Pesquisar este blog

Top 10 de 2018

Na verdade era para esse texto ter sido publicado no dia 1º de janeiro, mas como a besta aqui programou, porém deixou o texto como rascunho, o texto não foi ao ar naquele dia. Bem, vai hoje então.

E mais um ano vai pro saco. 2018, o ano em em que o Blog do Lucho completou 10 anos de existência (não sei como, já que por vááááááááááááárias vezes pensei em dar cabo daqui).

Assim como virou tradição aqui no blog (se acontece mais do que duas vezes, vira tradição) e assim como aconteceu em 2014, 2015, 2016 e 2017, segue baixo a lista com os 10 textos que eu mais gostei de ter escrito no ano que se passou. Que aliás, passou voando. Passou tão rápido que eu só consegui escrever pouco mais do que 30 textos (e isso porque consegui escrever um pouquinho mais em dezembro).

De qualquer forma, segue abaixo o Top 10 de 2018. Assim, quem não leu, poderá lê-los. E quem já leu, poderá lê-los novamente:
E já que foi falado dele, o texto que eu mais gostei de ter escrito em 2018:
  • Artigo 11, artigo 13 e o desespero de quem vai ter que buscar emprego. O textão de 2018. Já vi muito chilique do YouTube e dos youtubeiros. Mas igual a esse, eu nunca vi. E sempre quando acontece algum chilique assim, é porque mexeram, ou mexerão no órgão mais sensível deles: O bolso. E é mais um evento em que os youtubeiros veem o risco de terem que abandonar o barco e terem de trabalhar. Foi um festival de FUD, apelo ao medo, terror tocado, histeria, anúncio do apocalipse, porém nem todo mundo se deixou levar por tudo isso. Não, Internet não vai acabar por conta desses dois artigos (que só valerão para a UE). Nem mesmo YouTube e facebosta acabarão (se bem que se os dois acabarem, a Internet não vai se esboroar por conta disso).
E é isso. Que venha 2019.
 

Eu sei de onde você é

Duvida? Então toma esta:


Graças ao IPAddressLocation.org

Últimos textos.

Feeds do blog

Assine o feed do blog
Assine o RSS.

Insira seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Histórico

Texto aleatório

ALEA IACTA EST