Pesquisar este blog

Sobre mulheres bonitas, propagandas e faculdades particulares.

Esse texto surgiu da discussão com uns amigos. O que se discutia era a presença de mulheres bonitas em propagandas de faculdades particulares.

Não sei se vocês já perceberam, mas sempre, numa propaganda de alguma faculdade particular (especialmente aquelas faculdades caça-níquel que tratam o aluno como um cliente), sempre aparecem mulheres bonitas fazendo a apresentação da faculdade (a Ana Hickmann é um exemplo). Essas mulheres aparecem falando em televisão, rádio; ou estampando jornais e outdoors; e aparecem falando das vantagens de se matricular e estudar nessas faculdades. Já reparam nisso?

É mesmo Lucho. Nunca parei para reparar. Por que será que eles fazem isso?

Talvez para mostrar que tem algo de bom em faculdades particulares. Talvez seja também para mostrar que, mesmo você não passando nos vestibulares de universidades de verdade públicas, não é o fim do mundo. Segundo a propaganda, nas faculdades caça-níquel há gente bonita. Não importa se depois de formada, a pessoa terá dificuldade para conseguir um emprego, o que importa é que ela vai estudar junto com pessoas bonitas. Isso, segundo o que é veiculado nas propagandas.

Aliás, você já viu propaganda de alguma universidade pública? Pois é, elas não fazem. E não fazem porque não precisam.

Quer dizer, as universidades públicas fazem propaganda sim. Mas fazem o tipo de propaganda mais eficiente e que se espalha com maior rapidez, que é a propaganda boca a boca.

Dane-se que em boa parte das universidades públicas os alunos sejam tratados como números. Prefiro mil vezes ser tratado, num estabelecimento de ensino, como um número do que como um cliente. Prefiro que o estabelecimento esteja interessado em mim, ao invés de estar interessado no dinheiro dos meus pais.

E se você é um aluno que não conseguiu passar num vestibular de universidade pública e faz alguma faculdade particular, vier aqui me encher o saco dizendo que o papai tem dinheiro para pagar o curso, eu tenho uma musiquinha muito bonitinha cantada pelos alunos de universidades públicas para te dar como resposta:

"Seu pai é rico? Ainda bem... Paga o seu curso e o meu também."

Você bem que gostaria de fazer um curso de universidade pública. Se você não gostaria, garanto que os seus pais gostariam muito.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST