos Satan Goss (a.k.a políticos corruptos filhos da puta).

Eu, de minha parte, tenho uma solução diferente. Que tal mandar para a ilha da Queimada Grande todos que votaram nesses bostas (e nessa também poderia ir #OGiganteQueAcordou)? Ou então que tal se essa cobra extremamente peçonhenta picasse esse mesmo pessoal que votou nesses desgraçados  (e que também picasse #OGiganteQueAcordou)? Ou melhor ainda, que tal termo um montes de Jaspions seriais killers que matassem todos os MacGaren (a.k.a. eleitores lazarentos que votaram nesses filhos da puta)?

O que vocês acham?

Aviso importante: Não se atrase para o ENEM

Uma rapidinha. Tudo bem que eu estou atrasado, que eu estou escrevendo esse texto aos 45 minutos do segundo tempo, mas acho que o recado que eu vou passar aqui é tão importante que merece que se passe.

Por favor, quem for prestar ENEM hoje (na verdade, daqui a pouco, as 13 horas) não se atrasem. Para vocês que acampam e chegam adiantados para o Show do Justin Bieber, não se atrasem para o ENEM. Não se atrasem ou então acontecerá isto com vocês:


É isso que eu tinha para passar.

O quê? Você ainda não está convencido de que não se deve atrasar para o ENEM? Então darei mais razões. Esta:


Esta:


E mais esta:

Palavra da salvação. Amém

Convencidos agora?

PS: Sim, conheço o conceito de Schadenfreude. E sim, este é um texto caça para-quedista. Algum problema?

Feliz dia do saci. Para você que lembra só hoje que existe folclore brasileiro.

Diet = Dietético. Belo exemplo de defesa do idioma.

UAU!! Agora que eu fui ver o título desse texto ficou um tanto grande. Mais um pouquinho e ficaria igual aos títulos dos textos do Gaynaldo Reinaldo Azevedo. Credo!!

Ultimamente eu ando meio desligado. Deve ser por conta das férias. Ando tão desligado que se eu não fizesse uma atividade extremamente arcaica e que remonta aos nossos ancestrais neandertais do século XX que é ligar uma televisão e assistir ao que está se passando nela, passaria batido que hoje é dia 31 de outubro, dia das bruxas, dia do Halloween e...

Ops. Perdão. Esqueci que aqui é Brasil, porra!!! Aqui não tem essa de comemorar o dia das bruxas e dia do Halloween, mas sim o dia do Saci.

Isso, hoje é dia do Saci. Hoje, graças a uma brilhante ideia do comunista Aldo Rebelo, como várias brilhantes ideias dele, que serão mostradas mais adiantes, hoje comemoramos, como uma resposta extremamente infantil ao Halloween e a imposição e dominação cultural do malvado e maligno império estadunidense, o dia do Saci.

E graças a essa brilhante ideia do Aldo Rebelo, o dia 31 de outubro tornou-se um dia especial. Um dia que, juntamente com o dia sete de setembro, faz aflorar um grande mostra de patriotismo. Uma grande mostra de um patriotismo idiota, ridículo, imbecil, infantil e estúpido; e que faz com que a pessoa só se lembre neste dia que existe folclore nacional.

Primeiramente que Halloween não tem nada de americano, nem surgiu nos EUA. Halloween, que vem de All Hallows' Eve e significa "véspera do dia de todos os Santos" (e por causa disso, também não é uma festa satânica, como alguns membros do MV-Brasil acham que é) tem como origem as tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcas das diferenças em relação às atuais abóboras ou da muita famosa frase “doces ou travessuras”, exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o Halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa literalmente "fim do verão"). Assim como a Priss, também peguei esse texto da wikipedia. E assim como a Priss, deixo o mesmo recado: Se quiser fazer uma pesquisa mais aprofundada e elaborada, existe uma ferramenta chamada Google.

E além do mais, sejamos sinceros senhores (aliteração não intencional), o folclore brasileiro é muito chato. Muito chato e desinteressante. Vamos falar a verdade, o que é mais legal e interessante? Boitatá, curupira, caipora, iara e saci ou bruxas, bruxos, múmias, fantasmas, zumbis e vampiros (apesar da grande boiolização que a criatura vem sofrendo atualmente)? A única criatura legal do folclore brasileiro é o Lobisomem (que também vem sofrendo com o processo de boiolização, com o atual representante sendo um cara completamente depilado).

Mas tudo bem. Se você quiser comemorar o dia do Saci, é um direito seu. Continue comemorando o dia do Saci. Continue comemorando esse dia criado pelo mesmo grande gênio político que quis abolir todo tipo de estrangeirismo da língua portuguesa (e outro deputado comunista, lá no Rio Grande do Sul, quis fazer o mesmo), que também quis proibir inovações tecnológicas e que, apesar de ter sido ministro de Ciência e Tecnologia, negava o aquecimento global.

E para terminar, para o pessoal que só se lembra hoje que existe folclore brasileiro, o que vocês costumam fazer no dia 22 de agosto? O que tem de especial nesse dia? Nada de mais, apenas que 22 de agosto foi decretado como dia do folclore brasileiro. E isso aconteceu em 1965.

Pedido urgente de uma amiga.

Calma que ainda estou me lembrando de como que se mexe por aqui. O botão publicar fica ali, o botão para salvar o texto fica do lado, tem também o de visualizar o texto e em cima tem os botões para editar texto e o que insere imagem.

Pronto. Agora não esqueço mais.

Se, depois de quase três meses, eu decidi publicar dois textos no mesmo dia é porque eu tenho uma razão. E desta vez é sério. Muito sério. Recebi por e-mail uma mensagem gravíssima de uma deputada com câncer terminal e essa deputada não sabe o que fazer com toda a grana que ela ganhou durante toda a vida dela. Estão duvidando? Pois aí está o e-mail que eu recebi (clica que fica maior):

 

Transcrevendo:
Da deputada. Maria Castillo,
O mais caro no Senhor 
Com fé e conexão divino que eu escrevi este e-mail, e eu estou entrando em contato como dirigido pelo espírito Deus. Meu nome é Deputado. Maria Castillo e eu era casada com o Sr. Angel Castillo do Kuwait. No momento, estou sofrendo de câncer e pressão arterial elevada e meu último diagnóstico confirmado de que eu não vou mais de 3 meses. Eu tenho algum fundo da custódia financeira aqui que eu quero doar através de você para a caridade e fundação humanitária. Eu quero que você me escrever de volta para que eu possa explicar melhor a você. 
Que Deus esteja com você e espero ouvir de você em breve. 
Sra Maria Castillo,
Observação. Claro que não transcrevi essa imagem a mão. Para isso, usei uma ferramenta gratuita de OCR.

Isso mesmo. Com essa mensagem escrita num português primoroso, a deputada Maria Castillo, casada com o Sr. Angel Castillo do Kuwait (nome e sobrenome tipicamente kuwaitianos) está com câncer terminal (não disse qual câncer, afinal são só 200 tipos de câncer) e quer saber o que fazer com toda a grana que ganhou como deputada (obviamente que toda essa grana foi ganha com trabalho honesto e somente com o trabalho de deputada).

Coitada que essa deputada esteja no Kuwait. Pois se fosse daqui do Brasil, ela poderia muito bom tomar umas pilulinhas de talidomida fosfoetanolamina, o sagrado remédio de São Gilberto Chierice que cura o câncer (todos os mais de 200 tipos dele) e pronto. Ficaria curada e poderia continuar a exercer o seu cargo de deputada. Mas como ela é do Kuwait, ela não pode tomar pílulas de fosfoetanolamina e é por isso que estou escrevendo pedindo aos senhores que prestem a sua solidariedade e a sua ajuda para com essa deputada. O que podemos fazer para ajudá-la, senhores?

E eu quero muito ajudá-la, pois se trata de um político (política, no caso) que entrou em contato com o povo. Pelo menos isso. Bem diferente do bostanaro... quer dizer, do bolsomito que até agora não respondeu um e-mail que enviei a ele perguntando o que ele fez pela educação (já que ele publicou uma imagem dizendo que não há melhor programa social do que oferecer uma educação de qualidade) nesses 24 anos que ele vai completar como deputado. Que falta de consideração para com o povo bostanaro... quer dizer, bolsomito. Se não me responder até as 23:59:59 de hoje eu não votarei no senhor para presidente.

E que falta de consideração do Gmail que considerou essa triste mensagem como Spam. Tanto se fala em Inteligência Artificial, em aprendizado de máquina, e tanta gente tem medo de que máquinas e computadores ficarem mais inteligente e tomarem conta do pedaço, será que os robozinhos do Google não são tão inteligente assim para perceber a seriedade e a gravidade de uma mensagem?

Agora... voltando à realidade... será que tem gente que é tão idiota, imbecil, estúpida, ignorante, boçal, parva e retardada (como não sou divulgador científico posso chamara as pessoas de idiotas, imbecis, estúpidas, ignorantes, boçais, parvas e retardadas) que responde a e-mails como esse? Ou será que há gente que responde a e-mails como esse pois pode ser que tenha um fundo de verdade nessas mensagens?

Hoje é um dia bastante especial.

Depois de quase três meses, eis que volto a escrever por aqui. Vou ver se ainda me lembro como que mexe por aqui. O botão publicar fica ali, o botão para salvar o texto fica do lado, tem também o de visualizar o texto, de fechar e voltar para a página inicial e em cima tem os botões para editar texto e o que insere imagem (esse botão é muito importante. Vou usá-lo).

Pronto, já me localizei.

O que me fez, depois de tanto tempo, voltar a escrever um texto por aqui foi um fato muito especial.

Já disse algumas vezes aqui que sou usuário do AdBlock. Tanto este, como o Ghostery, que eu também uso, são as melhores extensões para navegadores. Não me imagino atualmente navegando na Internet sem usar ambos.

E não tem jeito, senhores. Depois de tanto tempo tendo de aturar sites leeeeeeeeentos, em que as propagandas carregam primeiro, com aqueles banners pesadíssimos em Flash, com anúncios que ficam rastreando os hábitos de navegação da pessoa e que até escondem golpes para espalhar malware, a existência de extensões que bloqueiam tudo isso foi um alívio. Bloqueadores de propaganda não são só para frescos que odeiam propaganda. Também se tornaram uma ótima ferramenta para quem quer mais segurança, desempenho e até mesmo privacidade.

Imagina a maravilha que deve ser acessar esta página. Fonte da imagem.

E a coisa piora bastante para quem acessa sites como o da imagem acima do celular ou do Tablet usando conexões 2G, 3G ou 4G, que tem velocidade mais baixa, alta latência e, principalmente, franquia de dados, onde cada byte consumido vale ouro e cada byte desperdiçado são como facadas no coração.

Apesar de usar AdBlock, não sou comunista, não odeio publicidade e não acho ruim que ganhem dinheiro, honestamente, é claro, na Internet. Mas por favor, não fiquem emporcalhando seus sites com banners pesadíssimos que demooooooooooooram para carregar, anúncios que rastreiam os hábitos de navegação do usuários ou com esses vídeos chatérrimos que a gente sempre pula depois de cinco segundos.

Mas o texto não será sobre o AdBlock (talvez um dia eu faça um texto só sobre ele), e sim sobre algo especial e que tem a ver com ele, que foi isto abaixo:


Sim, o tão sonhado dia, enfim, chegou. 1 milhão de itens bloqueados do AdBlock.

Isso mesmo, itens. Apesar do programa se chamar AdBlock, ele não bloqueia apenas propagandas. Também bloqueia scripts de terceiros, como botões de redes sociais e ferramentas de análise de visitantes, como o Analytics. Aqui uma pequena lista de alguns (sim, alguns) itens que a extensão bloqueia.

Pois é. 1 milhão de itens bloqueados pelo AdBlock. Que não demore a vir a marca de 2 milhões de itens bloqueados pela extensão. Sim, vou continuar a usar a extensão. Neste exato momento já deve estar em 1007000 itens bloqueados.

Como que é? Você acha isso algo ruim? Você acha que eu não deveria usar o AdBlock? Você acha que eu deveria parar agora mesmo de usar a extensão? OK. Tudo bem. Eu vou fazer tudo isso que você quer. Mas para isso você tem que fazer estas coisinhas bestas, pequenas e irrelevantes:
  • Pagar minhas contas.
  • Pagar meu salário.
  • Pagar e preparar minha comida.
  • Lavar minhas roupas.
No dia que você fizer todas essas coisinhas bestas, pequenas, insignificantes e irrelevantes, aí eu deixo você dizer o que eu devo ou não fazer da minha vida (não só com o meu computador).
"Mas que tal você fazer um uso racional do AdBlock?"
Eu sei muito bem qual é o teu conceito de "uso racional do AdBlock". É o de desativar a extensão no seu site/canal/blog/whatever e deixar ativado no resto. Vou te apresentar uma coisa chamada vergonha na cara. É bom e você vai gostar.

Se as únicas formas que algumas pessoas têm para ganhar dinheiro é com bannerzinhos vagabundos ou então pedindo esmola (porque, sejamos sinceros, o ato de pedir doação atualmente se degenerou e se tornou mendigagem pura e simples. E isso vale, especialmente, para boa parte do pessoal do Patreon) eu simplesmente sinto muito, que Darwin atue. E a Internet não vai entrar em frangalhos porque um determinado site/canal/blog/whatever deixou de existir. E isso também vale para o jornal que precisa de recursos para fazer jornalismo de qualidade.

Blog do Lucho na luta pela fosfoetanolamina.

Esta é uma coisa que eu quase não disse aqui, porém vendo o que aconteceu nos últimos meses, não aguentei e vou ter que falar. Esse blog, a partir de hoje (justamente quando acabará o mundo), se declara um fervoroso apoiador da fosfoetanolamina, esta maravilha 100% made in Brazil, feita por um pesquisador brasileiro que passou 20 anos de sua vida consumindo verba pública inutilmente preparando esta panaceia que cura o câncer (todos os mais de 100 tipos de câncer). E essa afirmação, obviamente, amparada por diversos artigos científicos publicados nas mais prestigiadas revistas de publicação científica do mundo.

E este meu apoio vem acompanhado pelos vídeos abaixo, que, assim como esse site, confiam piamente no poder mágico curativo da fosfoetanolamina:















E aproveitando, gostaria também de externar aqui o meu repúdio contra a maldita máfia branca e a maldita indústria farmacêutica que só quer saber de dinheiro. Eles querem que ninguém use a maravilhosa fosfoetanolamina, pois assim todo mundo morre de câncer e eles faturam cada vez mais.

Claro que o pensamento do parágrafo acima faz todo sentido. Imagina a situação. Imagina que uma grande indústria farmacêutica, enfim, descobre a cura para todos os tipos de cânceres (os mais de 100 tipos de cânceres existentes). Afinal de contas, só a indústria farmacêutica faz pesquisa de medicamentos. Laboratórios e universidades públicas não fazem esse tipo de pesquisa. Mas enfim, nenhuma outra concorrente desta gigante pertencente a maldita BigPharma descobriu a cura, e somente ela. Uma descoberta como essa, que poderia render bilhões para a BigPharma e que também poderia render um Nobel de química e outro de medicina aos seus criadores, qual seria a atitude a ser tomada? Obviamente a única atitude lógica e racional a ser tomada numa situação dessa: Ocultar a descoberta. Dizer que nada foi descoberto. Dizer que a cura não existe e jamais existirá.

Aliás, a mesma atitude seria tomada caso fosse descoberta a cura da AIDS. Bom, isso segundo o que disse um famoso quem? roqueiro brasileiro. E no fim das contas, também serviu para mostrar como o roque brasileiro é essa bela bosta maravilha.

Sempre tem que ter a participação do asnonymous em qualquer tipo de palhaçada.

É óbvio que a BigPharma, juntamente com a imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis, afinal tudo é culpa da imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis, não quer que tenhamos a cura do câncer e também não quer faturar os bilhões que viram dessa descoberta. E também os pesquisadores não estão interessados no Nobel que poderia vir dessa descoberta. Afinal de contas, o que é um Nobel de medicina, química ou física? É absolutamente nada!! Certo está o Brasil que jamais ganhou (e jamais ganhará) um Nobel. Seja lá do que for.

Assim sendo o que fazem? Ficam boicotando esse maravilhoso medicamento, feito nas mais apropriadas instalações (principalmente no quesito higiene) e que cuja eficácia foi mais do que comprovada por meio de depoimentos de YouTube e de Facebosta... quer dizer, Facebook, textos de blogs e apresentações de PowerPoint. E a USP, graças à fosfoetanolamina, teve um resultado mais do que merecido.

E melhor que isso. A talidomida fosfoetanolamina ainda por cima conta com ardorosos defensores que usam da mais pura lógica para defender essa bosta esse maravilhoso medicamento, nunca, jamais, em momento algum, tendo de recorrer a argumentos falaciosos, a apelos à emoção e à misericórdia (coisa que só gente realmente muito baixa faria. Vocês não acham?). Além disso, esses ardorosos defensores da fosfoetanolamina jamais criariam blogs e canais de YouTube defendendo o medicamento que fossem fechados para comentários. Oras, quem faria uma coisa dessas? Certamente pessoas que tem medo da realidade e de serem contrariadas. Coisas que os seguidores de Nossa Senhora da Bostoetanolamina certamente não têm.

O que? Tem um vídeo de alguém da Globo no meio? ABSURDO!!! GLOBO MENTE!!!! IMPRENSA GOLPISTA!!! Perdoem-me o ato falho. Retirá-lo-ei em breve. Aguardem.

Viva o Brasil!! Viva a Fosfoetanolamina!! Viva São Gilberto Chierice!! Viva esse maravilhoso medicamento que cura todos os tipos de câncer, desde que acompanhado do tratamento médico adequado.

E agora que ela, finalmente, será testada, é só aguardar os resultados mais do que óbvios. Uma dúvida: O Diário Catarinense faz parte da imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis?

Tchau, pessoal. É isso aí. Foi muito bom conhecer vocês (de novo).

Foi bom enquanto durou. Tchau pessoal. Tchau mundo.


Link para o vídeo.
Para melhor entendimento:


Link para o vídeo

Quando o analfabetismo funcional cruzou o meu caminho.

No mundo de hoje existem diversas novas religiões. Exemplos dessas novas religiões estão abaixo:
  • A ufologia, cujo seus seguidores (os ufeiros) acham que tudo que foi feito na Terra foi feito por ETs, graças as maluquices que são veiculadas no History Channel.
  • A seita dos homens gigante, cujo seus membros creem piamente que a Terra já fora habitada por seres gigantes.
  • A homeopatia, cujos seus devotos acham que diluir uma determinada substância em água até não dar mais faz com que ela fique extremamente poderosa.
  • A seita das terapias alternativas, em que os seus devotos evitam todo e qualquer tipo de química em seus corpos, preferindo tratar-se com reiki, acupuntura, toque terapêutico, florais de Bach, cromoterapia, apometria.
  • A seita da apropriação cultural, cujo seus seguidores denunciam todo e qualquer tipo de apropriação cultural, como uso de turbante, por exemplo. Uso de tatuagem ou piercing seria apropriação cultural? E brincar de ioiô ou bumerangue?
  • A seita da Terra Plana, que surgiu recentemente, que acha que a Terra é plana (dã). Só queria saber como esse pessoal explica termos o dia e a noite. Seria o mito de Pandora?
  • A seita dos seguidores do Bostanaro Boçalnaro Bolsonaro, em que seus seguidores (a.k.a. bolsominions) creem que Bostanaro Boçalnaro Bolsonaro é a verdade, a luz, a vida e o salvador que vai remir o país do comunismo em que vivemos atualmente (se meu blog tivesse uma alta visitação, seria horrivelmente xingado só por causa desse item).
  • A seita das pirâmides... quer dizer, do Marketing Multinível que acham que ao fazer parte de uma pirâmide... quer dizer, de uma empresa de marketing Multinível recrutando-se e recrutando outros idiotas para fazerem parte da pirâmide... quer dizer, de uma empresa de Marketing Multinível, achando que a quantidade de pessoas e de dinheiro são infinitas, e com isso arrumando concorrência para si próprio ficarão milionários do dia para a noite sem esforço algum. Esse caso pode-se ser considerado como religião mesmo, já que os devotos dessa seita amaldiçoam quem ouse falar algo contra o sacrossanto nome das empresas e de seus divulgadores, e até mesmo ameaçam de morte.
  • A igreja da fosfoetanolamina do sétimo dia, cujos devotos, baseados em depoimentos críveis de YouTube e Facebosta, creem que a fosfoetanolamina é a verdade, luz e vida e que quem crê em São Gilberto Chierice viverá e os ateus da fosfoetanolamina (aqueles que vivem pedindo por testes clínicos e divulgando pesquisas que mostram que esta bosta não tem eficácia alguma) terão câncer e arderão no mármore do inferno se tratando por meio de quimioterapia (aqui uma outra parte em que eu seria xingado horrivelmente se meu blog tivesse uma alta visitação).
Enfim, essas são algumas das novas religiões que me vieram a cabeça neste exato momento. O presente texto falará sobre duas dessas novas religiões. A seita dos homens gigante e a seita ufológica. O pessoal da fosfoetanolamina e das pirâmides... quer dizer, do Marketing Multinível terão fortuitos textos em homenagem a ambos.

A Internet sempre é bombardeada por textos, fotos, vídeos e outras porcarias do tipo mostrando como existiram e como existem gigantes e ETs, como os governos e agências governamentais (como a NASA) sabem que ambos existem e ocultam os fatos e como Giorgio Tsoukalos e Von Däniken estão mais do que certos no que dizem.

E esses materiais bombásticos sempre acabam parando onde devem. Acabam parando no Twitter, WhatsApp, YouTube, blogs, Tumblr, caixas de entrada de e-mails e, onde mais esse tipo de material deve ficar, no facebosta, facebunda, facebobo, faceburro, ou simplesmente Facebook. Curioso que, nesta época em que vivemos em que temos câmeras que podem filmar e tirar fotos com vários megapixels, porém as imagens e vídeos comprobatórios de que gigantes e ETs existem sempre tem qualidade de Super8 de lambe-lambe (pergunte ao seu pai).

Quando aparece algum texto dizendo o óbvio (que essa papagaiada de ETs visitando a Terra não passa de uma... papagaiada), eu complemento com o seguinte comentário:
"Que exista vida fora da Terra certamente deve existir. O que não dá para aceitar é que se tratam de homenzinhos verdes (por que todos os ETs são hominídeos?) que visitam a Terra (parece que só existe a Terra para eles visitarem), pousam suas naves onde Judas perdeu as botas no meio da madrugada ao invés de pousar no centro de São Paulo ou Rio de Janeiro (pode ser Campinas também) ao meio dia durante semana, constroem maravilhosas obras da engenharia, como as pirâmides (sem ninguém ver) e depois que terminam, vão embora (novamente, sem ninguém ver).
E governos e agências governamentais veem tudo isso, sabem que tudo isso acontece porém ocultam os fatos porque... sabe-se lá porque cacete de motivo".
O Gilmar do e-farsas, falando não sobre ETs, mas sobre gigantes, e como eles teriam existido por meio de um vídeo mais do que comprobatório, lançou um texto e um vídeo que teve uma contribuição minha:

Sim, esse cara sou eu

Acho que ficou bem claro que se trata de um comentário irônico a respeito da existência de tais criaturas, não é mesmo?

Não para um analfabeto funcional que é seguidor tanto da seita ufológica quanto da seita da existência dos homens gigantes. Olha só o dialogo que se sucedeu.

E ainda por cima o loser é jogador de minecraft

Pois é. Vai esperar o que de um religioso que segue uma dessas novas religiões? E quem diria que um idiota muito do analfabeto funcional cruzaria o meu caminho? Normalmente sempre vejo isso com blogueiros e vlogueiros com altíssimas visitações, mas isso aconteceu comigo. Quem diria, hein?

E o idiota analfabeto funcional religioso seguidor da seita da ufologia mostrou toda a lógica que é tão peculiar e característica de outros religiosos seguidores da mesma seita. Afinal de contas, descobertas como essas, de que realmente existem ETs, de que realmente os ETs são homenzinhos verdes, de que há vida fora da Terra e que essa vida fora da Terra possui tecnologia para fazer viagens no espaço e que a usam para visitar a Terra, que seriam as maiores descobertas da história da humanidade. Imaginem o intercâmbio de tecnologia e conhecimento que se poderia fazer com essas descobertas.

Principalmente, imagina se a NASA, que vira e mexe passa por cortes em seu orçamento, fizesse tais descobertas, mostrando que ela tem mais é que receber dinheiro do governo, mostrando que exploração e pesquisas espaciais são mais do que importantes e acabando de vez com aquele mimimi  lazarento "com tanta gente passando fome na África...".

Com o tanto de implicações que podem acontecer com essas descobertas, qual seria a atitude mais lógica que governos e entidades governamentais (como a NASA, ESA e JAXA. Você também AEB) tomariam? Logicamente que eles fariam a ação mais lógica: Abafar tudo. Ocultar todos os fatos. Escamotear todas essas descobertas. Dizer que nada disso existe e ainda por cima ameaçar e tentar calar a boca de quem ousar dizer que ETs realmente existem. Afinal de contas, para que mais dinheiro? Para que mais pesquisas espaciais? Para que querer fazer intercâmbio de tecnologia? Tudo isso é bobagem. Tem muita lógica em abafar todas essas descobertas (lembrar de usar a mesma linha de raciocínio quando for falar dos devotos da igrejinha de Nossa Senhora da Fosfoetanolamina do Sétimo Dia).

Novamente, vai esperar o que de um religioso que segue uma dessas novas religiões? Lembrando que hoje foi sobre os seguidores da seita ufológica. Fortuitamente teremos textos sobre os devotos da igrejinha de Nossa Senhora da Fosfoetanolamina do Sétimo Dia e dos devotos de pirâmides... quer dizer, do Marketing Multinível.

E, convém sempre lembrar, um analfabetismo funcional como o desse seguidor da seita ufológica só pode ser resultado da brilhante educação brasileira. Como sempre, viva o 58º lugar (dentre 65 países) no PISA de 2015.

O paradigma do relógio parado. Ou... quando concordei com Bolsonaro.

Lá no e-farsas tem um trollzinho de merda™, que todo dia bate o cartão por lá, de nome dudu, cujo e-mail é dudud23@yahoo.com (dessa vez não é hotmail), é usuário de Speedy e mora em Taubaté. Ou seja, ele é concidadão do Monteiro Lobato. Eu sempre digo isso, porém quem sou eu para dizer quem é concidadão de quem, já que eu sou concidadão do Olavo de Carvalho e o Jair Bolsonaro. Sim, acreditem se quiser, apesar dele ter feito a carreira política toda dele no Rio de Janeiro, ele nasceu, se criou e estudou aqui em Campinas. Desculpa aí, população carioca (e fluminense).

Como que eu sei os dados do cretino? Muito simples. O filho da puta veio até o meu blog aqui colocar comentário desaforado. Aliás, a vidinha medíocre desse sujeitinho se resume a falar merda na propriedade privada dos outros, conforme mostra a conta dele do Disqus (sem link. Não vou dar palco para idiotas). Para o azar dele, como seu bem menos polido, diplomático e político que o Gilmar, bloqueei o lazarento de poder comentar por aqui (meu blog, minhas regras, como é em qualquer propriedade privada. Comentar em blogs é um privilégio e não um direito) e publiquei as informações dele. Posso fazer isso pois a Carta Magna proíbe o anonimato.

Mas voltando ao meu tão nobilíssimo concidadão. No fim de abril ele deu uma entrevista para o Correio Popular, um jornal daqui de Campinas (o único, aliás). Como de costume, como bela attention whore que é, soltou um monte de opiniões polêmicas (como eu peguei um ódio dessa palavra) e extremistas, ficando, mais uma vez, com todos os holofotes apontados para si.

Mas teve um trecho da entrevista com a qual eu concordei com ele. Foi quando ele falou sobre a tão útil e nobre Câmara de Vereadores, que lançou uma moção de repúdio quando o "bolsomito" elogiou no plenário o Coronel Ustra. Ele disse o seguinte:
"Essa Câmara Municipal de vocês aí é fraca. Estou me lixando para esses vereadores que votaram isso. Eles não têm o que fazer, são uns desocupados… Esses vereadores são uns otários"
Procurei, vasculhei, remexi, revirei o site da RAC, porém não achei a entrevista. Quem a tiver, se quiser me passar, ficarei muito grato.

Foi essa a parte com a qual eu concordei com o deputado. Por quê? Vejamos o que tem feito os nobres edis de Campinas:
E eis aí a grande atuação dos nobre edis de Campinas. Com uma atuação tão vigorosa como essa, eles faziam por merecer um aumento de 126% em seus salários. Uma curiosidade é que O Politizador, ou Tonhão da Rapadura, ficou contra esse descalabro. Bacana isso da parte dele. Sem ironias.

E, logo após essa entrevista, o que os nobres e excelentes vereadores de Campinas fizeram para mostrar ao deputado que não são um bando de idiotas, otários, vagabundos, vadios e desocupados? Lançaram uma moção de repúdio ao que disse o deputado e o declararam como persona non grata  na cidade. Não apenas isso. O vereador Cid Ferreira, o bonitão, branco, de nariz fino e olhos azuis, disse que "além de deixar de ser homem, ele deixou de ter caráter". Ui!! Certamente o Boçalnaro deve ter ficado muito triste com o beócio. Acho até que aquele bloqueou este no Facebook. Toda a ópera-bufa pode ser lida aqui.

E sabe de uma coisa? Os vereadores de Campinas representam muito bem e a contento a população de Campinas. Sim, senhores e senhoras, representam muito bem. Não adianta virem com seus gritinhos estridentes de "Não me representa", pois representa sim. Uma população idiota, ignorante, estúpida, iletrada e burra (como não sou divulgador científico, posso muito bem me referir à população como idiota, ignorante, estúpida, iletrada e burra) só poderia mesmo ter representantes idiotas, ignorantes, estúpidos, iletrados e burros. E isso já começa nas cidades.
"Mimimi, mas em Campinas tem a UNICAMP e PUC"
Isso não significa porra alguma e sequer é argumento. A maior parte das melhores universidades do mundo estão nos Estados Unidos, mas o americano (estadunidense é a puta que te pariu) médio é um Homer Simpson. Isso sem falar das constantes tentativas vindas dos Estados Unidos de se enfiar a bosta do criacionismo no currículo escolar.

Mas falando de Campinas. Sim, a cidade tem UNICAMP, PUC, mas em compensação possui várias outras universidades que são mais fábricas de diplomas.

Agora falando especificamente sobre a UNICAMP, a universidade sequer aparece entre as 100 melhores universidades do mundo (e a USP caiu 40 posições, quase que ficando de fora. Parabéns a todos os seguidores da Nossa Senhora da Fosfoetanolamina). Além disso, tem o fato de que a universidade é de Campinas porém a quase totalidade de seus estudantes não são da cidade. E já que foi falado sobre criacionismo, a universidade ministrou palestras sobre essa bosta.

E abaixo uma cria da UNICAMP, da intelectualíssima cidade de Campinas, cujos vereadores não representam a população da cidade (inclusive ele nasceu na cidade).


Caso encerrado, meritíssimo.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Onde me encontrar

Onde podem me encontrar

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST