Pesquisar este blog

Para uma pergunta imbecil, o texto perfeito.

Navegando pelo Yahoo Respostas, também conecido como monumento ao idiota desconhecido, encontrei a seguinte pergunta:


Muito provavelmente quem fez a pergunta foi um crente.

E uma das respostas recebidas foi essa abaixo:

Muito provavelmente deve ser outro crente.

Essa pergunta, e as respostas, podem ser vistas nesse link. Por sorte, a maioria das respostas não seguem a lógica de pensamento dos dois (se é que dá para dizer que esses dois têm alguma lógica, ou até mesmo que pensem).

Quer dizer que agora os gays têm de se preocupar e fazer manifestações contra a fome e a desigualdade social e econômica no país? Essa é nova para mim. Não basta os gays terem de se proteger para não serem agredidos ou assassinados por algum neonazista ou outro homofóbico qualquer, não basta eles terem que se proteger da perseguição odiosa e nojenta da crentalhada, agora eles têm que se preocupar com a fome e a desigualdade?

Por que esses crentes não fazem isso, ao invés de perseguir homossexuais ou socar dinheiro no cu de pa$tore$, bi$po$ ou qualquer outro parasita social? Por que essas igrejinhas que aparecem em cada esquina, que não pagam um centavo de imposto e que não contribuem com nada de bom para a sociedade não se preocupam com isso? Por que pastores, bispos, padres, apóstolos e demais sacerdotes não se preocupam com isso, ao invés de se preocupar com dinheiro, política e sexo?

Mas, visitando mais e mais sites, vemos que a desculpa da "luta contra a fome e desigualdade" é usada ad nauseam, quando se acabaram os argumentos (ou mesmo quando não os tinha) e sempre para desqualificar outros argumentos e o combate a qualquer outro problema.

E quando se trata de ciência, então, o pessoal ADORA usá-lo. Como nessa, nessa e nessa pergunta do Y!R a respeito da exploração espacial. Ainda sobre a exploração espacial, nesse texto do MeioBit, em que no último parágrafo o Cardoso já dá um aviso, foi deixado um comentário com essa lenga-lenga e outro comentário de um imbecil citando 2012. Ou então, com o "absurdo" que custou o LHC, ou investimento para se fazer pesquisas no LHC.

Aliás, nada a ver com o post, no texto sobre investimento em pesquisas no LHC, foram deixadas algumas pérolas da mais fina ignorância, com comentaristas que acham que o LHC é inútil, ou que o LHC é para massagear ego de cientistas, ou até mesmo um imbecil citando a bosta do juízo final, ou então um idiota genérico. Dizer o que nessas horas? Fosse depender dessa gentalha ignorante, o ser humano jamais teria saído da caverna e ainda teria medo do fogo.

No final das contas, o que une o pessoal que usa esse tipo de argumento é que o mesmo não faz nada para ajudar o próximo. Não dá férias para a pobre coitada da empregada. Quando a mesma fica doente não ajuda a comprar os remédios. Não doa brinquedo para orfanatos. Não doa roupa e comida para desabrigados. Fica revoltado com político ladrão, mas fura uma fila aqui e suborna um policial ali. Fica indignado com "desperdícios de dinheiro" (como as pesquisas científicas e exploração espacial), mas é capaz de entrar no cheque especial e estourar o limite do cartão para comprar a camiseta da moda, o tênis da moda, o celular da moda, a bolsa da moda ou a novidade tecnológica do momento. Enfim, não faz nada para melhorar nada, mas na Internet adora posar de consciente, ou bom samaritano.

Então, para os conscientes e bons samaritanos da Internet, eu recomendo o texto abaixo, escrito pela Maurício (também conhecido como Ulisses Adirt):


Sim, uma leitura recomendadíssima para as madre Teresa de Calcutá da Internet. Aliás, não só o texto, como os comentários são ótimos também. Apreciem.

Que fique claro que eu, assim como o Ulisses, acho que o problema da fome e da desigualdade são problemas graves, que as pessoas devem se importar com eles e que eles devem ser resolvidos (assim como outros problemas que afligem a humanidade). O problema é quando os "bons samaritanos" usam a fome e a desiguldade para tentar "desqualificar" outros problemas ou deixar de fazer outras coisas (e investir em outras coisas), ou quando usam essa desculpa como muleta para falta de argumentos, ou quando usam essa desculpa ad nauseam e quase que como um ad misercordiam.

E, se mesmo depois de tudo, você considera esse texto, e o texto do Ulisses uma bobagem, uma idiotice ou até mesmo uma crueldade e acha que todos têm que combater a fome e a desigualdade por tempo integral (outros problemas e investimentos podem vir para depois), me responda uma coisa: O que você está fazendo aqui no blog? Saia do blog, feche o navegador, saia da frente do computador, bota a cara na rua e vá fazer alguma coisa real.

E não me encha o saco. Obrigado.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST