Pesquisar este blog

Vagas de TI para comunistas

Você trabalha na área de TI (tecnologia da informação) mas é contra o capitalismo e contra Microsoft, Oracle, Apple, IBM, HP, Adobe, Google, Facebook, Borland e demais malignas empresas estadunidenses? Você é politizado e combativo? Se a resposta for sim para ambas as perguntas, eu tenho uma ótima notícia para você. Existe uma vaga de trabalho perfeita para ti.

O Instituto Paulo Freire (Paulo Freire, aquele cara que criou a maravilhosa aprovação automática) está com vaga para trabalhar em sua área de TI. Detalhes sobre a vaga podem ser vistos na imagem abaixo:


Mas cuidado! Se você é extremista, pode esquecer, já que a vaga é para pessoas pacientes e amáveis.

E como seria os trabalhos por lá? Será que entre uma aula de OpenOffice e outra de InkScape teria aula de "noções de marxismo"? Será que entre uma aula de Emacs e outra de vi teria aula sobre "pedagogia do oprimido"? Será que entre uma aula de Audacity e outra de Blender teria aula de "noções de revolução armada"?

Já sei o que eu quero ganhar de Natal.

Hoje é dia 10 de dezembro. Portanto estamos a duas semanas do Natal.

Eu estava em dúvida a respeito do que eu queria ganhar de presente nesse Natal, mas aí eu vi uma coisa e de repente eu vi que era aquilo que eu gostaria de ganhar no dia 25 de dezembro. E aí vai. O que eu quero ganhar nesse Natal é o DVD com uma maravilha produzida pelo cinema brasileiro. Eu quero ganhar o DVD do grande filme, Cinderela Baiana, estrelada pela genial artista Carla Perez, na época em que ela era gostosa, burra e não era crente (hoje em dia ela é só burra).

O artigo da wikipédia diz que o filme foi um grande fiasco. Bobagem! Qualidade não é quantidade (ou algo assim...). E o mesmo artigo da wikipédia diz que o filme está classificado com trash. Outra bobagem!! Só os ogros que não conseguem apreciar toda a genialidade, arte, cultura e história dessa grande obra do cinema nacional.

Vai por mim, assistam esse filme. Assistam e assim vocês jamais continuarão a pagar pau para essas megaproduções multimilionárias hollywoodianas. Assistam e vocês jamais quererão saber dos enlatados estadunidenses e só quererão ver as obras primas no cinema nacional.

A grande obra que é esse filme já começa com uma cena de briga. Olhem o video abaixo e tirem suas conclusões:


Não tenho nem palavras. É... genial!!

Depois dessa cena, qualquer outra cena de ação e de briga é uma bosta. Inclusive a bosta da briga abaixo:


Fala a verdade. Essa briga acima comparada com a cena de luta do filme Made in Brazil não é bosta?

Mas não é só isso não. Existem diversas cenas que podem ser vistas no Youtube. Mas o melhor mesmo é o final. Veja o final desse filme:


Maravilhoso esse final de filme. Começa com uma mensagem politizada, afinal Carla Perez "está cansada dessas campanhas demagógicas" (andando num Mitsubishi Eclipse). Logo depois, solta os passarinhos da gaiola dizendo que, assim como as crianças, eles também devem ser livres. Logo depois continua com o discurso altamente politizado de que crianças merecem proteção, alimentação, amor e paz. Todo esse discurso altamente politizado vestida de odalisca, afinal de contas uma roupa de odalisca tem tudo a ver com o discurso.

E depois, naquilo que pode ser considerada a melhor continuação de cena da história do cinema universal, começa a dançar o Tchan. Com todos os problemas que as crianças enfrentam, elas terminam dançando o Tchan. Acho que é isso a que a escritora holandesa (ou a brasileira que mora na Holanda) naquela carta estúpida, se refere quando diz que "o povo enfrenta os desgostos sambando".

E aí, gente. Não é uma obra de arte do cinema nacional? Depois dessa obra de arte, você jamais vai querer saber dos malditos enlatados estadunidenses. Entendem agora porque eu quero isso? Aliás, como diria o Yashá Gallazzi, eu não quero, eu PRECISO disso.

Nada melhor do que deixar para quem entende do assunto.

Eu até ia falar sobre a confusão que envolveu a polícia e os maconheiros que acharam que a USP era boca de fumo mas aí eu vi uma coisa e fiquei sem palavras. Fiquei sem ter o que dizer.

O que me fez ficar sem palavras foi o vídeo abaixo:


Achei esse vídeo nesse texto do Treta. Depois dessa, não é para ficar sem palavras? Nada melhor do que deixar falar quem entende do assunto. E os ignorantes e aqueles que não sabem nada que ouçam.

É isso aí.

Entretanto, vendo essa reunião, percebi uma coisa. Cadê os poodles?

Também quero o meu, companheiro.

Recordar é viver. Eu estava relembrando uma entrevista que dei (opa!) para o Arthurius há pouco mais de 1 ano. Aliás, Arthurius, quando que vai ter uma nova entrevista?

Nessa entrevista o Arthurius me perguntou se eu tinha ouvido falar alguma vez num tal de movimento de blogueiros progressistas.

Aliás, abre parêntesis. Esse negócio de blogueiros progressistas me lembra os Atletas de Cristo. Se eles são de cristo, os outros atletas seriam do demônio? Se tem blogueiros progressistas, os outros seriam blogueiros reacionários? Fecha parêntesis.

Antes de mais nada, abre outro parêntesis, acho ridículo esse negócio de fazer movimento ou organização de blogueiros de seja lá o que for. Parece coisa de clubinhos ou ONGs, como o André numa entrevista que ele deu (opa!) para o Arthurius na mesma série de entrevistas ao qual esse blogueiro que vos fala foi submetido. Sem contar que é absurdo querer "materializar" a blogosfera (não gosto muito dessa palavra, mas vá lá...), como a Nospheratt disse na mesma série de entrevista. Nospheratt é uma dama e não merece essas piadas questionáveis e de duplo sentido. Fecha parêntesis.

Well (come Maguila), mas a verdade mesmo é que eu nunca tinha ouvido falar nesse tal de movimento dos blogueiros progressistas, nem tinha lido esse tal manifesto.

Passada essa entrevista, fui ver quem eram esses camaradas. E encontrei uma carta de propostas feita por esse pessoal. Mais precisamente, essa aqui. Não sei se é isso a que o Arthurius se referia.

Li proposta por proposta, até que teve uma que eu não aguentei e tive que escrever esse texto. Foi a proposta de número 7. Aquela que diz o seguinte:
"7. Programa de afiliados do Governo Federal, nos moldes ao que existe como UOL afiliados, Google AdSense. Um do governo pra que blogueiros em geral tenham acesso e essa verba seja distribuída de acordo com o número de visitas, como já é feito"
PARA TUDO!!!!

Que história é essa? Dinheiro público (PÚBLICO!!) usado para sustentar blogueiros? E o curioso é que esse mesmo pessoal que sugeriu isso, critica os governos por darem dinheiro público em demasia para veículos tradicionais de comunicação (crítica com a qual eu concordo), mas não se fazem de rogados ao receber uma verbinha pública.

Bom, eu como blogueiro, também vou querer a minha parcela. Também vou querer uma graninha. Ou será que isso só vai valer para os blogueiros pogreçistas?

Brincadeira um negócio desses. E o pior é que isso aí é sério. Pelo visto foi-se o tempo em que militantes faziam militância de graça e sem pedir nada em troca.

Links da semana - 24

E depois de muito tempo sem fazer isso aqui, eis que volto a fazer uma lista de textos que me chamaram a atenção durante esses dias. E é uma edição especial. É a lista textos de número 24 (ui!).

Bom, deixa de viadagem. Segue os textos:
E é isso. Até a próxima.

Promoção do dia: Por apenas R$ 99,90 torne-se um FDP.

Quem não se comunica, se trumbica, já dizia o velho palhaço. E nesses tempos de Web 2.0, essa frase é cada vez mais verdadeira. Todo mundo querendo falar, todo mundo querendo se comunicar e todo mundo querendo que as suas frases atinjam a maior quantidade de pessoas possível.

Mas como fazer isso? Criando várias contas no Twitter, ou no Facebook, ou no Orkut, ou seja lá onde for?

Nada disso. É só ser um FDP. E por R$ 99,90. Olha só a coisinha que chegou no meu para mim e que foi devidamente jogado na caixa de spam:

É isso aí. Pagando R$ 99,90 você pode enviar até DOIS MILHÕES (em algarismos, 2000000) de e-mails. Agora me diz: Quem é que vai se interessar por uma coisa dessas?

E mais uma coisa. A empresa (que eu removi da imagem) tem seu endereço terminado por .cz, que depois em fui descobrir que é o domínio da República Tcheca. Ou seja, um empresa ofecerece serviços de envio de e-mail e os servidores estão em um país do leste europeu. Isso mostra a quem interessa os serviçoes dessa empresa.Link

Uma campanha virtual que vale a pena.

Eu não tenho muita paciência para essas campanhas virtuais que pipocam pelas internets. Geralmente é algum chato que você nunca viu na sua vida te azucrinando para que você mude sua imagem no Facebook, no Orkut, no Twitter ou seja lá o que for, ou te azucrinando para que você fique xingando muito no Twitter (ato também conhecido como Tuitaço), ou então pedem para que você assine um abaixo-assinado, colocando o seu e-mail numa lista que saba-se lá o que vão fazer com ela depois. Enfim, pede para que você faça coisas que não mudam porra nenhuma. O popular sofativismo.

Mas eis que encontrei uma campanha virtual que, ao contrário daquelas que citei no primeiro parágrafo, é para algo realmente importantíssimo e que vale a pena. A campanha é essa abaixo:

Encontrado aqui.

E então? Não é algo importante e que vale a pena?

Pois bem. Não fique aí parado. Divulgue essa importante campanha para todas as suas amigas gostosas participarem.

Essa, eu apoio.

Como anda o jornalismo brasileiro.

Mal. Muito mal.

Achei essa imagem aqui.

Cityville Brasil

Essa é para quem curte aqueles joguinhos do Facebook, como eu e como você.

Foi falado que o pessoal da Zynga vai começar a colocar monumentos e outros lugares geográficos que remetam e que lembrem o Brasil.

Daí já foi imaginado como que seria essa versão do CityVille Brasil. E a imagem diz como que seria essa versão:

A imagem foi descaradamente pega vista o Charges.com.br. Mais precisamente, aqui.

E no mais, pedradas vindas dos ufanistas de plantão em 5,4,3,2,1...

Que domingo terrível...

Uma rapidinha.

Esse domingo foi terrível para o esporte brasileiro:
  • A seleção de futebol sub-17 pedeu a disputa do 3º lugar.
  • A seleção de futebol das mulheres perdeu e foi eliminada.
  • E a seleção masculina de vôlei perdeu a final e ficou com o vice.
O que será que deu para ter dado tanto resultados positivos? Lembrou até aquela quarta-feira em que Inter, Grêmio, Cruzeiro e Fluminense foram eliminados da Libertadores.

E os mendigos continuam a atacar.

[Aviso: Antes de mais nada, quero dizer que os mendigos aos quais eu me refiro são os mendigos virtuais. Não tem nada a ver com os mendigos reais. É bom colocar esse aviso antes que algum agente social ou um arauto do politicamente correto venha dizer dizer que esse texto é classista.]

Feito esse aviso, comecemos o texto.

Li recentemente esse texto do ImprenÇa a respeito de uma prática um tanto quanto corriqueira por aquelas bandas do twitter. Sim, falo aquelas bandas do twitter porque até hoje não criei uma conta lá e não pretendo nuca criar uma conta por lá.

Mas voltando ao assunto, a prática ao qual o Caipira Zé do Mér é a troca de seguidores. São pessoas que pedem para que alguém (de preferência alguém com muitos seguidores. Followers é o cacete) os sigam e em contrapartida (sempre quis escrever essa palavra) essas pessoas acabam seguindo esse alguém.

Como eu disse no título, são os mendigos que continuam a atacar. É o fenômeno da mendicância virtual adaptando-se a novos ambientes. Depois das trocas de links (me linka que eu te linko) e das trocas de banner (coloca o banner do meu blog no seu que eu colocou o seu banner no meu blog) em blogs e das trocas de votos nos FRACASSADOS(*) digg-like nacionais (vota nas minhas notícias que eu voto nas suas), a mendicância virtual chega ao twitter (me segue que eu te sigo).

Como sempre as pessoas se importando com números. Mais precisamente se importando se esses números crescem e o quanto crescem. Quem não se lembra, quando o orkut deslanchou aqui no Brasil, que o legal era ter muitos "amigos"? O legal era a pessoa criar vários perfis para mostrar que ela tinha vários "amigos"? Não importava se 99% desses "amigos" a pessoa sequer tinha visto na vista, ou se é humanamente impossível alguém ter algum tipo de contato com tantas pessoas. O importante era ter muitos "amigos", para assim ser o orkuteiro fodalhão. Em compensação, aqueles que tinham 15 ou 20 amigos (amigos de verdade, que a pessoa conhecia) eram tidos como "antissociais" e eram desprezados.

Outro exemplo de importância com os números são nos FRACASSADOS(*) digg-like nacionais. As pessoas acabavam acessando os textos mais votadas achando que esses textos são bons, o que nem sempre era verdade. Aliás, em se tratando dos digg-like nacionais, a maioria dos textos que tinham muitos votos eram lixo mesmo.

Com o twitter acontece a mesma coisa. Todo mundo quer ter muitos seguidores para que os outros pensem "oh! Twitteiro fodalhão. Esse cara é relevante". Tanto é que existem scripts que "criam seguidores".

O problema é que números, sozinhos, não significam nada. Não importa se você tem muitos "amigos" no orkut ou então tenha muitos seguidores no twitter se você não sabe como interagir com eles. Vale muito mais um amigo no orkut que é seu amigo de verdade mesmo do que 1000 "amigos" que você sequer nem conhece, vale muito mais um voto num desses digg-like sem ser combinado do que milhares de votos dos mesmos de sempre que sequer leem o seu texto.

E vale muito mais poucos seguidores que leem o que você escreve e replicam aquilo que você escreve do que milhares de seguidores robôs, ou combinados que nunca vão ler aquilo que você escrever, muito menos publicar.

É aquele velho clichê. Vale muito mais a qualidade do que a quantidade. E deixo esse texto que melhor explica o que eu quis dizer.

Mas vai explicar isso para aqueles que querem ter um milhão de amigos, como disse Roberto Carlos, querem ter milhares de pessoas votando nas suas notícias e querem ter milhares e milhares de seguidores (nem que a maioria seja apenas robôs). No fim o que move esse pessoal é a velha mania de querer aparecer a todo custo. É a sede pela fama, pelos quinze minutos de sucesso.

(*) Sim, amiguinho ufanista, considero os digg-like brasileiros (todos eles, sem exceção alguma) completos fracassos. E não sou só eu.

Sobre o jogo da Seleção brasileira: Que jogaço!!!

Foi essa a sensação que eu tive ao ver o jogo da Seleção brasileira que acabou a umas horas antes. Que jogaço!!!

A Seleção brasileira jogou exelentemente bem. Não deixou a outra seleção jogar. Dominou completamente a partida e o adversário.
Cuméquié Lucho? Você tá drogado?!
Não amigo. Não estou drogado. A Seleção brasileira dominou o jogo e o adversário.
Dominou o caralho, Lucho. Foi um vexame o empate sem gols contra a Venezuela.
E quem foi que disse que eu estou falando dos pagodeiros mercenários? Eu estou falando da Seleção (note a inicial maiúscula) feminina de futebol, que hoje, na copa do mundo de futebol feminino (você nem sabia que estava acontecendo essa competição, não é verdade?) ganhou da seleção da Noruega (a seleção masculina da terra do bacalhau é uma bosta, mas a seleção feminina é uma das melhores do mundo) por 3 a 0. E Marta, como sempre, arrebentou. Quem quiser ver alguns dos lances do jogo (inclusive os gols) pode ver aqui.

Uma pena que não possa existir seleções mistas de futebol.

Apesar dessa atuação, a Seleção (note novamente a inicial maiúscula) feminina não ganhou tanto espaço na mídia esportiva quanto a seleção dos pagodeiros mercenários. Apesar de nos últimos anos a Seleção feminina ter jogado muito melhor e com muito mais garra e comprometimento que a seleção dos pagodeiros mercenários, os investimentos no futebol feminino ainda é ridiculamente ridículo.

No mais, esse texto lembrou um pouco os textos do Blablagol. Apesar do nome, o blog fala sobre outros esportes também. Se você gosta de esportes, recomendo (muito) a visita.

Links da semana - 23.

Começa julho, mês de férias escolares. Criançada em casa o dia o todo.

Enquanto a criançada der um tempo (se isso for possível) aproveite para ler esses textos:
E é isso. Até a próxima.

Resposta a um texto texto surreal.

O tal texto surreal ao qual eu me refiro é esse aqui. Basicamente a autora do texto diz que a comunidade do software livre ser composta praticamente só por homens faz com quer esse seja um ambiente opressivo e repressivo às mulheres, além de se sentirem discriminadas e de ser um ambiente machista ao extremo.

Sim, acredite se quiser. É isso que o texto diz. Pode ir ler o texto que eu espero...

... já leu?

Essa também foi a minha reação. Apenas um não foi suficiente.

E o pior é que o texto é sério mesmo. Quer dizer que o mundo do software livre é machista? Pelo visto, para as feministas, tudo que existe no mundo é machista.

Que a grande maioria do pessoal que faz parte da comunidade do software livre é de homens isso é verdade. Mas vejam quantas mulheres trabalham na Microsoft. Ou na Oracle. Ou na Sun. Ou na Adobe. Ou no Yahoo. Ou no Google. Ou em qualquer software house. Ou então vejam a quantidade de mulheres que fazem algum curso de computação. Muito provavelmente a proporção de mulheres é a mesma.
Então o mundo da informática é machista, tio Lucho!
Não, cara zebra(*)!!! O que acontece é que historicamente a área de informática sempre agradou e sempre teve uma maior preferência dos homens. A verdade é essa. A verdade é que (como em qualquer área das ciências exatas) a preferência sempre foi maior entre os homens.

Agora, por causa dessa preferência maior entre os homens, o ambiente de computação é machista e opressivo às mulheres? Para vai. É demais para mim. Mais uma vez a porcaria do politicamente correto(**) entra em cena.

É a mesma lenga-lenga de sempre. Alguém que QUER se sentir ofendido, QUER se sentir discriminado, QUER se sentir oprimido, QUER se sentir reprimido, parte para uma argumentação ridícula, esdrúxula e carregada de forte carga emotiva. É a apelação para um politicamente correto(**) dos mais rasteiros.

Para o mundo que eu quero descer.

(*) Como esse texto fala de politicamente correto(**) quer ver como vai aparecer algum defensor dos animais dizendo que estou ofendendo a pobre prima do cavalo? Se bem que, pensando bem, talvez eles tenham razão. O quadrúpede (aqui eu me refiro à zebra) não tem culpa de nada.
(**) E como esse texto também fala de politicamente correto, quer ver como daqui a pouco vai aparecer um pessoalzinho partindo para a mesma argumentação de sempre? Afinal para esse pessoalzinho, quem é "politicamente incorreto" é automaticamente tachado de fascista, nazista, reaça, chato, bobo, feio, cara de limão.

Links da semana - 22

Ainda me recuperando da ressaca de ter visto o meu time ser campeão da Libertadores (e não ter sido no PlayStation), fiquem aí com mais uma lista de links:
E é isso. Até a próxima.

Esclarecimentos.

Oi pessoal (sim, chamo meus 3,5 leitores de pessoal. Com licença).

Sei que já faz muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito tempo que eu não posto nada aqui no blog. Até deixei passar o grande bug mundial que afetou a plataforma. Pelo menos nada de ruim aconteceu com o meu blog.

Enfim, faz tempo que eu não escrevo nada aqui. Até estava pensando em quebrar essa sequência de dias sem postar nada.

Mas hoje não vai dar. Não estou passando bem. Tô com uma puta ressaca e dor de cabeça.

O que causou isso? Foi essa coisinha abaixo:


Pois é. Quem diria. Santos campeão da Libertadores.


E agora? Quem é viuva de Pelé?

Eu posso dizer que eu vi o meu time ser campeão da Libertadores sem ser pelo PlayStation. Posso ou não posso?

De qualquer maneira, é bom ver a seleção uruguaia e as equipes uruguaias voltando a ser grandes.

E falou o funcionário padrão.

Assim como eu fiz uma outra vez, eu resolvi destacar um comentário feito por um idiota na coluna do leitor de um jornal local.

O comentário está aí abaixo:


E também como eu fiz da outra vez, reproduzo o texto abaixo para melhor leitura e também, claro, para o Google indexar:

Feriados

Os 12 feriados nacionais e os 30 estaduais, que caem em dias úteis, vão causar uma perda de R$ 135,8 bilhões para o Brasil, em 2011 . O número representa quase 4% do PIB, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no País. Para se ter uma ideia do valor em questão, o maravilhoso Hospital-escola de São Carlos custou R$ 15 milhões em 2007, portanto daria para construir mais de 9 mil unidades em todo o País e não precisaríamos engolir a CPMF. Dois dos nossos principais competidores e membros do BRICs, a China, após uma reforma em 2008, definiu somente 9 feriados nacionais, e a Índia tem somente 7 feriados nacionais, dos quais somente três caem em dias úteis. Vamos trabalhar, minha gente!
Aproveitando que semana passada foi o dia do trabalhador, falou e disse o funcionário padrão. Ou seria o pelego?

Fora o erro gramatical de ter colocado a vírgula entre o sujeito e o predicado que está na primeira linha, e por duas vezes, há outras coisas a serem analisadas.

Primeiramente a respeito da "perda" de bilhões de reais com os feriados, esse número foi pego por meio de um estudo feito por economistas da Firjan. Muito bem, onde estão essas contas? Gostaria muito de ver esses números. Até porque, eu gosto de números.

Por acaso ninguém gasta dinheiro em feriado, seja viajando, tendo que gastar dinherio em pedágios, comprando suvenir e outros objetos, seja comendo (o duplo sentido é por sua conta)? Enfim, não há consumo nos feriados?

Na notícia linkada no segundo parágrafo acima, foi deixado um comentário que diz tudo o que eu pensei depois de ler a notícia (em especial sobre as "perdas"):


Já outra notícia diz que o país "deixa de ganhar" esse dinheiro com os feriados. Quer dizer que os economistas sabiam o quanto o país iria faturar se não fosse os feriados? Por acaso economista também é vidente? E esses econovidentes por acaso também previram a crise de 2008?


Aliás, ume pergunta (perguntar não ofende): Para que serve economista? Mas divago...

Depois o comentarista diz que a China e a Índia tem menos feriados que o Brasil. Eu achei essa página falando dos feriados da China. Tem menos, é verdade, mas olha a duração de alguns deles.

Por que os economistas da Firjan e o nobre comentarista que praticamente chamou o trabalhador brasileiro de vagabundo (olha a última frase) não protesta contra os nossos digníssimos e excelentíssimos políticos que trabalham de terça a quinta-feira e ainda têm férias de 45 dias, enquanto que o trabalhador comum tem 30 dias? E o pior é que se os nossos digníssimos políticos decidirem trabalhar no seu feriado, ainda ganham a mais por isso.

Provavelmente os economistas da Firjan e o nobre comentarista queriam que não houvesse feriados. Ambos queriam que os trabalhadores trabalhassem dia e noite, de segunda a segunda, sem descanso e sem pausa. Assim o país não "perderia" bilhões e bilhões com feriados inúteis.

Ah, dá um tempo! É muito moralismo pro meu gosto.

Spammer golpista, idiota e burro tem mais é que se ferrar.

Todos nós temos a nossa cota diária de spam a receber. A grande maioria desses spams são de mensagens "Enlarge your penis", venda de Citotec, Cialis, Viagra e assemelhados. Mas algumas mensagens saem desse padrão.

Dá uma olhada na mensagem que eu recebi e que foi capturada pelo antispam:


Para melhor leitura:

Promoção relampago!limpe agora seu nome por apenas 45,00 reais envia agora mesmo a palavra "relampago" para o email: xegaaviso1@gmail.com
Afinal de contas, eu tenho que enviar para o email xegaaviso1@gmail.com o quê? Uma mensagem para tirar o nome do SPC/Serasa ou então uma mensagem para participar de uma promoção relâmpago (eu achei que só existisse sequestro relâmpago)?

E também diz que eu tenho que enviar R$ 45,00 reais. Como que eu vou enviar para o email xegaaviso1@gmail.com essa quantia de dinheiro? Será que vale se eu escanear as notas e depois mandá-las anexadas com a mensagem para o email xegaaviso1@gmail.com?

Voltando a normalidade, é óbvio que se trata de um golpe. Gente que foi/é aluno medíocre, que não consegue escrever uma mísera mensagem de duas linhas direito (respeitando acentuação, pontuação, concordância e ortografia), que não consegue escrever uma mensagem com lógica (como é que eu vou enviar dinheiro por email, suma integência?), que não consegue subir na vida, que não consegue ganhar dinheiro com trabalho honesto acha que vai ganhar dinheiro com golpes dignos de pena como esse.

Bom, parte do ele quer, ele vai ter. Ele vai receber um monte de mensagens no email xegaaviso1@gmail.com. Podem ter a certeza de que o dono do endereço de email xegaaviso1@gmail.com vai receber muita mensagem.

E ele nem precisa me agradecer por isso. :-)

Isso é publicidade dirigida ao público.

Navegando no Facebook, olha só a propaganda que eu achei por lá:


Pois é. Eis, verdadeiramente, uma propaganda dirigida ao público. Ao público que jamais frequentou uma escola.


É isso aí.

PS: E o primeiro filho da puta que vier aqui encher o saco, dizendo que timão é o time do povão ou misturando futebol com luta de classes ou com política, receberá de minha parte um VTNC (creio que não precisa da tag acronym, precisa?) e será banido daqui.

Links da semana - 21.

E agora, mais uma lista de links:
E é isso. Aproveitem bem a leitura.

Ótima notícia, porém comentários deprimentes.

Eu ouvi falar de um projeto de lei que estava em tramitação no congresso para impedir que um estudante pudesse se matricular em duas ou mais instituições de ensino públicas ao mesmo tempo. Essa proibição já existe a bastante tempo aqui em São Paulo, mas o projeto quer estender essa proibição para todo o país.

Eu particularmente acho esse projeto de lei um projeto muito bom e, principalmente, justo. A quantidade de vagas nas universidades de verdade públicas é pouca. Ainda mais para ter estudantes ocupando várias vagas ao mesmo tempo. Vi uma reportagem uma outra vez na televisão em que um estudante tinha feito matrícula em 6 (!!!) universidades, porém só cursava uma. Ou seja, ficaram 5 vagas ociosas sem a chance de serem preenchidas. Uma judiação.

Enfim, eu já tinha conhecimento desse projeto de lei mas não sabia a quantas andava a tramitação desse PL no congresso.

Pois bem, o projeto não tramita mais no congresso. Não tramita porque já passou pela câmara, já passou pelo senado, já teve a sanção presidencial e virou lei. Até digo o número. É a lei 12089/2009, publicada em 11 de novembro de 2009, mas que começou a valer mesmo em 11 de dezembro de 2009.

É, já faz um ano que essa lei está em vigor, porém só agora eu fiquei sabendo da sua existência.

Soube que tinha virado lei ao ler essa notícia. Tudo muito bem, tudo muito bom, mas no fim do texto foram deixados os seguintes comentários:


É, foram esses os comentários. Como diria o ImprenÇa, {{não acredite em mim}}. Eu me lembrei na hora desse texto do Cardoso falando sobre quando se lê uma notícia legal ou importante e logo em seguida dá de cara com comentários idiotas feitos por pessoas idiotas. É broxante. É pra acabar com o dia.


Destroçando analisando cada um dos três comentários. Começando pelo primeiro:
"Esta lei restringe a liberdade, a democracia, é inconstitucional."
Gostaria de saber aonde a lei restringe a democracia? Alguém tem alguma pista?
"Já curso uma faculdade pública e me preparei o ano inteiro para o vestibular de outra faculdade pública e faria a prova agora em dezembro. Gastei muito dinheiro com o preparo em cursinhos, livros e inscrição. Sem falar no tempo de sono e lazer perdido!"
Ué. É só cancelar o curso antigo. E se já está fazendo um curso superior, porque cargas d'água quer fazer outro?
"Esse deputado realmente deve ter perdido uma vaga em uma faculdade pública, não conseguiu passar e sonhou a vida inteira em ferrar quem tem capacidade!!!"
Perfeito. O tipo de "argumento" preferido dos idiotas. Ao invés de atacar os argumentos, ataca-se a pessoa. Parabéns pelo argumento dona Daiana Werneck, a capacitada.

Agora o segundo comentário:
"Parabéns Mauricio, meu voto nunca será seu!"
O Maurício ao qual ele se refere é o deputado Maurício Rands, criador do projeto de lei.
"Obrigado por dar mais chances @#$% quem não consegue passar!"
Como assim dar mais chances a quem não consegue passar? Esqueceu que existe segunda, terceira e quarta chamadas? Esqueceu que mais pessoas vão poder fazer um curso numa universidade pública? Até mesmo, quem sabe, um dia, você, seo Edu. Não parou para pensar nisso?
"Daqui a pouco vão querer exilar em outros paises (ou executar) quem estudou em escola particular. aff.."
Nossa, seo Edu, parabéns pela argumentação. Usou de um tipo de argumentação cheia de lógica. Claro, afinal de contas, proibir estudante de cursar mais de um curso universitário ao mesmo tempo leva a querer exilar e executar quem fez escola particular. Óbvio. Saudemos Edu, rei da lógica.

Agora o terceiro comentário:
"ele não poderia se procupar com outros assuntos não: tem coisa mai importante pra fazer"
Do jeito que ele começou a frase, pensei que viria logo em seguida "com tanta gente passando fome...".
"a nao ser impedir que estuda de estudar mais. se o cara passar em todas as universidades e tem tempo de estudar todas elas , ele tem o direito."
É só da boca pra fora (ou então na Internet) que estudante tem tempo para fazer mais do que um curso de universidade de verdade pública ao mesmo tempo.

E, novamente, essa lei vai permitir que mais pessoas possam fazer um curso numa universidade de verdade pública, pois não vai ter folgado ocupando várias vagas ao mesmo tempo.
"daqui a pouco vao te impedir de comprar 2 kg de feijão, 2 calças, 4 meias. e por ai vai..."
Thiago, outro rei da lógica. Assim como o Edu, usou do mesmo tipo de argumentação lógica. Claro, afinal de contas fazer um curso universitário está íntima e intrinsecamente ligado a comprar feijão, calças, meias e o que quer que seja.

É soda!

[Atualização]

Dando uma xeretada, vi que a OAB se manifestou. Claro, a OAB sempre tem que marcar presença dando o pitaco dela. Para a instituição, impedir que o aluno faça mais do que um curso ao mesmo tempo "soa à inconstitucionalidade, pois impede que os indivíduos exerçam suas competências". Novamente, como diria o ImprenÇa, {{não acredite em mim}}

Sinceramente pessoal da OAB (Ophir, D'Urso et caterva), vão catar bolinha na descida. Vão processar quem xinga muito no twitter, vão proteger advogado ladrão e escritórios de advocacia e vão organizar o cansei que vocês ganham mais.

Ecochatos - assinatura digital.

Como todo mundo sabe, a uma questão de duas semanas atrás aconteceu a Hora do Planeta, também conhecido como "Cansei ecológico". Aquele ato simbólico para protestar contra o aquecimento global. É, agora é ato simbólico.

E foram lançados diversos vídeos no YouTube para relembrar a todos desse evento tão importante e indispensável para pressionar os políticos e fazer do mundo um lugar melhor, mais limpo e sem carbono.

E nesses vídeos foram deixados vários comentários com os ecochatos deixando suas marcas inconfundíveis.

Aí vão as assinaturas digitais:

Desculpa amiguinho, mas as emissoras ainda prezam pelo português bem escrito.

Coitada da natureza. Por que agredi-la dessa maneira?

Concordância verbal, concordância nominal e pontuação foram feitos feitas para ser usados usadas. Aprenda!

Queridinho, não precisa de nada disso. O Jeito como você escreve já choca políticos.

Cadê o acento em minúscula? Bom, para quem escreve "jente" exigir acentuação é pedir demais.

Como é que pode ter gente (e não jente) que comete tantos erros com tão pouco espaço para escrever?

E ainda tem a coragem de chamar o outro de animal.

E alguém que precisa voltar a escola.


Mistura de ecochato com crente só podia dar nisso.

Qual o dialeto que foi escrita essa mensagem?

E também esqueceu de se alfabetizar.

Outro que escreve a mensagem em caixa-alta. O que realça ainda mais o "Serto" e "Geito".

Decidi fazer o PrintScreen das assinaturas dos ecochatos para o caso de algum desses vídeos enaltecendo a Hora da Hipocrisia ser removido. E também para que ninguém pense que eu inventei essas pérolas.

Como eu li uma vez num blog, esses comentários foram feitos com os pés no chão. Todos os quatro.

Tá vendo. É isso que acontece com que decide participar do Cansei ecológico e encher o saco para que outros também participem do Cansei ecológico ao invés de estudar, ler um bom livro e levar a escola a sério. Vira um ecoanarfa.

Hoje é dia 4 de abril. Você já rezou para Santo Isidoro de Sevilha?

É, hoje é 4 de abril de 2011. Você já fez as suas preces para Santo Isidoro de Sevilha?

Como?! Não sabe do que eu estou falando? Não sabe nem quem é o santo? Calma, eu explico:
Santo Isidoro (c.560-636), nascido em Sevilha na época visigoda, foi bispo nesta cidade de 600 a 636. É um dos grandes elos de transmissão da cultura clássica para a Idade Média. Sua obra Etimologias é uma espécie de enciclopédia, muitíssimo utilizada ao longo de toda a Idade Média. Tanto assim que mesmo em autores muito posteriores, como Tomás de Aquino, encontram-se referências a esta obra. Ao examinar uma questão qualquer, o autor medieval costumava analisar a etimologia das principais palavras envolvidas na discussão. Não o fazia para ostentar erudição, mas por basear-se na convicção de que a denominação da palavra podia conter em si informações sobre a própria realidade referida.
Esse texto eu peguei desse texto aqui. Se alguém quiser continuar com a leitura.

Mas por que eu estou falando do santo?

Simples, porque Santo Isidoro de Sevilha é considerado o padroeiro da Internet e dos internautas.

É sério. Até a Internet tem o seu santo padroeiro. Tá duvidando? Basta dar uma lida nesse texto.

E o santo até tem uma oração. É essa abaixo:
Deus eterno e todo poderoso, que nos criou à sua imagem e semelhança e nos fez procurar tudo que é bom, verdadeiro e belo, especialmente na divina pessoa de Seu Filho unigênito, Nosso Senhor Jesus Cristo, permita-nos que, através da intercessão de Santo Isidoro, bispo e doutor, durante nossas jornadas pela Internet nós dirijamos nossas mãos e olhos apenas ao que é agradável a Vós e tratemos com caridade e paciência todas as almas que encontremos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.
Isso também é sério. Aqui ó. É sério.

Portanto, quando for navegar na Internet, nada de navegar em sites que não são agradáveis a Nosso Senhor. Nada de acessar o Youporn, Redtube, Pornotube, Pornhub, Tube8, Keezmovies, Xvideos, Rawtube, Empflix, Megaporn, Megarotic, Maxporn, Shufuni, Spankwire, Lubetube, Extremetube, Alotporn, Youjizz, Drjizz, Yaptube, xHamster, Xtube, Skimtube e assemelhados (sim, essa é uma tentativa de caçar paraquedistas. E daí? Caçar paraquedistas não é pecado).

E Santo Isidoro também é o santo padroeiro dos historiadores. Eis um santo para ajudar na conversão de historiadores ateus pecadores e levá-los para o caminho de Nosso Senhor.

2 de abril de 2011. Parabéns Guarani Futebol Clube pelos 100 anos


Hoje, 2 de abril de 2011, o Guarani Futebol Clube faz 100 anos.

Como os meus 3,14159262... leitores devem saber, sou santista, porém tenho um carinho muito grande pelo índio guerreiro. Até por ser uma das equipes de Campinas.

Ontem aconteceram algumas festividades para celebrar a data. Festas, shows, carreata e rojões, conforme pode ser visto nessa e nessa notícia. E foi lançada uma camiseta comemorativa.

Os escudos:

O hino:


Link para o vídeo

E pensar que ano que vem, em 14 de abril de 2012 (se o mundo não acabar antes) será o Peixe que fará 100 anos.

Mesmo com os problemas administrativo, com a crise financeira, com o orgulho ferido, com uma iminente venda do Brinco de Ouro (obrigado por tudo, Sr. Lourencetti) e com um recente vexame, parabéns bugrão pelos 100 anos, até hoje o único time do interior campeão brasileiro e maior vencedor dos dérbis campineiros. Chupa macacada(*)!

E terminando o texto, porra Guarani!! Vamos subir! Comemorar 100 anos na segundona do paulista e do brasileiro é soda.

(*) Antes que alguém venha a me acusar de racismo, peço que veja isso, isso, isso e isso aqui.

Hora do planeta 2011: E viva o Cansei ecológico.

Hoje, 26 de março de 2011, tem início a mais uma edição da Hora do Planeta, um evento em que, milhares de pessoas sem ter muito o que fazer, sensibilizadas com o problema do aquecimento global, para pressionar os políticos e para conscientizar o mundo dos problemas ambientais, decidem apagar as luzes de suas casas durante o perído de 3600 segundos (também conhecido como 60 minutos, ou 1 hora). Lindo isso, não acham?

Não, não é. Lindo mesmo será se todo mundo decidir acender e apagar as luzes ao mesmo tempo. Isso sim será lindo. Principalmente para as usinas geradoras de eletricidade. Certamente quem teve a brilhante ideia de criar a Hora do Planeta não era físico, nem engenheiro elétrico.

Vamos falar a verdade. Essa hora do planeta é um tipo de "protesto" que a cara da classe média (assim como o Cansei, Basta, Rir Pra Não Chorar, Fora Sarney, passeatas pela paz vestindo camiseta branca, fazendo o símbolo da pomba da paz com as mãos e soltando balões brancos, colocar nariz de palhaço e tantos outros exemplos). É o tipo de "protesto" que tem tudo que a classe média gosta.

Afinal é um "protesto" que não demanda esforço, não demanda tempo, não precisa nem sair de casa, não atrapalha os afazeres, não atrapalha a hora da novela, dura um tempinho e assim que acaba a pessoa se sente bem com a sua consciência, sente que "fez o seu papel" e "contribuiu para um país e um mundo melhor", volta-se à rotina de sempre e vai chamar de reacionário, alienado, chato, bobo, feio e cara-de-mamão quem não "aderiu à causa".

Claro que nesse "protesto" vão participar um monte de subcelebridades, afinal de contas "protestos" como esse ótimos para que essas subcelebridades botem a cara na mídia e prolonguem seus quinze minutos de fama. E claro, empresas e governos também vão aderir, afinal de contas os dois já perceberam que os eco[insira um adjetivo aqui] e as organizações eco[insira um adjetivo aqui] adoram um espelhinho.

Eu de minha parte ainda vou continuar a fazer as coisas inúteis que eu sempre faço, como separar papel, plástico, vidro, metal e outros materiais; fazer o descarte apropriado de lâmpadas fluorescentes, pilhas, baterias, aparelhos eletrônicos e óleo de cozinha; jogar o lixo no lixo; fechar a torneira na hora de escovar os dentes ou fazer a barba; desligar a TV quando não tem ninguém assistindo; trocar lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes ou de led; usar o chuveiro na posição inverno só quando está muito frio mesmo; usar ônibus para ir ao trampo. Sabe, essas coisas inúteis, que não ajudam e que não servem para nada que os reacionários, alienados, chatos, bobos, feios e cara-de-mamão fazem. Afinal de contas, o mais importante é enfiar o dedo no interruptor.

E para não dizer que eu só critico e não dou nenhuma sugestão, eu conheço uma forma de fazer com que as pessoas se conscientizam com relação aos problemas ambientais. Ela demora para dar resultados, mas sempre dá resultados. Essa coisinha começa com a letra E, termina com a letra O e no meio tem as letras "ducaçã". Isso mesmo: EDUCAÇÃO. Isso dá resultado. O resto é patacoada.

E como eu escrevi no texto do ano passado, eu juro que eu chamo a polícia se fizerem isso aqui em frente de casa.

No mais, faço minhas as palavras desse texto escrito pelo Caipira Zé do Mér. E o Caipira ainda teve o bom (ótimo) gosto de colocar a fodástica apresentação do saudoso mestre George Carlin. Apesar da apresentação ter sido feita a quase 20 anos atrás (foi em 1992), parece que ele dá o recado para esse pessoalzinho.

Pronto, agora que eu terminei o texto, você, caro amigo eco[insira um adjetivo aqui] pode ir me xingar muito no twitter hoje. Mas atenção, antes apague a luz.

Links da semana - 20

E vamos à 20ª lista de links do blog.
E é isso. Até a próxima lista.

O que tem a ver o reto com a vestimenta masculina, querido leitor?

Hoje abri o jornal local e na coluna do leitor dei de cara com o seguinte comentário:

Reproduzo abaixo o texto da imagem para uma melhor leitura e também, claro, para o Google indexar:
As invasões dentro das moradias universitárias da Unicamp, com vários roubos dentro do campus, vêm provar a falta de profissionalismo dos seus dirigentes. Não é à toa que as universidades não estão nem entre as 200 melhores do mundo. Que tipo de formação profissional estaráindo para o mercado? Ele estão sobrevivemio da fama que adquiriram graças ao seus docentes cientistas antigos. Até quando eles vão levar esse fardo nas costas sem reconhecimento?
Pois é, na ânsia de querer falar mal, de querer "potrestá contra tudo isso que tá aí", o querido leitor misturou alhos com bugalhos, fez um samba do crioulo doido e acabou não dizendo nada com nada. Só faltou dizer que ia xingar muito no twitter hoje.

Primeiramente, o que tem a ver o que tem a ver os roubos que acontecem em Barão Geraldo, na moradia da Unicamp e na Unicamp (que realmente, e infelizmente, acontecem, como eu escrevi anteriormente) a com o fato da universidade não ter aparecido entre as 200 melhores universidades do mundo? Será que é porque os alunos ficam com tanto medo, ficam tão apreensivos, que não conseguem fazer as provas, vão mal nas provas, tiram notas baixas e isso como um todo abaixa o rendimento da universidade? Dizer o que, né? É o rei da lógica.

Depois ele fala da "falta de profissionalismo dos dirigentes". Parece muito aquela velha retórica de que "a culpa é das autoridades", não parece? E sempre quem usa essa retórica nunca diz que autoridades são essas, nem o que elas deveriam fazer.

Mais abaixo ele pergunta, imagino que revoltado com a situação inadimissível, que tipo de profissionais estaria indo ao mercado. O que eu disse dois parágrafos acima vale aqui também.

No fim do comentário, mais uma pergunta em tons de revolta, dizendo até quando eles vão levar esse fardo nas costas sem reconhecimento. Bom, que "fardo" seria esse? Que "reconhecimento" seria esse? E o "eles" da pergunta revoltada se refere aos dirigentes, aos profissionais que saem da universidade, aos professores, aos pesquisadores ou ao quê? Impressão minha ou a pergunta não tem sentido nenhum?

Agora, a cereja (podre) do bolo (de merda) do comentário foi dizer que a Unicamp só sobrevive por causa da fama adquirida dos seus docentes e cientistas antigos. É tanta bobagem em tão poucas linhas que nem sei por onde eu começo.

Brincadeira esse comentário. Esse é um daqueles casos em que a pessoa deveria pensar várias vezes antes de falar e então não falar nada. Seria melhor se ele tivesse só xingado muito no twitter.

Gostaria de saber por que tem tanta gente que odeia e tem tanta birra com as universidades públicas? Dã, que pergunta, eu mesmo já dei a resposta. Só burro que paga.

Links da semana - 19.

Depois de um tempinho, volto a divulgar mais uma lista de textos interessantes que eu achei por aí e que me chamaram a atenção.
  • O Cerne da Questão, do Ti-Rinhas. Então é por isso que a igreja é contra o aborto e a camisinha. Tá explicado.
  • Carl Sagan e a espaçonave da imaginação, do O fim da várzea. Carl Sagan faz falta. Muita falta. Principalmente nessa época em que crendices ganham cada vez mais força e em que as religiões querem impor suas "sabedorias" na marra para todos (principalmente para as crianças).
  • As cópias mais descaradas que a Record fez dos programas da Globo, do Beleza Sergipana. Realmente a Recópia copiou mesmo, mas tem gente que acha que todas as atrações da Rede Bobo não foram copiadas de nenhum lugar? Recópia copiou da Bobo, que copiou de uma emissora americana, que copiou de uma emissora japonesa, que copiou de uma emissora russa, que copiou de uma emissora mexicana, que copiou de uma emissora argentina, que copiou de uma emissora portuguesa, que copiou de uma emissora alemã, que copiou, copiou, copiou... e segue-se indefinidamente essa sequência. A cada dia Abelardo Barbosa está mais certo.
  • O seu lugar no universo, do Periscópio. Doidera total.
  • Medo: Máquina de tatuagem randômica, do YouPIX. Medo não. Muito medo.
  • A emenda ficou pior que o soneto: Folha caga mais uma vez, do HBDia. Mais uma da série "jornalista pra quê"?
E é isso. Até a próxima.

Resultado final do carnaval: Ônibus depredados.

Exatamente. Esse foi o resultado de mais um carnaval que, graças a Deus, acabou. Ônibus depredados.

Quantos? Um? Dois? Três?

Nada disso. Foram 66 (!!!) ônibus depredados.

Acredite se quiser. Vândalos travestidos de foliões, enquanto se divertiam, depredaram 66 ônibus durante as festividades do carnaval. Maiores informações podem ser vistas nesse texto.

Bom, eu aposto tudo o que eu tenho que esses vândalos certamente não usam ônibus para ir trabalhar, ou estudar. Festa popular? Tá bom. Cada vez mais a jornalista do vídeo "polêmico" está certa, apesar de existir idiotas blogueiros que discordam da jornalista e para isso, usam de uma argumentação profundíssima, equilibrada e invejável. Também, vai esperar o quê de um blogueiro do UOLixo?

E viva o carnaval!!

A verdade sobre o carnaval.

Num texto do OxenTI, encontrei um vídeo "polêmico" na qual uma jornalista disse tudo que eu penso a respeito dessa bosta que é o carnaval. Aí vai o vídeo:


Link para o vídeo

Assim como o Guz escreveu no texto dele, concordo com cada vírgula do que a jornalista disse. De vez em quando tem um jornalista que fala algo que preste.

Mas é óbvio que vai ter um monte de gente chata reclamando da jornalista, do Guz, de mim e de qualquer um que concordou com que a jornalista e se preparando para xingar muito no twitter hoje. Aqui a resposta.

Quando aconteceu aquele incêndio na cidade do samba, eu fiquei triste. Fiquei triste mesmo. Fiquei triste porque só 3 agremiações de samba (me recuso a chamar essas coisas de escola) foram afetadas e só porque uma parte da cidade do samba foi afetada. Por mim a cidade do samba podia ir toda para o espaço.

Olha, eu juro que se tiver algum político que crie uma lei acabando com o carnaval, eu votarei eternamente nele. Juro. Pode até ser do PSDB ou do DEM, tá André?

Encontrada uma namorada para o Gui.

Para quem não entendeu o título, eu explico. O Gui (também conhecido como guiveriflip_sk8@hotmail.com) é um idiota engraçadinho metido a galanteador que deixou uma mensagem num grupo de anúncio de empregos procurando a amada amante.

Pois bem. Eis que a procura do Gui (também conhecido como guiveriflip_sk8@hotmail.com) pode ter chegado ao fim. Olha só a mensagem que chegou no mesmo grupo de anúncio de empregos (clique na imagem para ampliar):

Olha só. Quem sabe a Ana (também conhecida como ana_ec_2011@hotmail.com) seja a tampa da panela do Gui.

Eis que, pensando no nosso coleguinha Gui (também conhecido como guiveriflip_sk8@hotmail.com), eu consigo fazer com que ele se amasie com a Ana (também conhecida como ana_ec_2011@hotmail.com) e forme um lindo casal do trollzinhos.

Mudando de assunto (e divagando), percebi um negócio. Pelo visto os trollzinhos só usam esse serviço de email do miguxo orkuteiro idiota analfabeto de 14 anos.

Como disse o André, isso que dá pai deixar criança usar computador.

Oba! O primeiro phishing scam do ano.

O tempo passa, o tempo voa, mudam-se os anos, mas os piratas da Internet não mudam. Continuam os mesmos, aplicam os mesmos golpes de sempre tentando ver se conseguem roubar senha de orCUt, facebook, twitter outra qualquer outra rede social.

Eis aí o "novo" golpe que eu recebi. Esse é especial, já que é o primeiro do ano de 2011. Pois é, recebi o primeiro golpe do ano no dia 10. Esses piratinhas estão muito lentinhos.

Bom, aí vai o golpe (clica que aumenta):


Pois é, um email do Bradesco falando que a minha conta corrente no banco encontra-se em perigo. Mas eu não sou correntista do Bradesco. Então comofas? E por que não mandou com nome?

Então fica o aviso, mais do que dado, porém não custa nada repetir: Bancos não enviam email para seus correntistas. Não. Nunca. Jamais.

Vai começar o BBB 11. O Big Brother Brasil 11 vai começar!!

Pois é cambada. Hoje dia 11 de janeiro de 2011 vai começar o BBB 11, ou o Big Brother Brasil 11. É isso aí. Começa mais uma edição do BBB, ou Big Brother Brasil.

Mais precisamente a 11ª edição do BBB, ou do Big Brother Brasil. Quem diria, hein? 11 edições de BBB, ou Big Brother Brasil. Parece até que foi ontem que começou essa mer..., quer dizer, esse sensacional programa, também conhecido como BBB, ou Big Brother Brasil.

E por que eu estou aproveitando o hype o momento em que começa mais uma edição do BBB, ou Big Brother Brasil? Porque eu gostaria de escrever um texto mostrando o que eu penso e também uma análise bem profunda sobre o BBB, ou Big Brother Brasil.

E aí vai esse a análise e o que eu penso sobre o BBB, ou o Big Brother Brasil. Aí está:

Eu odeio. Odeio muito o BBB, ou Big Brother Brasil. Pronto.

Agora não perca o seu tempo e vá assistir o BBB11, ou Big Brother Brasil 11.

PS: Sim, essa foi uma tentativa descaradíssima de caçar paraquedistas. Será que vai funcionar?

Raposa velha perde o pelo mas não perde o vício.

Todo mundo se lembra de Felixo Felipe Melo? Para quem não se lembra, eu vou dizer. É aquele meio de campo, que foi para a copa do mundo de 2010.

Uma das apostas do técnico anão, o jogador é conhecido por ser meio "fio desemcapado". Pavio curto, para ficar mais claro. Além de ter sido laureado com a bola de madeira por ter sido o pior jogador da Itália.

Ele foi um dos principais responsáveis pela eliminação da seleção brasileira e foi transformado em vilão por causa da pisada que deu em um jogador da seleção holandesa e de ter sido expulso por causa disso.

"Ah! Mas isso foi num momento de descontrole. Num momento sem pensar. Ele jamais faria isso novamente", vão dizer alguns.

Pois bem, olha o que o centrocampista cabeçudo aprontou hoje:


Link para o vídeo

Porra, deixar as travas da chuteira no rosto do adversário? Isso é de uma deslealdade sem tamanho. Foi expulso merecidamente.

Sabe o que o Felixo Felipe Melo tá precisando? Tá precisando trombar com zagueirões. Daqueles "perversos", que não tem dó de descer a lenha. Assim quem sabe, apanhando mais que boi fujão, ele deixa de ser esquentadinho e folgado. Materazzi é outro que precisava levar umas butinadas.

Esse lance foi numa partida em que a equipe do Felixo Felipe Melo (Juventus) perdeu do Parma por 4 a 1, pelo campeonato italiano.

Dia 1° de janeiro de 2011. Um dia triste.

Eu sei que esse dia deveria ser um dia de alegria. Afinal de contas acaba de chegar um novo ano e esse é o momento de realimentar a esperança. Mas aí me lembrei de um evento que acontece hoje que me fez ficar com tristeza.

Como todo mundo sabe, ano passado foi ano eleitoral, o povo votou e elegeu seus "representantes". E os membros dos cargos executivos assumem o cargo hoje. Dentre eles, governadores.

E, dentre esses governadores, tomará posse hoje Geraldinho PCC Picolé de Chuchu Geraldo Alckmin. Mais quatro anos de péssima administração de PSDBosta no palácio dos Bandeirantes. Já disse aqui porque PSDB no comando é uma desgraça.

Com mais esse mandato será 20 anos (!!!!) de administração tucana em São Paulo. O que acontece com o eleitor paulista? Seria a síndrome de mulher de malandro?

Com tudo isso, a única coisa que eu posso desejar ao estado é: Boa sorte, pois vai precisar. E muito.

E para aqueles paulistas que são ateus, podem começar a acreditar em Deus e começar a rezar.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST