Pesquisar este blog

Não faça gracinha com seu voto.

Estamos em 2008. E no Brasil, em todo ano par, como é de costume, é ano eleitoral. E nesse período de agosto e setembro é que começam as campanhas eleitorais e as mesmas ganham mais força com o início do otário, quer dizer, horário eleitoral gratuito (é, eu sei, piadinha e trocadilho velho, me desculpem). E no horário eleitoral no rádio e na TV, é sempre a mesma coisa: Candidatos prometendo mundos e fundos, as mesmas promessas de sempre, candidatos mostrando como a situação está boa (no caso daqueles que querem se reeleger, ou de candidados da "situação"), mostrando como a situação está ruim (no caso de candidatos da oposição) e candidatos com nomes "exóticos" como Maria do PS, Luis da Farmácia, Zé da Pamonha, Salim "do Lujinha", João Sorriso, Joana do Hospital, entre outros candidatos e candidaturas "sérias" (veja uma charge sobre isso). Enfim, as mesmices de sempre, como bem disse o Arthurius.

Com a campanha eleitoral já bem encaminhada e no meio de todas essas mesmices, encontrei a campanha "Não faça do seu voto" do blog pensamentos equivocados, para tentar conscientizar um pouco a população a respeito da importância do voto. A campanha possui uma imagem muito legal que bem que poderia ser usada pela justiça eleitoral e pelo TSE em suas propagandas, assim como outras propagandas criativas feitas por ambos. A imagem está logo abaixo:

Realmente, pensar muito antes na hora de votar é fundamental, pois como disse o Eduardo Moreira, do Blog Esponja, que aderiu a campanha, a urna é quem leva a dedada, mas se fizer a coisa errada, quem se f*** é você.

Além disso também passar a mensagem de que democracia não se resume simplesmente a votar, como bem disse o blog arrobazona, que também aderiu a campanha. Claro que votar é o ato mais importante de uma democracia e votar bem é fundamental, mas se não acompanhar a trajetória e o trabalho dos políticos, não cobrar nada deles e não se lembrar em quem votou, o país continuará a mesma zona, com os mesmos problemas de corrupção, violência, saúde precária, educação pífia, justiça injusta, conforme o Arthurius sempre escreve no blog dele.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST