Pesquisar este blog

Uma imagem que vale, sim, ser compartilhada.

Ao contrário do texto que eu escrevi a mais de um ano atrás, dessa vez o texto vai ser sério.

A imagem que é para ser compartilhada veio, como era de se esperar, do Facebook. Mas antes de mostrar qual é essa imagem, gostaria de fala sobre esse negócio de compartilhar imagens.

Primeiramente gostaria de dizer que eu odeio (odeio mesmo, do fundo de minh'alma) esse negócio de compartilhar imagens em prol de uma causa. E por dois motivos:

O primeiro motivo é que esse negócio é uma tremenda cagação de regra. E como toda cagação de regra, é algo idiota e ridículo. Quer dizer então que se eu não compartilho uma imagem dizendo ser contra alguma coisa, eu sou a favor daquela coisa? Quer dizer que se eu não compartilho imagem dizendo discordar de algo, eu concordo com aquilo? Para esse pessoal que compartilha essas imagens, se P então Q é equivalente a se não-P então não-Q. Para quem entende um mínimo de lógica e conhece tabelas-verdade sabe que isso é idiotice.

E o segundo motivo é que isso é inútil. Compartilhar imagens vai mudar alguma coisa? Posso ser a pessoa mais contrária à pedofilia nesse mundo, compartilhar uma imagem dizendo "Se você é contra a pedofilia, compartilhe" não vai mudar NADA. Ou por acaso criancinhas deixarão de ser molestadas e pedófilos serão enjaulados depois que eu compartilhar essa imagem?

Bom, encerrado o monólogo, falta mostrar a imagem. É essa abaixo.



Sim, tem a ver com o massacre que tem sido cometido contra o Monteiro Lobato (em geral feita por pessoas que nunca leu os livros dele e só conhecem Sítio do Picapau Amarelo por causa da Rede Globo) nesses últimos anos, alegando que ele era racista, eugenista, sexista e qualquer-outra-merda-ista e que as obras deles continham toques de racismo.  Uma das acusações de racismo vem do conto "A Negrinha", e a outra acusação vem do livro "As caçadas de Pedrinho", por causa da frase "Tia Nastácia, esquecida dos seus numerosos reumatismos, trepou, que nem uma macaca de carvão". Curioso isso. Curioso porque associaram a frase ao fato dela ser negra. É interessante para ver quem são os verdadeiros racistas e preconceituosos dessa história.

Acho difícil (aliás, quase que impossível) que compartilhar essa imagem tenha algum efeito, principalmente naqueles parvos que comandam o ministério da verdade da educação, mas se for para fazer com o pessoal pensar (e não "pensar", que é quando o sujeito reflete a respeito de um problema que ele nunca tinha ouvido falar durante cinco minutos e depois se esquece de toda reflexão e nem volta a se informar mais a respeito do problema), então é válido. E se for para irritar a gentalha pogreçista e os helmintos da correção política que estão promovendo esse massacre contra o Monteiro Lobato, então é ainda mais válido.

E para quem continuar fazendo esse massacre contra o Monteiro Lobato, faço uma pergunta: Vocês topariam deixar de defender a Petrobrás? Sim, pois, se hoje tem prospecção petrolífera no Brasil foi porque Monteiro Lobato dizia que havia petróleo no Brasil, enquanto que os outros diziam que isso era maluquice e que ele estava delirando. E se hoje tem Petrobrás, foi graças a ele que criou a campanha "O petróleo é nosso". E aí, topam?
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST