Pesquisar este blog

Concurso público para a Petrobrás. Perguntar não ofende.

Depois do textão de domingo, agora vai um textinho.

Acabei de saber por uma notícia da imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis que a Petrobrás está lançando um concurso público para o preenchimento de quase 1000 vagas. As inscrições começaram hoje, vão até o dia 4 de setembro e custam R$ 47,00 para nível médio e R$ 67,00 para nível superior (porra! Mais barato que o ENEM. E se for comprar com as estaduais paulistas, aí a comparação chega a ser vergonhosa). Mais detalhes, vai ler lá a notícia, não vou dar uma de RH ou press-release da Petrobrás.

Mas aqui fica aqui a pergunta. O pessoal que gosta tanto de amaldiçoar a empresa e xingá-la muito na Internet (não só no Twitter), dizendo que a empresa é corrupta, que a empresa esteve envolvida na Lava Jato e que não temos carro elétrico, carro movido a hidrogênio, carro movido a água ou o maravilhoso carro movido a ar porque a Petrobrás boicota, persegue, ameaça de morte e até mesmo mata os inventores desses tipos de carros (pelo visto o Elon Musk sempre se safa), já que Petrobrás é a única empresa no mundo que faz exploração de petróleo, gás natural e xisto e Pemex, PDVSA, YPF, Eni, Chevron, OGX, Elf, BP, Exxon Mobil, Shell, SOCAR, Ecopetrol, Repsol, Gazprom, Petronas, Sonatrach, Galp, Lukoil, Statoil e outras do ramo sobrevivem e fazem gasolina, querosene e diesel da fermentação de cocô de unicórnio e mijo de leprechau; esse pessoal vai se inscrever para participar do concurso público da estatal?

Ei senhores. É só uma pergunta. E perguntar não ofende.

Aliás, por falar em carro movido a água ou a hidrogênio, será que esse pessoal sabe de onde vem a maior parte do hidrogênio usado no mundo (especialmente pelas indústrias)? Só vou dar um spoiler: Não é da eletrólise da água, esse processo extremamente eficiente e que quase não consome energia.

Quanto a mim se eu ia? Não. Por dois motivos. O primeiro porque não é da minha área (o concurso quer mais profissionais que atuem na área de saúde e segurança do trabalho) e o segundo é porque não tem vaga para a REPLAN, que fica "perto" de casa. Não fosse esses dois motivos, eu ia sim.

Aliás, não só Petrobrás. Se Correios, Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Camargo Correa, UTC, Consist ou outra empresa  envolvida num esquema de corrupção tiver uma ótima oportunidade de emprego, pagando um bom salário e quiser que eu trabalhe lá, eu vou. Tô falando sério. Inclusive, fizeram uma pergunta do tipo no Yahoo Respostas e as respostas foram unânimes (se é que 3 respostas dá para chamar de unanimidade).

Antes que venham dizer que eu deveria ter vergonha do que eu disse no parágrafo acima, duas observações. A primeira é que, não é porque uma empresa está envolvida em esquema de corrupção, que todos os seus funcionários são corruptos. Eu aposto o meu pinto que 99,99% das pessoas que trabalham nos Correios, Petrobrás, Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Camargo Correa, UTC ou Consist são pessoas honestas, dignas, corretas, direitas e, principalmente, que não compactuam com o que os seus patrões fizeram e querem que eles sejam punidos. Responsabilizar e culpar alguém por algo que ela não fez é de uma crueldade sem tamanho.

E a segunda observação, que meio que deriva da primeira, é que empresas não fazem nada. Quem faz são as pessoas que trabalham nessas empresas. Portanto, ao dizer que empresa tal se envolveu num escândalo de corrupção, o correto é dizer que algumas pessoas que trabalham na empresa tal se envolveram num escândalo de corrupção. E sempre são pouquíssimas as pessoas da empresa que se envolvem em corrupção. Novamente, a grande maioria é de gente direita.

A maior parte da geração Ydiota não aceitaria trabalhar em empresas envolvidas em esquemas de corrupção? Acho ótimo. Diminui a concorrência.

E para terminar, já que no começo do texto falou-se sobre petróleo, fiquem com um SciCast em que se falou sobre o ouro negro.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST