Pesquisar este blog

Estou viciado em George Carlin.

Assim como o Evandro César, eu também estou viciado em George Carlin. Para quem não conhece ou não sabe do que eu estou falando, eu explico.

George Dennis Patrick Carlin é um ator, autor, escritor e humorista dos Estados Unidos e ficou conhecido mundialmente por causa de seus shows de standup comedy, um dos principais nomes do standup comedy norte-americano. Nasceu em Manhattan em 1937 e (infelizmente) faleceu em 22 de junho de 2008 (já vai fazer um ano. Caramba).

A temática de suas apresentações envolviam assuntos como política dos Estados Unidos e internacional, sociedade, detalhes do dia-a-dia, todas as formas de dominação e alguns assuntos tabus e polêmicos (drogas, aborto, religião), de uma maneira nem um pouco politicamente correta e de vez em quando usando humor negro. E quase sempre com muitos uns ou outros palavrões (coisa pouca, sabes?).

Por discutir sobre temas polêmicos, tabus e por usar palavrões, por diversas vezes Carlin foi parar na cadeia, sob o "crime" de proferir "obscenidades". Sim, isso nos Estados Unidos, a "terra da liberdade".

Os assuntos abordados não são divertidos, nem mesmo humorísticos, mas que, graças ao dom da oratória de Carlin (e todo o seu sarcasmo, cara de pau, subversão, ironia, "cinismo" e, principalmente, genialidade), o público soltava várias gargalhadas.

Um humor que fazia rir, pensar e que, principalmente, "ofendia" algumas pessoas como religiosos xiitas, ecochatos idiotas, moralistas e demais pessoas que não gostavam de ouvir umas verdades. Um humor bem diferente do humor Zorra Total de atualmente. George Carlin era um desses que colocava em prática o ditado "ridendo castigat mores".

Existem váááááááários vídeos dele no YouTube. Alguns legendados, outros não. Vou colocar alguns deles aqui.

Começando por uma das melhores apresentações dele (senão a melhor), uma apresentação que é odiada por 11 de cada 10 ecochatos:


Esse vídeo ganhou notoriedade por causa daquela campanha "a hora da Terra". Apesar dessa apresentação ter quase 20 anos (foi feita em 1992), continua bastante atual.

George Carlin também era conhecido por ser um ateu convicto e um crítico ferrenho e acérrimo de religião, como forma de doutrinar, dominar e deixar as pessoas mais burras. Aí vão dois vídeos em que George Carlin faz sua crítica a respeito da religião:


Até tem a versão legendada dos vídeos (tanto de um, como do outro), mas a mini-inquisição do YouTube fez o favor de retirar o áudio. Inquisição sim, senão por que é que os outros vídeos do George Carlin que não criticam a religião estão com o áudio mantido?

George Carlin fez um total de 14 exibições para o canal HBO. Para quem tiver interesse, pode vê-los atráves desse canal do YouTube ou então dessa página que reúne os melhores comediantes dos Estados Unidos. Os vídeos, infelizmente, não são legendados.

Maiores detalhes sobre a obra de George Carlin podem ser vistos nesse texto do blog OCrepúsculo, nesse texto do TampaBlog e nesse texto do Monólogos/Vídeos.

Certamente uma perda irreparável para o humor dos Estados Unidos, e para o humor mundial também.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST