Pesquisar este blog

Confirmado. O Acre existe sim e lá tem água.

Sempre é feita a piadinha de que o Acre não existe. Mas como todo piadinha, ela não necessariamente reflete a realidade. E a realidade mostra que o Acre existe sim. As provas:
  • A primeira prova de que o Acre existe é a de que, há alguns anos atrás, o Guarani foi jogar uma partida pela Série C (ai ai) contra o Rio Branco Football Club na cidade de Rio Branco, capital do estado que dizem que não existe. Perdeu. Aliás, levou de 4 a 2.
  • A segunda prova de que o Acre existe é a de que, um ano depois do Guarani, foi o Santos que enfrentou o mesmo Rio Branco, na mesma cidade de Rio Branco, mas pela Copa do Brasil. E ao contrário do Guarani, ganhou de 2 a 1.
  • A terceira prova de que o Acre existe é a de que meu blog recebe visitas de lá.
  • A quarta prova de que o Acre existe vem com uma pergunta. Qual a origem de políticos como Marina Silva, Tião Viana, Tião Bocalom, Jorge Viana e Sérgio Petecão? Isso mesmo, Acre.
  • A quinta prova de que o Acre existe é a de que ele perfaz 365 voltas em torno do sol. Ok, existe. Mas não necessariamente faz parte da Terra.
E a sexta prova de que o Acre existe é o vídeo abaixo, mostrando que não só o Acre existe como, ao contrário de São Paulo, lá tem água:


Link para o vídeo

Impressionante isso, não?

Aliás, não só no Acre que há água. No Nordeste, por incrível que pareça, ao contrário de São Paulo, também tem água. Duvida? olha aí o vídeo:


Link para o vídeo

Incrível, não?

Mas será que no Acre existe uma cidade que ficou entre as 10 cidades mais feias do mundo? Aliás, feia, suja, fedida, velha, poluída, degradada, cara.

E será que no Acre também existe preconceituosos, mimizentos e floquinhos de neve que ficam ofendidos com esse pessoal que fica ostentando opulência ao mostrar uma torneira saindo água (sim, teve floquinha de neve que ficou ofendida com o moleque ostentando monóxido de diidrogênio)?

E para quem não gostou desses vídeos, o choro é livre. Mas vá chorar lá no Cantareira, já que, apesar de ter chovido bastante lá, ainda está no volume morto (só tem 9% da capacidade). Ou então vai aproveitar ás águas do Tietê. Ou então fiquem indignados com coisas como essa que aparece abaixo:


Link para o vídeo

Ou então podem me xingar a vontade na área de comentários do blog. Mas aí vocês correm o risco de ter seus e-mails e endereços de IP expostos publicamente e de serem banidos de comentar por aqui. E aí? Vão se arriscar?

Jornalistas e colunistas. Para que precisamos deles?

Enquanto aguardo aos importantes eventos que acontecerão nesse domingo, como a posse do "novo" Congresso Nacional (daqui há alguns minutos, às 10 horas, os deputados serão empossados) e, principalmente e especialmente, o Super Bowl XLIX, fiquei de bobeira na Internet vendo se, de repente encontrava algo que pudesse ser colocado aqui.

E encontrei. Foi sobre uma novidade tecnológica. A possibilidade de poder usar o smartphone projetado sobre a própria pele.

Abaixo a notícia sobre essa inovação tecnológica:


Qual o problema com essa novidade tecnológica? Nenhum. Apenas que... É UMA BAITA DE UMA MENTIRA!

Sim, meus senhores e minhas senhoras, o prezado colunista, que eu não vou dizer o nome e nem vou dizer onde ele trabalha (mentira, vou dizer sim. É a veja. Como não poderia deixar de ser) caiu no conto do vigário do smartphone que dá para ser usado com um bracelete e projetado no braço.

Se ele fosse menos apressadinho e pesquisasse sobre essa maravilha tecnológica, encontraria esse texto do E-Farsas falando mais sobre essa maravilhosa inovação tecnológica.

Mas na era e na sociedade da (des)informação, o que importa é ser o primeiro a divulgar uma "notícia". Primeiro divulga-se e depois verifica-se se a "notícia" é verdadeira ou não. Como no caso do avião do Eduardo Campos que virou um helicóptero.

Cada vez mais eu me pergunto. Para que precisamos dos jornalistas e colunistas atualmente? Pelo visto ainda vai demorar muito para que surjam novos Samuel Wainer, Bob Woodward e Carl Bernstein. E Will McAvoy se mostra cada dia mais apenas uma fantasia.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST