Pesquisar este blog

Porque a gente também tem que elogiar, né?

Primeiramente, antes de mais nada deixa eu tirar a poeira e as teias de aranha acumuladas durante esse período que eu fiquei sem dar nenhum sinal de vida. Como costumo dizer quando eu volto a publicar algo depois de ficar um bom tempo sem escrever, eu não morri.

Aqui começa o texto. Vocês se lembram do senhor Dioclécio Luz? Para quem não estiver a se lembrar, ele é aquele jornalista que escreveu uma "análise crítica" a respeito da Turma da Mônica, mostrando por A + B que a turminha incitava a violência e que era um mau exemplo para as crianças. Escrevi um texto a respeito dessa besteira, mas o melhor texto é esse aqui, comentado até pela Mônica, a filha do Maurício de Sousa.

Pois bem, eis que eu estava vendo outros textos do observatório de imprensa e encontrei um outro texto escrito pelo senhor Dioclécio Luz. Mas, ao contrário daquele texto sobre a turma da Mônica, esse outro texto é excelente. O texto ao qual eu me refiro é esse aqui.

O texto (que, como eu disse, excelente) faz uma crítica aos programas de jornalismo esportivo. Como todo mundo que acompanha os programas de jornalismo esportivo, sabe que eles cada vez menos são parecidos com programas de jornalismo, mas sim com programas de "humor". E daquele "humor" bem ao estilo Zorra Total ou A Praça é Nossa. Não há como discordar da crítica que o jornalista faz a esses programas.

Além das criticas aos programas de jornalismo esportivo, o jornalista também crítica o baixo nível técnico da copa (que final foi aquela? Parecia mais uma batalha), a selelixo do anão, o importantíssimo movimento encabeçado pelos tuiteiros (depois não sabem porque eu tenho birra com o twitter) e que foi reportagem da Veja (que serve para mostrar o nível de excelência da revista), o mimimi que a poderosa deu porque perdeu os privilégios da cobertura e entrevistas exclusivas e o anão, que, de repente, virou herói número 1 da nação e defensor dos frascos e comprimidos.

Enfim, assim como naquele texto sobre a turminha, ele desce o cacete em tudo quanto pode. Mas ao contrário do primeiro, agora ele foi extremamente feliz e coerente. O texto é ótimo e como eu disse, quem acompanhou a copa e acompanha os programas de jornalismo esportivo não vai discordar de nada do que ele escreveu.

Novamente, o texto é esse aqui. Se puder, deixe um comentário elogiando o texto. Afinal de contas a gente também tem que elogiar, né?
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Onde me encontrar

Onde podem me encontrar

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST