Pesquisar este blog

Confirmado. O Acre existe sim e lá tem água.

Sempre é feita a piadinha de que o Acre não existe. Mas como todo piadinha, ela não necessariamente reflete a realidade. E a realidade mostra que o Acre existe sim. As provas:
  • A primeira prova de que o Acre existe é a de que, há alguns anos atrás, o Guarani foi jogar uma partida pela Série C (ai ai) contra o Rio Branco Football Club na cidade de Rio Branco, capital do estado que dizem que não existe. Perdeu. Aliás, levou de 4 a 2.
  • A segunda prova de que o Acre existe é a de que, um ano depois do Guarani, foi o Santos que enfrentou o mesmo Rio Branco, na mesma cidade de Rio Branco, mas pela Copa do Brasil. E ao contrário do Guarani, ganhou de 2 a 1.
  • A terceira prova de que o Acre existe é a de que meu blog recebe visitas de lá.
  • A quarta prova de que o Acre existe vem com uma pergunta. Qual a origem de políticos como Marina Silva, Tião Viana, Tião Bocalom, Jorge Viana e Sérgio Petecão? Isso mesmo, Acre.
  • A quinta prova de que o Acre existe é a de que ele perfaz 365 voltas em torno do sol. Ok, existe. Mas não necessariamente faz parte da Terra.
E a sexta prova de que o Acre existe é o vídeo abaixo, mostrando que não só o Acre existe como, ao contrário de São Paulo, lá tem água:


Link para o vídeo

Impressionante isso, não?

Aliás, não só no Acre que há água. No Nordeste, por incrível que pareça, ao contrário de São Paulo, também tem água. Duvida? olha aí o vídeo:


Link para o vídeo

Incrível, não?

Mas será que no Acre existe uma cidade que ficou entre as 10 cidades mais feias do mundo? Aliás, feia, suja, fedida, velha, poluída, degradada, cara.

E será que no Acre também existe preconceituosos, mimizentos e floquinhos de neve que ficam ofendidos com esse pessoal que fica ostentando opulência ao mostrar uma torneira saindo água (sim, teve floquinha de neve que ficou ofendida com o moleque ostentando monóxido de diidrogênio)?

E para quem não gostou desses vídeos, o choro é livre. Mas vá chorar lá no Cantareira, já que, apesar de ter chovido bastante lá, ainda está no volume morto (só tem 9% da capacidade). Ou então vai aproveitar ás águas do Tietê. Ou então fiquem indignados com coisas como essa que aparece abaixo:


Link para o vídeo

Ou então podem me xingar a vontade na área de comentários do blog. Mas aí vocês correm o risco de ter seus e-mails e endereços de IP expostos publicamente e de serem banidos de comentar por aqui. E aí? Vão se arriscar?
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST