Pesquisar este blog

E dá-lhe cotas.

Uma maneira que os governos encontraram de tentar resolver alguns problemas sociais foi com o advento de cotas. Afinal de contas, as cotas são uma maneira extremamente rápida de resolver (momentaneamente) um problema e com isso fica-se livre de usar outras maneiras realmente eficientes, mas que demoram mais tempo para dar resultados e por causa disso, não rendem votos.

Começou com a reserva de vagas nas universidades públicas para negros e pardos e para quem estudou em escola pública. Com isso, o governo resolve momentaneamente um problema e se livra de ter que usar a solução que realmente resolveria o problema (investir na educação fundamental pública), mas que é mais trabalhosa, mais difícil, mais custosa e que demora para dar resultados.

Mas as cotas vão além das universidades. Caminha na câmara dos deputados um projeto de lei (mais precisamente o projeto de lei 1747/2007) que visa reservar, pelo menos 10% das vagas de emprego para os trabalhadores com mais de 40 anos. Mais detalhes podem ser vistos nesse link.

E o pior que nem pode ser considerada uma lei boba. Afinal de contas, uma velha frase diz que "os políticos são um espelho do seu povo". E essa lei só reflete a mentalidade tacanha e idiota que parece ser unânime entre o empresariado brasileiro, de que um trabalhador com mais de 40 anos é velho, não serve mais e tem de ser substituído.

Enquanto que na Europa e nos Estados Unidos, esse trabalhador é valorizado e tem o seu trabalho reconhecido (não são países de primeiro mundo a toa), no Brasil esse trabalhador é tratado como um incapacitado e tem de ser substituído urgentemente. Mas afinal de contas o Brasil pode fazer isso, já que mão-de-obra tão boa e qualificada é o que mais existe, graças às inumeras universidades caça-níquel criadas com a expansão universitária.

Essa mentalidade dos empresários é uma das coisas que faz com que o Brasil seja sempre um país em desenvolvimento, e nunca um país desenvolvido.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST