Pesquisar este blog

Retrospectiva 2013: A melhor e a que interessa mesmo.

27 de dezembro de 2013. Natal já foi, Nicolau já apareceu com o seu saco vermelho, grande e cheio, todo mundo já encheu o rabo de peru, Chester, porco, panetone, sorvete, nozes, amêndoas, amendoins, frutas cristalizadas e também já foi trocar aquela blusa horrorosa que ganhou de presente alegando que ela não serviu.

Apesar de faltar ainda 5 dias (na verdade, ainda faltam 4 dias e um pouquinho) a verdade mesmo é que 2013 já acabou. 2013 já era. E quando um ano acaba, sempre aparece na televisão um programa especial. Não, não é o show do Roberto Carlos. É a retrospectiva. A Globo vai exibir a sua  retrospectiva hoje a noite. E a Recópia, mostrando mais uma vez o quão original a emissora é, também fez a sua retrospectiva. Não só já fez, como já a exibiu. Ontem a noite. Como era de se esperar, o programa exibido pela Recópia foi um show de originalidade, não copiando nenhum programa existente e já feito.

Mas eu decidi escrever esse texto falando para vocês esquecerem essas retrospectivas, pois a melhor e a que, de maneira bastante resumida, falou o que foi o ano de 2013, foi essa retrospectiva aqui.

Gostei de todos os itens mostrados por esse texto, mas os que eu adorei mesmo foram os itens 4 e 5 falando dos idiotas que se foderam com a TelexFria TelexFree e a BBosta BBom (aliás, está para sair nesse blog um texto sobre essas e outras pirâmides) e não tenho dó nenhuma desse pessoal, quem sabe assim eles aprendem (há!! Duvido). Outro item que eu adorei foi o item 3, a respeito das manifestações de junho, julho e agosto que terminaram como uma enorme micareta fora de época, em que "o gigante acordou", se divertiu bastante durante a micareta, voltou a dormir e vai demorar para voltar a acordar.
Só acho que se esqueceu de falar da grande onda sofativista que engoliu e tomou conta da Internet brasileira no ano da graça de 2013, que foi o #forarenan. Várias imagens e fotos com erros de português foram compartilhadas no Facebook, revolucionários de sofá defenderam essa ação de quem só sabe criticar e tirar sarro e, o mais importante, foi criado um abaixo-assinado. Um abaixo-assinado que foi um verdadeiro sucesso, com 1,6 milhão de idio... de cidadãos conscientes que assinaram (só esses que vos fala assinou umas 50 vezes. E todas foram aceitas) e com a incrível quantidade de 30 (TRINTA!!!) pessoas que foram ao congresso para protestar. Parabéns aos envolvidos.

É isso aí. Aproveitem o texto, da mesma maneira que eu aproveitei, se quiserem assistir a retrospectiva 2013, que assistam e, a menos que surja algo de última hora, esse foi o último texto de 2013. Até 2014.

Já sei o que eu quero ganhar de Natal. Eu PRECISO disso.

O que eu quero ganhar de natal é isso aí abaixo:


Essa é uma obra de arte foi feita pelo cartunista americano (estadunidense é o caralho) Dave Berns e é uma adaptação do quadro "A friend in Need" usando as mascotes das principais bandas de Heavy Metal. Em sentido horário estão as mascotes das bandas Suicide Tendencies, Anthrax, Iron Maiden (o Eddie), Megadeth, Slayer, Motorhead e Misfits.

O quadro original é esse abaixo:


Como bom apreciador desse estilo musical, não preciso nem dizer que eu adorei essa adaptação feita desse quadro e que eu quero muito esse quadro.

Sim, quero MUITO.

A obra de arte está avaliada em US$ 39,99. A princípio, valeria R$ 95,58 (usando a cotação do dólar de hoje, 21 de dezembro de 2013, que está em R$ 2,39). Mas, considerando a carga tributária louca e insana no Brasil e a voracidade por lucro do empresariado brasileiro, vai saber por quantas Dilmas sairá essa obra de arte. Aí isso é problema de vocês. Se virem para comprar e para pagar, pois eu QUERO, aliás, eu PRECISO MUITO disso.

Vi essa obra por esse texto do Whiplash e no texto está o link para fazer a compra. Se virem para comprar.

Malditos políticos! Político é tudo ladrão! É tudo bandido!


Link para o vídeo


E depois dessa, continue assentando seu cu na cadeira, agindo como um inveterado (essa palavra também existe, corretor ortográfico do Firefox) revolucionário de sofá, e continue compartilhando suas imagens, seus vídeos e seus textos super-hiper-mega-ultra-puta revoltz e irados contra o Renan Calheiros, o Marco Feliciano, o Sarney ou contra a bucha de canhão da vez, ou então contra a "única maçã podre que conspurca a nossa honrada, honrosa, prestimosa e valorosa classe política nacional" do momento, ou então contra a "safadeza e pouca vergonha na política no Brasil".

E o pior é que aparecem idiotas dizendo aquele velho mimimi "esses políticos não me representam" (tradução para o português da frase em retardadês-analfabetês "essis puliticos naum mim representão"). E sabe o que é pior? O pior é que eu concordo com essa frase. Realmente, os políticos de agora não representam o povo. Esses políticos até que estão muito bons. O populacho merecia coisa bem pior.

Blogs políticos são uma merda!! - 3 - A saga final.

Um dos textos que gostei bastante de ter escrito nesses últimos dois anos foi aquele em que, aproveitando o gancho deixado pelo CMilfont, joguei merda no ventilador e disse que praticamente todos os blogs políticos no Brasil são uma merda, e que, inclusive, teve uma continuidade. Há exceções? Claro que há, mas sabem o que dizem das exceções.

Pois muito bem. Eis que, do nada, assim que eu publiquei aquela continuação, encontrei um texto que corrobora de maneira irrefutável o que eu disse a respeito desses blogs e serviu para fomentar ainda mais a ojeriza que eu tenho dessa gentalha politicuzinha de Internet e encerrar com pompa e circunstância essa trilogia. Aí vai o tal do texto:
"Foi a gota d'água na garganta do brasileiro! Agora que o foco é qualquer coisa, "o gigante acordou"!

A verdade é que eu nem pisco pra 50 mil homicídios por ano, quando a caracterização de guerra civil é em 10 mil. Eu tolero R$ 1,5 trilhão em impostos também por ano ano, o que nos deixa mais ou menos com 30 fodendo MILHÕES de reais para evitar CADA homicídio nesse país.

Eu tolero mensalão, PEC 37, transformar o STF em escritório de advocacia do PT (Toffoli, Lewandowski, Rosa Weber e Barroso lá nem fazem diferença, mesmo). Eu tolero o salariozinho de merda até de deputado que não é corrupto. 

Eu agüento no rabo impávido e colosso que tudo o que custa US$ 10 na América aqui saia pela bagatela de 80 mangos, mas é tudo para proteger os pobres e fazer distribuição de renda com impostos, porque certamente estamos diminuindo muito a desigualdade social fazendo com que só rico possa ter carro importado, enquanto o pobre tem de usar ônibus cartelizado pelas únicas empresas cupinchas da prefeitura (ou seja, do prefeito), financiando ainda mais os bolsos do Estado.

Aliás, também tô cagando e andando um torosso federal pro preço da gasolina, mais cara da América Latrina e uma das mais caras do planeta. Isso tudo porque eu amo a Petrobras e engulo ao invés de cuspir a litania de que ela é "do povo", ainda mais pra dar uma rouanetada e projetar a "cultura", porque gente é o que inspira a gente (mas só quem se favorece é grande "artista" – o petróleo não é nosso, é do Tico Santa Cruz e da Maria Bethânia), mesmo que, quando eu vá no posto, dizer que o petróleo é meu só faz o frentista me mandar alargar meu anel rugoso.

E meu hímen complacente também agüenta fundo que esfarelem qualquer proteção que o indivíduo tenha contra o governo, que aceitem cortes internacionais aumentando o poder com uns vizinhos maravilhosamente democráticos como os nossos, porque sei que o comunismo já era, e assim que caiu o Muro, 100% dos que acreditam em Marx no mundo se convenceram de que aumentar o poder do Estado não vale a pena da noite para o dia.

Sobretudo, eu suporto no cangote sem chiar que nossa cultura não mereça senão as duas primeiras letras, que sejamos o único país no planeta em que a literatura não espelhe em nada a realidade atual, que tudo o que se diga seja sobre a ditadura militar, que os estadunidenses malvados estão nos manipulando e tudo se resolverá com mais educação, mesmo que eu não saiba o que cazzo se ensina numa faculdade de pedagogia.

E eu não movo uma palha contra gente concentrando o poder e me obrigando a trabalhar até maio todo ano para financiar suas mordomias e têm passagens semanais pagas porque ninguém agüenta viver na soviética Brasília, enquanto uma viagem de avião custa o preço de um rim em aeroportos que só não causam mais acidentes por milagres, e mesmo quando matam centenas de pessoas de uma vez enquanto jornais governistas dizem para mim no dia seguinte que a pista estava em ótimas condições, eu só vejo nisso um motivo para falar "chupa, Jornal Nacional!"

E o que são 60 mil mortes no trânsito por ano, senão acidentes de percurso? O que é a inflação, senão um fato da vida, que um governante nunca, sob nenhuma hipótese, iria causar para financiar seus gastos luxuosos sem precisar aumentar impostos, e depois pedir voto dizendo que a inflação tá difícil de controlar, mas vamos vencer esse mal terrível fazendo o dinheiro do pobre valer menos que papel higiênico usado? Eu nem sei que o preço do tomate aumentou 150% em um mês, porque minha consciência política é de poder popular de Vila Madalena, e nunca fiz feira uma única vez na vida.

E estou me lixando para termos uma maioridade penal cabível talvez no Paraíso muçulmano enquanto assassinam 3 pessoas incendiadas porque elas não tinham dinheiro o suficiente e ainda compro uma verborréia mela-cueca de que a culpa dos assaltos é dos assaltados, invertendo sempre sujeito e objeto e culpando a classe média e outras generalidades da qual eu mesmo faço parte. Isso dá para suportar numa boa, afinal, querer mudar isso é coisa de fascista extremista.

Mas aí aumentam o preço da passagem de ônibus em R$ 0,20 e o PSTU organiza um protesto, toma um spray da PM depois de explodir uma bomba no metrô e vandalizar a cidade inteira e agora está todo mundo contra tudo isso que está aí.

Aí não deu para agüentar. Foi a gota d'água. O gigante agora acordou e vou protestar exatamente quando o PSTU me mandar, porque minha consciência política vai mudar o mundo e os governantes vão finalmente me temer.

Agora é muito mais do que R$ 0,20 centavos e serei completamente apartidário, porque sei colocar a importância das coisas em perspectiva. Foi a gota d'água." 

 

Foi a minha primeira impressão que eu tive ao terminar de ler o texto. Aliás, é sempre essa a impressão que eu tenho quando eu leio o texto. Só fico na dúvida: A chupeta caiu do berço ou foi a mamãe que esquecer de dar a mamadeira?

É óbvio que o bebê chorão autor do texto (que inclusive é dono de um dos blogs que eu citei naquele texto, mas peço encarecidamente para não citarem o nome dele nos comentários. Não vou dar publicidade para gentalha) falou a respeito daquelas manifestações de junho e de julho, a época em que "o gigante acordou" mas pelo visto voltou a dormir.

É claro que há críticas válidas a esses protestos que aconteceram em junho e julho, como o fato do "gigante que acordou" ter ido dormir tão rapidamente, os quebra-quebra e vandalismos que aconteceram (se fosse só em bancos seria ótimo. Sim, todo castigo para bancos é pouco), a agressão que os militantes de partidos sofreram simplesmente por estarem com uma bandeira ou camiseta de um partido, o fato de ter virado um dia do basta contra tudo isso que está aí e o principal (eu já tinha falado disso) e o fato de que, o que começou como manifestações e protestos, terminou como uma enorme micareta fora de época em que, como tudo na era dos selfies, o pessoal aproveitou para tirar fotinhas de si mesmo e postar no feicibuqui e no istragão. Isso sem falar do exagero do pessoal que considerou essas manifestações como a nova "queda da Bastilha" (sim, teve gente que disse. Será que esse pessoal que disse isso conhece História?). Mas todas essas são críticas válidas, bem diferente do mimimi da choradeira do texto escrito por esse bebê chorão blogueirinho politicuzinho.

E, como era de se esperar nessa era de revolucionários de sofá, esse texto foi curtido e compartilhado por um monte de sofativistas. Aliás, uma coisa que eu esqueci de escrever naqueles meus textos anteriores. Praticamente todos os blogueirinhos politiCUzinhos (bem como os politiCUzinhos e politizadinhos de Internet) são um bando de sofativistas.

A Internet seria um lugar muito melhor se esses blogueirinhos politiCUzinhos e politiCUzinhos e politizadinhos em geral não existissem. Ou se, pelo menos essa gentalha não adentrasse os blogs dos outros para encher os pacovás (essa palavra existe sim, corretor ortográfico do Firefox)

E você, blogueirinho politiCUzinho que ficou bravinho com esse texto ou então é um puxa-saco do autor do texto que eu citei e quiser vir me xingar, peço que antes me responde uma pergunta: O que foi que o seu bloguinho politicuzinho melhorou a sua cidade, seu estado, seu país e o mundo?



Vamos lá. Responda amiguinho.

Mas se não quiser me responder e quiser dar uma de idiota me xingando muito no blog, tudo bem. Apenas que você vai ter o seu e-mail e IP expostos publicamente e será banido do blog. OK? Você escolhe.

E, para encerrar de vez com essa trilogia, deixo esse texto do Cardoso com um pastelão criado por essa gentalha politiCUzinha. Pois não basta fazer merda, ainda tem que remexê-la. Como disse o André, um festival de fanatismo, ódio, raiva e fel de todos os lados.

Links da semana - 37.

E segue mais uma lista de textos para essa semana:
É isso aí. Aproveite bem as leituras.

Links da semana - 36

E eis que depois de muito tempo, volto a publicar a incrível lista de textos que me prenderam e chamaram a atenção nos últimos dias. Assim como eu, espero que aproveitem as leituras:
  • Como o captcha que você digita na Internet pode ajudar a mudar o mundo, do YouPIX. Quando eu li o título, pensei que era sofativismo ou então expiação e alívio de culpa burguesa, mas não é nada disso. Que ideia mais do que genial.
  • Sódio é o novo açúcar, do Ceticismo.net. E com essa histeria em cima do sódio surgiu um mocinho, o potássio. Mas como será que o pessoal vai reagir quando descobrir que o excesso de potássio é pior que o excesso de sódio e que o cloreto de potássio (o "sal light") é usado nas injeções letais? 
  • Banco do Brasil transforma Internet Banking em Orkut, do Tecnocracia. Bom ver que não foi só eu que achou uma bosta essa nova interface gráfica do BB. Como o Manoel disse, o BB virou Orkut. Uma cópia bem tosca e bizarra para falar a verdade.
  • Empresa de Porto Alegre promete um motor que funciona com gravidade, do e-farsas. Basicamente, o que a "empresa" propõe é um moto perpétuo sem dizer que é um moto perpétuo. E viva o ensino de ciência no Brasil. Além de que, tal equipamento que transforma gravidade em eletricidade (ou energia potencial gravitacional em eletricidade) já existe. Chama-se usina hidrelétrica (ou UHE para os íntimos). Mas UHEs também respeitam a segunda lei da termodinâmica.
  • BREAKING NEWS: Facebook bane milhares de usuários e exige RG para restaurar acesso, do Meiobit. OK, não é mais tão BREAKING NEWS assim, mas serve para destacar mais esse ataque de esquizofrenia da rede de Marquinho Zuckerberg. Eu, por mim, adoraria que me pedissem. Assim seria a deixa para abandonar de vez o facebosta Facebook. Só estou lá por causa do Tumblr.
  • Anatel #FAIL, do Canal do Otário. Mais uma vez vem em mente a pergunta: Pra que serve a Anatel?
E até a próxima lista.

Blogs políticos são uma merda!! - 2 - A vingança.

Um dos textos que eu mais gostei de escrever foi aquele que eu mostrei como os blogs políticos da Terra de Vera Cruz são uma merda. Mas eis que de repente e do nada, encontrei mais uma porcaria de um blog político brasileiro e mostra o quanto eu tenho razão a respeito dos blogueirinhos politiCUzinhos.

Confira o texto desse mais novo coliforme fecal.


Pois é. O idiota aí acha besteira destinar 10% do PIB para a educação e, o que é o pior, acha que melhorar os salários dos professores é uma porcaria e só vai servir para aumentar os gastos. Dizer o quê? Ele poderia muito bem andar de mãozinhas dadas com a Dilma e com os governadores. País de filhos da puta que têm pensamento de merda como esse só merece mesmo ser sodomizado por outros países. É brincadeira.

E onde que eu achei esse idiota? Onde eu achei esse coliforme fecal? Foi a partir desse comentário abaixo, da qual o idiota é o autor:


Lendo o comentário acima a gente consegue perceber como ele gosta de dar vazão aos seus dejetos encefálicos. O tal projeto de lei (a tal minirreforma eleitoral) que ele defende é isso aqui. Parecia ser uma coisa boa até a leitura do artigo 3°, propondo alterações na lei 9504/1997 (a lei que diz como devem ser as eleições) e as alterações nos artigos 57-D e 57-H, quando eu vi qual o verdadeiro intuito dessa "minirreforma eleitoral".

Como, você não leu o texto? Não tem problema. Eu mostro quais são esses artigos:
“Art. 57 - D
.................................................................................................
.....................................................................................................
 § 3º Sem prejuízo das sanções civis e criminais aplicáveis ao responsável, a Justiça Eleitoral poderá determinar, por solicitação do ofendido, a retirada de publicações que contenham agressões ou ataques a candidatos em sítios da internet, inclusive redes sociais.”

“Art. 57 - H
.........................................................................
.......................................................................
§ 1º Constitui crime a contratação direta ou indireta de grupo de pessoas com a finalidade específica de emitir mensagens ou comentários na internet para ofender a honra ou denegrir a imagem de candidato, partido ou coligação, punível com detenção de 2 (dois) a 4 (quatro) anos e multa de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) a R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).
§ 2º Igualmente incorrem em crime, punível com detenção de 6 (seis) meses a 1 (um) ano, com alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) a R$ 30.000,00 (trinta mil reais), as pessoas contratadas na forma do § 1º.”

Óh, que bonitinho, o senador está preocupado com a honra e a imagem dos políticos. Preocupado é o caralho!! Leia de novo e perceba que não passa de um belíssimo cala boca. O artigo 57-D é bem claro ao falar que "poderá determinar [...] a retirada de publicações que contenham agressões ou ataques a candidatos em sítios da internet". Repare que não esse artigo faz distinção de uma crítica verdadeira e válida de uma calúnia. Se isso não é censura, eu não sei mais o que é então. Aliás, calúnia, injúria e difamação contra quem quer que seja (inclusive políticos) já são punidos pelo código penal. Para que criar uma nova lei?

E o artigo 57-H junta a fome com a vontade de comer. Além de poder censurar uma crítica válida e verdadeira, o político ainda por cima pode dizer que quem escreveu a crítica foi contratado para escrever mentiras, calúnias e difamações, pode exigir uma indenização e o acusado que se vire depois para provar que é inocente.
"Ah, mas e a presunção de inocência?"

Ate parece que você não mora no Brasil. Aqui por essas plagas, presunção de inocência e In dvbio pro reo (é assim que se escreve) de cu é rola. Se uma pessoa é acusada, ela que se vire para provar que é inocente.

E para mostrar como esse senador (aliás, para que serve senador?) não está interessado na atuação de militantes pagos, mas sim em censurar, basta olhar o artigo 100-A que fala da... regulamentação da CONTRATAÇÃO de pessoal (seja direto ou terceirizado) para atividade de militância. Ué, mas o nobre senador não queria combater esse militantes pagos? Agora fiquei na dúvida.

Mais e melhores informações sobre essa tentativa de censura podem ser vistas (e lidas, obviamente) nesse texto do Folha Política.

E não satisfeito em defender essa porcaria, o idiota entra em contato com o senador para falar a respeito do projeto de lei dele. ERA ÓBVIO QUE ELE IA FALAR QUE NÃO QUER CENSURAR NINGUÉM E NEM FAZER CENSURA, NÉ TOUPEIRA!!!!!!

Mas o pior mesmo é ter defendido esse senador. Senador que, enquanto foi governador da Paraíba, foi cassado por ter comprado votos e se tornou inelegível (inelegível, porém se elegeu senador? Só no Brasil mesmo. Valeu ficha limpa.), mas vai lançar seu querido rebento e pagou um jantar comemorativo para o querido papai com dinheiro público (dinheiro meu e seu). E isso porque o jumento "respeita o trabalho dos parlamentares, desde que desempenhem o papel constitucional de defender a Lei, a Ordem, os Direitos Fundamentais e a Democracia". Alienado é uma merda.

E, assim como eu escrevi a um tempo atrás, me surpreendi de novo com a atitude tomada por um político com relação à Internet. Novamente surpreendido com o fato de eles estarem incomodados com o que falam deles pelos tubos, já que eu sempre imaginei que eles cagassem para o que dizem deles por essa série de tubos. Eu achei que aquele caso fosse um caso isolado.

Confirmado, Justin Bieber é uma bicha, viadinho, baitola, boiola!!

Foi essa a conclusão que eu tive logo após o show que ele fez no Brasil (e que eu fiquei sabendo de ouvir falar, claro). Num desses shows, ele foi atingido por um objeto e, emburradinho, deixou o palco. Será que estava na TPM?

Aqui o vídeo:

Link para o vídeo

É uma bichinha mesmo, né? Bem diferente disso:


Link para o vídeo

Para quem não identificou, é o Angus Young, guitarrista e um dos fundadores do AC/DC mostrando o que se deve fazer quando um filho da puta atira um copo de cerveja no palco. Vi esse vídeo ao ler esse texto do Whiplash.

Pois é. Essa geração Ydiota, bundinha, geração fraldinha, geração criada a leite com pera é uma merda. Década de 1990 foi uma merda (dentre outras coisas porque o Santos não ganhou um campeonato que fosse) e 1994 foi uma lixo de ano. Além de eu quase ter repetido de ano e o Ayrton Senna ter morrido, essa bichinha aí nasceu. OK, a seleção brasileira de futebol ganhou a copa do mundo, mas por causa do Romário, que carregou o time nas costas a competição toda. Não fosse por ele, a seleção não teria nem passado da primeira fase.

E para quem desconfiou, sim, esse texto é uma isca de Google para atrair visitantes histéricas (bato uma aposta de que, pelo menos 80% delas usam aquela bosta do Hotmail. Topam?). Algum problema?

E VTNC para quem vier falar de homofobia.

Seria isso a pirâmide de comentários?

Foi o que eu pensei quando eu li um comentário feito num blog aí qualquer. É esse comentário aí abaixo:


Fala a verdade, não lembra essas picaretagens de esquemas de pirâmide do tipo Ação Entre Amigos, Ajuda Mútua e outros? Aliás, foi até baseado nesses esquemas. E sabe o que é curioso? É que esse comentário foi colocado justamente num blog que fala a respeito desses picaretagens de esquemas de pirâmide (ou esquemas Ponzi). Qual é essa picaretagem? Não vou falar não. Imagina só se eu ia falar que determinada "empresa" é na verdade um esquema de pirâmide ilegal e fraudulento e que quem participa dessa "empresa" está colaborando para uma fraude financeira. Não vou falar não. É A TELEXFREE!!!

Mas deixando de lado a sensacional proposta de comentários em blogs e a "empresa" que o tal blog (não, não vou dar o link do blog. Quem tiver curiosidade, UAPDG) defende que não passa de uma fraude financeira e que cujo nome, de novo, não vou falar (É A TELEXFREE!!!), vou falar a respeito do comentário.

De novo, é aquele velho mimimi, aquela velha lenga-lenga emotiva de blogs que encerram as suas atividades porque não são muito visitados, de blogs excelentes que ninguém visita (blogs do tipo Opera) e blogs que faturam pouco dinheiro. E que para isso não acontecer, foi providenciado esse maravilhoso esquema Ponzi de comentários em blog. E, por ser o jeneo criador dessa iniciativa jeneau, ele deixou os links dos 10 blogs dele. Afinal de contas, um jabazinho de vez em quando não faz mal, né?

E como é de se esperar de quem faz uma proposta dessas, são 10 BOSTAS de blogs. São blogs que se resumem a divulgar outros esquemas Ponzi, esquemas maravilhosos de conseguir muitas visitas para o seu site (que nunca funcionam) e, claro, blogs que se resumem a fazer CTRL+C, CTRL+V de notícias publicadas no G1, Terra, UOL, iG, R7, Folha e outros portais de notícias, além de algumas notícias publicadas em sites de fake news. Assim é fácil ter vários blogs. Depois não sabem porque os blogs são preteridos em relação aos vlogs.

O que? Você quer saber quais são esses 10 blogs? Melhor não, viu. É para o seu próprio bem não saber quais são esses blogs. Juro.

E, como se não bastasse tudo isso, o jeneo que propôs essa ideia jeneau pede para que os idiotas orelhudos que forem participar dessa sensacional proposta cliquem nas propagandas dos blogs. Ou seja, basicamente estão combinando cliques em anúncios. GGGGGEEEEEEEEEENNNNNIIIIIIIAAAAAALLLLLLLL!!!! ÓTIMO!!! Os serviços que disponibilizam anúncios em páginas da Internet gostam muito que se combinem cliques nas propagandas. O Google Adsense então, adora (item 5, subitens II e IV). Façam isso meus camaradinhas. Façam isso e vocês terão uma grata e ótima surpresa.

Jovem fotografa o velocímetro e morre. E Darwin faz mais um ponto.

Foi a primeira coisa que eu pensei quando eu li uma notícia de uma jovem que resolveu mostrar que é super vidaloka, tirando uma foto do velocímetro do seu carro a 170 km/h, mas perdeu o controle, caceteou uma pilastra de uma passarela e morreu. É essa notícia aqui, para quem não tem ideia do que eu estou falando.

Deem uma lida na notícia e voltamos logo em seguida...

...já leu? Ótimo.

Fala a verdade gente? Ela não é merecedora de um belo prêmio Darwin? Afinal de contas ela cumpre a todos os requisitos para ser laureada com tal honraria, que são:
  • Incapacidade de se reproduzir, afinal de contas, ela morreu.
  • Excelência, pois tirar a foto do velocímetro do carro a 170 km/h é uma ideia mais do que jeneau.
  • Autosseleção, pois ela tirou a foto por decisão exclusivamente dela.
  • Maturidade, tem 19 anos e dirige (ou melhor, dirigia). Tem pleno domínio de suas faculdades mentais. Se decidiu não usar, é outra história.
  • Veracidade, eis a notícia.
Uma pena que o Darwin Awards não possua uma filial, ou sucursal no Brasil. Senão, com certeza (é assim que se escreve, viu?), o prêmio seria dela.

Ah, e quase que eu me esqueço de falar. E o melhor de tudo é que a irresponsabilidade dela não custou a vida de nenhum inocente. É isso aí. Se quer morrer, que morra sozinha e não vitime ninguém.

Olha só o que a tendência dos "selfies" e de achar que é a pessoa mais importante do mundo, o centro do universo e achar que o mundo gira em torno do próprio umbigo pode fazer.
"Aiaiai, Lucho. Você não tem dó dela?"
Não, não tenho dó. Eu teria dó de uma eventual vítima que teria sua vida ceifada pela irresponsabilidade dessa maluca. Como ela se arrebentou sozinha, excelente.

PS: Sim, eu sei que essa notícia é velha e que o presunto já esfriou e já foi enterrado, mas só agora que eu tive tempo para escrever um texto a respeito. Me processa, oras.

Puxa vida! Como ninguém pensou nisso antes?

Depois de quase dois meses em que mantive o blog de molho, eis que volto com um questionamento bastante pertinente. Todo mundo sabe que um dos serviços básicos que a prefeitura deve oferecer a todos os seus munícipes é o serviço de limpeza.

E para garantir a limpeza das ruas, calçadas, praças, pontes e demais locais públicos da cidade é que existe a figura dos garis, esse pessoal que anda por toda a cidade varrendo e coletando todo o lixo da cidade.

Só que alguém percebeu que deve ser muito sofrido e cansativo para os garis carregarem e empurrarem aquelas pesadíssimas vassouras por toda a cidade.

E qual seria a solução? Substituir todas as vassouras por um grande e poderoso aspirador de pó, que aspiraria toda a sujeira encontrada na cidade. Até aquelas sujeirinhas mais escondidas.

De onde veio essa ideia de jerico fenomenal? Do maior repositório de perguntas e respostas absurdas da internet, o Yahoo! Respostas.


Pior que a pergunta do sujeito (e muito provavelmente ele fez essa pergunta a sério) são as respostas dadas. Pelo menos algumas respostas foram dadas por pessoas que tem cérebro, neurônios e fazem questão de usá-los. Não, não vou dar o link. UAPDG para quem quiser ver in loco a pergunta feita no Yahoo! Respostas.

E aí. Não é uma ideia de jerico fenomenal?

E eis essa foi a última vez que eu escrevo um texto a respeito dessas perguntas geniais feitas em sites de perguntas e respostas. Quer dizer, é a última vez que escrevo um texto sobre essas perguntas geniais aqui, pois decidi criar um blog só para coletar esses questionamentos geniais. O blog se chama Gênios Perguntam e foi inaugurado ontem com essa pergunta. É cada pérola que eu peguei nesses meses. Visite, vocês vão gostar.

E o MV-Brasil apronta mais uma.

Para quem não sabe (como se isso fosse possível), eu explico. O Movimento Pela Valorização da Cultura, do Idioma e das Riquezas do Brasil, ou simplesmente, MV-Brasil (não, não vou colocar o link do site deles, mv-brasil.org.br. Mesmo porque o site nem existe mais), como o próprio nome diz, é um grupo de pessoas que tem como objetivo defender o Brasil de todo tipo de domínio do maligno império malvadão ianque estadunidense. Seja o domínio político, econômico, militar, científico, tecnológico e, principalmente, cultural. Isso no papel.

Mas, como se diz por aí, no papel é lindo, na prática... Na prática as ações efetuadas pelos nobres guerreiros ultranacionalistas bem intencionados e de bom coração do MV-Brasil são vergonhas alheias dignas de pessoas que precisam urgentemente de uma pia e uma pilha de louça suja para lavar. Como por exemplo, dirigir uma bosta de quatro rodas que anda um Gurgel e ainda por cima defendê-lo, usar computador xing-ling para não financiar o maligno império malvadão ianque estadunidense, preferir guaraná de pobre Tubaína a Coca-cola, brigar com filho porque o filho ouve rock, cancelar curso de Inglês, achar ruim que na balada só toca música internacional. Além claro de atacar o Halloween, pois não há nada que mais fomente o nacionalismo e patriotismo típicos de sete de setembro que o Halloween. Essas e outras vergonhas alheias podem ser vistas (e lidas) nesse texto.

Isso quando eles não forjam material, como é o caso daquele livro didático que ensina crianças americanas que a Amazônia é uma reserva internacional. E não sei porque, mas eu acho que foi o pessoal do MV-Brasil que criou aquela carta da escritora holandesa falando sobre o Brasil.

Mas nada do que eu citei acima supera isso que está aqui embaixo:


É. Agora eles atacam Justin Bieber e enaltecem Luan Santana. E atacam com esse linguajar e expressão extremamente adulta, nada, nada infantil, séria e nem um pouco risível. Pois afinal de contas, Luan Santana também é cultura. E nacional. Viva Luan Santana e viva a curtura brasileira. E eu acho que seria perda de tempo dizer aos nobres guerreiros ultranacionalistas bem intencionados e de bom coração do MV-Brasil que JB é canadense.

E será que eu digo que, enquanto eu escrevi esse texto, eu ouvi Shout it out loud e I love it loud do Kiss e assisti South Park? Melhor nem falar, né?

A Maior proposta revolucionária de todos os tempos.

É isso mesmo. Encontrei nazinternétis a maior proposta revolucionária que alguém já poderia ter bolado. Uma proposta revolucionária bem ao sabor dos grandes comunistas, socialistas e anarquistas da história. Se Marx, Engels, Lênin, Trotski, Bakunin, Proudhon e outros estivessem vivos ficariam orgulhosos e com água na boca.

Chega de enrolação. A proposta revolucionária é essa que está abaixo:


Sim, publicada no Mídia Independente, sob o mote "Demita o patrão".

Claro!! Como que ninguém pensou nisso antes. Demitam os patrões, esses sanguessugas, lacaios filhos da puta do imperialismo e do capitalismo opressor e assassino (segundo as palavras do autor da campanha, que deve ser um grandíssimo retardado e débil mental). Eu chego perto do meu chefe e falo assim: "Chefe, você está demitido", a là Roberto Justus. Ou em inglês: "My boss, you-re fired", a là Donald Trump.

Das duas, uma. Ou o chefe iria dar várias altas e intensas gargalhadas ou, o que é mais provável, seria demitido. Que é o que almeja essa campanha revolucionária.

Seja demitido! Não tenha mais que viver sobre o regime opressor, assassino e imperialista do trabalho assalariado. Para que querer saber de ganhar salário se você não é livre? Vagabundeie Seja livre e viva sem nenhum tostão no bolso e com fome. Sobreviva de brisa e de fotossíntese e, se precisar de dinheiro, peça uma mesadinha para a mamãe, ou para o papai. Trabalhar para se sustentar? Besteira. Tolice. Idiotice. Toleima.

É isso aí meus camaradas revolucionários. Avante com a campanha. Pois tem coisas que só o Mídia Independente faz por você.

Saudações revolucionárias do camarada Lucho.

Doodle especial do Google para irritar pseudointelectuais.

Para quem ainda não viu (como se isso não fosse possível), é esse o Doodle ao qual eu me refiro:


E para quem ainda não sacou (como se isso também não fosse possível), o Doodle de hoje homenageia Leônidas da Silva, o diamante negro, o homem borracha, o criador da bicicleta e artilheiro da copa de 1938. Se vivo estivesse, hoje ele completaria 100 anos.

Bela (e muito legal) a homenagem da gigante de Mountain View para um dos grandes craques do futebol brasileiro (e do futebol mundial), o gênio, genial e genioso Leônidas da Silva. Sim, genioso. Antes mesmo do Heleno de Freitas, que muitos consideram o primeiro "craque problema" do futebol brasileiro, o Diamante Negro já aprontava das suas. Esse texto do UOL fala de algumas confusões que ele arrumou. Não só confusões, como polêmicas. Teve um jogador da seleção brasileira que jogou a copa de 1938 que disse que o craque teria recebido um suborno do Duce para não jogar a semifinal contra a Itália. O Brasil perdeu o jogo por 2 a 1.

Acredito que vários sãopaulinos, como o Avelino, devem ter gostado da homenagem prestada pela gigante de Mountain View. Só assim para esse pessoal ter alguma alegria com relação ao futebol, já que o Tricolor paulista... Aliás, perdeu ontem para o Criciúma. Tô falando.

E acredito também que essa homenagem do Google deve ter irritado muito os pseudointelectuais, aqueles tipinhos desprezíveis que odeiam o futebol e eventos relacionados ao futebol com todas as suas forças. Onde já se viu o Google prestar homenagem ao futebol e a jogadores de futebol?



Aliás, não só os pseudointelectuais, mas também deve ter irritado alguns babacas e idiotas (em geral, emtelequituais e jeneus de feicibuqui e comentaristas de portais de notícias e iutubi) por aí que nos últimos meses encamparam uma modinha idiota (perdoe-me o pleonasmo) de menosprezar, espezinhar, vilipendiar, maltratar, escorraçar (hipérbole, teu nome é Lucho) e odiar o ludopédio falando que é coisa alienante, que as entidades que administram o futebol são corruptas, que usam o futebol para lavar dinheiro, que a Rede Globo manda no futebol (e aqui junta o ódio congênito que o brasileiro tem pela Vênus Platinada. Ódio esse que vai até a hora que começa a novela), que o futebol desvia a atenção para o que é importante, que se gastou muito dinheiro para construir os estádios e que esses estádios são belos elefantes brancos. Novamente, onde já se viu o Google prestar homenagem ao futebol e a jogadores de futebol?

Babacas e idiotas esses que criaram e compartilharam imagens como essa:

 
Ou então essa:

 

Oras, se o futebol é usado para tudo isso e se tudo isso acontece com o futebol (e é verdade. Gosto do esporte, mas isso não me fez ficar idiota ou alienado a ponto de não ver o que acontece nos bastidores), isso não é culpa do esporte e também não é culpa dos atletas.

Certamente essa tchurminha idiota, logo após a vitória da seleção brasileira na final da copa das confederações (em que eu estava esperando ver a seleção se feder na copa das confuderações, mas quem se confuderou no final da final fui eu) comemorou e depois, claro, foi protestar e usou os mesmos pincéis, latas de tinta, sprays, cartazes e faixas usados para protestar e dizer "O Gigante Acordou" para dizer "O Campeão Voltou". Ué, mas o futebol não era alienante, não era uma coisa idiota, os estádios não são elefantes brancos superfaturados e desviava a atenção daquilo que era importante?

E, para quem quiser continuar com essa pinimba com relação ao nobre esporte bretão, saibam pois que um dos melhores congressistas do país (senão o melhor, e um dos poucos dentro daquele antro que merece ser reeleito) é um ex-jogador de futebol. E ninguém dava nada por ele, peixe.

E para terminar...


Sim, o chocolate Diamante Negro recebeu esse nome para homenagear o grande jogador. E não, não estou fazendo propaganda do chocolate. Mas se a Lacta (ou mesmo a Kraft) quiser dar um dinheirinho, a casa agradece.

Aí escritora holandesa, toma mais essa.

A "escritora holandesa" a que eu me refiro é aquela "escritora" que escreveu aquela "carta" sobre o Brasil. Aquela mensagem nacionalista, ufanista, idiota e claramente mentirosa que, ora aparece como "carta de uma escritora holandesa sobre o Brasil", ora aparece como "o que uma brasileira que mora na Holanda fala a respeito do Brasil" e mais recentemente apareceu uma versão como "carta de uma jornalista holandesa sobre o Brasil". É, os hoaxes apresentam alta mutabilidade. Eu escrevi um texto rebatendo cada um dos pontos daquela carta. Deu que o texto é, disparado, o mais comentado daqui do blog e rendeu defesas apaixonadas e ataques irados em relação ao meu ponto de vista.

Mas deixando as defesas e ataques de ira de lado (e não, não mudo o meu ponto de vista). Um dos pontos mais... como direi... engraçados, de TÃO sem noção ALGUMA da realidade foi o ponto 17. Aquele que diz o seguinte:
"17. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados"
 Qual foi a minha primeira reação após ter lido isso? Essa:

UAUAHUAHUHAUHAAUHAUHAUHAUHAU
UHAUHAUHAUHAUHUHAUAHAUHUHAUA
AHUAHAUHAUHAUAHAUHAUUAHUAHHA
UHAUHAUHAUHAUAHUHAUHUAUHAUHA
UAHAUAHAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUH
UHAUHAUHAUHUHAAUHAUHAUHAUHAU

E é essa a minha reação toda vez que eu leio esse item. Só um completo alienado para dizer um negócio desses. Alienados ou então ultranacionalistas (existe diferença?) à la MV-Brasil (aliás, as vezes me pergunto se não foi o pessoal desse tal de MV-Brasil quem criou essa "carta" ufanista, imbecil e mentirosa? Eles já fizeram coisa pior. Mas já estou divagando).

Bom, para esse pessoal que acredita realmente nesse ponto, aqui vai uma imagem:


Pois é. 50 (CINQUENTA!!!!!!!!!!!) deputados deixaram de votar no processo de cassação de um deputado corrupto e condenado pelo STF, aquela entidade que aquele deputado boçal e militontos em geral querem destruir. Olha só que legal. Eis aí o congresso trabalhando, se empenhando, se movimentando e, principalmente, punindo os seus próprios membros acusados de corrupção.

Vai idiota. Vai trouxa. Continua compartilhando essa carta estúpida. Vocês querem continuar acreditando que o que está na carta é verdade, porém a realidade, essa danadinha, trata, insistentemente, de mostrar que ela não passa de um texto mentiroso, ufanista e imbecil.

E a imagem é desse texto do Governismo, a doença infantil, o meu blog preferido sobre política. Um dos poucos blogs de política que não são uma porcaria.

Links da semana - 35.

E aí vai mais uma lista de textos. Vamos lá.
E é isso. Aproveite as leituras da mesma maneira que eu aproveitei.

Links da semana - 34.

E segue mais uma lista com textos que me prenderam a atenção. Vamos lá então?
É isso aí. Aproveite as leituras e até a próxima.

Cronograma do golpe que se segue para 2014.


É gente. Estamos prestes a viver e presenciar um iminente golpe de Estado para o ano que se avizinha. Ou 2014, para ser mais preciso. E que golpe será esse? Bem, aí depende da ideologia do idio... da pessoa.

Se for um direitardado direitista, o idio... a pessoa dirá que o Foro de São Paulo, os comunistas, os socialistas, os petralhas, os ateus, o PT, o PSTU, o PCdoB, o PCB, o PCO, o PSOL, as FARCs, o PCC, a Ação Libertadora Nacional, os sindicatos, o Movimento Passe Livre, o Cesare Batistti, o MST, toda esquerda brasileira e demais esquerdopatas farão um golpe comunista em 2014.

Já se o idio... a pessoa for um esquerdiota esquerdista, dirá que o Instituto Millenium, azelite, a burguesia, os militares, os liberais, os neoliberais, os libertários, os militares de pijama, o PSDB, o DEM, a UDN, a TFP, a Opus Dei, a Montfort, a marcha com Deus e pela Família os sedevacantistas, os Integralistas, a Imprensa Golpista™, toda a direita brasileira e demais reaças farão um golpe militar de direita em 2014.

Quanto a mim? Bem, prefiro ficar olhando os dois lados do puteiro se debatendo e se batendo (e de preferência, que se matem), e vendo que não só os blogs políticos são uma bosta como os politizados e politiCUzinhos de Internet são um bando de retardados e débeis mentais.

Tô certo? Claro que eu tô. Como sempre.

Texto revisado e revisitado.

Meu novo vício na Internet: Sites de fake news.

É, tenho que admitir. Acabei por ficar viciado em sites de fake news, esses sites que só divulgam notícias e reportagens falsas e que tiveram sua origem nos Estados Unidos com o The Onion. Pois sempre é assim, algum site faz sucesso lá fora (subentenda-se nos EUA) e aqui no Brasil trata-se de criar várias cópias desse mesmo site. Foi assim com o Digg. Quando o Digg ainda era relevante e fazia sucesso, foram criadas no Brasil diversas cópias FRACASSADAS dele, os digg-likes. E o "diversas" da frase anterior não foi hipérbole. Sem putaria, de cabeça consegui me  lembrar de 11 (sim. Onze!!) cópias verde-e-amarela do digg. Todas elas um belíssimo e retumbante fracasso. Tão fracassadas que de 11, só sobrou uma, igualmente fracassada, que é o Dihitt, que continua de pé e estertorando até hoje não sei como.

Já com os sites de fake news (ou notícias falsas, caso você seja um purista que odeia estrangeirismos) não aconteceu isso. Surgiram vários, mas nenhum deles virou um fracasso. Pelo contrário. Todos são e fazem sucesso, são bastante vistos e produzem material muito bom, engraçado e de alta qualidade, a ponto de um desses sites ter ganho um programa no Multishow.

Mas eu fiquei viciado não foi só por causa do bom material produzido por esse pessoal. Eu me divirto tanto com as matérias como com o pessoal que acredita no que esses sites publicam, mesmo com todos eles escancarando de que nada do que eles publicam é verdade e é para ser levado a sério. Pelo visto frases como "um jornal isento de verdade", "falsiê, mas sem farsas", "um portal que rechaça a realidade dos fatos", "a sátira do jornalismo piauiense", "compromisso com pouca coisa" e outras devem ser complicadas demais para a galerë entender.

E nesse balaio de gente que acreditou nessas notícias estão presentes muitos portais e sites noticiosos, tanto nacionais como internacionais, que acreditaram em "notícias" como a clássica notícia da mulher que engravidou assistindo filme pornô 3D (gracinha do Sensacionalista e que MUITA gente acreditou), ou a decisão do STF de multar quem chamar político de ladrão (peripécia do G17), ou a bombástica revelação de que Chuck Norris é gay (trollada do Diário Pernambucano), ou a revelação de que Marqui Zuquebergue estaria #chatiado com os usuários brasileiros do feicibuqui (outra peripécia do G17), ou de que Suzana Richtoffen virou pastora e foi nomeada para a CSSF (outra trollada do Diário Pernambucano), ou o bolsa-prostituta de R$ 2000,00 (gracinha do Joselito Müller e que acabou lhe rendendo problemas com o pessoal de baixo poder cognitivo) e outras que eu não me lembro agora. Fazer o quê? Não se tem mais Carl Bernstein, Samuel Wainer e Bob Woodward como tinha antigamente. O que se tem atualmente é Reinaldo Azevedo, Augusto Nunes, Paulo Henrique Amorim, Rachel Sheherazade, Fábio Pannunzio, Leonardo Sakamoto. Quanta diferença.

Blogs também são frequentes acreditadores dessas notícias, mas esses aí nem conta. Afinal de contas é muito fácil enganar blogueiros burros, idiotas e manés (90% de todos os blogueiros existentes no Brasil e no mundo). Infelizmente não é todo mundo que tem o luxo de ser o Lucho (sim, usei um trocadilho. Me processe).

Teve até político burro que acreditou. Isso sem falar de quando foi exposta a inteligência inteligentíssima da intelligentzia dos neoateus, chateus e ateus-de-fim-de-semana.

Quais são esses sites? São esses (caso eu tenha esquecido de algum, é só me falar):
De novo, se eu esqueci de algum, é só avisar.

Me pergunte-me tudo, não me esconda-me nada - Reloaded.

Esse texto vai ser para anunciar o novo serviço de perguntas e respostas que eu comecei a usar. O "Reloaded" é por causa de um texto que eu escrevi anteriormente anunciando a minha conta no Formspring. Acreditei que o Formspring fosse encerrar as atividades e fechei a conta que tinha por lá.

E o serviço que eu me inscrevi foi o ask.fm. Sim, o famoso ask.fm. No pouco que eu frequentei o site antes de criar a conta pude ver que ele parece ser bem melhor que o Fomspring, justamente por não ter as viadagens que este tem, como, por exemplo, só quem tem conta no Formspring ou no feicibuqui pode perguntar e ter a conta eliminada após 18 meses de inatividade.

Bom, falei demais e não dei o endereço da minha conta. Quem quiser me fazer perguntas é só acessar: ask.fm/luchocamp. Podem perguntar o que quiser e qualquer um pode fazer uma pergunta. Eu vou deixar. Mas, assim como eu escrevi naquele texto, não pensem que eu vou tolerar qualquer merda. Perguntas feitas de maneira maliciosa e capciosa serão respondidas à altura e com o sarcasmo que merecem (ui que meda!).

E, assim como eu escrevi naquele texto, eu sei que o título do texto contém um erro gramatical grave. Não encham o meu saco, professores Pasquales da Internet.

Agora um vídeo para alegrar os governistas.

E aí pessoal. Faz tanto tempo que eu não escrevo aqui. O meu último texto foi ainda no semestre passado onde eu disse que eu preparei a minha torcida para ver a seleção brasileira se feder na final da copa das confuderações, mas no final da final, quem se confuderou fui eu. A seleção brasileira ganhou, houve comemoração para depois haver protestos contra os estádios e as emissoras (subentenda-se apenas a grobu) e os mesmos cartazes, tintas e pincéis que foram usados para protestar contra a copa e escrever "O Gigante Acordou" também foram usados para escrever "O Campeão voltou". Aproveitei então para voltar com as atividades nesse dia tão especial. 13 de julho, dia mundial do Rocky Roque Rock.

Mas o que tudo isso que eu escrevi no primeiro parágrafo tem a ver? Na verdade tem mais a ver com o penúltimo texto que eu escrevi e falava a respeito das manifestações que aconteceram no mês de junho do "gigante que acordou" mas que parece que voltou a nanar. O vídeo fazia uma piadinha contra o governo e contra o PT (heresia! Golpismo!) e isso causou um mimimi desgracento entre a militância. Uma síntese desse mimimi pode ser vista (e lida) aqui.

Bem, para esse pessoal que ficou de mimimi e de beicinho por causa daquele vídeo, aqui vai outro vídeo, que dessa vez vocês vão gostar:

É esse o vídeo. Satisfeito agora, governistas? Mas é claro que esse vídeo vai causar mimimi no outro lado do chiqueiro. Mais precisamente dentre os adeptos do Ramphastos toco, que vão começar a chamar o Maurício Ricardo (e a esse blogueiro) de petralha, de pelego, de governista e acusar o MR de ter recebido dinheiro do governo para fazer essa charge (como se o MR fosse jornalista ou blogueiro progre$$i$ta). Blogs políticos e politizados de Internet são uma bosta.

Já estou na torcida

[Me fudi. Tomei no meu cu. E ardeu.]

Como foi bem lembrado pelo pessoal do BlaBlaGol, hoje, daqui a pouquinho, teremos a final da Copa das Confederações. Aliás, que horário mais escroto para a partida. As 19 horas? Porra FIFA.

Eu já preparei a minha torcida.

Sim, preparei a minha torcida para ver a seleção brasileira se feder na final da Copa das Confuderações, que é o que vai acontecer. Acredito que a selelixo vai perder de 1 a 0, ou de 2 a 1, já que a seleção espanhola não é de marcar muitos gols (exceto contra o Taiti).

E enquanto eu escrevi esse texto, a seleção italiana fez 2 a 1, o Uruguai empatou e acabou de começar a prorrogação.

E para quem ficou curioso, esse torcedor que aparece no vídeo chama-se Manuel Cáceres Artesero, porém é mais conhecido como "Manolo, el del Bombo" (Manolo em espanhol é apelido para Manuel. Assim como Lucho em espanhol é apelido para Luís ou Luciano). Quem quiser saber mais sobre a figura pode ver aqui (Yeah, in English. Sorry) ou ler aqui ou aqui (Sí, los dos en el Español. Lo siento).

E esse é o meu último texto no primeiro semestre de 2013. A todos, feliz semestre novo.

O vídeo que ofendeu os governistas.

O vídeo é esse aqui. Vejam e se divirtam:


Link para o vídeo (para quem estiver lendo o texto pelos Feeds. Sim, eu acredito que exista)

Pois muito bem. Esse vídeo (muito engraçado, hilário e muito bem feito por sinal) causou a ira da militância petista, governista e etc e tal. Sabe, aquele pessoal que atuou arduamente durante a AP (Ação Penal) 470 (a.k.a "julgamento do Mensalão") para mostrar que o Mensalão jamais existiu, que Zé Dirceu é inocente, que Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, Loira do banheiro, fantasmas, ET de Varginha, chupa-cabra e o Acre existem, que Elvis não morreu, que nenhuma bomba atômica jamais foi detonada, que o aquecimento global é uma farsa, que o homem nunca pisou na Lua e que o Curiosity nunca aterrissou em Marte (aterrissar em Marte. Tá certo isso?), como eu escrevi nesse texto.

Essa ira pode ser vista aqui (ai meu Deus. Volta a ser só ator Zé de Abreu. Como ator você é excepcional), aqui e aqui. Outros mimimis (que certamente virão) podem ser vistos aqui. Como bem disse o Governismo, esse pessoal conseguiu ser mais intolerante que os camelinhos de Alá quando foram feitas as charges de Maomé.

Os governistas estão stalkeando, monitorando e perseguindo até vlogueiros? Agora foi o Porta dos Fundos. Tomem cuidado agora Clarion, Felipe Neto, Kéfera, Pirulla, Cauê Moura, IzzyNobre, Otário. Vejam lá o que vocês vão falar de agora em diante.

Sorte que os blogueiros não estão sendo patrulhados. Então eu posso ficar tranquilo aqui na minha. Aliás, eu, o pessoal do Sensacionalista, do meiUnorte, do G17.

Depois dessa, os fãs do CQC terão uma síncope.

Falo em especial daqueles fãs do programa que se acham cultos, politizados e intelectuais por assistirem o programa e consideram heresia e atacam todos aqueles que criticam o programa que os faz parecer inteligentes. Eu sei como é esse pessoal pois eu estava virando um desses. Porém um daqueles bem chatos, insuportáveis e até mesmo intolerantes. Sorte que acordei a tempo. :-)

Todo mundo sabe que um dos passatempos prediletos dos fãs do CQC é atacar, desdenhar e desmerecer o Pânico, dizendo que o programa é apelativo, é sem graça, é humor forçado e que "humor inteligente" é o CQC. Aliás, sobre esse negócio de "humor inteligente", essa praga que tem se disseminado pelo Internet, li uma frase dizendo que quem (diz que) faz "humor inteligente", no fim das contas não faz humor, não é inteligente e sequer é minimamente engraçado. Concordo ipsis litteris com essa frase.

Bom, mas o fato é que os fãs do CQC dizem que o Pânico é apelativo, sem graça e grotesco. Como se o CQC fosse extremamente refinado. Fazia uns 2 anos que eu não assistia ao programa pois via que o programa já deu o que tinha que dar. Fui assistir a algumas semanas atrás e não aguentei mais do que 30 minutos. A paciência, o sono e a vergonha alheia falaram mais alto. Fiquei impressionado em ver como que um programa conseguiu ficar tão ruim em tão pouco tempo (5 anos). O Casseta e Planeta, pelo menos, levou 12 anos para virar a bosta que virou.

Sim, de fato o Pânico tem os seus momentos apelativos e grotescos (Ronaldo!!), mas o programa já produziu coisas boas. Primeiramente que, pelo menos na minha opinião, os melhores humoristas da atualidade estão lá, que são o Carioca, o Ceará e o Eduardo Sterblitch. Depois tem o jornal do Bóris, que é um quadro muito bom. E a sacaneada que eles fizeram para cima do progre$$i$ta Paulo Henrique Amorim, do Edir Macedo, da Record e da Univer$al foi uma coisa fantástica e sensacional. E não tendo diretamente a ver com o programa, a campanha publicitária da AMD com o Edu Sterblitch como o Melhor do Melhor do Mundo ficou muito boa (os vídeos são esse e esse). Nunca vi o CQC e nem o pessoal do CQC (que ora se definem como humoristas, ora se definem como jornalistas, dependendo da ocasião, é claro. Bem o como o programa que ora se define como humorístico, ora se define como jornalístico e ora se define como informativo) fazer algo do mesmo nível.

Bom, para os fãs do CQC, aqui vai um singelo texto. É esse aqui. Leia-o e voltamos logo em seguida (para aqueles que conseguirem se recompor depois da síncope)...

... voltamos.

Para os que se conseguiram se recompor da síncope. Pois é. O líder do programa elogiou a Pânico (CHOCANTE!!!!). Não só isso, o líder do programa não só elogiou o Pânico como rejeita esse rótulo de "humor inteligente" (MAIS CHOCANTE AINDA!!!!).

E vou chocar ainda mais vocês. O Pânico é um programa original enquanto que o CQC é uma cópia (na verdade é um formato franqueado de um programa argentino). Choque o suficiente? Mas tem mais. Os 30 segundos do Pânico valem mais que os 30 segundos do CQC. Super-hiper-mega-ultra chocado? Pois é. No domingo, chega a valer até 65% mais. E mesmo na reprise de sexta a noite, vale 36% a mais. Aqui os valores. Não é nenhum Super Bowl, mas...

Choquei o suficiente? Chocados o suficiente?

Mas se você ainda continua com essa de "humor inteligente", sugiro que procure por Humor Inteligente (de verdade e com iniciais maiúsculas). Procure por Monty Python (comece com esse aqui. Fácil de entender e ainda por cima legendado. Só para aquecer). Ou então procure por George Carlin (Pode ser essa, uma das melhores apresentações dele), o melhor StandUp comedy que já existiu. Aquilo que o ridículo StandUp comedy brasileiro jamais será. Ou então, como foi bem lembrado pelo André/Pryderi, vejam o Colbert Report, aquilo que os fãs do CQC acham que o CQC é.

Vinte centavos por um Dia do Basta contra tudo isso que está aí?

[Lucho sendo sério. Ou tentando ser...]

Depois de muito tempo decidi dar os meus dois (quer dizer, vinte) centavos a respeito dessas manifestações que estão acontecendo em todo o país.

Primeiramente o que eu queria falar é que eu não sou contra manifestações. Caralho, eu tiro um sarro danado do pessoal que se mobiliza demais no sofá e de menos na vida real (sim, para mim há separação entre o que acontece na Internet e o que acontece na vida real. Dá licença?). Tiro sarro desse pessoal aqui no blog, tiro sarro desse pessoal no Tumblr e tiro MUITO sarro desse pessoal no Facebook. Tanto a ponto de já ter recebido um monte de block, seja de páginas, seja de usuários. Mas eu nem ligo


E em relação a essas manifestações em particular, essa é uma pergunta que eu sempre faço. Será que, enfim, o pessoal está vendo que revolução de sofá não adianta nada? Que tenha sido por conta de vinte centavos. Que seja.

Agora, não é porque eu não sou contra manifestações que eu vou deixar de fazer uma crítica, fazer uma observação a respeito, deixar de falar das coisas ruins que aconteceram ou então falar de algo que está me incomodando. Afinal de contas eu criei esse blog não foi para ficar quieto (ui! Que meda do Lucho! Arrepiei!).

Uma coisa ruim que aconteceu foram as depredações, pichações, quebra-quebra e outros tipos de vandalismo, confronto entre manifestantes e policiais, saques em lojas, agências bancárias que foram saqueadas e destruídas (OK, bancos são um bando de filhos da puta, mas não justifica. Além de que, os grandes e verdadeiros filhos da puta sequer trabalham nas agências). Além de boçais que aproveitaram o ensejo para expor a sua boçalidade em sua total altivez e plenitude. Boçalidades como essa, essa, essa, essa e essa. É lamentável.

Bem como também foi lamentável os militantes de partidos que foram agredidos pelos manifestantes simplesmente por usarem camisetas e bandeiras de partidos. Eu particularmente acho os partidos uma praga e eles se aproveitarem de manifestações como essa, por puro oportunismo, é inaceitável. Mas mais inaceitável é agredir e expulsar pessoas de manifestações por conta de bandeiras e camisetas (até imagino a cena. Os militantes de partidos sendo socados e expulsos do protesto sob os gritos de "sem violência"). Gostem ou não, queiram ou não os manifestantes, os partidos, o pessoal mais partidário, militantes e filiados a partidos também têm todo o direito de se manifestar e de se juntar ao protesto. Desde que não o faça de maneira oportunista, é claro.

Porém o que fez com que eu escrevesse esse texto foi ver que o protesto, que tinha uma pauta e uma reivindicação bem definida (diminuição das passagens de ônibus e "passe livre", essa coisa utópica) começou a incluir causas e mais causas das mais diversas e variadas, como o combate a PEC 33, combate a PEC 37, combate a "cura gay" aprovada pelo pastor viadinho (aquele do cabelinho), auditoria das obras da Copa, contra a Copa, pela diminuição dos impostos, Fora Fulano, Fora Beltrano, Fora Cicrano. Além dos já consagrados protestos "contra a corrupção", "pela educação", "contra a violência", "a favor da paz", "por mais saúde", "por serviços públicos de qualidade", esses protestos ultragenéricos em que não dá para para ser contra.

Não pode esquecer a máscara de Guy Fawkes. E obrigatória.

Periga do protesto se desfocar, se desnortear e acabar virando (se é que já não virou. [ATUALIZAÇÃO]: Já virou) um enorme "Dia do Basta" ou então uma grande "marcha contra a corrupção", bem ao estilo daquelas que já aconteceram dezenas de vezes em feriados (e isso não é exagero ou licença poética). Enfim, esses movimentos "contra tudo e todos" e "contra tudo isso que está aí" que nunca deram em nada. Que nunca deram, nunca dão e nunca darão em nada.

E quem acha que estou sozinho nesse pensamento, saibam que eu não estou sozinho não. O El País (será que ele é da Imprensa Golpísta™?) chamou essas manifestações de "esquizofrenia". O texto é esse aqui.

E para finalizar. Antes que você queira me xingar aqui nos comentários, me responda uma pergunta: O protesto da qual você vai participar (ou já participou) hoje, foi contra o que mesmo?

Adivinha quem disse a frase? - 2

O algarismo 2 está presente no título do texto pois eu já tinha escrito um outro texto com o mesmo título. E assim como naquele texto, o texto será sobre uma frase que eu li por aí. A frase desse texto está abaixo:
"O que museu tem a ver com educação?"
Quem acha que essa frase foi dita por um boçal de Internet... errou. Bom, quer dizer. Acertou em partes, pois foi dita por um boçal. Mas não de Internet e sim de ministério. O autor dessa pérola é o ministro da educação (!!!!!!) Aloísio Mercadante. Olha só nas mãos de quem a nossa educação está entregue. O ministro teria dito essa preciosidade ao visitar um dos museus da Fundação Joaquim Nabuco, em Recife.

Pois é. É ministro da educação que acha que museus são inúteis, é programa de P&D que está servindo mais para intercâmbio e turismo linguístico, é ex-diretor do Butantan chamando o acervo histórico perdido num incêndio de "bobagem medieval". Estamos bem. Estamos muito bem.

Links da semana - 33.

Depois de um tempo grande do caralho (a última vez foi no dia 6 de outubro, antes do fim do mundo e a menos de 24 horas da palhaçada "festa da democracia"), eis que volto a postar os links da semana. Aí vão eles:
E é isso. Aproveite as leituras.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Onde me encontrar

Onde podem me encontrar

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST