Pesquisar este blog

Minha campanha política para 2014.

Já que o mundo não acabou em 2012, eis então que mais um ano se inicia. 2014. E caso alguém tenha se esquecido, como todo ano par, o ano de 2014 é ano eleitoral. E como em todo ano eleitoral, teremos campanhas eleitorais.

E, assim como aconteceu em 2012, as campanhas eleitorais também estarão presentes na Internet. Já que eu falei de Internet e de campanhas eleitorais, aproveito para lançar a minha campanha eleitoral, na Internet :-P. Ela é bem simples e singela, além de ser direta e não vou incorrer em campanha antecipada, caso o TSE venha aqui queirendo encher o saco. É a seguinte. Aí vai.:
"Faça campanha política/eleitoral na minha timeline, no meu blog ou no meu e-mail e leve um BAN!"
Isso mesmo. Não vou perdoar. Quem invadir meus espaços particulares fazendo campanha para qualquer vagabundo que seja, será excluído, e se eu estiver de mau humor (o que é raríssimo disso acontecer), levará um block. E é sério. Se eu posso fazer isso? Posso e vou.
"Mas Lucho. Essa sua atitude é muito autoritária."
Em primeiro lugar, quem foi que disse que a minha lista de amiguinhos é uma democracia? Pois não é não. Minha lista de amiguinhos não é uma democracia. É uma lista privada e ser aceito como meu amiguinho e poder interagir comigo é um privilégio. Além de que, como nenhum dos meus amiguinhos de Internet são meus Amigos (de verdade e a inicial maiúscula), excluir quem quer que seja não vai acrescentar um grama de peso na minha consciência.

E em segundo lugar, quem disse que eu estou impedindo a pessoa de se manifestar, ou que estou cagando regra sobre o que a pessoa deve postar? Pois não estou não. Quer fazer campanha para algum vagab... político? Pois então faça. LONGE de mim.

Ficar usando de "democracia" para encher os meus espaços particulares na Internet com lixo eleitoral? Comigo não, meu bem.

Definitivamente políticos não têm vergonha na cara. Até na Internet, políticos só querem saber do cidadão quando é para pedir votos. Basta ver o twitter do Haddad. Depois que foi eleito, abandonou o twitter (já faz mais de 1 ano que a conta está largada as traças). Ou então o twitter do Jonas Donizette, prefeito daqui de Campinas, que assim que se elegeu também sumiu do Twitter.

E a Dilma, então? Depois que foi eleita, ficou sem postar mensagem alguma durante um tempão. Só depois de quase 3 anos, voltou a postar novas mensagens por lá, e desde então, voltou a ser ativa no twitter. Será que é por causa das eleições de 2014? Imagina. É só uma coincidência.

E não são só os três. Vai você entrar em contato com algum político (por e-mail, Facebook, Twitter, Blog ou seja lá o que for). Por essas e outras que eu simplesmente detesto ano eleitoral. Não basta as ruas ficarem sujas. A Internet também fica poluída.

Para os políticos que só querem saber do cidadão só na hora de pedir votos, deixo essa pérola de sabedoria cantada pelo saudoso Bezerra da Silva:


Link para o vídeo

E é isso aí. Mau humor logo no primeiro dia do ano e no primeiro post do ano. Para começar bem o ano.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST