Pesquisar este blog

E Al Capone não era brasileiro.

Há uns dias atrás, eu li no jornal (mais precisamente a seção cartas do leitor) um pequeno texto que me chamou muito a atenção. Vou reproduzir o tal texto:
Al(phonsus) Gabriel Capone foi um gângster ítalo-americano frio e sem escrúpulos que controlava informantes, casas de jogos, prostíbulos, bancas de apostas em corridas de cavalos, clubes noturnos, destilarias e cervejarias. Ele controlava também políticos e metade da polícia de Chicago. Em 1929 foi nomeado o homem mais importante do ano, junto com personalidades como o físico Albert Einstein e o líder pacifista Mahatma Gandhi. Apesar de seus vários delitos, somente em 1931 conseguiram prendê-lo por sonegação de impostos. Esse breve relato me fez lembrar dos inúmeros "Al Capones" de nossa política nacional que diariamente enxovalham as nossas instituições, locupletam-se com os nossos suados impostos e ainda riem de nossas caras sem que nada lhes aconteça. Até quando?
O leitor escreveu muito bem, caprichou no português, foi muito feliz e está coberto de razão ao comparar Al Capone com alguns políticos brasileiros.

Realmente tem vários políticos que são verdadeiros gângsters. Não são todos, ainda tem uma minoria decente e honesta. Dá para contar nos dedos, é verdade, mas existe.

Se Al Capone estivesse vivo, certamente estaria se roendo de inveja das "excelências" brasileiras. Essas "excelências" controlam prostíbulos (o deputado que se lixa para a opinião pública era dono de um bordel), informantes, polícia, tráfico de drogas e de arma, controlam, são financiados e financiam grupos paramilitares e milícias, casas de jogos e bingos ilegais. Além de controlar os meios de comunicação (revistas, jornais e concessões de rádio e televisão). Também cometem diversos crimes contra a população e são elevados a categoria de personalidades.

Mas as semelhanças param por aí. Al Capone não ficou impune. Demorou para que ele fosse pego, mas quando a justiça pegou ele, ele teve de pagar. Já as excelências brasileiras fazem o que querem, não sofrem punição e seguem a vida, cometendo mais e mais crimes. Algumas dessas "excelências" só tiveram punição da justiça divina.

E ainda por cima há uma "carta" que diz que o congresso está se empenhando em punir seus próprios membros. É faz me rir, né?

A minha fé na humanidade acaba de cair vertiginosamente 3 - A continuidade.

Depois de algum tempo em hibernação, volto a reassumir essa série de textos que mostra situações em que a minha fé na humanidade vai ladeira abaixo, descendo na banguela. E, como na outras três vezes, sempre tem a religião inserida no meio.

O evento da vez está nesse texto do ceticismo.net. É incrível ver aonde que as pessoas podem chegar por causa da religião. E ainda mais por causa dessa merda de igrejinha que é a univer$al. Millor Fernandes já dizia: "O ser humano é o macaco que não deu certo".

Quando Marx disse que religião é o ópio da humanidade, ele não estava enganado mesmo. Aliás, religião é o ópio e a univer$al é o crack.

O comentário mais deprimente que eu já li.

Todo mundo já viu a propaganda daquela BOSTA daquela Tekpix IJIASOHOHOAOHY769576 vendida nas BOSTAS dos programas vespertinos da televisão aberta brasileira.

Lendo esse texto do palmeirense falador, indicado por esse texto do defenestrado, do Gilson Lorenti, há maiores informações sobre a maravilhosa revolução tecnológica que é essa "câmera". Entre elas:
  • Um pendrive de 32 MB. Já seria uma capacidade irrisória, mas ainda tem o fato de que o Firmware da máquina ocupa 12 MB, sobrando 20 MB líquidos para armazenamento do que o usuário quiser. UAU!!!!!!
  • 12 megapixel interpolado. Na verdade a resolução é de 3 megapixel.
Tem outras características no texto, mas essas são as mais marcantes. E o pior é que vendem (a empresa e as porcarias dos programas vespertinos) essa jeringonça como se fosse a maior revolução tecnológica de todos os tempos. Isso que esse pessoal faz é propaganda enganosa. É crime.

Na área de comentários (negligenciada por 99% de todos os visitantes de blog), são encontrados comentários de todos os tipos. Gente parabenizando o Kadu, gente dando o seu relato de ter comprado gato por lebre, gente achando que o Kadu trabalha para a empresa, paraquedistas que acham que o blog é o SAC da empresa, paraquedistas anunciando ofertas do mercado livre.

Mas dentre os comentários, li um que me deixou totalmente deprimido. Foi esse abaixo:
Amigos, gostaria que ficassem sabendo de um detalhe, é muito facil criticar dificil é fazer! Deixa o pessoal ganhar o dinheiro deles, eu sou gerente de vendas não trabalho com nenhu aparelho igual ou tão pouco parecido, mais sei o quanto é dificil entrar no mercado. E eles foram bastante criativos induzindo pessoas a comprar um produto diferente dos demais, infelizmente não tendo tanta qualidade mais fazer o que? abraços para vocês!
Para quem acha que eu inventei esse comentário, está aqui o link.

Não é deprimente um comentário desses? Gostaria muito de saber de onde que ele é o gerente de vendas. Gostaria muito de saber, para não ter o desprazer de passar perto de lá.

A respeito da "dificuldade de entrar" no mercado de vendas. Realmente, é difícil, trabalhoso, custoso, cansativo produzir mercadorias boas e fazer a coisa certa. Qual a alternativa então? Faz uma BOSTA de mercadoria, vende essa BOSTA de mercadoria e investe pesado em "merchandising".

A respeito do "Ah! É muito fácil criticar", quem não quer ser criticado que não se exponha. Entrou na chuva, vai se queimar.

Quanto a "deixar esse pessoal ganhar dinheiro", realmente, deixemos esse pessoal enganar a todo mundo e ganhar o seu dinheiro em paz. Assim como deixemos os políticos vigaristas e corruptos ganhar o seu dinheiro em paz. Também deixemos ganhar o seu dinheiro em paz os traficantes de drogas, os traficantes de armas, os sonegadores de impostos, os estelionatários, os golpistas, os banqueiros sanguessugas, os empresários vigaristas, os especuladores. Enfim, vamos calar a boca e parar de encher o saco!!

Quanto a "criatividade de induzir as passeoas a comprar", Jânio Sarmento estava com toda razão quando disse que marketing é sinônimo de mentira. É aquela velha história de que uma mentira dita várias vezes se torna verdade. Joseph Goebbels deve ter vibrado de alegria quando esse cara postou esse comentário.

E quanto ao fato de a empresa empregar várias pessoas, bem, o tráfico de drogas também emprega diversas pessoas, tira várias pessoas do desemprego, dá a várias pessoas o que comer. E aí? Por acaso eles estão fazendo a coisa certa? Por acaso o fato do tráfico de drogas empregar um monte de gente exime o fato de que é uma atividade ilegal e criminosa? De novo eu digo, o que esse pessoal da TekPix faz é um crime.

E como desgraça pouca é bobagem, teve uma idiota que apoiou a defecação oral (tm Terramel). Aí vai:
Eu concordo com Ezequiel, compra quem qué ninguém é obridado, é fácil críticar, toda grande empresa tem seu nº de reclamacão, não seria a tecnomania que não teria tbém,e sei que lá existe muitos trabalhadores que dependem deste emprego, afinal são quase 500 funcionários que dependem da empresa semão talvez seriam mais 500
desempregados…..conheço pessoas que tem a camera e gostaram e ai??? reclamar é fácil né??? eu posso dar o contato se a pessoas assim me permitir, ela irá dizer o que acha da camera, ela gostou e tá satisfeita!!! opniões sâo diferentes….
Aqui o link desse comentário. É mole?

É por causa de atitudes assim que brasileiro tem os políticos que tem. E os merece.

14 de julho. Parabéns, Campinas.

Hoje é dia 14 de julho. E há 235 anos atrás, um grupo de pessoas fundaram a Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Campinas, que virou a Vila de São Carlos e que depois viraria o município de Campinas.

Campinas de Carlos Gomes, Guilherme de Almeida, Campos Salles, Júlio de Mesquita, Francisco Glicério. Campineiros que dão nomes às principais avenidas e praças da cidade.

Também não dá para esquecer da Universidade Estadual de Campinas, uma das maiores e mais importantes universidades do mundo.

Sim, apesar de todos os problemas, gosto muito da minha cidade. Afinal, como diz uma frase que eu li uma vez: "A pessoa não mora no país, nem mora no estado. A pessoa mora na cidade".

Frases de Mark Twain.

Li um texto do Fim da Várzea em que era exposta uma lista com 15 frases do ex-primeiro ministro britânico Winston Churchill, um dos maiores frasistas de todos os tempos.

E por falar em frasistas, eu me lembrei de outro grande frasista que o mundo já teve: Samuel Longhorne Clemens. Também conhecido como Mark Twain.

Dono de um humor sarcástico e ácido, onde criticava as hipocrisias da sociedade, envolvendo economia, política, religião e outros assuntos, Mark Twain chegava a ser até um tanto cruel. Muito provavelmente, se estivesse vivo, seria crucificado por essa onda idiota do estupidamente politicamente correto.

Chega de história. Vamos às frases (algumas das melhores, na minha opinião):

"Recolha um cão de rua, dê-lhe de comer e ele não morderá: Eis a diferença fundamental entre o cão e o Homem."

"Quando em dúvida, diga a verdade!"

"Primeiro apure os fatos. Depois, pode distorcê-los à vontade."

"A Bíblia nos ensina a amar o próximo e também a amar nossos inimigos provavelmente porque eles são, em geral, as mesmas pessoas."

"Algumas pessoas nunca cometem os mesmos erros duas vezes. Descobrem sempre novos erros para cometer."

"Um banqueiro é um sujeito que empresta seu guarda-chuva quando o sol está brilhando e quer de volta no instante em que começa a chover."

"A maioria das pessoas se preocupam com passagens da Bíblia que não entendem, mas as passagens que me preocupam são as que eu entendo."

"O cão é um cavalheiro, eu espero ir para o céu deles, não para o dos homens."

"Em questões de Estado, cuide das formalidades e pode esquecer as moralidades."

"Deixar de fumar é a coisa mais fácil do mundo. Sei muito bem do que se trata, já o fiz cinquenta vezes."

"A regra é perfeita: em todos os assuntos de opinião nossos adversários são insanos."

"Uma mentira pode dar a volta ao mundo, enquanto a verdade ainda calça seus sapatos."

"Temos um quase especialista em política. Para ele ser um especialista perfeito, precisaria passar três ou quatro anos na cadeia."

"Há três espécies de mentiras: as mentiras, as mentiras sagradas e as estatísticas."

"Em certas circunstâncias, um palavrão provoca um alívio inatingível até pela oração."

"Um clássico é um livro que as pessoas admiram e não leem."

"O homem é o único animal que cora, ou melhor, que tem motivo para corar."

"O revolucionário inventa as idéias. Quando as exaure, o conservador as adota."

"- O que o senhor pensa sobre o Céu e o inferno?
- Eu tenho amigos nos dois lugares e portanto prefiro me manter isento."

"Fé é acreditar em algo que você sabe que não é verdade."

"Eu cheguei com o Cometa Halley em 1835. Ele vai voltar ano que vem, e eu espero que leve-me junto."

A última frase é especial e é uma curiosidade para figurar na lista de cultura inútil: Mark Twain nasceu no ano de 1835, ano em que o cometa Halley passou próximo à Terra, e morreu em 1910, ano em que o cometa passou de novo.

Atualmente Mark Twain dá nome a uma premio anual, dado aos maiores nomes do humor norte-americano. O prêmio existe desde 1998 e já premiou humoristas como Bill Cosby, Steve Martin, Billy Cristal, Neil Simon e os saudosos mestres do stand-up comedy Richard Pryor e George Carlin.

Isso é transparência e honestidade.

Apesar do que o título pode aparentar, esse texto não tem nada a ver com política, mas sim com religião.

Uma das maiores críticas contra as igrejas evangélicas e pastores, missionários, bispos evangélicos e demais pessoas que detêm ministérios é com relação ao dízimo. Afinal de contas, por que é pedido tanto para que os fiéis depositem e deem o seu dízimo? Para onde que vai o dinheiro do dízimo? Nunca nenhuma igreja ou sacerdote dá alguma satisfação a respeito do dinheiro.

Nunca deu.

Pois não é que eu encontrei uma prestação de contas. A Igreja Internacional, uma igreja muito séria, seríssima, mantida pelo seríssimo e comprometidíssimo pastor Silas Adoniran mantém um blog e divulgou uma prestação de contas do recém-findado mês de junho. Aí vão elas:
  • Notebook Sony Vaio do Pastor Roberval – R$ 10.260,00
  • Windows Vista Ultimate 64 (Sem capinha) – R$ 10,00
  • Internet via satélite 10MPBS – R$ 4.000,00
  • Hospedagem WordPress – R$ 250,00
  • Salário de Amélia (Mantenedora do blog) – R$ 7.800,00
  • Ar condicionado 20.000 BTU (Arno) – R$ 3.500,00
  • Jogo de Suspensão Toyota Corolla – R$ 5.000,00
  • Energia Elétrica – R$ 800,00
  • Telefones Fixos e Móveis (Oi) – R$ 1900,00
______________________________________________________
  • Total de Gastos: R$33.520,00
  • Doações para o blog: R$18.000,00
______________________________________________________
  • Balancete: R$ -15.520,00
Pois é. Depois desse exercício de transparência e honestidade para com os fiéis, Deus e sociedade em geral eu comecei a entender o motivo do bi$po Macedo ter pedido R$ 107 mil para a manutenção dos sites da Univer$al.

PS: Tenho o prazer de dizer que a seríssima Igreja Internacional agora possui um domínio próprio.

Conheça o MuCo.

Para quem não tem ideia do que eu estou falando, eu explico. O MuCo é a sigla do Museu da Corrupção, um espaço on-line criado pelo jornal Diário do Comércio que tem como objetivo listar alguns dos episódios de corrupção ocorridos no cenário político brasileiro. Estão lá desde alguns escândalos antigos até os escândalos mais recentes, como o caso do castelo, a farra das passagens aéreas e o caso dos cartões corporativos, para quem já não se lembra mais deles.

Embora tenha sido lançado no dia em que a terra de Vera Cruz completou o seu 509º aniversário de descobrimento, fiquei sabendo dessa grande ferramenta a apenas umas semanas atrás, através desse texto do Arthurius e desse outro texto do PensaRics.

Uma ótima ideia que precisa ser divulgada e difundida cada vez mais e mais pelos blogs, fóruns e quaisquer outros tipos de sites. Uma pena que um pequeno jornal do interior teve essa ideia. Bem que ela poderia ter vindo do Estadão, Folha, Jornal do Brasil, Istoé, Época, ou qualquer outro jornal ou revista de grande tiragem, ou então de alguma rede de rádio ou de televisão de grande cobertura.

Poderia, mas isso na "grande imprensa" nunca aconteceria. Como o meu amigo Arthurius disse por e-mail, a "grande imprensa" está mais interessada em mamar verbas públicas e não querer ficar mal com ninguém. Imagina se algum desses grandes jornais ou grandes revistas decidam fazer isso e se indispõem com alguém um tanto poderoso? Ou pior, se algum grande rede de rádio ou de televisão decide fazer isso e se indispõe com alguém? Vá que queiram cancelar a concessão do veículo.

Vamos ver se essa iniciativa consegue combater (nem que seja um pouquinho) a memória de merda de bosta fraca do eleitor brasileiro.

Carta de uma escritora holandesa sobre o Brasil? - Vamos aos fatos.

[ATENÇÃO: Aviso aos paraquedistas. Esse é um texto longo, muito longo mesmo (praticamente um overkill). Se você sofre de alguma variante do TDAH, eu recomendo que você não leia o texto abaixo. Obrigado]

Todo mundo já recebeu um e-mail falando de uma suposta carta escrita por uma escritora holandesa a respeito do Brasil (creio eu que a maioria já recebeu).

Só a pessoa que vos escreve recebeu umas três vezes (uma delas foi naquelas apresentações em PowerPoint adoráveis), a última foi a alguns meses atrás. Para quem não sabe do que eu estou falando, vou reproduzir a tal carta:
O QUE UMA ESCRITORA HOLANDESA FALOU DO BRASIL

Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado.

Só existe uma companhia telefônica e pasmem!: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.

Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.

Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.

Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri
na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.

Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de "Como conquistar o Cliente".

Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos.

Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa.

Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc… Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar nossas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:

1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.
3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio
de Janeiro foi considerada a mais solidária.
4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.
5. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.
6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.
7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.
8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.
9. Na telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas.
10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.
11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.

Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?

12. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?
13. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?
14. Que suas agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?
15. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?
16. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?
17. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?
18. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem?
19. Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando?
20. Que nós somos considerados os maiores amantes do mundo, enquanto que os ingleses e os árabes são os piores?
21. Que nós tomamos banho todos os dias, às vezes mais de um por dia enquanto que os europeus tomam em média um por semana? O país do mundo onde a Gessy Lever mais vende sabonetes é o Brasil.

É! O Brasil é um país abençoado de fato.

Divulgue esta mensagem para o máximo de pessoas que você puder. Com essa atitude, talvez não consigamos mudar o modo de pensar de cada brasileiro, mas ao ler estas palavras irá, pelo menos, por alguns momentos, refletir e se orgulhar de ser BRASILEIR@!
Pois bem. Uma mensagem que você recebe no e-mail, não diz a fonte e nem de onde veio essa mensagem e diz para você mandar para o maior número possível de pessoas que você conhece. Só por essas três características essa mensagem já tem um cheiro fortíssimo de hoax. Mas será que é hoax, ou será que essa carta é verdade mesmo?

Buscar na Internet não vai ajudar muito. Pesquisando (no Google, Bing e no Yahoo) só retorna essa "carta" replicada aos montes. O Cardoso já escreveu sobre esse pessoal que só faz replicar textos e não colocam e agregam informações e opiniões, ou então não questionam esses textos.

Só que, dando uma analisada melhor nos textos, o que já cheirava a hoax, começa a feder descaradamente. Por quê? Porque é tanta mentira, tanta bobagem, tanto dado jogado a esmo, tanto fato que pode ser facilmente refutado que não tem nem graça dizer algo em relação ao texto (mas também tem uma ou outra verdade). Mas de qualquer maneira vamos lá:
"O QUE UMA ESCRITORA HOLANDESA FALOU DO BRASIL"
Já começa pela primeira linha do texto. O texto foi escrito por uma escritora holandesa. Qual o nome dela? Onde ela mora? Por acaso ela já morou no Brasil? Quando ela escreveu isso?
"Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado."
O texto diz que o brasileiro gosta de falar mal do Brasil, mas a "escritora" começa o texto falando mal da Holanda. Que contra-senso. Aliás, agora se escreve contra-senso ou contrassenso?
"Só existe uma companhia telefônica e pasmem!: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado."
AHAHAHAHAHAHAH!!! Mas eu DU-VI-DO que aconteça uma coisa dessas na Holanda. Se fosse no Brasil eu até acreditaria, mas na Holanda eu dúvido mesmo. Um povo esclarecido como o povo holandês jamais deixaria uma coisa dessas acontecer. E además, aqui vai algumas companhias telefônicas holandesas:
"Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.

Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta."
Gente porca e gente limpa existe em tudo que é lugar do mundo. Mas, de fato, o brasileiro é um povo muito mais limpo. Norte-americano e europeu é porco demais.
"Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos."
O'RLY?
"Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa."
O quê? Como é que é? O que tem a ver o cu com as calças? Eita parágrafo mal escrito.

O brasileiro fala uma língua que não se parece em quase nada com o português? OK, então. E ainda diz que é "escritora".
"Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc… Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar nossas raízes culturais."
O que tem a ver o cu com as calças? [2]. Quer dizer que todo mundo tem que voltar a ser índio?

E outra coisa. Se é uma holandesa falando sobre o Brasil, por que tem palavras como "temos" e "nossas"?
"1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial."
Realmente, isso é um motivo de orgulho. Está certo que as campanhas de prevenção a AIDS do governo são ridículas. Governo acha que brasileiro só transa no carnaval. Mas mesmo assim é um fato a se orgulhar.
"2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma."
Existe o projeto genoma (em inglês) e o projeto genoma humano (em inglês). No primeiro, além do Brasil, há a participação de África do Sul, Angola e Austrália e no segundo, também participa o Brasil, mas há também a participação de centros de pesquisa da Nova Zelândia. Portanto a "escritora" se enganou.
"3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária."
De fato o povo brasileiro é um povo bastante solidário. Mas esse pessoal que pratica atos solidários tem que entender que eles fazem uma coisa que é (ou pelo menos deveria ser) obrigação do governo.
"4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo."
Era só o que faltava. Com 100% do processo eleitoral informatizado a apuração ser mais demorada que a apuração manual.

E outra coisinha: Depois dessa eleição, houveram mais duas eleições presidenciais e outras duas eleições legislativas nos Estados Unidos. E aconteceram sem problema algum.
"5. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina."
Bem, o Brasil tem mais de 180 milhões de habitantes e quase 30% da população tem uma conexão com Internet. Outros países da AL tem uma população menor e um percentual menor de incluídos digitalmente. Surpreendente esse resultado?

Mas de que adianta esse contingente, se a grande maioria é uma massa ignara de analfabetos funcionais que acham que Internet se resume a orkut e MSN (criações norte-americanas, por sinal).

Maioria essa que não cria, nem agrega conteúdo e informação. A única coisa que faz é deixar mensagens como "OI miguxXxu...... ADolUxXxe mtU......", "TI aMOdOlU...amiGuInHU......", "KI KOizAH + FofuxXxaH!!!!!" e outras aberrações do tipo. Claro que tive de recorrer ao Miguxeitor. Não sei e não tenho a menor vontade de aprender esse "idioma" de retardado analfabeto.

E mais uma coisinha: Dia 1º de julho o MySpace fechou o escritório que tinha no Brasil. Detalhe: Fechou o escritório que tinha no Brasil. Não o acesso dos usuários brasileiros ao site, como tem muita gente apressada e desinformada dizendo.
"6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma."
Bzzzzzzzzzzt!!! Resposta errada.

O Brasil não possui nenhuma fábrica de automóveis. O que o país possui são montadoras. Todas estrangeiras. E produzindo podreiras de carros 1.0 e vendendo a R$ 20.000,00 ou R$ 25.000,00. E ainda têm a pachorra de chamar esses carros de "populares". Enquanto que nos EUA, pela mesma quantia em dólares, é possível comprar aqueles carrões enormes, luxuosos e beberrões, o sonho de consumo dos norte-americanos.

Outra coisa: Adianta muito ter essas montadoras se não tem onde andar direito com ele (ruas e rodovias esburacadas) e também se não há segurança para possuir um carro (vai saber se o meu carro, daqui a pouco, não vai ser roubado ou depredado).

E em relação aos países vizinhos que não possuem nenhuma (fábrica ou montadora): Problema deles!
"7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando."
Esse não tem nem graça ser refutado. Mas de qualquer maneira, vamos lá. Quanto desses 97,3% que está "estudando" realmente estuda? Quanto não estão na escola apenas por causa da merenda ou do bolsa-esmola? Quantos realmente estão aprendendo algo? Quantos não são analfabetos que passam de ano para ano, chegam a quarta e quinta série, ou então se "formam" no ensino fundamental completamente analfabetos? Hein? Ô Adriano, tá me ouvindo?
"8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês."
A grande maioria de pré-pagos. E o atendimento ao cliente? E a satisfação com os serviços?

E outra coisa. Mais uma vez pergunto: Cadê os dados? Onde está essa pesquisa que mostra o Brasil como segundo maior mercado de telefones celulares do mundo? Cadê?

E mais uma coisa: 650 mil aparelhos celulares novos por mês dão quase 8 milhões de aparelhos celulares novos por ano. Esse número não é um tanto exagerado?
"9. Na telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas."
E o preço da assinatura? E a qualidade do atendimento ao consumidor?
"10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina."
Fontes?
"11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos."
UAU!!!! Viramos país de primeiro mundo!! Como é que população e imprensa podem ter deixado passar batido um índice tão importante e relevante para a POPULAÇÃO quanto o mercado de jatos e helicópteros EXECUTIVOS.

Só que aqui vão algumas perguntinhas: Esses jatos e helicópteros foram produzidos no Brasil? Não precisou importar e mandar dinheiro para outros países? E se foi produzido no Brasil, foi produzido com tecnologia nacional? Novamente não precisou mandar dinheiro para o exterior para pagar equipamentos, mão de obra e royalties?
"Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?"
Realidade é para os fracos.
"12. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?"
Qual é a população da Itália? Qual a população do Brasil? Qual o índice de leitura do brasileiro? Responda essas perguntas, leia esse texto da Ingrid e tire suas conclusões.

O fato de se produzir mais livros, não quer dizer que se lê mais livros.

E antes que alguém fale, essa história de que Buenos Aires tem mais livrarias que todo o Brasil é outro mito.
"13. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?"
Quem tem os bancos mais filhos da puta do mundo? Quem tem os juros e taxas bancárias mais abusivas do planeta? Quem tem os bancos que mais lucram no mundo? Quem tem os bancos que mais desrespeitam os clientes? Quem tem os bancos que mais cobram taxas dos correntistas? Será que vale a pena ter o "sistema bancário mais moderno do mundo"?

E adianta muito ter o "sistema bancário mais moderno do mundo", se não consegue descobrir a origem de uma quantia de dinheiro.
"14. Que suas agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?"
Que maiores e melhores prêmios mundiais? Falem para mim um desses prêmios. Eu só quero um.
"15. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?"
Essa foi forçada. O que tem a ver o fato de 70% de ricos e pobres se dedicarem a trabalhos voluntários (fontes?) com o fato do Brasil ser o "país mais empreendedor do mundo"? E o quanto que é esse "considerável" que está aí nesse item?

Aliás, o Brasil ser "o país mais empreendedor do mundo" só pode ser uma piada. O país mais empreendedor são os EUA (é só ver de onde são as principais multinacionais). Já o Brasil, algumas pesquisas dizem que é o 7º, outras dizem que é o 9º, outras dizem que é o 13º, mas eu não confio em nenhuma delas. Leia esse texto e entenda porque eu não confio.

Aonde que o Brasil é o país mais empreendedor do mundo, com essa carga tributária insana para abrir e manter uma empresa e seus funcionários? Com uma quantidade enorme de documentos e de burocracia para poder regularizar uma empresa.

E sem contar a mentalidade. Brasileiro sonha, almeja, ambiciona um cargo de funcionário público. Ou então pensa logo em ser jogador de futebol. Como que pode um país com uma mentalidade dessas ser o mais empreendedor do mundo?
"16. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?"
Uma democracia em que os eleitores são obrigados a votar. Uma democracia em que eleitores idiotas, burros e alienados votam e elegem políticos idiotas, burros e alienados. Realmente, graaaaaaaaaande democracia.
"17. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?"
Espera só um minutinho:

UAUAHUAHUHAUHAAUHAUHAUHAUHAU
UHAUHAUHAUHAUHUHAUAHAUHUHAUA
AHUAHAUHAUHAUAHAUHAUUAHUAHHA
UHAUHAUHAUHAUAHUHAUHUAUHAUHA
UAHAUAHAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUH
UHAUHAUHAUHUHAAUHAUHAUHAUHAUPronto, passou. Se uma "escritora holandesa" realmente escreveu isso ela não entende nada de Brasil. O congresso punindo seus próprios membros? Realmente. Que o diga os anões do orçamento, o mensalão, os sanguessugas, a farra dos cartões corporativos, a farra das passagens aéreas, o Edemar "Castelo" Moreira, o Renan "Laranja e que comeu a 'jornalista'" Calheiros. Muitas dessas "excelências" só tiveram punição da justiça divina.

Lobo não devora lobo.
"18. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem?"
Hospitaleiro? Eu diria que é sevir de capacho. Se gringo quiser vir ao Brasil que aprenda a falar português.
"19. Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando?"
Fazer graça com as próprias desgraças e mazelas e ainda "sambar", eu não diria que é necessariamente fazer piada, fazer graça ou ser engraçado. Eu diria que é ser bobo. Ou idiota.

Cadê o mesmo fôlego de "fazer piada" para, por exemplo, cobrar dos políticos, exigir e fazer valer os seus direitos?
20. Que nós somos considerados os maiores amantes do mundo, enquanto que os ingleses e os árabes são os piores?
Em primeiro lugar, uma pesquisa dessas jamais seria feita num país de maioria muçulmana.

Em segundo lugar, poxa vida, que orgulho! Somos os maiores amantes do mundo. Por causa de bobagens como essa é em alguns lugares a taxa de natalidade está sem controle, adolescentes engravidam cedo e famílias que não têm condição de cuidar de 2 filhos acabam tendo 9, 12 ou 15 filhos.

E em terceiro lugar, se é uma "escritora holandesa", porque é usada a primeira pessoa do plural?
21. Que nós tomamos banho todos os dias, às vezes mais de um por dia enquanto que os europeus tomam em média um por semana? O país do mundo onde a Gessy Lever mais vende sabonetes é o Brasil.
Onde está a fonte que diz que a Gessy Lever vende mais sabonetes para o Brasil?

Desconsiderando esse fato, esse é um outro ponto com o qual eu concordo. Brasileiro realmente é povo bem asseado. Europeu e americano são porcos demais. É como eu disse: O texto é um monte de baboseiras e mentiras, com uma ou outra verdade.

E, pela terceira vez, a "escritora holandesa" usa a primeira pessoa do plural.

E, como cereja no sundae, azeitona na empada, azeitona no pastel de carne, pesquisando (sem usar as aspas) por "Comentários de uma Brasileira que mora na Holanda" (no Google, Yahoo e Bing) você encontra o MESMO texto, também replicado aos montes. Agora é uma brasileira que mora na Holanda? Não é mais uma escritora holandesa? E, como na outra "versão", não fala o nome da brasileira, não fala aonde ela nasceu, não fala em que cidade ela mora na Holanda, não fala porque ela se mudou para a Holanda, não fala quando o texto foi escrito. Enfim, não fala NADA.

E antes de (finalmente) terminar esse texto, algumas coisas que eu gostaria de falar:

A primeira coisa. Pessimista uma pinóia. Há uma diferença entre pessimista e realista. O pessimista só olha o lado ruim (ou os lados ruins) das coisas. Já o realista olha os vários lados das coisas e não tem culpa que o lado ruim se sobressai.

E a outra coisa. Antipatriota e falta de amor a pátria outra pinóia. Desde quando falar bem do país é sinal de patriotismo, ou de nacionalismo? Ou falar mal do país é ser antipatriota ou não amar a nação? Daqui a pouco vão achar que falar mal do país é um crime de lesa-pátria. Eu detesto esse "patriotismo" de sete de setembro, de copa do mundo ou de olimpíada. Patriotismo não é querer tapar o sol com a peneira, ser ufanista, ou então colocar uma viseira e só enxergar um lado das coisas. Aliás, os militares usavam muito bem de patriotismos e ufanismos para desviar a atenção da população e poder caçar, perseguir, torturar e matar uns "subversivos". "Patriotismo" de cu é rola.

Estranhei o QuatroCantos não ter falado a respeito dessa "carta". Sim, o QuatroCantos falou a respeito dessa "carta".
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST