Pesquisar este blog

Blogs políticos, canais de YouTube e páginas de Facebook. Esta conquista é de vocês.

A questão de uma semana atrás foi publicada uma pesquisa do IBOPE dizendo que jornais impressos são líderes de credibilidade. Sim, jornal impresso, aquele veículo de comunicação que os nossos antepassados das cavernas do século XX usavam, folheavam e abriam para se informar a respeito do que acontecia na cidade, no estado, no país e no mundo. Cerca de 59% dos entrevistados disseram confiar muito ou na maioria das vezes no que se publica em jornais. Logo na sequência, estão outros meios de comunicação usados pelos nossos antepassados neandertais do século XX como o rádio e a televisão, com índices de credibilidade de 57% e 54%, respectivamente. Pois é. A velha mídia é velha mas é ainda é muito respeitada.

Em contrapartida, blogs, redes sociais e sites estão na outra ponta da régua. Os entrevistados disseram que mais desconfiam destes meios de comunicação. No caso de sites, 62% dos entrevistados disseram desconfiar na maior parte dos casos. Para para blogs a desconfiança é de 54% e no caso de redes sociais a desconfiança é de 63% (estou rindo internamente). Porém esses percentuais são daqueles que desconfiam na maior parte das vezes. Se for somar com quem nunca confia, o percentual dos três ultrapassa 80% (agora estou gargalhando internamente). A notícia com a pesquisa pode ser conferida aqui ou então aqui, para o caso do Big State começar com palhaçada e viadagem de paywall.

Na hora que li essa notícia, não me restou outra alternativa senão dedicar essa conquista a merda de blogs políticos, lixo de páginas do facebosta e porcaria de canais do YouTube. Parabenizo-vos merdas de blogs políticos, lixos de páginas do facebosta e porcarias de canais do YouTube, pois essa conquista é de todos vocês. Parabéns mesmo Organização de Combate a Corrupção, Use um nariz de palhaço, Acorda cidadão, Movimento contra corrupção, Reacionários Online... quer dizer Revoltados Online, Se tá errado meto o pau, Tenho vergonha, Uma outra opinião, Desenhista que pensa. Parabéns também a você, Diego Beunizam com o seu maravilhoso Rede esgoto de televisão.

Também quero parabenizar Paulo Henrique Amorim, Mino Carta, Emir Sader, Leonardo Sakamoto, Felipe Moura Brasil, Nova Corja, Bruno Kazuhiro, Arthurius Maximus, Yashá Gallazzi (isso lá é nome de gente?), Flávio Morgestern (sei lá como escreve a merda do sobrenome dele), Fernando Gouveia (também conhecido como Gravataí Merengue, ou então o aspone da maconheira da dona Sônia Francine. Aliás, também quero parabenizá-la), Rodrigo Constantino, Orlando Tambosi, Aluizio Amorim, Políbio Braga, Luciano Ayan, Josias de Souza, Olavo de Carvalho, Gaynaldo Reinaldo Azevedo, O Antagonista, Alerta Total e aos engraçaralhos para cadinho do Reaçonaria, Implicante e Direitas Já (achar que é engraçado fazendo trocadilho é o auge do retardo mental).

E também porque não dedicar essa conquista para a condessa de loppeux, o mongoloide asmático do joão revolta, daniel fragay, roqueiro fracassado cristão do cagando moura e ao sofativista imprestável do otário asnonymous?

Parabéns mesmo a todos vocês que graças à agilidade que todos vocês têm e que a velha mídia não têm, fazem coisas como chupar a bunda e dar a rola (ou algo parecido) para o bostanaro e publicar furos de última hora que não passam de balelas, como a bolsa prostituta, a notícia de que Dilmão abandonou o cachorro nego, a notícia de que o bostanaro seria o político mais honesto do mundo, a notícia de que o governo tinha prendido os integrantes de uma banda (e sim, o vocalista é o Maurício Ricardo, do Charges.com.br), a clássica história da mulher que engravidou assistindo filme pornô 3D que um monte de merda de site acreditou e publicou, a notícia de "Lula seja louvado" nas cédulas de real que também teve um monte de merda de site que acreditou e publicou. Sem contar que, na semana do Impeachment, 3 das 5 notícias mais compartilhadas no facebosta eram mentiras.

Enfim, por tudo isso, por vocês terem agilidade para chupar a bunda e dar a rola (ou algo parecido) para o bostanaro e de publicar notícias e informações falsas, cretinas e idiotas é que não me resta outra coisa a fazer senão parabenizá-los. Vocês realmente merecem este grau de desconfiança mostrado na pesquisa. Aliás, gostaria de parabenizá-los também, por serem aquelas pessoas que fazem a Internet ser, como disse o Faustão, o penico do mundo. Ou, como disse Axl Rose, uma grande lata de lixo.

Ah, mas vai ver que essa pesquisa é mais um ataque da imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis contra a pobre coitadinha da Internet, como este vil ataque do Fantástico ao angelical facebosta, já que o IBOPE pertence ao Grupo Globo. É mais um ataque da velha mídia contra as mídias sociais, que são o futuro. Este último é verdade. Mídias sociais são o futuro. Na mesma medida que o Brasil é o país do futuro. O problema é que esse tal de futuro nunca chega.

Já outros mimizentos chorões de bosta dirão que se trata de mais uma pesquisa enviesada, que é uma pesquisa que não vale nada, que é uma pesquisa mentirosa e que nenhuma dessas pesquisas publicadas por essas empresas de estatísticas são sérias. É, nenhuma pesquisa publicada pelo Datafolha, IBOPE, CNT, Vox Populi, Nielsen, Gallup são sérias. Mas se um desses institutos de pesquisa, que não são sérios, divulga uma pesquisa que esses "céticos até a página 2" concordam, eles se esquecem de todas essas acusações e a engolem bovinamente.

E vão ter mais algumas merdas de mimizentos especialistas em estatística e em pesquisas de opinião (pois graças a Internet, milhões de gênios que antes não tinham voz passaram a ter voz e dar uma mostra de toda sua inteligência e genialidade em textos espalhados pela Internet) dizendo que a pesquisa não foi feita de forma adequada. Para esse tipo de mimizento, aqui a metodologia usada para se fazer a pesquisa. Vai lá contestar a metodologia usada nesta pesquisa. E boa sorte.

Mais uma vez a "velha" mídia mostrando à "nova" mídia quem tem credibilidade e quem é que ainda manda. E ainda vai mandar por bastante tempo. E ainda há idiotas que acha que bloguinhos, merdinhas de páginas de facebosta e de canais do YouTube vão acabar com a "velha" mídia. Deixamos esses idiotas sonhar (no caso, está mais para delírio). O bom para eles é que sonhar é de graça e não paga imposto.

E para terminar, só uma pergunta: Quando Snowden publicou que a NSA fazia espionagem e data mining de conversas, ele foi atrás de algum blogunho, de alguma pagininha de facebosta ou de alguma bosta de canal de YouTube para fazer a divulgação? Ou será que ele foi atrás do Washignton Post e do The Guardian?

Quando a Internet vai abandonar o complexo de Watergate?

Antes de começar o texto, vamos fazer uma regressão histórica e retornar ao distante ano de 1974, quando nos EUA quem mandava no mundo era Richard Nixon e acontecera o escândalo de Watergate, que foi um escândalo político em que houve a instalação de grampos e escutas ilegais num escritório do Partido Democrata que ficava num complexo de prédios chamado Watergate (daí o nome escândalo Watergate. Entendeu? Gotcha?).

Descobriu-se que o Partido Republicano (da qual Nixon fazia parte) é que tinha ordenado as instalações. Mas quem estava por trás da instalação dessas escutas ilegais? O jornal Washington Post (mais precisamente dois jornalistas, Carl Bernstein e Bob Woodward) divulgou várias notícias bombásticas mostrando que todo mundo do Partido Republicano estava por trás. E por todo mundo entenda-se todo mundo mesmo, até o presidente Nixon. O fato foi acobertado de todas as formas possíveis, porém houve um momento que não era mais possível e não restou outra alternativa a não ser o presidente Nixon renunciar. Pois é, lá um caso de escutas ilegais fez derrubar um presidente. E lá também não tinha como um presidente dizer que não sabia.

O caso só foi descoberto pois Woodward e Bernstein recebiam informações suculentas e preciosíssimas de uma fonte chamada Garganta Profunda (e sim, o nome da fonte foi baseado no filme). Apenas 30 anos depois o Garganta Profunda se revelou. Era William Mark Felt, diretor do FBI a época, e fez a revelação meses antes de falecer.

Bom, tudo isso é um resumo do que foi o caso Watergate. Quem quiser saber mais, o Cardoso publico este, este e mais este texto sobre o acontecimento. Recomendo muito as leituras.

Voltemos para o ano de 2017 (2016 já era. E que não volte mais, sua puta), na era e na sociedade da informação e do conhecimento. Existem certas pessoas na Internet que vivem aquilo que eu chamo de "complexo de Watergate". São aquelas pessoas, na maior parte das vezes mantenedoras de bosta de blogs políticos, de merda de páginas de facebosta e de canais ridículos de YouTube, que se acham Carl Bernstein e Bob Woodward (que de forma alguma eram o Robert Redford e Dustin Hoffman) recebendo informações "privilegiadas" e "suculentas" do Garganta Profunda. E essas informações "privilegiadas" e "suculentas" sempre veem de outras merdas de blogs políticos, outras porcarias de canais do YouTube, outras porcarias de páginas do facebosta, e-mails e áudios de Whatsapp.

E foi num desses áudios de Whatsapp que eu recebi as informações "privilegiadas" e "suculentas" do Garganta Profunda da semana. Uma idiota que trabalha junto comigo, que segue a máxima de "ligar a Internet e desligar o cérebro" passou um áudio bombástico, em que uma professora (que não tem nome), conversando com a diretora (que também não tem nome) da escola dela (que também não tem nome) soube de um pesquisador da UNICAMP (mais um que também não tem nome) previu que para fins de janeiro ou começo de fevereiro teria uma tempestade catastrófica (para Noé nenhum botar defeito) em Campinas e as escolas já estariam se preparando para servir de abrigo. E junto com esse áudio, tinha outros dois áudios de duas professoras que... adivinhem só... também não têm nome, que se resumiam ao estilo fanfiqueiro de dizer "Eu vi. Eu estava lá. É verdade" e até enfiaram o Diário Oficial no meio da conversa. E o pior é que a idiota mandou essas três merdas às 11 da noite. Ou seja, tarde da noite futucando na bosta do celular. Depois reclama que não dorme direito.

Assim que ouvi os tais áudios, minhas anteninhas de vinil detectaram algo de errado (não pode dizer que agiu ceticamente pois cético e ceticismo são palavras feias. Quase palavrões). Primeiro pela grande quantidade de evasivas. Uma professora sem nome conversando com uma diretora sem nome de uma escola sem nome ouviu de um pesquisador sem nome que algo vai acontecer. Por que não dar nome aos bois? Ausência de nome é um fortíssimo indício de balela, já que histórias que não possuem nomes, nem datas, podem ser reciclados e reaproveitados em outros boatos.

Além disso, outra coisa que dizia que algo não cheirava bem (e não era eu, pois tinha acabado de tomar banho) era de que uma previsão do tempo feita em fins de dezembro ou começo de janeiro estava dizendo o que aconteceria com o tempo para o fim de janeiro ou começo de fevereiro. Ou seja, era uma previsão do tempo com um mês de antecedência. Será que existe algum supercomputador tão foderoso assim que consiga fazer uma previsão do tempo com tanta antecedência?

Outro indício é que a alma caridosa que nos deu essa informação importantíssima disse que a UNICAMP não quer que ninguém saiba (para que não se cause o caos) mas a "professora" quer que o áudio seja divulgado para todo mundo. Deixa ver se eu entendi. Trata-se de uma informação que não é para que ninguém saiba, que deve ser divulgada para que todo mundo saiba?


Com relação à outra "professora" que falou do Diário Oficial, bem, de fato, na edição de 2 de dezembro do D.O. há um decreto do prefeito-radialista (decreto número 19327) para monitorar áreas de risco de deslizamento e desmoronamento. Porém isso é algo que sempre existiu. Não é porque vai ter uma megatempestade para Noé nenhum botar defeito. Repare que boa parte das áreas que serão monitoradas são favelas e ocupações irregulares, que sempre correm esse risco quando há qualquer chuva que seja. Pois é, eu entendo que é difícil para alguém que não presencia essa realidade compreender que algo assim acontece.

E mais uma coisinha que é... bem... o poder público se precavendo de um fenômeno climático? Ainda mais aqui no Brasil? Tás brincando comigo.

Além disso escolas estaduais e municipais servindo com abrigo? Elas não conseguem nem fazer direito a sua atividade-fim (dar aulas), vai se arriscar a fazer outras coisas?

Tudo isso fez com que eu duvidasse dos tais áudios. E eis que o Correio Popular confirmou a minha desconfiança. Suspeitei desde o princípio. Como sempre, o Lucho nunca erra.

E a idiota que mandou esses áudios num grupo de Whatsapp tarde da noite poderia ser atentado para esses detalhes, mas o complexo de Watergate e de se achar o novo Bernstein e Woodward recebendo informações do Garganta Profunda foi maior. Quando será que a Internet vai abandonar o complexo de Watergate? Pelo visto, não tão cedo, já que, longe de querer dar uma de Andrew Keen ou Jaron Lanier, parece que a Internet está emburrecendo as pessoas. E isso porque vivemos na era e na sociedade da informação e do conhecimento.

A menos que se considere como conhecimento palhaçadas como a bosta do criacionismo, ufologia, tratamentos alternativos como musicoterapia, homeopatia, cromoterapia, reiki e outras palhaçadas do gênero, geocentrismo (e Galileu se revira no túmulo), teoria da Terra Jovem (que diz que o planeta tem só 6 mil anos), teoria de que a gravidade não existe, teoria da Terra oca e a BOSTA da teoria da Terra plana.

Top 10 de 2016

E eis que mais um ano se foi-se. E como já virou tradição por aqui (quando acontece mais de uma vez, já vira tradição), assim como foi em 2014 e em 2015, eis o top 10 do ano que se passou.

Pessoalmente tanto os anos de 2015 como de 2016 não foram ruins. Aliás, os meus últimos anos tem sido meio que semelhantes.

Mas não dá para avaliar todo um ano apenas pelo que aconteceu comigo. E a verdade é que se 2015 já foi um ano ruim, 2016 conseguiu ser ainda pior. Em todos os sentidos. A economia passou mais um ano no fundo do poço, são 12 milhões de desempregados (os 15 milhões de empregos que o Lula - diz que - criou, Dilma tratou de destruí-los quase que totalmente. Valeu Dilma. E cada vez mais estou orgulhoso de ter votado nulo em 2014), a política continua uma bosta, mas lembrem-se que o #OGiganteAcordou e foi votar. E se antes, os políticos que estavam aí não representavam o gigantinho millennial da geração Ydiota criado com merthiolate que arde e leite com pera, agora tem-se os políticos que realmente representam esse gigantinho (que por sinal são os mesmos). Além disso, foi eleito nos EUA o alaranjado Trump e em São Paulo o cafona Dória (reclamações, enviem cartas à produção).

E para o blog, 2016 foi horrível. Bati o meu recorde de ano com a menor quantidade de textos publicados. Apenas 21 textos o ano inteirinho. Enquanto isso, os Tumblrs foram cerca de 150 textos publicados em cada um. As ideias estão escasseando, o formato do blog está se esgotando e, se continuar assim, o blog não vai ter mais muito tempo de vida. Justamente quando se aproxima o decênio do Blog do Lucho (será - vai saber - em 31 de janeiro do ano que vem). Decênio esse que o Ceticismo já atingiu. E antes que sugiram, não tenho a MENOR pretensão de criar o Vlog do Lucho. Não tenho paciência para criar e editar vídeo, o retorno é mínimo e eu tenho um emprego que toma bastante do meu tempo.

Além disso, a gentalha, o gado que usa o facebosta e se acha fodalhão por ter conta naquela pocilga, destratando quem por livre e espontânea vontade não tem conta neste lixo continua na mesma mediocridade de sempre.

E para corroborar a coisa pavorosa que foi o ano de 2016, em novembro aconteceu aquele trágico acidente aéreo que dizimou praticamente toda a equipe da Chapecoense e vitimou diversos profissionais da imprensa esportiva. Não chorei, mas confesso que fiquei com o coração bem pequenininho e bem apertado. A última vez que fiquei dessa maneira foi há 20 anos, quando os Mamonas Assassinas se foram. #ForçaChape. #ForçaChapecó

Foi muito triste o que aconteceu com a Associação Chapecoense de Futebol e mais triste ainda (além de revoltante, nojento, asqueroso e abjeto) foi o que fez um blog noticioso mantido por um jornalista e escritor que ganhou tudo quanto foi prêmio que se aproveitou da tragédia para conseguir alguns cliques e ganhar uns caraminguás. Porém o castigo veio a cavalo e o tal bloguinho se fudeu soberbamente.

Ah!! Uma coisa que eu lembrei. Em 2016 faleceu Fidel Castro. Foi só uma coisa que eu lembrei. Não tem nada a ver.

Bom, mas chega desse tom funesto e como não sou Rede Globo para fazer retrospectiva, então chega de falar do ano que se foi. Vamos falar do blog. Vamos à lista, pois já foram mais de 3000 caracteres e nada da bendita. Quem não leu, poderá lê-los e quem já leu, poderá lê-los novamente.
  • A coisa está realmente ruim, né Abril? A editora Abril, a fim de aumentar o seu gado público, me mandou uma sensacional promoção, em que teria desconto de 50%, por um período de tempo, a três maravilhosas revistas que ela publica e ganharia também... um cooler. Para mim, que não bebo, é um prêmio fantástico. Mas mesmo assim, declinei. Desculpa, é a crise.
  • Como usar este, esse e aquele. Uma dica de ortografia, de gramática e de português do professor Pasquale Lucho
  • "Quem garante todos os empregos não é o empresário, sindicalistas ou governantes. São os consumidores". Lembra quando houve aquela iniciativa a Anatel de limitar a banda larga fixa (aliás, mais uma razão do porque 2016 foi uma bosta)? Foi falado do graaaaaaande poder que o consumidor tem que é o boicote (mas se todas as empresas de Internet decidirem colocar limite, como vai fazer boicote?) e teve até participação do asnonymous (já que eles pirateiam a efígie de Guy Fawkes, que mal tem piratear também a principal frase da HQ?). Mas aí o saudoso George Carlin mostra como as empresas e os empresários temem os consumidores.
  • O paradigma do relógio parado... ou quando concordei com Bolsonaro. Pois é. Quem diria que um dia eu ia concordar com alguma coisa dita por essa attention whore. Mas é claro que foi algo muito especial. Foi porque ele disse apenas a verdade sobre os inúteis, ridículos, idiotas, inúteis e imprestáveis vereadores de Campinas. Voltaremos a falar deles.
  • Blog do Lucho na luta pela fosfoetanolamina. Um texto irônico (Ah!! Cê jura??) para pegar no pé do pessoal que quer que a bostoetanolamina seja colocada, a força, para ser distribuída como remédio, sem qualquer tipo de comprovação a respeito da eficácia da mesma. Inclusive um dos que mais atuou para que a pilulinha mágica fosse distribuída, na canetada, foi a attention whore do texto de cima. Pessoal esqueceu do que aconteceu com a talidomida. Aliás, fosfoetanolamina também foi mais uma razão do porque 2016 foi um lixo.
  • Quando o analfabetismo funcional cruzou o meu caminho. Ou... quando um integrante da seita religiosa ufológica e dos homens gigantes não teve a capacidade de entender o que eu quis dizer num comentário curto. O analfabetismo funcional se agrava cada dia mais.
  • Feliz dia do Saci. Para você que lembra só hoje que existe folclore nacional. Esse foi um texto que fazia bastante tempo que queria ter escrito. Mais para mostrar uma das muitas iniciativas geniais do comunista negacionista do aquecimento global Aldo Rebelo (o mesmo que não queria inovação tecnológica e acabou sendo ministro de ciência e tecnologia). E o mais gozado é que os cretinos que comemoram o dia do Saci no dia 31 de outubro, só de pirracinha, não sabem que dia 22 de agosto foi instituído como o dia do folclore nacional. E isso há 50 anos.
  • Hoje é um dia bastante especial. Enfim, depois de muito tempo que comecei a usar a extensão, cheguei a 1 milhão de itens bloqueados no Adblock. E vou continuar a usá-lo. No meu computador, mando eu.
  • Comédia Municipal de Campinas. Os vereadores de Campinas dando ainda mais razão ao que disse a attention whore que, desgraçadamente, é meu concidadão. Moção de aplauso à eleição do alaranjado Trump, dia do estagiário e dia do Coach. Alguns vereadores não foram reeleitos (talvez tenha sido falha na Matrix), mas a maioria se reelegeu. E também se reelegeu o prefeito-radialista. A população merece. A cidade não, mas a população sim.
E o texto que mais gostei de ter escrito foi este:
  • Ser famoso na Internet é como ser rico no Banco Imobiliário - A prova. Esse foi particularmente um texto que gostei de ter escrito. Decidi dar uma de cético e ver se essa frase é verdade. E provei que realmente é verdade. Ser famoso na Internet pode até massagear o ego ou dar algum indício de relevância, porém não serve para bosta nenhuma na vida real. Se não serve nem para levar uma pessoa para doar sangue, para o que é que presta então?
E é isso (nem sei como consegui selecionar 10 textos com a quantidade tão exígua de textos). Se ano passado prometi mais textos, este ano prometo não fechar a birosca. Mas será difícil.
 

Eu sei quem você é

Em sei quem você é, de onde você é o que você está usando para acessar a Internet. Duvida? Então toma:


Powered by IPAddressLocation.org

Se quiser me xingar, vai em frente. Mas o seu IP ficará registrado.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Onde me encontrar

Onde podem me encontrar

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST