Pesquisar este blog

Ainda bem que Deus é amor - 2.

Eu já havia usado esse título numa outra postagem falando a respeito da bondade do Deus dos cristãos, o quão maravilhoso é o Deus dos cristãos, as manifestações do poder de Deus e o que pode acontecer com as pessoas caso faça alguma coisa que Deus não goste.

Nesse texto eu vou falar sobre o que acontece com as pessoas que zombam, ou brincam com o maravilhoso, o bondoso, o generoso Deus dos cristãos.

Quer dizer, eu não vou falar nada. Quem vai fazer isso é o vídeo abaixo, que fala por si só. Assistam a bostagem o vídeo abaixo:


Link para o vídeo

Dizer o quê? O Deus dos cristãos é muito bonzinho, não acham? Só que ele é emo demais para o meu gosto. Qualquer piadinha ele logo se zanga e fica triste? E como um ser onipotente, decide descarregar a sua brabeza, tristeza e poder nos outros. E aí decide matar várias pessoas. Como eu disse na outra postagem, o Bom Emir deve sentir uma tremenda inveja disso.

Os links da semana - 3

Mais uma relação de textos que me chamaram a atenção nessas semanas:
É isso. Até a próxima.

Para quem acha que o mundo vai acabar em 2012.

Existe uma corrente de pessoas que dizem que o fim do mundo será no ano de 2012 porque, dentre outros motivos, o calendário maia encerrava-se nesse ano. Não tinha no calendário o prosseguimento para os anos de 2013, 2014, 2015 e assim por diante.

Só que o que essas pessoas não sabem era o que acontecia quando os maias estavam escrevendo o calendário até o ano de 2012, nem sabem o que se passava com os funcionários do rei responsáveis por escrever o calendário.

Pois bem, vocês não sabiam. Agora vão saber. É só assistir o vídeo abaixo:


Era isso que se passava pela cabeça dos funcionários que faziam o calendário até o ano de 2012. Taí. Vocês foram avisados.

E para aqueles que, realmente, acreditam que o mundo acabará em 21 de dezembro de 2012, saibam que essa é só mais uma das 220 datas anunciadas para um provável fim do mundo. E essa histeria já começou logo no ano 44 d.C.

Eis o twitter sendo usado para algo (muito) importante.

Já disse algumas vezes aqui no blog que considerava o twitter o serviço mais sem graça, utilidade, finalidade e, conforme disse o professor Sérgio, irrelevante da tal web 2.0, e só tem a enormidade de usuários que tem graças ao grande hype gerado em torno dele.

Só que acabei descobrindo um usuário que faz do serviço uma importante arma de denúncia e fez com que eu repensasse sobre a frase escrita no parágrafo acima (exceto pela parte do hype). Um usuário de codinome @bocadesabao usa a sua conta no twitter para publicar denúncias que ele recebe, via e-mail, de abusos, irregularidades, falta de ética e casos de corrupção envolvendo a polícia militar do Rio de Janeiro. Como vocês já devem imaginar, ele está tirando o sono das autoridades da cidade e já foi ameaçado de morte.

Maiores informações vocês podem ter lendo essa notícia da Info.

[Atualização]

Confira aqui, uma entrevista com o "linguarudo".

Uniban: Uma vergonha!!

Pois é pessoal, fiquei sabendo de um acontecimento envolvendo o estabelecimento de ensino de nome Universidade Bandeirante, também conhecido pela alcunha de Uniban.

E foi um acontecimento vergonhoso. Muito vergonhoso. Um acontecimento que jamais poderia acontecer num estabelecimento de ensino (pelo menos nos mais sérios). Um acontecimento que mancha a história do estabelecimento, de seus fundadores e dos alunos como um todo.

Sim, meus caros, um acontecimento muito vergonhoso. Chega de mais delongas. Vou falar qual foi esse acontecimento. Esse tal acontecimento vergonhoso envolvendo a universidade foi a má avaliação de onze cursos da instituição no ENADE de 2008. Sim, segundo notícia da Folha, onze cursos da universidade receberam nota 2, que é uma péssima nota. A universidade só não foi pior que a UNIP, que teve treze cursos com nota baixa.

Ainda na notícia e com um tom de ingenuidade, "segundo o Ministério da Educação, esses cursos não têm condições de continuar funcionando". É, não têm condições de continuar funcionando, mas continuam com suas atividades, ininterruptas, firmes e fortes, enchendo o cu de dinheiro de uma meia dúzia de calhordas e formando e colocando nas ruas um monte de cavalgaduras diplomadas.

Uma coisa dessas você só vê no Brasil. Graças à proliferação das universidades particulares, em que qualquer lugar vira uma uniesquina, fapone ou fabrica de diplomas. Uniban, junto com Unicid, Uninove, Estácio de Sá, Gama Filho, Anhembi Morumbi, Universidade Tirandentes e outras são cânceres que deveriam ter sido extirpados já há muito tempo.

Não é a toa que eu digo e repito isso sempre: Universidades e faculdades de verdade são as públicas. Apesar de todos os problemas por que passam (diminuição de repasse, corte de verbas, precarização, sucateamento) elas continuam a ser o que há de melhor no ensino superior brasileiro.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST