Pesquisar este blog

O paradigma do relógio parado. Ou... quando concordei com Bolsonaro.

Lá no e-farsas tem um trollzinho de merda™, que todo dia bate o cartão por lá, de nome dudu, cujo e-mail é dudud23@yahoo.com (dessa vez não é hotmail), é usuário de Speedy e mora em Taubaté. Ou seja, ele é concidadão do Monteiro Lobato. Eu sempre digo isso, porém quem sou eu para dizer quem é concidadão de quem, já que eu sou concidadão do Olavo de Carvalho e o Jair Bolsonaro. Sim, acreditem se quiser, apesar dele ter feito a carreira política toda dele no Rio de Janeiro, ele nasceu, se criou e estudou aqui em Campinas. Desculpa aí, população carioca (e fluminense).

Como que eu sei os dados do cretino? Muito simples. O filho da puta veio até o meu blog aqui colocar comentário desaforado. Aliás, a vidinha medíocre desse sujeitinho se resume a falar merda na propriedade privada dos outros, conforme mostra a conta dele do Disqus (sem link. Não vou dar palco para idiotas). Para o azar dele, como seu bem menos polido, diplomático e político que o Gilmar, bloqueei o lazarento de poder comentar por aqui (meu blog, minhas regras, como é em qualquer propriedade privada. Comentar em blogs é um privilégio e não um direito) e publiquei as informações dele. Posso fazer isso pois a Carta Magna proíbe o anonimato.

Mas voltando ao meu tão nobilíssimo concidadão. No fim de abril ele deu uma entrevista para o Correio Popular, um jornal daqui de Campinas (o único, aliás). Como de costume, como bela attention whore que é, soltou um monte de opiniões polêmicas (como eu peguei um ódio dessa palavra) e extremistas, ficando, mais uma vez, com todos os holofotes apontados para si.

Mas teve um trecho da entrevista com a qual eu concordei com ele. Foi quando ele falou sobre a tão útil e nobre Câmara de Vereadores, que lançou uma moção de repúdio quando o "bolsomito" elogiou no plenário o Coronel Ustra. Ele disse o seguinte:
"Essa Câmara Municipal de vocês aí é fraca. Estou me lixando para esses vereadores que votaram isso. Eles não têm o que fazer, são uns desocupados… Esses vereadores são uns otários"
Procurei, vasculhei, remexi, revirei o site da RAC, porém não achei a entrevista. Quem a tiver, se quiser me passar, ficarei muito grato.

Foi essa a parte com a qual eu concordei com o deputado. Por quê? Vejamos o que tem feito os nobres edis de Campinas:
E eis aí a grande atuação dos nobre edis de Campinas. Com uma atuação tão vigorosa como essa, eles faziam por merecer um aumento de 126% em seus salários. Uma curiosidade é que O Politizador, ou Tonhão da Rapadura, ficou contra esse descalabro. Bacana isso da parte dele. Sem ironias.

E, logo após essa entrevista, o que os nobres e excelentes vereadores de Campinas fizeram para mostrar ao deputado que não são um bando de idiotas, otários, vagabundos, vadios e desocupados? Lançaram uma moção de repúdio ao que disse o deputado e o declararam como persona non grata  na cidade. Não apenas isso. O vereador Cid Ferreira, o bonitão, branco, de nariz fino e olhos azuis, disse que "além de deixar de ser homem, ele deixou de ter caráter". Ui!! Certamente o Boçalnaro deve ter ficado muito triste com o beócio. Acho até que aquele bloqueou este no Facebook. Toda a ópera-bufa pode ser lida aqui.

E sabe de uma coisa? Os vereadores de Campinas representam muito bem e a contento a população de Campinas. Sim, senhores e senhoras, representam muito bem. Não adianta virem com seus gritinhos estridentes de "Não me representa", pois representa sim. Uma população idiota, ignorante, estúpida, iletrada e burra (como não sou divulgador científico, posso muito bem me referir à população como idiota, ignorante, estúpida, iletrada e burra) só poderia mesmo ter representantes idiotas, ignorantes, estúpidos, iletrados e burros. E isso já começa nas cidades.
"Mimimi, mas em Campinas tem a UNICAMP e PUC"
Isso não significa porra alguma e sequer é argumento. A maior parte das melhores universidades do mundo estão nos Estados Unidos, mas o americano (estadunidense é a puta que te pariu) médio é um Homer Simpson. Isso sem falar das constantes tentativas vindas dos Estados Unidos de se enfiar a bosta do criacionismo no currículo escolar.

Mas falando de Campinas. Sim, a cidade tem UNICAMP, PUC, mas em compensação possui várias outras universidades que são mais fábricas de diplomas.

Agora falando especificamente sobre a UNICAMP, a universidade sequer aparece entre as 100 melhores universidades do mundo (e a USP caiu 40 posições, quase que ficando de fora. Parabéns a todos os seguidores da Nossa Senhora da Fosfoetanolamina). Além disso, tem o fato de que a universidade é de Campinas porém a quase totalidade de seus estudantes não são da cidade. E já que foi falado sobre criacionismo, a universidade ministrou palestras sobre essa bosta.

E abaixo uma cria da UNICAMP, da intelectualíssima cidade de Campinas, cujos vereadores não representam a população da cidade (inclusive ele nasceu na cidade).


Caso encerrado, meritíssimo.

"Quem garante todos os empregos não é o empresário, sindicalista ou os governantes. São os consumidores"

Posso ter ficado um tanto quanto distante do blog, porém não fiquei longe das polêmicas que aconteceram durante o período. E uma dessas polêmicas foi o que as operadoras de Internet querem fazer de colocar uma franquia de dados para a Internet fixa. Já existe algo do tipo para a Internet móvel, porém eles querem abranger agora para a fixa.

Na hora que em que foi anunciada essa medida da Anatel, o país caiu abaixo. Teve gente que xingou muito (não só no Twitter), teve gente amaldiçoando as operadoras, teve gente amaldiçoando e questionando o porquê da Anatel existir (nisso eu concordo) e gente propondo um "cancelaço", como se:
  • Primeiramente, todo mundo morasse num bairro em que tem 4 ou 5 operadoras de Internet a se escolher.
  • E segundo, todas as operadoras não fossem fazer essa de querer limitar a Internet fixa.
Aliás, abrindo um parêntesis. Já repraram que tudo quanto é movimento tem o sufixo "aço"? É twittaço, apitaço, cancelaço, panelaço. Quando que vai existir o louçaço e o capinaço? Pois eu acho que esse pessoal seria mais útil fazendo os dois últimos do que os quatro primeiros.

E nestes tempos de ativismo de sofá, surgiu um movimento capitaneado por diversos sofativistas chamado #InternetJusta. Considerando o grande sucesso que foram movimentos parecidos com esse, como o #JogoJusto e o #PreçoJusto, esse é mais um movimento revolucionário de sofá que tem tudo para dar certo (dica do Lucho: Se sua manifestação pode ser resumida a uma Hashtag, ela não presta e não servirá de nada). E já que estamos a falar de ativismo de sofá, não poderíamos deixar de falar dos asnonymous Anonymous, que obviamente tinha que marcar presença.


Não basta esse pessoal piratear descaradamente a efígie de Guy Fawkes. Agora também pirateia frases do filme e da HQ (será que eles a leram? A pergunta de 1 milhão). Aliás, não só a pirateiam como fazem adaptações fofinhas. Coitado do Alan Moore. Criou um monstro.

E além de tudo isso, meio que por causa do "movimento" de nome cancelaço, também foi falado a respeito do "poder do consumidor", o "poder do boicote" e como "o consumidor pode fazer a sua parte". E foi de falar do "poder do consumidor" que apareceu a frase que intitula esse texto. Outra frase que também surgiu que é bem parecida com essa: "Só existe um chefe: o cliente. E ele pode demitir todas as pessoas da empresa, do presidente do conselho até o faxineiro, simplesmente levando o dinheiro para gastar em outro lugar."

Para esse pessoal que crê no "poder do consumidor" e que também crê piamente nessas duas frases, eis aqui o saudoso George Carlin que nos mostra o "poder do consumidor" e o quanto as empresas temem e respeitam os consumidores.



Pois é. As empresas temem e respeitam muito os consumidores.

Ah! Esqueci de dizer. O vídeo tinha alguns palavrões. Foi mal ter esquecido de ter dito. Mas para quem assiste a Felipe Neto, Cauê Moura, PC Siqueira, Condessa de Loppeux, João Revolta e otário asnonymous, George Carlin não chega a chocar. Até porque, este tem muito mais a dizer que toda essa gentalha vlogueira. Junta.

No fim das contas, aquilo que o Dr. André escreveu como crônica, pode vir realmente a acontecer. A vida imita a arte. Quer dizer, nem tudo. Vlogueiros não virarão nem atendentes, nem chapeiros, pois ninguém aguentará esses seres berrando "FAAAAAAALLLLAAAAA GAAAALERAAAA!!!!!!!" entre um palavrão e uma obscenidade.

Para quem quiser participar do "cancelaço", aqui uma recomendação dada, novamente, pelo Dr. André. Só não se esqueçam de, após o "cancelaço", praticarem o capinaço ou o louçaço.

E sobre essa história de Internet limitada e franquia de dados, aqui o melhor vídeo sobre esse assunto, do Jimmy John:

 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Onde me encontrar

Onde podem me encontrar

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST