Pesquisar este blog

Para tristeza e desgosto de alguns, Blog do Lucho chega hoje a 11 anos.

Vou confessar que fiquei bem renitente se eu deveria ou não escrever este texto. E por duas razões. A primeira por conta da idade a que o blog está chegando. 11 anos. O número 11 representa o quê? O que é que existe de importante que tenha 11 coisas dentro dele (por exemplo, sete cores do arco-íris, quatro estações do ano, doze meses do ano, dez mandamentos)? Qual propriedade interessante tem o número 11, como, por exemplo, seis é o menor número perfeito que existe, dois é o único número primo par, três é o menor número primo ímpar, 78557 é o menor numero de Sierpinski (ao menos é o que se acha), 10223 * 231172165 + 1 é o maior número primo calculado por computadores que não é um número de Mersenne (ao menos até agora)? A única coisa que eu consegui me lembrar é de que o número 11 é o número atômico do sódio, aquele veneno criado pelos illuminattis que vai matar a todos nós de pressão alta.

E a segunda, e principal razão é a de que o pessoal tanto fala que blogs já eram, blogs morreram, blogs são coisas do passado e que a época e a vez dos blogs já passou (e tanto existiu uma época dos blogs que até já foi reportagem de capa da Época. E confesso que criei o blog aqui por conta daquela reportagem), primeiro por conta dos tuiteiros, que com suas mensagens em 140 caracteres fizeram o pessoal ter alergia de ler textos com mais do que 10 linhas, e depois por conta dos youtubeiros, que com seus vídeos fizeram o pessoal ter urticária de ler textos com mais de cinco linhas. Tanto é verdade que existe gente que reclama na área de comentários do tamanho de alguns textos de blogs. O saudoso José Saramago disse que com as rediçossiaus evoluiríamos para os grunhidos, mas vejo que ele foi bastante conservador em sua previsão.

Sim, usei a palavra certa. Evolução nem sempre é sinônimo de melhoria.

E querem saber de uma coisa? Eu concordo com tudo isso que foi dito no parágrafo acima. Apesar de existir alguns textos por aí dizendo que não, os blogs não morreram a verdade é que sim, a vez e a época dos blogs já passou. Tanto que essa frase já fez eu pensar várias vezes em parar de escrever e fechar a bagaça. Até um momento que eu decidi tocar o foda-se e dizer "sim, a era e a vez dos blogs já passou. Mas e daí?". Existe alguns momentos da vida em que o melhor mesmo é fazer parte da minoria. Fazer coisas para agradar adolescentes mongoloides de 35 anos que só querem saber de ver moleques sem camisetas se esgoelando feito filhos da puta? Ou pintar cabelo e se vender para agradar crianças pois percebeu que crianças não sabem usar AdBlock? Ou fazer vídeo dizendo que fez sexo com a namorada enquanto ela dormia (o que é estupro)? Desculpa, mas não é de meu feitio. Prefiro ser eu mesmo. E por causa disso que meu blog nunca foi um sucesso de visitação.

Mas mesmo não sendo um sucesso de visitação, consegui pouquíssimos, mas inteligentíssimos leitores. E também mesmo não sendo um sucesso de visitação, consegui irritar algumas pessoas que vieram falar merda aqui por conta de um texto que os desagradou. E que logo depois esses babacas faladores de merda se arrependeram de terem vindo para cá, pois acharam que o blogueiro aqui era um covarde que não teria coragem para escoicear o babaca que fala bosta na propriedade privada dos outros.

Sim, a era e a vez dos blogs já passou, mas mesmo assim, continuo sendo resiliente. Continuo sendo a resistência. Continuo a escrever por aqui. E escrevo porque gosto de escrever, e não por dinheiro, ao contrário de youtubeiros, que só fazem o que fazem única e exclusivamente pelo vil metal. Tanto que nem tenho banners, adsense, adwords, mercado livre ou o que quer que seja, e nem tenho ataque de pelanca quando o pessoal adentra por aqui com o AdBlock ativado. Não preciso disso, pois eu ESTUDEI. Eu tenho um EMPREGO. Eu TRABALHO. Três coisas que youtubeiros desconhecem.

E uma coisa que eu percebi. Embora a era dos blogs tenha passado, eu não vi blogueiro algum ficar deprimido por conta disso. Bem diferente desses afrescalhados youtubeirinhos deprimidinhos que estão com """"""depressão"""""" pois veem que vão ter que pegar no batente.

Então é isso. Viva os blogs. Viva eu. E parabéns para mim pelos 11 anos do blog e mais de 550 textos publicados. Passou muito rápido, parece que foi ontem que tudo começou.

Nióbio, o elemento mais raro do mundo. Segundo aqueles que ensinam tudo mas deveriam aprender antes.

Nossa!! Que título longo. Bom, mas agora já foi. Foda-se.

Bom, o que me motivou foi um texto que eu achei por aí falando daquela frescurada do nióbio. O tal texto vinha com o seguinte título.


Como é possível imaginar, trata-se de mais um niobiruta ignorante, burro, pateta, estúpido, imbecil, pacóvio, beócio, néscio, babaca, sambanga, retardado, tolo, lorpa, cretino, pascácio, iletrado, bocó, tanso, apedeuta, parvo, moloide, mocorongo, songamonga, asinino, paspalho, estulto, obtuso, atoleimado, palerma, leso, débil e completa e totalmente idiota espalhando vídeos e textos com altíssimo grau de confiabilidade e nem um pouquinho mentirosos sobre as incríveis propriedades do nióbio, mineral esse que é um presente dos deuses e que tem as mesmas incríveis propriedades do grafeno, a grande maravilha tecnológica que é capaz de tudo, exceto de sair do laboratório e que segundo um canal aí que ensina de tudo mas que antes deveria aprender, é um mineral.

Se o saudoso Stan Lee tivesse ouvido os habitantes do quinto país mais ignorante do mundo, não precisaria ter criado o adamantium, nem o vibranium. Bastaria ter feito o esqueleto do Wolverine, o escudo do Capitão América e o Mjolnir do Thor de nióbio e Wakanda seria o Brasil.

Mas voltando ao nióbio, o que tem de errado com esse título? Nada de mais, apenas que eu fui mostrar esse texto para o astato e ele rolou no chão de tanto rir. Não só ele, também mostrei para o frâncio e ele teve a mesma reação.

No país dos 92%, quinto mais ignorante do mundo, nem eu consigo fazer piada.


Mas eu confesso que a culpa é minha. Eu que ainda acredito que todo mundo na Internet possui superpoderes como saber ler e escrever de carreirinha, saber ler e escrever assim como respira, conseguir juntar, compilar e concatenar e ideias e também identificar figuras de linguagem. Infelizmente a realidade sempre trata de tratorar, destroçar, aniquilar e obliterar essa minha crença, mostrando que a Internet nada mais é do que um espelho da sociedade e da vida real (sim, ainda faço distinção entre Internet e vida real. E foda-se quem não gosta que se faça essa distinção). E como boa parte da sociedade não passa de um bando de comedores de capim, a maioria do pessoal que está na Internet também não passa de um bando de ruminantes.

Foi o que aconteceu quando eu vi um vídeo do Manual do Mundo em que o Iberê anunciou que faria uma sessão de autógrafos do vídeo dele em Curitiba. Bom, que não esteve em Marte nos últimos 20 anos, sabe que Curitiba virou notícia por conta de duas coisas. A primeira por ser onde fica o buraco negro dos Correios, onde todas as encomendas entram e não saem de lá. E a segunda por conta de ser onde está preso o chefe, o líder, o pai.

E foi por conta do primeiro que teve um cara que soltou a piadinha


Aí, por causa do segundo, apareceu um mongoloide dum YRCdC (Youtubeiro Retardado Comedor de Capim) comentando o seguinte.



Aí fui eu acreditando piamente que não se tratava de um ruminante, soltei outra piada.


E é verdade. Dane-se que ela esteve envolvida em recentes escândalos de corrupção. Se Petrobrás, ou quaisquer outras empresas envolvidas em esquemas e escândalos de corrupção oferecessem uma boa oportunidade de emprego e quisessem que eu trabalha nelas, eu aceitaria e trabalharia nelas de boa. E já falei sobre isso aqui. Por favor, leiam aquele texto pois não vou me repetir aqui,

Aí o YRCdC mostrou que ele curte umas gramíneas.


A quantidade de letras K usadas como onomatopeia de risada denuncia, pois ela é inversamente proporcional ao QI do muar. E eis que decidi agir da minha maneira tão delicada para com essa gente


Como sempre, piadas separando pessoas inteligentes do resto da população que só serve mesmo como adubo. Não a toa, os doutores David Dunning e Justin Kruger usaram piadas em sua pesquisa para identificar os apreciadores de alfafa.

E não foi só esse episódio. Já que eu falei de YouTube, uma grande mostra de que o pessoal aprecia mesmo é o lixo (e depois ainda têm a pachorra de reclamar da qualidade da televisão aberta) é o link "Em Alta" dele. Eu sempre digo que eu evito acessar o "Em Alta" do YouTube pois aquela página pode provocar um câncer que nenhuma fosfoetanolamina consegue curar. Qualquer ser vivo com polegar opositor, telencéfalo desenvolvido, mais de dois neurônios e que pode usar tesoura com ponta e comer com garfo e faca consegue identificar duas partes da piada.

  • A primeira é o fato da página "Em Alta" do YouTube só ter lixo. E só tem lixo mesmo. E um lixo tão tóxico que pode causar um câncer gravíssimo.
  • E a segunda é com relação a fosfoetanolamerda fosfoetanolamina, aquela panaceia produzida num laboratório imundo da USP, sem o consentimento, nem conhecimento da universidade, que prometia curar todos os mais de 200 tipos de câncer (desde os mais brandos, até os mais severos), isso segundo a ladainha professada por seus seguidores, mas que, ao ser colocada em prova, viu-se que, quanto muito, presta para suplemento alimentar.

Bem óbvio, né?

Ah, vá!! Jura?

Aliás, no Brasil professor universitário distribui remédio que diz curar câncer, mas que não serve para bosta nenhuma e não acontece nada com ele. Já na Espanha. Aliás, até agora ele não devolveu o dinheiro usado para produzir essa bosta, já que usou de recursos e instalações da USP. O que significa que, em última instância, ele usou dinheiro público para fazer essa merda.

Sem contar quando eu disse que governos e agências espaciais escondem a existência de ETs e gigantes porque... sabe-se lá porque cacete de motivo, e teve um lesadinho que achou que eu estava falando a sério. Se nem mesmo eu consigo fazer piada sem que um idiota acabe por levá-la a sério, é porque a coisa está feia.

Poderia encerrar o texto agorinha mesmo. Mas não. Não porque fiquei sabendo de uma notícia mostrando que o Brasil está na quinta colocação entre os países mais ignorantes do mundo. Isso segundo uma pesquisa feita pelo Ipsos, um dos maiores institutos de pesquisa do mundo.

Fake news!! Esses institutos de pesquisa não servem para nada. É tudo manipulado.

Sim, falou o aborrescente retardado que não sabe fazer uma simples conta de matemática e que se fodeu na prova de matemática do ENEM (bem como nas outras provas também). Vai descascar banana que deve ser a única coisa de bom que você sabe saber, moleque retardado.

Como vocês devem imaginar, e isso foi reforçado pelo texto que vocês certamente leram, o ranking não se chama "Ranking da ignorância". O que o ranking na verdade mede é a percepção da realidade das pessoas em assuntos como formação da população (educação), imigração, segurança, criminalidade, comportamento sexual, violência sexual, saúde, economia, ambiente e outros temas; e vê o quanto a percepção da pessoa está próxima, ou distante, dos fatos e da realidade. Quanto maior essa distância, mais "ignorante" é a pessoa. E por causa disso é que esse estudo ficou conhecido como "Ranking da ignorância".

Algumas coisas me surpreenderam nesse ranking. Uma delas foi a China estar na nona colocação. Outra delas foi o país dos Homer Simpson estar apenas na 23º colocação (esperava que estivesse nas posições mais altas). Outra foi a Argentina (que numa das últimas edições do PISA conseguiu a proeza de ficar atrás do Brasil. Valió Emilia Ferrero!!) estar a frente de países como Itália, Japão, Bélgica e Alemanha. Aliás, Japão na 16º colocação também foi algo surpreendente. Bem como Alemanha na 14º colocação e Bélgica na 11º colocação. Outra surpresa foi o Chile estar a frente de Coreia do Sul, Holanda (na verdade, Países Baixos), Suíça e França.

Mas o que mais surpreendeu mesmo foi o Brasil estar apenas na quinta colocação dentre os países mais ignorantes do mundo. Tanto que eu fui mostrar essa notícia para um monte de gente e ninguém conseguiu compreendê-la.

Ok, falando sério agora, num país com 92% da população composta de pessoas analfabetas ou semianalfabetas, com os resultados ridículos que o país consegue no PISA (2018 aconteceu mais uma edição e este ano sairão os resultado. E pelo visto, mais uma vez, passaremos vergonha). Aliás, não consegue nem resultados satisfatórios em provas vagabundas como o IDEB e o SAEB. Que dirá o PISA. E principalmente, com o pessoal dizendo que "aprende" muito mais com youtubeiros, zapzap, rediçossiaus e blogueiros (sim, também ponho blogueiros nesse balaio. Aqui não tem corporativismo) do que com professores, já que professores não passam de doutrinadores (pessoal só protege professor em época de eleições ou em postagens do facebosta. Fora isso, professor que se foda). E "aprende" coisas como nazismo é de esquerda, Stalin era de direita, criacionismo, design inteligente, vacinas contem mercúrio, vacinas causam autismo, vacinas são um meio de diminuir a população global (que não para de crescer), vacinação obrigatória é imposição autoritária e fascismo, o Estado não deveria obrigar ninguém a se vacinar, que se vacinação fosse boa não seria obrigatória, illuminattis, chemtrails, evolução é apenas uma teoria, energia não existe, imposto é roubo, sonegar é legítima defesa, farsa do homem na Lua, Terra plana, homeopatia, propriedade intelectual não existe, geocentrismo, medicina alternativa, não existiu ditadura militar, fosfoetanolamina, que Darwin disse que o homem veio do macaco, que aulas de biologia vão transformar nossas filhas em putas, que o vírus da AIDS foi criado em laboratório, carro movido a água cujo inventor foi morto pela Petrobrás, que se deve fechar o Supremo, que se deve fechar o Congresso, Olavo de Carvalho, Lula é inocente, Lula é perseguido e preso político.

Olha, com tudo isso estou surpreso que o Brasil esteja apenas na quinta colocação. Mas tenham certeza que neste ano estaremos na liderança desse ranking. VAI BRASEEEEEELLLLLL!!!!!!!

Oba!!! Hoje começa o Tá No Ar.



Hoje, dia 15 de janeiro de 2019 começa mais uma temporada do Tá No Ar, vinculado pela imprensa-golpista-burguesa-conservadora-reacionária-autoritária-malvada-feia-chata-boba-elitista-racista-branca-de-olhos-azuis vinculada a #GloboLixo. E essa será uma temporada especial, pois será a última temporada do programa.

É isso mesmo o que você leu no parágrafo anterior, infelizmente é a última temporada do programa. Um grande desperdício, já que o programa tinha folego para bem mais temporadas. Uma pena que vai acabar.

E sim, não estou sendo irônico nesses dois parágrafos que eu acabei de escrever. Eu não me lembro de ter ficado tão empolgado e tão vidrado num programa de TV. Ainda mais programa da TV aberta, já que cada vez menos assisto a TV aberta (e não tem nada a ver com babaquinhas sotivistas anti-Globo), como eu fiquei com o Tá No Ar. Um programa de humor que nunca fez humor inteligente, humor politizado, humor com consciência. Nada dessas viadagens. Queria apenas fazer humor e fazer as pessoas rirem (além de pensar, já que humor serve para rir e pensar). E conseguiu. Fez as pessoas rirem, se divertirem e pensarem.

E mesmo não sendo humor inteligente, humor politizado ou humor com consciência, conseguiu irritar tanto o lado direito do lupanar, como o lado esquerdo. Fazer piadas com blogueiros? Eu como blogueiro, assim como a Vânia, como a Andreia, como o Damião, como a mãe dele, como a Dona Maria, fiquei extremamente ofendido com isso. Piada de nordestino tudo bem, mas piada de blogueiro aí é passar dos limites.

Enfim, vai deixar saudades. E será lembrado por muito tempo. Assim como deixaram saudades e são lembrados até hoje o Globo Pirata e o Sai de Baixo, que também apenas faziam humor, sem preocupações com humor inteligente, humor politizado ou humor com consciência

Muito diferente de Legendários, Pânico, Casseta&Planeta e CQC, que eram programas de humor, mas que também queriam ser programas jornalísticos, informativos, com consciência social, consciência política, com humor inteligente e o caralho a quatro e acabaram seguindo o paradigma do pato, aquela ave que nada, voa, anda e mergulha e não faz nenhuma dessas coisas direito, e rapidamente se transformaram na bosta que viraram (o Casseta&Planeta ainda levou um pouquinho mais de tempo. Já os outros rapidamente viraram merda) e saíram do ar sem muito alarde, sem ninguém notar a ausência deles e sem ninguém sentir saudades. E com algum deles virando youtubeiros (de atração da TV aberta a virar youtubeiro. Isso é fim de carreira). Alguns até tentaram retornar, mas em menos de seis meses saíram do ar porque... ninguém assistia.

Isso quando um apresentador de programa do SBesTeira que não passa de uma cópia de vigésima quita categoria do Stephen Colbert decidiu fazer um programa de humor inteligente, humor politizado ou humor com consciência na FOX que não passou da primeira temporada porque... também ninguém assistia. Este parágrafo foi só para colocar uma pimentinha.

Bem, que venha o Tá No ar. Pretendo acompanhar bem essa última temporada. O bom é que quando vem a bosta do BBB, também vem o humorístico (e bem que aquele poderia ter a sua última temporada este ano).

Vai começar o BBB 19. É o Big Brother Brasil 19. BBB já vai começar.

Pois é bugrada. Pois é macacada. Anotem aí. Hoje a noite, dia 15 de janeiro de 2019, vai começar o BBB 19 ou o Big Brother Brasil 19. É isso aí. Começa mais uma edição do BBB, ou Big Brother Brasil.

E amanhã as companhias de TV por assinatura (TV por assinatura não é só por cabo. Também tem por satélite. Que é uma merda, quando chove você não consegue ver mais nada) começarão a vender o pay-per-view do Big Brother Brasil. Portanto se você gosta do BBB e mal vê a hora de começar o Big Brother Brasil 19, não perca tempo e compre o pay-per-view do Big Brother Brasil.

Se você gosta do BBB, ou Big Brother Brasil, não se descuide. Compre o pay-per-view do Big Brother Brasil 19 e não desgrude os olhos da tela da televisão até que termine o Big Brother Brasil 19. Caso você goste, o que não é o meu caso. Eu odeio o Big Brother Brasil, odeio quem assiste o Big Brother Brasil, odeio que participa do Big Brother Brasil, não vou comprar o pay-per-view do Big Brother Brasil, só gosto do BBB quando é para escrever textos caça para-quedistas de Google como esse e quero que todos vocês morram.

Agora não perca o seu tempo e vá assistir o BBB19, ou Big Brother Brasil 19.

No mais, por acaso teve um país em que o Big Brother chegou a 19 edições? Acho que foi só em Pindorama mesmo. Puta Que Pariu. Vão gostar de ver a vida dos outros assim na casa do caralho. E além disso, quem não gostou que vá para a PQP. O blog é meu e eu escrevo o que eu quiser.

Artigo 13: Atendendo a um chamado

Será que o pessoal ainda se lembra do artigo 13? Acho que ainda se lembra sim, pois ainda não aconteceu uma "polêmica" de dimensões colossais, nem aconteceu um chilique homérico de youtubeiros famosinhos vendo que vão ter abandonar o barco e ter de trabalhar, nem apareceu um youtubeiro fazendo vídeo de muitíssimo mal gosto, se fudendo e pedindo desculpas logo em seguida. Então, por conta de tudo isso, ainda não deu tempo do pessoal esquecer da bendita.

E por causa disso é que eu vi um chamado às armas de um grande e importante youtubeiro. Foi este o chamado:


Ressaltando aqui para vocês lerem melhor e também para o Google indexar.

Todos os youtubers deveriam fazer um vídeo sobre os artigos 11 e 13!!

Ui!! E aí? Gostaram desse chamado às armas?

Aux armes citoyens
Formez vous bataillons.

Bom, já que ele ordenou que todo mundo deveria falar sobre o artigo 13, essa grande ameaça à liberdade da Internet (pois o duopólio YouTube e facebosta é uma coisa maravilhosa, que não ameaça nem um pouco a Internet), segue então abaixo quem falou sobre o tal do artigo 13:
















Pois é. O youtubeiro lá pediu para que as pessoas se manifestassem sobre o artigo 13. Aí está as pessoas se manifestando. Pessoas que não se deixaram levar por qualquer tipo de apelo ao medo ou terror tocado e LERAM a diretiva da UE. E não só youtubeiros. Blogueiros também se manifestaram de forma muito séria. Com a seriedade que a situação merece.

Quem é o tal youtubeiro que fez esse chamado às armas? Não. Não vou falar. Mas digo que se trata de um desses youtubeiros freedom fighters que ficou emputecido ao extremo com essa medida autoritária e censora da UE, mas que gostaria muito que determinados canais fossem obliterados porque... ele não gosta das opiniões desses canais. Mas a UE é autoritária e censora, que isso fica muitíssimo claro.

E o melhor de tudo é que a tiazinha do YouTube, que mandou uma carta apocalíptica aos youtubeiros, anunciando o armagedon e dizendo que vai ter que fechar o YouTube pata toda União Europa agora está fazendo lobby para os filtros de upload e está usando o seu ContentID como uma vantagem competitiva. Parabéns youtubeiros, vocês foram usados como massa de manobra, seus idiotas.

E querem saber de uma coisa irônica? Enquanto eu estava vendo um desses vídeos, apareceram os streamings do Pica Pau e de Todo Mundo Odeia o Chris ao vivo. Depois não sabem porque a UE aprovou o artigo 13.

Top 10 de 2018

Na verdade era para esse texto ter sido publicado no dia 1º de janeiro, mas como a besta aqui programou, porém deixou o texto como rascunho, o texto não foi ao ar naquele dia. Bem, vai hoje então.

E mais um ano vai pro saco. 2018, o ano em em que o Blog do Lucho completou 10 anos de existência (não sei como, já que por vááááááááááááárias vezes pensei em dar cabo daqui).

Assim como virou tradição aqui no blog (se acontece mais do que duas vezes, vira tradição) e assim como aconteceu em 2014, 2015, 2016 e 2017, segue baixo a lista com os 10 textos que eu mais gostei de ter escrito no ano que se passou. Que aliás, passou voando. Passou tão rápido que eu só consegui escrever pouco mais do que 30 textos (e isso porque consegui escrever um pouquinho mais em dezembro).

De qualquer forma, segue abaixo o Top 10 de 2018. Assim, quem não leu, poderá lê-los. E quem já leu, poderá lê-los novamente:
E já que foi falado dele, o texto que eu mais gostei de ter escrito em 2018:
  • Artigo 11, artigo 13 e o desespero de quem vai ter que buscar emprego. O textão de 2018. Já vi muito chilique do YouTube e dos youtubeiros. Mas igual a esse, eu nunca vi. E sempre quando acontece algum chilique assim, é porque mexeram, ou mexerão no órgão mais sensível deles: O bolso. E é mais um evento em que os youtubeiros veem o risco de terem que abandonar o barco e terem de trabalhar. Foi um festival de FUD, apelo ao medo, terror tocado, histeria, anúncio do apocalipse, porém nem todo mundo se deixou levar por tudo isso. Não, Internet não vai acabar por conta desses dois artigos (que só valerão para a UE). Nem mesmo YouTube e facebosta acabarão (se bem que se os dois acabarem, a Internet não vai se esboroar por conta disso).
E é isso. Que venha 2019.
 

Eu sei de onde você é

Duvida? Então toma esta:


Graças ao IPAddressLocation.org

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST