Pesquisar este blog

Alerta! Fim do 13° salário e férias remuneradas aprovado!

Bem, pelo menos era isso o que dizia um E-mail que eu recebi esses dias. O conteúdo da tal mensagem está abaixo:
Fim do 13º já foi aprovado a câmara

Enquanto a gente se distrai com estas CPIs o (CASO ISABELA, PADRE VOADOR, TERREMOTO, GOL DE GOLEIRO .. ETC.. ETC. .. ETC...)

O Congresso continua votando outros assuntos de nosso interesse e a gente nem percebe...vejam essa:
Fim do 13º já foi aprovado na Câmara (PT, PSTU)

Para conhecimento:
O fim do 13º salário já foi aprovado na Câmara para alteração do art. 618 da CLT.
Já foi aprovado na Câmara e encaminhado para o Senado.
Provavelmente será votado após as eleições, é claro!
A maioria dos deputados federais que estão neste momento tentando aprovar no Senado o Fim do 13º salário, inclusive da Licença Maternidade e Férias (pagas em 10 vezes) são do PT, PPB, PFL e PSDB.
As próprias mordomias e as vergonhosas ajudas de custo de todo tipo que recebem, eles não cortam.

Conheçam os safados que votaram a favor deste Projeto em todo o Brasil e, por favor, repassem para o maior número de pessoas possíveis, afinal eles são candidatos fortes nas próximas eleições:

01- INOCÊNCIO OLIVEIRA-PFL

02- JOÃO PAULO - PT
03- JOSÉ VICENTE DE PAULA (VICENTINHO) -PT
04- OSVALDO COELHO - PFL
05- ARMANDO MONTEIRO-PMDB
06- SALATIEL CARVALHO-PMDB
07- PEDRO CORRÊA - PPB
08- JOSE GENOINO - PT

09 -SEVERINO CAVALCANTE -PPB
10- CLEMENTINO COELHO - PPS
11- ANTONIO PALOCCI - PT

13- JOSÉ MÚCIO MONTEIRO-PSDB

DIVULGUÉM!!!
Agora, enquanto isso, eles distraem a gente com referendos ridículos!!!!!
E, nas votações, que realmente importam, não nos cabe participar????
Cadê os caras pintadas???
Povo que derruba presidente??????
Gente, é hora de acordar antes que seja tarde d+!!!!!!!!!!
NINGUÉM É TÃO FORTE QUANTO TODOS NÓS JUNTOS!!!!!!!!
Divulguem!!! E não fique só reclamando do nosso país!!!!
Agora vejamos. Um E-mail em tom alarmista, não tem link para nenhum portal de notícias falando a respeito sobre isso e falam para divulgar. Tem cara de hoax, não tem? E é.

É a quinta ou sexta vez que eu escuto falar desse hoax, e a segunda vez que eu recebo. E esse E-mail sempre reaparece em ano par, ou seja, em ano eleitoral. Coincidência, não?

Algumas características que podem ser percebidas:
  1. Realmente existe um projeto para a >flexibilização da CLT, que é o 5483/2001, que já foi arquivado.
  2. Nome dos partidos. Já faz tempo que o PPB mudou de nome e se chama PP. E recentemente o PFL mudou de nome e agora se chama Democratas, ou DEMO.
  3. Ainda com relação a partidos. Desde quando o PSTU faz parte da base de apoio do governo? Aliás, algum político do PSTU foi eleito?
  4. O texto do e-mail fala de "referendos ridículos". O último referendo que aconteceu (e que eu acho que o texto se refere) é aquele referendo do desarmamento, que foi realizado em 2005! Isso serve para mostrar como essa mensagem é antiga, mas o pessoal sequer repara nesses detalhes e passa esses e-mails assim a esmo.
  5. O texto também fala que os "deputados federais que estão neste momento tentando aprovar no Senado". Isso é impossível. As duas casas são independentes. O que acontece na câmara é de responsabilidade única e exclusiva dos deputados e o que acontece no senado é de responsabilidade única e exclusiva dos senadores, e um não interfere no trabalho do outro.
  6. Creio eu que quem fez a lista dos deputados sequer saiba contar. Perceberam que do número 11, vai para o número 13? Por acaso quem fez essa lista não gosta do número 12?
  7. Ainda com relação à lista de deputados. Nela estão os nomes de Pedro Correa (cassado em 2006), Severino Cavalcanti (que renunciou e NÃO foi eleito), Osvaldo Coelho, Salatiel Carvalho e Clementino Coelho (que sequer foram eleitos), e José Múcio Monteiro (que é atualmente ministro e teve de deixar o cargo de deputado). Dos poucos que, realmente são deputados, o deputado Armando Monteiro está atualmente no PTB e o deputado Inocêncio Oliveira está atualmente no PR.
  8. O texto também fala do fim da licença maternidade. Como é que eles vão acabar coma licença maternidade, sendo que, não faz muito tempo, foi criado um projeto de lei no senado para aumentar o período da licença maternidade de 120 para 180 dias? Inclusive esse projeto já foi aprovado no senado e está atualmente na câmara.
  9. E outra coisa, quem não esteve em Marte nos últimos meses, sabe que o governo federal lançou várias Medidas Provisórias (ou MPs). Segundo o site da câmara, se num determinado período de tempo (45 dias) a MP não tiver sido votada, ela tranca a pauta, ou seja, enquanto ela não for votada, nada mais é votado. Foi votado rápido esse projeto de lei, não?
Bem, com isso eu realizo a minha boa ação do dia e desmascaro um hoax. A maior parte do que eu listei acima eu obtive fazendo pesquisas na Internet e perguntando para várias pessoas (através de E-mail) sobre a veracidade da mensagem. Se o pessoal, ao invés de passar essas mensagens adiante, "perdesse tempo" fazendo o que eu fiz, diminuiria bastante a quantidade dessas porcarias.

Mesmo porque, no fim das contas, nem é tanto tempo perdido. Se for pesquisar, direitinho, na Internet e perguntar para as pessoas certas, o retorno é de qualidade e compensa o tempo perdido. E outra coisa, maior será o tempo perdido para remover essas mensagens, falar para os seus contatos de que aquele E-mail é uma mentira e pedir que ele avise para os seus contatos, para os contatos dos seus contatos, e por aí vai. Além de que você não se estressará, os seus amigos não entrarão em surto, todo mundo viverá na mais absoluta calma e paz e o mundo será um lugar muito melhor para se viver. :)

Abaixo mais alguns lugares que publicaram textos mais detalhados sobre essa mensagem:
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST