Pesquisar este blog

Aula prática de falácia.

Não faz muito tempo, existia um site em língua portuguesa chamado Sua Falácia que mostrava alguns tipos de falácias e exemplos em que essas falácias ocorriam. Infelizmente o tal site em língua portuguesa não existe mais, mas em compensação existe um site em língua inglesa com o mesmo propósito. O tal site se chama Your Logical Fallacy Is.

Neste site também são mostradas algumas falácias bastante comuns. Uma dessas falácias que é explicada pelo site é a falácia do declive escorregadio, que também é conhecida como falácia da bola de neve ou falácia da derrapagem, que é aquela falácia em que um acontecimento A leva a um acontecimento B, que leva a um acontecimento C e assim por diante e no fim da história tudo isso leva a acontecimentos daninhos, escabrosos, amedrontadores ou repugnantes. É uma falácia pois quem a usa nunca fala como ou porque A está relacionado com B, B relacionado com C, C relacionado com D e assim por diante, nem como A enfim se relaciona com os acontecimentos daninhos, escabrosos, amedrontadores ou repugnantes.

Muito bem. Muito bom, agora vocês sabem sobre essa falácia, mas que tal ver uma aplicação prática dessa falácia? Pois muito bem, eis aí uma aplicação dela:


Pois é. Tinha que ter um maravilhoso blogueiro político para colocar uma falácia em prática.

E que gênio é o tal blogueiro político. E faz toda lógica e todo sentido o que ele disse, pois o fato do governo querer sobretaxar tabaco e produtos de limpeza certamente levará a nos privar de comprar tênis da Adidas, chocolates da Nestlé, livros e até mesmo iPhone. Isso me fez lembrar que quando foi aprovada a lei 12089/2009 que proíbe a matrícula de alunos em mais de uma universidade pública ao mesmo tempo e teve comentaristas portal de notícias achando que proibir matrícula em mais de uma universidade pública simultaneamente levaria a querer exilar ou fuzilar quem estudou em escola particular ou então proibir de se comprar meia, cueca, feijão e calças. Pois é. Quando a sua linha de raciocínio é a mesma da "linha de raciocínio" de comentaristas de portal de notícias é caso perdido e não há nada que se possa fazer.

E claro, sempre tem que por a culpa do PT em tudo (aqui eu já teria sido "xingado" de petralha, mortadela, coxinha, esfirra, calzone, manicaretti, ravioli, risoles se alguém lesse esse... corrigindo, este blog).

Repetindo, tinha que ter um maravilhoso blogueiro político para colocar uma falácia em prática. O que seria de nós se os maravilhosos blogs e blogueiros políticos não existissem (será que realmente querem que eu responda?).



Ah!! E Orwell deve ter ficado assaz lisonjeado com a homenagem.

Para terminar, eu sei que vocês querem saber qual é o tal blog político e que até mesmo já foram ao Google pesquisar, afinal de contas tenho pouquíssimos, mas inteligentíssimos leitores que sabem usar buscadores de Internet, que sabem que a Internet não começou quando foi criado o facebosta e que sabem que Internet não é o facebosta. A vocês já digo. Podem parar as pesquisas, pois o tal bloguinho politicuzinho não existe mais (publicando textos assim não me surpreende que tenha encerrado as atividades), mas para que, senão, que existe o Archive.org (que vocês também certamente sabem que existe)?
 

Eu ainda sei de onde você é

Não sei o que aconteceu que o script do IP Address Location pifou, mas eu ainda continuo sabendo onde você está (especialmente se você estiver numa escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal).

Se quiser me xingar, tudo bem, vai em frente, mas seu IP vai ficar registrado. E ai se for de uma escola ou universidade pública ou qualquer órgão ou empresa estatal, pois você estará me xingando e usando meu dinheiro para fazer isso.

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST