Pesquisar este blog

Para tristeza e desgosto de alguns, Blog do Lucho chega hoje a 11 anos.

Vou confessar que fiquei bem renitente se eu deveria ou não escrever este texto. E por duas razões. A primeira por conta da idade a que o blog está chegando. 11 anos. O número 11 representa o quê? O que é que existe de importante que tenha 11 coisas dentro dele (por exemplo, sete cores do arco-íris, quatro estações do ano, doze meses do ano, dez mandamentos)? Qual propriedade interessante tem o número 11, como, por exemplo, seis é o menor número perfeito que existe, dois é o único número primo par, três é o menor número primo ímpar, 78557 é o menor numero de Sierpinski (ao menos é o que se acha), 10223 * 231172165 + 1 é o maior número primo calculado por computadores que não é um número de Mersenne (ao menos até agora)? A única coisa que eu consegui me lembrar é de que o número 11 é o número atômico do sódio, aquele veneno criado pelos illuminattis que vai matar a todos nós de pressão alta.

E a segunda, e principal razão é a de que o pessoal tanto fala que blogs já eram, blogs morreram, blogs são coisas do passado e que a época e a vez dos blogs já passou (e tanto existiu uma época dos blogs que até já foi reportagem de capa da Época. E confesso que criei o blog aqui por conta daquela reportagem), primeiro por conta dos tuiteiros, que com suas mensagens em 140 caracteres fizeram o pessoal ter alergia de ler textos com mais do que 10 linhas, e depois por conta dos youtubeiros, que com seus vídeos fizeram o pessoal ter urticária de ler textos com mais de cinco linhas. Tanto é verdade que existe gente que reclama na área de comentários do tamanho de alguns textos de blogs. O saudoso José Saramago disse que com as rediçossiaus evoluiríamos para os grunhidos, mas vejo que ele foi bastante conservador em sua previsão.

Sim, usei a palavra certa. Evolução nem sempre é sinônimo de melhoria.

E querem saber de uma coisa? Eu concordo com tudo isso que foi dito no parágrafo acima. Apesar de existir alguns textos por aí dizendo que não, os blogs não morreram a verdade é que sim, a vez e a época dos blogs já passou. Tanto que essa frase já fez eu pensar várias vezes em parar de escrever e fechar a bagaça. Até um momento que eu decidi tocar o foda-se e dizer "sim, a era e a vez dos blogs já passou. Mas e daí?". Existe alguns momentos da vida em que o melhor mesmo é fazer parte da minoria. Fazer coisas para agradar adolescentes mongoloides de 35 anos que só querem saber de ver moleques sem camisetas se esgoelando feito filhos da puta? Ou pintar cabelo e se vender para agradar crianças pois percebeu que crianças não sabem usar AdBlock? Ou fazer vídeo dizendo que fez sexo com a namorada enquanto ela dormia (o que é estupro)? Desculpa, mas não é de meu feitio. Prefiro ser eu mesmo. E por causa disso que meu blog nunca foi um sucesso de visitação.

Mas mesmo não sendo um sucesso de visitação, consegui pouquíssimos, mas inteligentíssimos leitores. E também mesmo não sendo um sucesso de visitação, consegui irritar algumas pessoas que vieram falar merda aqui por conta de um texto que os desagradou. E que logo depois esses babacas faladores de merda se arrependeram de terem vindo para cá, pois acharam que o blogueiro aqui era um covarde que não teria coragem para escoicear o babaca que fala bosta na propriedade privada dos outros.

Sim, a era e a vez dos blogs já passou, mas mesmo assim, continuo sendo resiliente. Continuo sendo a resistência. Continuo a escrever por aqui. E escrevo porque gosto de escrever, e não por dinheiro, ao contrário de youtubeiros, que só fazem o que fazem única e exclusivamente pelo vil metal. Tanto que nem tenho banners, adsense, adwords, mercado livre ou o que quer que seja, e nem tenho ataque de pelanca quando o pessoal adentra por aqui com o AdBlock ativado. Não preciso disso, pois eu ESTUDEI. Eu tenho um EMPREGO. Eu TRABALHO. Três coisas que youtubeiros desconhecem.

E uma coisa que eu percebi. Embora a era dos blogs tenha passado, eu não vi blogueiro algum ficar deprimido por conta disso. Bem diferente desses afrescalhados youtubeirinhos deprimidinhos que estão com """"""depressão"""""" pois veem que vão ter que pegar no batente.

Então é isso. Viva os blogs. Viva eu. E parabéns para mim pelos 11 anos do blog e mais de 550 textos publicados. Passou muito rápido, parece que foi ontem que tudo começou.
 

Eu sei de onde você é

Duvida? Então toma esta:


Graças ao IPAddressLocation.org

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST