Pesquisar este blog

Claro que religião e política se misturam.

Essa frase eu já disse umas 82351551286026593659 vezes no ano passado, mas será a primeira vez que eu digo esse ano: Candidato a algum cargo político que fala no nome de Deus, ou que tem apoio de igrejas, ou então que use as religiões como cabedal para campanha política vai para o meu livrinho negro de pessoas que eu nunca votarei na vida. Esse pessoal, assim que se elege, são os primeiros a meterem a mão no nosso dinheiro, a entrarem em esquemas de corrupção. Ou então legislam em causa própria, facilitando a vida de religiosos e igrejas.

Lendo esse texto do Gilberto GibaNet, me deparei com mais um fato em que é misturado religião com política e fato esse que foi publicado por outros blogs espalhados por aí. Em Belém, foi aprovado um projeto de lei instituindo o dia do dizimista. Não, não é mentira e quem quiser saber pode ler o texto abaixo:
LEI nº 8.664 DE 27 DE JANEIRO DE 2009.
"Dispõe sobre a criação do Dia Municipal do Dizimista e ofertante no Município de Belém, e dá outras providências".

O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM,

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM, estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Fica criado com méritos na cidade de Belém, capital do Estado do Pará, o Dia Municipal do Dizimista e do Ofertante cristão consciente, a comemorar no dia 18 de maio de cada ano.

Art. 2º VETADO.

Art. 3º Estabelece que no decorrer das comemorações referidas ao evento, seja divulgado em alto e bom som o que está escrito da Bíblia Sagrada no livro de Malaquias cap. 3 vol. 10, que diz: "Trazei todos os dízimos à Casa do Tesouro para que haja mantimento na minha casa…", e também o que está escrito no mesmo livro no cap. 3 vol. 18: "Então vereis a diferença entre o que serve a Deus e o que não o serve"

Art. 4º. Ficará por conta e responsabilidade das emissoras de comunicação ligadas ou pertencentes às igrejas cristãs, a divulgação dos ensinamentos abaixo relacionados:
§ 1º Conscientizar a membrasia das igrejas cristãs em geral;
§ 2º Aconselhar e disciplinar a igreja a respeito do assunto;
§ 3º Estimular o povo cristão mostrando a necessidade da prática de ofertar e dizi­mar por parte do cidadão, praticante ou não.

Art. 5º As igrejas cristãs ficam com a missão de encorajar o povo a praticar a entrega ou devolução de dízimos e ofertas como prova da obediência no que ensina a Constituição divina, a "Bíblia Sagrada", a palavra de Deus que é o bálsamo para o coração da família.

Art. 6º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

PALÁCIO ANTONIO LEMOS, 27 DE JANEIRO DE 2009

Duciomar Gomes da Costa
Dia do dizimista??!! Antes fosse dia do crente. Ou dia do evangélico. Ou dia da cristandade. Mas, dia do "dizimista e do cristão ofertante consciente"?? E o pior é que essa porcaria de dia (18 de maio), vai ser considerado ponto facultativo nas repartições públicas de Belém a partir desse ano.

Só que uma coisa que eu vi (aliás, não vi) nas notícias a respeito dessa lei foi o vereador autor desse projeto de lei. Sim, pois, além de dar nomes a ruas e pedir para que sejam lidos trechos da bíblia antes das sessões, os edis também criam "datas especiais". Pesquisando no google (já que a página da Câmara dos vereadores de Belém é uma completa bosta. Não tem informação alguma), descobri as informações que eu queria. No diário oficial do município de 29 de janeiro (página 2), vi que o projeto de lei que deu origem a essa lei é o PL 038/2008, de autoria do infeliz vereador Paulo Mardock.

E, pesquisando mais um pouco no google, descobri o que já era esperado. O vereador Paulo Mardock é mais um político evangélico que infesta o legislativo brasileiro. E além de infestar o lesgislativo, também faz o que todo político evangélico fez, faz ou fará: Discriminar homossexuais.

Aliás, infestava, pois ele não se re-elegeu. Só que, assim como ele saiu, quatro colegas dele entraram para a câmara, com direito a um tal de "Cobrador Pregador". Fico imaginando os eleitores que deram o seu voto para essa pessoa.

Como pode ver, mais uma vez um político evangélico legislando em causa própria. Aliás, e que causa própria, hein? Nessa invasão epidêmica que temos de programas evangélicos nas emissoras de televisão e de rádio (e com direito a várias rádios piratas evangélicas espalhadas pelo país; e rádio pirata é coisa de criminoso. E antes que digam, rádio pirata é diferente de rádio comunitária, ou rádio livre), já tem muito pastor e bispo se referindo aos evangélicos como "meus fiéis dizimistas", ou "meus caros dizimistas". É isso mesmo. Nada de "meus irmãos", "meus caros", "meus queridos". Agora é "meus dizimistas". Até escrevi um texto a respeito disso. Uma lei como essa é tudo que esses picaretas bispos e pastores mais precisam. Eu tenho medo que outros políticos evangélicos decidam fazer o mesmo em seus municípios. Ou até mesmo eu seus estados. Ou até mesmo no país.

E depois dizem que eu fico de perseguição com esse pessoal.

Vamos horrorizar os moralistas!!

Encontrei um vídeo no Youtube que contem uma alta carga explosiva. Se você é um moralista, evangélico, católico ou um religiosozinho (seria isso um neologismo?) qualquer vai perceber que o que tem no vídeo abaixo tem doses cavalares de trinitrotolueno.

O vídeo é esse abaixo.


Trata-se de um típico show de stand-up comedy americano. É apresentado pela atriz e humorista Wanda Sykes que, pelo que eu ouvi falar (não sei se é verdade) é a Dercy Gonçalves de lá. O título do vídeo é bem direto: "Casamento Gay e as merdas que não lhe afetam".

A apresentadora discursa a respeito da polêmica sobre a união civil entre homossexuais que toma conta dos Estados Unidos. Alguns estados permitem, outros proíbem. Alguns querem permitir o casamento, outros querem proibir. Enfim, é um rolo (eu disse rolo). Coisas dos Estados Unidos e de seu federalismo.

E discursa favorável à união civil. A Apple já se mostrou abertamente favorável ao casamento gay. E eu também sou favorável que aconteça a mesma coisa aqui no Brasil. Eu gostaria muito de saber porque os moralistas, os evangelicozinhos e os catolicozinhos não gostam de homossexuais e são contra a união civil dos homossexuais? Quer dizer que casamento só serve para colocar filho no mundo? E o sentimento? E aqueles casais heterossexuais que decidem não ter filhos? Ou que um dos cônjuges é estéril?

Como a Wanda Sykes bem disse: Se você não acredita no casamento gay, então não case com alguém do mesmo sexo. Ou então: Porque as pessoas se metem em assuntos que não as afetam? Queria muito saber porque os religiosozinhos e moralistas tanto se intrometem nesse assunto? Queria saber qual a ameaça que os homossexuais oferecem a esse pessoal? Vai ver que é falta do que fazer. Vai ver que é falta de dar uma bimbada (com quem, ou o que quer que seja).

Nada melhor do que usar sarcasmos, ironias e humor (de preferência politicamente incorreto) para afrontar e horrorizar religiosozinhos e moralistas. Afinal de contas, ridendo castigat mores.

E se é para horrorizar os moralistas e religiosozinhos aí vai mais uma notícia. A questão de uns meses atrás, uma lésbica assumiu o cargo de primeira-ministra da Islândia. É, a Islândia. Aquela ilhota friíssima (e isso não é neologismo) localizada na Europa e que sempre está entre os primeiros colocados no ranking do IDH (e não raramente é a primeira colocada), tem uma primeira-ministra lésbica. Como é que pode isso?

E vamos horrorizar ainda mais os moralistas e os religiosos. Os países nórdicos (Suécia, Noruega, Finlândia e Dinamarca) estão entre os menos religiosos da Europa e do mundo e possuem os melhores índices de qualidade de vida. Quem quiser, pode ler esse texto do ceticismo.net. Como pode isso? E eu acho melhor que esse pessoal nem fique sabendo que:
Coincidência? Quando elas são demais...

E para quem quiser se informar mais a respeito da união civil entre homossexuais e demais lutas dos direitos do pessoal GLBT, pode ler esse texto da Dra. Têmis. Como sempre, mais um excelente texto da deusa da justiça.

Concurso da prefeitura de Taubaté. Perguntar não ofende.

Fiquei sabendo que a prefeitura de Taubaté está organizando mais um concurso público para preenchimento de vagas na prefeitura.

Infelizmente fiquei sabendo hoje e as inscrições para o concurso vão até as 18:00 de hoje. Se alguém quiser se informar melhor sobre o concurso (como se houvesse mais tempo), pode ver mais informações nessa página na PCI - Concursos.

Mas aqui fica uma pergunta: Será que a prova do concurso da prefeitura de Taubaté desse ano também terá perguntas primordiais, de grande utilidade e importância a respeito do Big Brother e de celebridades globais, assim como teve no concurso do ano passado?

É só uma pergunta. E perguntar, não ofende.

Mexe com emo

Todo mundo tem uma visão de emo como se fosse aquele sujeito tímido, meio emcabrunhado, sensível, delicado e que não bate em outras pessoas. Ou então não as machuca ou fere os seus sentimentos.

Bom, depois de assistir o vídeo abaixo, algumas dessas características precisarão ser revistas:


Pois é rapaziada. Pelo menos para mim, todas as características que eu disse no primeiro parágrafo foram pelo ralo. Estou começando a ver que os emos não são tão sensíveis e delicados assim. Eu acho que eles ficam assistindo muito o Ultimate Fighting ao invés de ouvir My Chemical Romance, Fallout Boy, NXZero e outras bandas emo.

Esse vídeo eu encontrei nesse texto do Sedentário & Hiperativo.

Esse pessoal não tem o que fazer.

Apesar dessa notícia ser de quase um mês atrás e ser sobre o carnaval (um assunto que está mais do que sepultado para esse ano), a questão de poucos dias eu vi essa reportagem e consegui tempo para escrever sobre essa notícia.

A notícia a qual eu me refiro é essa notícia publicada pelo jornal Extra, em que um produtor de televisão muçulmano mandou um processo para que seja proibido de tocar uma marchinha de carnaval, além de processar os detentores dos direitos autorais da marchinha.

A marchinha a qual deixou o emo de alá muçulmano possesso é a "A cabeleira do Zezé" e o processo é porque a marchinha envolve o nome do profeta Maomé e "enxovalha" o nome dele.

Ok, eu não gosto de carnaval. Acho essa festa extremamente vazia e idiota e que não serve para porr... caria alguma, mas isso já é demais.

Marchinhas, em geral são bobinhas, engraçadinhas, bonitinhas, mas estão longe de serem ofensivas. A pessoa se ofender por causa disso é porque quer se ofender e se sentir ofendida. Ou não tem senso de humor algum e quer mais é encher o saco. Até parece aqueles homossexuais que chamam qualquer piadinha e cena engraçada e satírica envolvendo homossexuais de "homofobia". Ah! Deixem de ser chatos!!

Por sorte, o juiz que recebeu o processo decidiu não prosseguir com o processo. Tá certo. Chega de processos e petições idiotas entupindo o sistema judiciário brasileiro. Só que o emo de alá fiel não ficou contente. Quer prosseguir com a idiotice o processo até o fim. E com a ajuda de outros emos de alás, chatos, sem senso de humor e que não têm mais o que fazer irmãos de fé.

Definitivamente, esse pessoal não tem mais o que fazer.

Por dentro da "marolinha".

Encontrei um vídeo legal que explica um pouco a respeito dessa crise financeira que explodiu no fim do ano passado e que afetou as economias do mundo todo. Que, muito provavelmente, muito comuna deve estar adorando, mas vai deixar de gostar quando vir que o papai foi demitido e não vai ter como dar a mesadinha. Ou a "marolinha" do presidente Lula, em mais uma de suas geniais e brilhantes metáforas.

O vídeo está abaixo (infelizmente não é legendado, mas é de fácil entendimento):


Vídeo interessante e mais esclarecedor do que qualquer "explicação" dada pelos grandes meios de comunicação, que parecem mais preocupados em tocar o terrorismo psicológico do que em explicar algo. Também explica mais do que qualquer economista, que prefere recorrer ao economês rasteiro e absolutamente ininteligível. E muito melhor do que qualquer aula de economia para engenharia (acredite, cursos de engenharia têm, pelo menos, uma disciplina de economia para engenharia. E é uma bosta, porque não explica nada e só serve para fazer o aluno perder tempo).
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST