Pesquisar este blog

#SuaPiadaMata

Ontem a porra ficou séria no Twitter. Os abnegados revolucionários de lá decidiram usar aquela rede social e os trend topics (por incrível que pareça, ainda tem gente que leva a sério os trend topics) para falar de um assunto muito importante. Sim, precisamos falar sobre o poder devastador que as piadas possuem. Por detrás de uma simples piada engraçadinha pode-se esconder uma arma de destruição em massa, capaz de matar e acabar com a vida de um monte de gente. E para falar sobre esse problema tão... problemático, o pessoal de lá decidiu criar a hashtag #SuaPiadaMata.

Sim, senhores, o que mata não são armas, nem bombas, nem morteiros, nem mísseis, nem foguetes, nem granadas, nem facas, nem espadas, nem mosquetes, nem bacamartes, nem baionetas, nem arcabuzes, nem Zyklon-B. O que mata são piadas.

Aqui um humorista sendo condenado pelas diversas mortes causadas por suas piadas

E o que pior pode acontecer não é ameaças de morte, de estupro, de sequestro, de rapto, de roubo dos bens ou então desejar que a outra pessoa tenha um câncer que nenhuma fosfoetanolamina consiga curar. O pior mesmo é ouvir uma piada e... RIR DELA!!!!!

Devo dizer aos senhores que concordo inteiramente com tudo isso que fora dito acima. De fato piadas são coisas maléficas, maledizentes e que podem matar várias pessoas.

Querem provas? Ok, então. Aqui a primeira prova de que sua piada mata:

Nunca li essa HQ. Que vergonha tenho de mim por isso.

E aqui a segunda prova de que sua piada mata:


Agora vocês estão convencidos de que #SuaPiadaMata?

Portanto gente, nada de fazer piadas dos outros. Nada de piadas de advogados, nem de bêbados, nem do joãozinho, nem do papagaio, nem de português, nem de bichas, nem de loiras, nem de gordos

E principalmente. Nada de piadas de políticos. Nade de dizer que é verdade aquela história de que o Lula fez três faculdades ou de que o Papa deixou o Alckmin mijar na estátua de São Pedro pois ele já tinha cagado em São Paulo.

Quer dizer, principalmente nada de piadas de judeus. Nunca, jamais, em nenhum momento de sua vida conte piadas de judeus para judeus, pois eles certamente conhecem todas as piadas que você conhece e mais outras piadas pelo menos mil vezes melhores.

E pior sou eu, que já contei e conheço diversas piadas de advogados e nunca consegui sequer machucar um que seja. Pelo visto meu arsenal é fraquíssimo e terei que me equipar melhor.

PS: Que fique claro, uma coisa é piada e outra coisa é bullying. Quando esse pessoal se referiu a piada, na verdade era para se referir ao bullying. Vocês sabem que são coisas bem diferentes. Claro que sabem, pois estou falando aqui com pessoas inteligentes.
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST