Pesquisar este blog

E na bunada não vai dinha, né senhores manifestantes?

Diz aí. O que você tem a dizer depois de ver a imagem abaixo e após ler essa reportagem pessimamente escrita do UOL:


Legal isso, né? Que coisa mais legal. Fazendo bonito com o chapéu dos outros. Ou então gozando com o pau dos outros. Assim é fácil, né? E uma ideia de jerico dessas só poderia ter saído do Facebook, ou Orkut 2.0.

Eu só quero saber quem é que vai pagar a conta? Caso quem tenha feito essa proposta de merda saiba (é óbvio que não sabem), mas alguns provedores de Internet determinam uma quantidade de dados que o usuário pode usar no mês. Caso o usuário ultrapasse essa cota, ou ele paga a mais pelo excedente ou então a velocidade da conexão cai a níveis que fariam 1998 parecer o futuro (quando que não foi?). E aí? Quem vai pagar isso? Os manifestantes?

Sem contar que retirar uma proteção de uma rede (seja com fio ou sem fio) é algo bastante inteligente. Imagina só se eu tirar a senha do meu wi-fi e, de repente, um criminoso decidir usar a minha conexão para cometer algum crime, como invadir um banco, compartilhar uma imagem de pornografia infantil, realizar um ataque DDoS, realizar uma fraude bancária ou outras coisas lindas do gênero. E tudo isso será realizado sob o meu endereço IP. Advinha quem é que vai se fuder nessa história? Adivinha quem é que vai tomar no cu nessa história?

Mas o wi-fi vai ficar sem senha que é para que o pessoal mostrar o que está acontecendo, possa mostrar informações que a imprensa-golpista-burguesa-conservadora-fascista-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis não mostra e (me esforçando para não rir) possa organizar melhor as manifestações. Tem gente que passa tempo demais na Internet e tempo de menos... vivendo. Também tem gente que leva a Internet a sério demais. E tem gente que ainda leva a sério aquela ideia de que se não fosse a Internet, a primavera árabe jamais teria acontecido. Ou seja, aquele pessoal que ocupou a Praça Tahrir, aquele pessoal que foi às ruas e levou paulada, borrachada e sprayzada da polícia e aquele comerciante tunisiano que deu uma de monge vietnamita e ateou fogo ao próprio corpo, todo esse pessoal não serviu para nada.

Será que esse pessoal assim tão tecnófilo e que acha que sem a Internet a primavera árabe jamais teria acontecido, também acha que sem o telégrafo a revolução russa e a revolução francesa jamais teria acontecido? Ou que sem as gravações de áudio e de vídeo a revolução iraniana jamais teria acontecido? Ou então que sem o telefone e o correio os protestos contra a DITADURA MILITAR do Brasil jamais teriam acontecido?

E antes que alguém fale alguma coisa, sim, eu sei que tanto aquele texto pessimamente escrito do UOL, quanto essa ideia de jerico surgida no Facebook, quanto essa imagem se referem aos protestos de junho e julho de 2013. Porém, como estão sendo prometidos os mesmos protestos agora para esse ano de 2014, vai que essa ideia jenealíssima acabe ressurgindo.

E em se tratando daqueles protestos que tomaram conta do país em junho e julho do ano passado que alguns acham que vão se repetir nesse ano, é bem capaz que os protestos desse ano novamente descambem e virem um dia do basta contra tudo isso que está aí, ou então vire uma enorme micareta fora de época (quando não uma micareta fascista). Ou seja, vai liberar wi-fi para que O Gigante Que Acordou™ e decidiu participar das grandes micaretas fora de época tirar fotinhas, aproveitando o momento e por diversão, e depois postar essas fotinhas no feicibuqui e no istragão? Não as minhas custas.


Parabéns aos guerreiros do wi-fi que criaram essa proposta tão bem intencionada. Só serviu para confirmar ainda mais aquela história de que tem um lugar cheio de boas intenções como essa.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Onde me encontrar

Onde podem me encontrar

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST