Pesquisar este blog

Agilidade é tudo nessa vida.

Apesar de hoje ser feriado, eu acordei cedo. É um hábito que eu tenho. Na verdade é costume. Estou tão acostumando a acordar cedo durante semana que também acordo cedo no fim de semana e nos feriados. E assim que acordei, aproveitei para fazer algumas coisas extremamente arcaicas que remontam aos nossos antepassados das cavernas, que foi ler jornal e assistir a televisão.

E ao assistir a televisão, na Rede Globo estava passando o Bom Dia Brasil e eis que de repente passou uma reportagem falando sobre Internet e escola. Foi feita uma pesquisa pela Universidade de Cambridge mostrando que Internet é um inimigo no desempenho escolar. A pesquisa constatou que, quanto mais horas navegando na Internet, piores são as notas na escola. E a pesquisa disse que não vale compensar o tempo perdido estudando, pois o desempenho continua ruim. A notícia com a pesquisa pode ser vista aqui.
"Tá. E daí? Qual é o problema com essa notícia e com essa pesquisa?"
Ah! Nada demais. Apenas que... há oito anos, aqui no Brasil, foi feita a mesma pesquisa e chegou-se a mesma conclusão de que computador com acesso a Internet pode piorar o desempenho escolar. E no caso da pesquisa feita no Brasil, ainda há uma faceta mais cruel, pois quanto mais pobre é a criança, pior é o desempenho dela. A notícia com a pesquisa feita no Brasil pode ser lida aqui. E, matando a cobra e mostrando o pau, a pesquisa propriamente dita está aqui.

Sim, oito anos atrás. Quase uma década. Isso para a Internet é uma outra era. E os dados para a pesquisa foram pegos do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) dos anos de 2003 e 2004. Mais antigo ainda. Naqueles anos o YouTube ainda estava na garagem, Facebook ainda era uma ferramenta de nerds que achavam que iam comer as garotas da faculdade através da Internet, o Twitter nem tinha sido criado, WhatsApp era ficção científica (aliás, sequer tinha surgido iPhone, Android, Windows Phone e smartphone era penduricalho de luxo de executivos), banda larga e redes móveis eram bem incipientes (eram?), sequer tinha sido criada esta grande faculdade de humanas chamada Tumblr e o finado Orkut recém fora criado pelo turco e não tinha sido comprado pelo Google.

A pesquisa da Unicamp foi feita para cutucar o governo, que acha que inclusão digital é a panaceia universal, que basta dar computador para a pessoa que todos os problemas delas se acabam-se (inclusive a fome - não estou brincando) e na época em que surgiu aquele ridículo programa do OLPC ou um laptop de cem dólares da Xuxa por criança que, obviamente, não deu em nada. Aliás, o "um laptop por criança", quem menos usava eram as crianças, mas sim os adultos. E usavam, para isto mesmo que vocês estão pensando, para ver putaria.

Pois é, OITO anos e eis que fazem a mesma pesquisa e chegam às mesmas conclusões. Isso é que é agilidade. Isso é que é estar por dentro do que é publicado na área. Mas enfim. Será que agora que foi feita uma pesquisa feita pela Universidade de Cambridge mostrando que acesso a Internet piora o desempenho escolar, o governo (e as pessoas também) vai se tocar de que Internet não é solução, mas que a solução é melhores salários para os professores?

Ou será que nessa história também terão retardados que entenderão isso como mais um ataque da imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis contra a pobre Internet? Pois não importa que foi uma pesquisa feita pela Universidade de Cambridge, ou que há oito anos atrás a mesma pesquisa tenha sido feita pela Unicamp. A pesquisa foi noticiada pela Rede Globo, então só se pode concluir que é mais uma ofensiva da imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis contra a pobrezinha da Internet, que nem os mentecaptos deste texto que entenderam como ataque da Imprensa Golpista™ contra o Facebook a reportagem falando sobre o pessoal que coloca as suas informações pessoais na Internet de uma forma indiscriminada e quase que irresponsável.

E o Nestor gostaria que eu escrevesse mais texto, eis aí. Escrevi. Venci a preguiça.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST