Pesquisar este blog

E depois eu sou preconceituoso.

Nesses 18 meses em que criei esse blog, uma coisa que eu nunca fiz questão de esconder e que, sempre que pude eu mostrei, é que eu não gosto de funk (o carioca, não o funk original, criação do saudoso mestre James Brown).

Aliás, não é questão que eu não goste. Eu não suporto essa merda. Acho esse "ritmo musical" de um mau gosto terrível e de uma pobreza sem igual.

E outra coisa que eu digo a respeito do funk é que quem gosta desse tipo de "música" é meretriz (na verdade eu queria dizer puta, mas eu acho que estou escrevendo palavrão demais aqui no blog) ou então é o cara que a gerencia (eu queria dizer cafetão, mas pelo mesmo motivo anterior não disse). Digo isso aqui no blog e em outras redes sociais das quais eu sou cadastrado.

E lógico, por dizer isso, sou bombardeado pelos mais diversos adjetivos. Idiota, ignorante, preconceituoso, nojento, racista, moralista, babaca, pseudointelectual, machista, falso puritano, antiquado, fascista, nazista, quadrado, elitista, entre outros. Em outros lugares eu não posso fazer nada, mas aqui no blog eu tenho o poder de desmaterializar textos. Em outras palavras, posso remover comentários.

Pois bem, para todas as pessoas que já me deram esses adjetivos, gostaria que ouvissem e apreciassem uma obra-prima do funk carioca. Para apreciar a tal obra-prima, é só clicar nesse link. Vejam que manifestação cultural é o funk carioca. Manifestação essa de muito bom gosto.

Gostaria muito que aqueles que me chamaram de preconceituoso por eu dizer que acho o funk carioca uma tremenda putaria, por eu achar que o funk carioca não tem nada de cultura e por achar que é coisa de puta e cafetão assistissem esse espetáculo deprimente. Assistam e depois venham falar se eu sou realmente preconceituoso.

E quem vier aqui encher o meu saco terá o comentário removido. Lembrem-se de que aqui eu tenho o poder de desmaterializar textos.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST