Pesquisar este blog

Jovem fotografa o velocímetro e morre. E Darwin faz mais um ponto.

Foi a primeira coisa que eu pensei quando eu li uma notícia de uma jovem que resolveu mostrar que é super vidaloka, tirando uma foto do velocímetro do seu carro a 170 km/h, mas perdeu o controle, caceteou uma pilastra de uma passarela e morreu. É essa notícia aqui, para quem não tem ideia do que eu estou falando.

Deem uma lida na notícia e voltamos logo em seguida...

...já leu? Ótimo.

Fala a verdade gente? Ela não é merecedora de um belo prêmio Darwin? Afinal de contas ela cumpre a todos os requisitos para ser laureada com tal honraria, que são:
  • Incapacidade de se reproduzir, afinal de contas, ela morreu.
  • Excelência, pois tirar a foto do velocímetro do carro a 170 km/h é uma ideia mais do que jeneau.
  • Autosseleção, pois ela tirou a foto por decisão exclusivamente dela.
  • Maturidade, tem 19 anos e dirige (ou melhor, dirigia). Tem pleno domínio de suas faculdades mentais. Se decidiu não usar, é outra história.
  • Veracidade, eis a notícia.
Uma pena que o Darwin Awards não possua uma filial, ou sucursal no Brasil. Senão, com certeza (é assim que se escreve, viu?), o prêmio seria dela.

Ah, e quase que eu me esqueço de falar. E o melhor de tudo é que a irresponsabilidade dela não custou a vida de nenhum inocente. É isso aí. Se quer morrer, que morra sozinha e não vitime ninguém.

Olha só o que a tendência dos "selfies" e de achar que é a pessoa mais importante do mundo, o centro do universo e achar que o mundo gira em torno do próprio umbigo pode fazer.
"Aiaiai, Lucho. Você não tem dó dela?"
Não, não tenho dó. Eu teria dó de uma eventual vítima que teria sua vida ceifada pela irresponsabilidade dessa maluca. Como ela se arrebentou sozinha, excelente.

PS: Sim, eu sei que essa notícia é velha e que o presunto já esfriou e já foi enterrado, mas só agora que eu tive tempo para escrever um texto a respeito. Me processa, oras.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST